Publicidade
Terça, 22 Novembro 2011 08:30

Pescando sereias na rede de Jesus

Postado por

Nos grupos da Igreja formados por jovens – Crisma, pastorais e movimentos em geral – há uma figura quase tão onipresente quanto o próprio Cristo: o católico bico-doce. Ele arranca suspiros das menininhas com seu discurso espiritualizado, e encanta especialmente as novatas com a sua calorosa “acolhida”.

No campo da pegação, cada um luta com as armas que tem: uns exibem os músculos, outros o carro... O bico-doce exibe a sua aura de piedade cristã. Esperto, carismático e extrovertido, ele passa a imagem de fiel convicto, mas está ali mesmo pra beijar na boca (entre otras cositas mas...).

Esse tipinho conhece bem o seu eleitorado: sabe que as garotas de 13 a 18 anos, não sendo ainda suficientemente calejadas pelas decepções amorosas da vida, dificilmente resistirão ao seu charme de galã de sacristia.

A existência do bico-doce seria cômica, se o seu efeito no Corpo da Igreja não fosse tão danoso. O bico-doce semeia a descrença. Vendo-o tratar as garotas como alvos de abate, os que ainda engatinham na estrada da fé terão dificuldades para crer que o cristão é de fato “templo do Espírito Santo”, e que cada pessoa é especial, é dom de Deus.

A comunidade de fé é o lugar onde os jovens são chamados a testemunhar como a doce Presença de Cristo pode iluminar a forma com que um rapaz e uma moça se olham e se relacionam. Porém vemos entre nós ser replicado o triste modelo de azaração das boates e festinhas mundanas: o cara chega junto, consegue o que quer e depois vaza. A fila anda, né?

deus_ama_a_quem_da_com_alegria

O mais incrível disso tudo é que, muitas vezes, o bico-doce exerce alguma função de liderança dentro do grupo. Atua como auxiliar do sacerdote, do coordenador, do catequista... ou é ele mesmo o próprio catequista!

No meu tempo de crismanda, aos 16 anos, o auxiliar do padre era um bico-doce profissional; só faltava o crachá para identificar a sua função. Acho que ele pegou ao menos metade das meninas da turma! 

Enfim, se você é um bico-doce fica o aviso: Deus lhe pedirá contas por você achar que a Igreja é a casa da mãe Joana. Seja esperto de verdade! Experimente viver a atração pelas meninas, o namoro e as amizades conforme o Evangelho, e veja se você não se realizará bem mais do que se continuar com essa sacanagem.

Respondeu-lhe Jesus. "Em verdade vos digo: ninguém há que tenha deixado casa ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras por causa de mim e por causa do Evangelho que não receba, já neste século, cem vezes mais casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e terras, com perseguições e no século vindouro a vida eterna. (Mc 10,29-30)

proibido_pescar_sereia

Viu só? Renuncie a ser um lascivo leviano e seja cem vezes mais feliz. Nesta e na outra vida!

E, se você é uma católica jovem, aí vai o meu momento “tia velha”: dê-se o respeito, menina! Até porque, o homem da sua vida pode passar por você e nem te dar bola, simplesmente porque você está ocupada perdendo tempo com quem só quer fazer de você um "parquinho de diversões".

Se liga!  Se você não proteger a sua dignidade, ninguém vai fazer isso por você.  Seja inteligente!

15098 Sábado, 04 Novembro 2017 12:56

Comentários   

+3 # Ana Cláudia Marques 26-06-2017 23:37
Ainda bem que no meu tempo de preparação de crisma não tinha disso, mas não me admiro: afinal, não é verdade que às vezes os capetinhas aparecem na igreja disfarçados de anjo?
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Aline 19-08-2016 11:57
Texto bem legal.. Só não tinha necessidade de colocar a possibilidade do cara ser gay de uma forma tão pejorativa né? Também prestarmos conta dos nossos preconceitos.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Ari Evangelista 04-11-2017 19:49
Pirou de vez.
Tem isso que você disse não viu shofen...
Responder | Responder com citação | Citar
+7 # A Catequista 19-08-2016 13:31
???????? Em que parte deste nosso texto falamos sobre ser gay?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Aline 19-08-2016 16:33
"ao menos ele não era baitola, ok" Como se fosse um problema a mais se fosse...
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Aline 19-08-2016 16:35
caso fosse*
Responder | Responder com citação | Citar
+5 # Cristiane Pinto 12-06-2015 16:49
Acho o máximo a forma como vocês se colocam. A linguagem do jovem pra que não fiquem dúvidas. Faço uma consideração para endossar essa matéria num outro ponto de vista. Sou Catequista de crisma a 20 anos e de uns tempos pra cá... só Jesus na causa...as meninas estão partindo pro ataque. Já ouvi dos jovens que diante da "crise da sexualidade" que está assolando o mundo, segurar ou pegar o primeiro ou a primeira que lhe interesse na igreja é muita sorte, porque até dentro da igreja tá difícil. Jovens de máscaras. Uns desesperados pra não ficarem sozinhos e outros usando da igreja como disfarce para dar uma de santinho ou santinha e pegar geral, incluo aqui as relações homossexuais. E vejo também catequistas sem postura, usando até da posição que ocupam como arma de sedução. Oremos, oremos muito porque até pra quem quer orientar o certo ta difícil, pois a cultura mundana que já está dentro da igreja está nos rotulando de preconceituosos e conservadores, só pelo fato de acreditarmos que ser Santo nos dias de hoje é possível. Eu creio, mesmo que achem que é utopia. Parabéns, pela matéria! Fiquem na paz do Senhor Jesus! Que o Espírito Santo continue inspirando vcs nesta missão! Bjs.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Benedilson 12-06-2015 15:02
As moças católicas possuem uma dificuldade imensa de não saber diferenciar quem é bico-doce de quem não é, e assim o justo acaba pagando pelo pecador.
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Rafael Rosa 12-06-2015 12:59
Deus ama quem dá com alegria kkkkkkkkkkkkkkkk #euri
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Jonatan Raizer 12-06-2015 12:36
Há também uma subespécie de bico-fino, que só quer conquistar os frágeis corações pra aumentar o ego. Há também líderes jovens que defende a ideia que só os que namoram encontram felicidade na caminhada, vou pedir que eles leiam O Catequista. Valew pelo post.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # lilian 12-06-2015 11:47
Muito bom o texto. Só faltou falar que as vezes o bico doce pra dispensar a garota coloca até Deus no meio. Fala que vai rezar mais pra ver a "vontade de Deus" para o relacionamento e deixa a menina de coração partido. Eu, como tia velha, quantas vezes não consolei as meninas "dispensadas" por tipinhos assim. Algumas até mesmo acreditavam na desculpa do Dom Juan católico de que o fim do relacionamento tinha a ver com alguma manifestação divina. Infelizmente canalhice existe em toda a parte.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Mendes 12-06-2015 11:45
TAVA NA HORA DE ALGUÉM FALAR SOBRE ISSO! Postagem pertinente, sensata e muito necessária! Já ouvi alguns pregadores da Canção Nova comentarem sobre isso, que alguns rapazes chegavam pra eles na maior cara lavada e diziam que só iam para os acampamentos e encontros porque era mais fácil pegar as menininhas. Lamentável esse contratestemunho. Precisamos orientar nossos rapazes e ensinar nossas meninas a identificar e a se protegerem desses tipos.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Isadora 12-06-2015 11:44
Amei o texto! Infelizmente quando mais novinha eu caí na lábia de um desse ¬¬ E eu tinha exatamente a idade citada, 16 anos! O jeito é rezar pra que esses meninos tomem juízo!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Lúcia Aparecida Vieira 20-05-2014 02:10
a catequista, o catequista: vocês são ótimos!!! acredito que são manifestações da Divina Providência. Jesus continue abençoando vocês com paz profunda e muita luz! grata!!!
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # A Catequista 20-05-2014 14:31
Obrigada por suas palavras, Lúcia! Jesus te abençoe tb!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Tainá Barroso 19-05-2014 15:18
Meu Deus, meus parabéns! Vocês são demais! Obrigada por tudo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Duda 19-05-2014 14:50
"Nesta e na outra vida!" não entendi
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 19-05-2014 14:57
Duda, ainda NESTA vida (antes da morte e do juízo final), cem vezes mais feliz, pois Jesus promete o cêntuplo para ser desfrutado já aqui. E, na OUTRA vida, quer dizer quando morrermos e na eternidade, após o juízo final.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Danilo 19-05-2014 13:16
"Deus ama quem dá com alegria..." ri demais desse trocadilho/meme ...hahahahaha
Responder | Responder com citação | Citar
0 # jerry 19-05-2014 13:11
Parabéns pelo artigo catequista. Como sempre vocês conseguem evangelizar usando um humor de ótima qualidade. No entanto sugiro como irmão que não se usem palavrões, o termo pu**ria foi um contra testemunho que baixou o nivel do artigo. Não sou adepto do "politicamente correto" como podem achar, mas da boca do cristão católico que todo domingo recebe a eucaristia não é correto que brotem palavrões. Um abraço em Cristo e fiquem com Deus. Jesus te ama!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Helena 19-05-2014 11:52
Perfeito!! Temos uma luta constante contra isso na nossa Comunidade ! Parabéns Galera, vcs são feras !
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcos 29-08-2013 13:10
Cara, eu mijo de rir com as imagens que esse cara posta, POKASPOAKSAPOKSAPOSKAPOSKAOSK Ótimo site, tem me ajudado muito mesmo!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Maria José 15-01-2013 12:59
A minha maior decepção amorosa foi com um Leigo, ex-seminarista, organista na igreja.... Bico-doce, isso sim! kkkkk Amei o post, principalmente porque já caí nessa...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rafael Rosa 06-08-2012 14:39
Ninguém aqui citou, mas eu já presenciei um tipo de bico-doce mais prerigoso: o bico-doce versão "It's Raining Man"!!! Isso mesmo, já vi coordenadores de grupo, gay e bico-doce. Que mais tarde se tornou seminarista, gay e bico-doce! E sabem o pior? Ai de quem disser a ele que está errado, ele não assume de jeito nenhum a função de bico-doce... lastimável!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rayana 04-06-2012 21:02
Eu acho que grupos jovens distintos para moças e rapazes não seriam nada mau... Tal como era a educação das escolas antigamente...Até para aprofundar questões relativas ao próprio gênero mesmo, os papeis de cada um na Igreja etc...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 07-06-2012 20:50
Pois, é Rayana...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Pescando sereias na rede de Jesus | Humanitatis – a internet para o homem 24-05-2012 19:59
[...] pilantra! E tem até seminarista que faz parte desse grupo seleto caras-de-pau. Parabéns pelo blog O Catequista, a boa novidade da blogosfera católica de 2012. [...]
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Railde 23-05-2012 09:45
Realmente, isso ocorre principalmente com as novatas, mas ocorre também com as mais antigas de igreja, por causa de suas carência afetivas. Temos também que catequizar as mulheres, sobre a onde pode levar as carências afetivas, e conduzi-las a cura das emoções feridas, e das carências afetivas. Pois buscando suprir em Jesus,seremos verdadeiramente curadas e livres destes laços enganadores, pois o próprio Espirito nos revelará claramente todas as coisas. E quando aos Bicos-Doces clamar a misericórdia de Deus.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Tiago 22-05-2012 12:43
Mas existe também a versão feminina, vejam só: "O segundo caso, que é até mais complicado é quando acontece uma situação que a principio nem parece uma tentação, pois a primeira era claramente uma por se tratar de uma mulher de hábitos claramente mundanos, nesse outro caso a tentação não é tão latente pois trata-se daquele clássico caso das "santas-do-pau-oco". O demônio vai agir de formas diferentes pra cada pessoa, percebendo que não mais consegue tentar um homem com as mulheres do primeiro caso por ele já estar fortalecido pra agüentar tal tentação ele vai tentá-los com aquelas mulheres que tem um pé na Igreja e outro no mundo. Na verdade elas têm os dois pés no mundo, o que aparenta nelas ser devoção, é apenas aparência mesmo, nada mais que do que uma máscara, ela tem um olhar de santa pra fisgar e um de serpente pra matar." Artigo completo em: http://materdei1.blogspot.com.br/2012/05/o-demonio-do-capitulo-25.html
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alexandre 18-04-2012 12:06
Varei este blog lendo muitos posts de diversos assuntos, muitos infantis e outros mais sérios e resolvi contribuir com este. Servi durante muitos anos para/com pré-adolecentes, adolescentes e jovens. A sexualidade faz parte da vida e principalmente nos leva a maior preocupação nestas fases. Começo por mim: o que me atraía a ir na Missa, dos 10 aos 12 anos, era a possibilidade de encontrar as meninas, trocar olhares e na "parte mais importante" da Missa, o abraço da Paz, poder beijar todas elas, me aproximar, tocar e o que desse naqueles poucos segundos. MEU DEUS, É O DEMÔNIO!!! Não, é a falta de Catequese, ou pelo menos de algo que me mostrasse que a minha adolescência não podia ficar só naquilo. O abraço da paz continuou sendo uma parte importante da Celebração, mas outros momentos da Missa passaram a ter o meu interesse, como quando comecei a participar mais da Liturgia da Palavra, a teatralizar a Palavra, dentro e fora da Liturgia, inclusive escrevi peças teatrais para tal. Aos 14 anos já fazia palestras com temas de fé e do quotidiano adolescente, para adolescentes, e coordenava encontros. Mas foi pela mão de catequistas, que respeitaram a minha sexualidade, sem abafá-la, que pude incluí-la no meu processo de auto-evangelização e de evangelização dos outros. Não falava para anjos, mas para adolescentes como eu. Infelizmente muitas palestras e atividades que vejo hoje são voltadas mais para a corte celeste do que para a corte terrestre. Namorei, preguei, namorei, evangelizei, namorei, me formei em Teologia, casei,tive filhos e continuo formando consciências. Por isso antes de julgar os jovens, pelas suas atitudes, pensem como catequistas, que parecem ser, e o que não estão fazendo por formar-lhes consciência cristã para viver plenamente a sua fase etária em vista da participação na divindade que vem.
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # A Catequista 18-04-2012 12:44
Oi, Alexandre. Graças a Deus você foi conseguiu ver que a sua adolescência não podia ficar só focada em pegação. E, pelo que você disse, está afetivamente realizado, feliz e bem casado. Entretanto, infelizmente, não é isso que acontece com a maioria dos jovens em nossas comunidades. A maior parte deles – e, de modo especial, as meninas – sai bem arranhada dessa sacanagem, e leva marcas que lhe pesam a vida inteira. Boa parte de minhas amigas do grupo que eu frequentava quando era adolescente engravidaram de qualquer um, se casaram com qualquer um e depois se separaram, se juntaram, passaram de mão em mão e depois encalharam e andam por aí deprimidas, outras foram expostas na internet em vídeo humilhantes (o namorado ou peguete filmou a furunfada)... Uma desgraça. Na igreja, elas poderiam ter tido a oportunidade de aprender a viver a sexualidade de forma pura, de forma digna, mas ou não foram devidamente orientadas ou não deram ouvidos aos ensinamentos dados. Então, estar na igreja não fez diferença nenhuma para elas, pois viviam os relacionamentos com os meninos exatamente da mesma forma como vivem os pagãos. Entendo e concordo quando você critica aqueles que demonizam a sexualidade – e parece que você nos coloca nesse mesmo balaio. Porém, ao mesmo tempo, é uma grande leviandade achar que propor uma vida de pureza aos jovens é moralismo, é pregar para “a corte celeste”. Propor a pureza não tem nada a ver com abafar a sexualidade, tem a ver com desafiar os jovens a vivê-la de acordo com o seu verdadeiro sentido. Agora, muita gente morre seco, mas não tem coragem de falar aos jovens sobre sacrifício... Sobre a alegria e as graças que podemos encontrar no sacrifício. Sim castidade é sacrifício, um sacrifício que os anjos não podem nem têm a honra de poder fazer. Não estamos dizendo aqui que os jovens da igreja não devam namorar – isso seria patético e surreal – estamos, sim, dizendo que eles tenham critério ao se relacionar, que eles possam considerar se aquela relação realmente vale a pena, se aquilo tem a ver com Cristo ou é só um capricho, um desejo de usar o outro. Em relação aos jovens que você catequisa, acaso algum dia você apresentou esta passagem do Evangelho, ou acha que isso é só para anjos?: "Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo: todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher, já adulterou com ela em seu coração." (Mateus 5: 27-28)
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Susana 02-03-2012 13:28
Conheço muitos seminaristas bico-doce e muitos coroinhas também...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 16:54
Debora eu li agora o texto q vc postou e peço memso que vc me perdoe. A declaraçao de Pio XI é a mesma que está no Compendio: os sexos sao desiguis e se completam por isso me perdoe tê-la feita passar por tudo isso. em nome da santa inocencia me perdoe. Ok. Parabens e obrigado.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 07-06-2012 20:52
Fique tranquilo, Cadu Sindona... Eu que peço desculpas, parei com esses debates, não ganho nada com eles... Fique com Deus! Salve Maria!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 16:29
Vejo q a senhora é uma catolica genuina. Conhecedora da Doutrina. Sinto-me honrado minha cara. Tudo oq vc diz é vdd. O Papa nao muda a Verdade, ele pode solenemente proclama-la quando diz ex cathedra.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 16:26
Verdade minha cara. Nao pude ver seu ultimo comentario. Isso é vdd, mas a Constituiçao Sacrossantum Concilium reformou a Sacra Liturgia e mtos pensaram que por isso qualquer roupa é roupa de Missa. Obvio que nao é assim.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 16:25
Só me alonguei aqui para explicar isso, infelizmente pouco se sabe sobre o concílio, muita gente o trata como uma nova disciplina e isso não é verdade, o papa não tem o poder de mudar a doutrina da Igreja, ele é servo de uma Palavra que não é dele... mas já que acha que isso não leva a nada termino por aqui...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 16:23
Muito bem minha cara. Apenas terminemos nosso debate com o osculo da paz. Paz de Cristo!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 16:22
Olha, eu também sou jovem, mas não acho que tudo que os jovens fazem é o correto, por que a Igreja adotou uma nova disciplina... Até sugiro que se fale sobre o concílio aqui neste site, já que ele é tão mal interpretado, o concílio não falou de véu, nem de batina, nem de casula, por exemplo e pelo que vejo muita gente insiste em dizer que a Igreja mudou considerando essas coisas que eu citei, mas nem isso consta no concílio...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 16:18
Já disse que não se trata da minha opinião, mas sim da opinião da Igreja, e no concílio não fala nada sobre isso, para constar...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 16:17
Li sim o texto por isso AMBAS sao as opinioes da Igreja.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 16:15
Ele precisa mesmo por isso nao existe ma Igreja pré e outra pós-conciliar, é a mesma Igreja que decidiu impor uma nova disciplina em um novo tempo. A senhora nao é antiquada. Temos opinioes diferentes só isso. Eu seria antiquado por achar tudo oq a senhora disse como bonito? Eu acho sim. Sim eu acho mas tbm creio que vale a pena fazer uma boa e saudavel interaçao. Fica com Deus e pf me perdoe caso eu a tenha magoado.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 16:12
Só para constar, não é a MINHA OPINIÃO, é a opinão da Igreja, mas pelo visto não leu o texto. fui...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 16:11
Ele precisa ser lido em sintonia com os outros concílios que vieram antes dele... Mas, ok se estou sendo incoerente paro por aqui, já que não tem espaço para pessoas antiquadas, pois só faltou usar essa palavra aqui, mas com todas as suas colocações, foi isso que você dizer... Menos uma antiquada aqui, fui fiquem todos com Deus. Salve Maria!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 16:10
Acredito que isso aqui nao levará a nada. Peço só que a senhora me perdoe caso eu tenha sido atrevido ou tenha parecido arrogante. Em minha humildade encerro aqui minha opiniao e por amor aos filhos da Santa Igreja, Corpo Mistico e Esposa de Cristo, peço que a senhora possa tbm aceitar a minha opiniao. Respeito totalmente a sua. Unidos somos mais fortes do que fazendo contendas. Obrigado minha cara pelo debate saudavél. Maria Mae da Igreja seja exaltada com seu Filho Jesus no colo!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 16:08
o concílio não é uma renovação...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 16:06
Estou com Pedro sempre. Protestante é quem nao aceita a Verdade minha cara. Estou com o Santo Padre sempre e como já disse, ele sendo tao sabio nao impõe nenhuma das disciplinas a nós, ele abriu-as para a Igreja. Nao estou impedindo ngm. Quem sou eu? Imagina sou apenas um simples discipulo da Santa Igreja Romana que acha correta a disciplina pós-Vaticano II. Caso vc nao ache correta aí nao sou eu que te censuro mas a propria Igreja em seu Magisterio. O Concilio é Universal e trouxe uma disciplina nova. Carissima vc esta sendo incoerente. Mais uma vez peço seu perdao caso tenha sido desrespeitoso Debora. Pax Domini
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 15:57
Por favor, leia novamente os documentos do santo Padre, principalmente os do tempo que ele era cardeal, ele jamais diria uma bobeira desse tamanho, se "regredir" não fará bem a Igreja, então por que o santo padre permite essa "regressão"? Se regredir não faz bem, por que o santo padre faz tudo que é antigo ressurgir? Cum Petro et Sub Petro Me desculpe, mas eu estou com o santo padre, esse pensamento de que precisamos seguir a disciplina atual, já que ela tomou conta, não condiz com o pensamento do santo padre, isso é coisa de protestante. Se acha que regredir não faz bem, então tudo que o Papa fez desde que entrou, só fez mal a Igreja? A volta do uso do véu e saia por parte das mulheres, voltar a rezar Missa em latim, os cantos gregorianos, comungar de joelhos, etc. se regredir só faz mal, então esqueçamos tudo que o santo padre fez e voltemos ao que estávamos antes, voltemos a profanação, a falta de fé no Corpo de Nosso Senhor. Se separar os jovens faz tão mal para a Igreja, então por que depois que deixaram de ouvir a Igreja que chegamos onde chegamos? Você conhece relatos do tipo desse do texto, da época de que se respeitava a separação dos sexos? Seja sincero, pelo amor de Deus, contigo mesmo... Fique com Deus. Salve Maria!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 15:52
Uma ultima coisa cara Debora. Peço que caso eu tenha sido desrespeitoso ou se caso vc tenha se sentido ofendida por qualquer palavra por mim pronunciada, que vc me perdoe. Estou aqui pra ser discipulo-missionario da Santa Igreja e como tal nao posso permitir que minhas opinioes se imponham. Como essa questao nao é uma questao nem de fé e moral nem eu nem vc estamos errados pois nao existe uma Doutrina Dogmatica da Igreja sobre tudo isso. Esse dialogo que nao põe a prova nada que é dogmático é bom sim, pois leva ao dialogo e ao pluralismo saudavel que a Igreja tem. Mais uma vez peço seu perdao caso tenha sido indelicado em qualquer uma das minhas palavras. Que a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Amor do Pai e a Comunhão do Espirito Santo esteja com vc!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 15:44
Salve sempre a Virgem Santissima!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 15:43
Nao amiga as tradiçoes sao bellissimas! Eu adoraria ter um genuflexorio para me ajoelhar ao receber a Santissima Eucaristia, eu adoraria poder ver um padre usando um camelauco ou o proprio Papa com a Tiara Papal, mas aí é que está minha cara: isso tudo seria uma boa discilplica para a Igreja hj? Creio que nao. O q quis dizer é que a Igreja vive uma disciplina nova pós-Vaticano II e isso deve ser valorizado, nao que a Igreja se divida em pre ou pos-concilio, mas como estamos vivendo um tempod e nova disciplina e como esse Ano da Fe que Bento XVI proclamou tem como objetivo primordial de estudo o Sagrado Catecismo e seu Compendio, sendo que o 2º eu já o li por inteiro e fiquei maravilhado com a Sã Doutrina ali apresentada, e os documentos do Vaticano II, nao vale a pena termos uma retornar a ter disciplina agora que a Igreja vive outra. A seoparaçao dos sexos minha cara é uma disciplina que sinceramente nao fará bem a Igreja. Nao fara bem pq causará desentendimentos que nao vale a pena ter. As tradiçoes antigas precisam sim ser valorizadas mas é preciso ser coerente.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 15:13
Salve Maria! As atitudes da Igreja não são frutos de uma época, o pecado não deixa de ser pecado, ou muda de foco... O fato de separar os sexos não significa que a Igreja condena a família, como colocou, pois isso nada tem a ver com o motivo de separar. Caso tenha lido o texto que postei, pode ver que foram inúmeros santos que pensaram assim, e isso é a opinião da Igreja, Ela não muda, como algumas pessoas... O uso do genuflexório é uma forma de mostrar aos fiéis que receber o Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor pode ser feito com mais reverência, mais respeito. Você diz que regredir 100 anos não ajudará a Igreja, senti uma certa hostilidade neste pensamento, pois se não podemos regredir, por que ler o Catecismo da Igreja católica? Que nos fala de uma Doutrina de mais de 2000 anos? Então, seguindo sua solicitação, olhemos para frente e esqueçamos o catecismo, pra que? Se antes não tinha mesmo esse livro com idéia antigas, opcionais e não essenciais? E és da opinião de que precisamos abraçar as coisas que os jovens gostam? E deixar anos de história para trás por que é regressão? Se for assim, que Deus tenha misericórdia... Bom, me corrija se eu estiver errada, mas já notei que você tem uma opinião sobre coisas que chama de antigas, deste modo não pretendo prosseguir com o debate... Fique com Deus
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 14:34
Por favor minha cara nao me chame de senhor, sou apenas um simples jovem que ama a Santa Igreja e o Senhor Jesus pelas maos purissimas da Virgem Santissima. Carissima a Igreja nunca condenou que rapazes e moças ficassem separados, pelo contrario sempre incentivou pra que ambos tomassem atitudes serias e constituissem familia. As escolhas catolicas de apenas um sexo era nao porque a Igreja nao os queria junto mas porque na epoca era inadmissivel que ficassem juntos. É fato que tal realidade mudou. Separar as turmas por sexo nao resolveria nada minha cara so prejudicaria, faria os catequizandos ja chutarem a Igreja, nao faz sentido voltar no tempo com algo improperico. O Santo Padre como vc bem salientou esta usando de rituais antigos mas os coloca como opcionais nao essenciais. O uso do genuflexorio nao é obrigatorio mas caso o bispo da diocese achar que é uma boa disciplina, ele coloca na igreja. Regredir 100 anos nao ajudará a Igreja em novos tempos carissima. É preciso sempre olhar pra frente. Eu minha cara sou jovem e posso dizer sem sombra de duvida que ja tem mtos adolescentes cheios de opinioes erroneas da Santa Igreja por causa das historias da Carochina sobre Inquisiçao, Ciencia, anticoncepcionais, esses caras que nao sabem do que falam ja tem uma opiniao de repugno a Igreja já com uma interaçao sadia entre os sexos, imagina se os separassem? Nao. É um passo sem sentido que nao seria bom pra ninguem, nem pro jovem, nem pra Igreja, nem pra Sã Doutrina. Que a paz esteja com voce!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 14:20
Salve Maria! Meu caro, Cadu Sindona, muita coisa era inviável, quer só um exemplo? Mulheres deixarem o pensamento feminista de lado e voltar a usar saia e véu, e no entanto o que vemos hoje com o santo padre apoiando? Não somente isso, as pessoas querem comungar de joelhos, por quanto tempo isso foi inviável? Só por que uma coisa caiu em desuso não significa que é inviável, basta ter força de vontade, né? Quando eu crismei o retiro espiritual era junto, rapazes e moças, tivemos um retiro assim, com o perdão da palavra, uma zona aquilo, aí o que aconteceu no mesmo ano? no próximo retiro? tivemos retiros separados, os rapazes das moças, inviável? Pois, é, é isso que todos querem pensar, mas ninguém quer por a mão na massa e agir... O senhor diz que todos os jovens preferem interagir com o outro sexo, mas isso é óbvio, por que você acha que a Igreja não concorda com o fato de eles ficarem juntos? Será mesmo que é só implicância da Nossa Mãe Igreja? Se não tivesse problema nenhum, então por que a Igreja insistiu nisso por tanto tempo? O senhor também diz que o que precisa mudar é o censo dos catequizandos e dos catequistas, me diga, sinceramente que o simples fato de separar os sexos não deixaria a turma diferente? Já que o senhor mesmo concorda que não estão ali simplesmente para interagir, mas para aprender a Sã Doutrina, será que separará-los vai afetar a compreensão da Doutrina? Fique com Deus
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 10-02-2012 13:40
Salve Maria Santissima Debora! Amada isso hj é algo inviável. Eu nunca estudei em escola de apenas um sexo mas posso afirmar que tdos os jovens preferem interagir com o outro sexo. O problema nao é uma turma mista mas a indole de alguns. Nao vejo o menor problema em encontrar um namorado ou uma namorada dentro da catequese mas logicamente que seja fora da catequese e serio, nao um fico passageiro bobo. Sinceramente o que precisa mudar é o censo dos catequizandos e dos catequistas. Os catequizandos precisam perceber q a catequese nao é pra encontar alguem pra namorar mas para aprender a Sã Doutrina, e portanto a Palavra de Deus que é Jesus. Os catequistas por outro lado precisam ensinar a seriedade da catequese e exigir que a catequese nao seja um simples point para encontrar os amigos, caso isso aconteça nao havera problema algum.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 13:04
Salve Maria! Nossa, infelizmente acontece mesmo estas coisas e muitas vezes as meninas vão com a expectativa de achar um rapaz sério e ela nem sempre tem culpa de cair na lábia do rapaz, pois é difícil achar um rapaz no mundo, então ela pensa que ali vai achar um santo, claro que o tempo da crisma não é para isso, mas só para expor a opinião feminina aqui... E a solução é sim separar as turmas por sexo, a Igreja sempre defendeu essa idéia, mesmo nas escolas, as escolas mistas que temos hoje são obras do governo e a Igreja nunca concordou com isso, mas como tudo acaba sendo abafado e jogado debaixo do tapete, sugerir isso parece coisa de "puritano", já vejo alguém me fazendo este "elogio". Bom, fique com Deus, parabéns pelo espaço =D. Que Nossa Senhora recompense seu esforço. Ah, e só para ilustrar o que disse sobre as escolas mistas, fica um texto para consultar: http://lucianalachance.wordpress.com/2011/08/17/o-problema-da-co-educacao-as-escolas-mistas-sistema-de-ensino-que-a-igreja-sempre-recusou/
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 10-02-2012 17:09
Oi, Débora! Sim, de fato, as meninas se iludem muito com a ideia de que os meninos que encontrarão na Igreja serão necessariamente diferentes dos "do mundo". Mas precisam se dar conta de que nem todos que frequentam os ambientes da Igreja abriram mão do modo de pensar e agir próprios do mundo. Sobre a solução que você aponta, não creio que o caminho seja por aí. A Igreja deve EDUCAR as moças e rapazes a se relacionarem dignamente um com o outro, e não colocar um muro entre eles. Até porque, de que adianta evitar o contato entre moças e rapazes na Igreja, se no estágio, na escola, na universidade, nas festas, em todos os demais lugares esse contato é inevitável? Veja, se o Papa Bento XVI pensasse desta forma, proporia a separação dos sexos nos eventos da JMJ. E não é isso que acontece. Abraço, e salve Maria, sempre!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Débora Cristina 10-02-2012 18:40
Salve Maria! Só por que o santo padre não foi a frente declarar que se deveria separar os jovens na JMJ isso não quer dizer que ele está de acordo com o que vemos hoje nas catequeses... O que tivemos na JMJ? 2 milhões de jovens rezando com o santo padre, será mesmo que todo aqueles momentos anteriores os jovens deveriam ficar juntos? dormir nos mesmos quartos em hotéis, por exemplo? Já que pegou um evento e colocou isso como a opinião do Papa, vamos olhar o caso do encontro de Assis, o que aconteceu nos últimos encontros de Assis? o Papa estava realmente de acordo? certamente no momento do evento é o que todos pensaram e no entanto... Só repetindo o que disse para o Cadu, eu não propus algo que se trata da minha opinião pessoal, mas como pode ler no texto é a opiniao da Igreja. fico por aqui fique com Deus
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Douglas Olivera 07-02-2012 10:04
Muito bom esse post...já fui um Cristão Católico Bico-doce. Quando era seminarista, então...mas enfim. Muito boa essa explanação, hoje sou diferente, mas por que Jesus me encontrou. Namoro há 4 anos na castidade, vou noivar daqui há alguns dias e meu bico é doce somente para a minha futura esposa! Salve Maria!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # O Catequista 07-02-2012 10:08
Rapaz... você chamou atenção para uma espécie de bico-doce perigosíssimo! O seminarista bico-doce. Já vi um mooonteeee... e esse comportamento tem a ver não só com a índole do cara, mas com a horda de marias-batina que existem em todas as paróquias. Caso complicadíssimo! Ainda bem que você já se resolveu.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo Ricardo 25-11-2011 17:23
Não só a guarda... ahahahahah. Sorry, mas não resisti à piada!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Daiane 25-11-2011 14:12
Caraca..muito bom o post'..ri abeça.. e realmente é oq acontece! o negócio é as meninas tomarem cuidado e serem fortes..pois como vc disse eles tem "bico-doce" então é difícil resistir..rs e como são da igreja vc acha q eles não são safados..q nada!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 25-11-2011 14:17
É exatamente por isso que os galãs de sacristia se dão bem, Daiane: por acharem que eles são "de Deus", as meninas acabam baixando a guarda.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Jackson Leite 22-11-2011 23:43
Conheci o blog há certo tempo, pelo twitter, e já estou me tornando leitor assíduo rsrs. O blog é muito bom mesmo e eu, como catequista, vejo neste blog uma ajuda a muitos catequistas a procurar um tema mais pertinente que ainda não explanaram a seus catequizandos. Sobre este tema que se fala aqui... acho que o "lugar" mais comum que isso acontece é no grupo de "animação". Já vi muitos "galãs" desses aí que procuram tocar na hora da Santa Missa apenas para impressionar as meninas da Paróquia... Já cheguei a falar com um desses, pra resolver a situação, mas nem sempre é simples de se resolver =/
Responder | Responder com citação | Citar
0 # ana paula lemos 22-11-2011 13:11
Mandou bem! Esse aviso deveria ser dado antes de cada reunião de grupo jovem, crisma e etc! kkk
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Fernanda 22-11-2011 11:58
Tô encantada com esse espaço, que nosso bom Deus continue derramando muitas bênçãos sobre vocês, catequistas de plantão.. rs! Deus abençõe! Força e Fé!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 22-11-2011 10:19
Maciao curti o momô tbm... kkkkk Ai ai, acho mto legal esse papel de pais q o Alê e a Vivi se colocam. Falem pra mim queridos,se isso ñ contece sempre em qualquer comunidade em q tem jovens hein? No meu grupo, o KUASE, a gente dos ministerios de Palavra e Musica, fica p da vida com isso. Pô a Igreja agora é lugar de point? Eu amo a Santa Igreja ñ pq simplesmente vejo meus amigos e conheço mais gente; mas pq nela encontro o Senhor da minh vida! É tao puro e belo q namoros aconteçam por ambos terem se encontrado no amor a Cristo e a Igreja. Isso é algo q difere dos bicos-doces. Hj parece q tem gente q quer enfiar a língua e sei-la-mais-o-que em qualquer pessoa! Pessoal vamo cria conciencia q a gente ñ é papel higiênico pra ser sujado e depois jogado fora!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Victor Picanço 22-11-2011 10:19
A formação de turmas divididas por sexo não ajudaria a resolver esse problema?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # O Catequista 22-11-2011 11:25
Oi Victor! Na verdade, segregar as turmas não resolve o problema e ainda faz com que os encontros não sejam verdadeiras experiências. Afinal, fora da paróquia, meninos e meninas vivem juntos e se relacionam! O melhor é abordar a questão com franqueza, sem achar que os adolescentes são bobos (que é um erro de muitas pastorais), dando um julgamento claro sobre tudo o que estiver acontecendo. Não há como evitar. O melhor é falar a verdade e aconselhar sinceramente. Abraços!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # O Catequista 22-11-2011 10:17
O bico-doce é o maior veneno de grupo jovem que existe! É só aparecer um, que todas as meninas começam a brigar e sair do grupo, enquanto todos os meninos - com inveja - começam a ter o mesmo comportamento e não param mais de aborrecer as meninas. Acreditem... dá um trabalho desgraçado manter a coesão de um grupo quando aparece um desses. O melhor nesses casos é ser franco e aberto com todos. Dizendo claramente ao bico-doce que ele não é bem vindo ali (não com estas intenções) e avisando as meninas da cumbuca em que estão mexendo. No mais... é rezar e sempre fornecer um juízo claro sobre todas as situações que surgirem. Ah. Só pra constar: eu nunca fui bico-doce de paróquia! Conquistei A Catequista no fair play!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Dominus Vobiscum 22-11-2011 10:00
É uma situação complicada mesmo... Primeiro porque hoje em dia existem as "católicas bico-doce". E quem mais sofre com elas são os coitados dos seminaristas. Na realidade, a adolescência e juventude é uma fase onde as carências afetivas e a explosão hormonal estão em alta. Por isso eu sempre defendi (desde os tempos de juventude) que todo grupo de jovens deveria ter uma espécie de casal assessor, que entrasse em ação em casos como esse. Às vezes é preciso ter uma posição adulta por perto! Parabéns pelo blog. Temas atuais e linguagem divertida! Vcs estão linkados no Dominus Vobiscum e se desejarem pegar o selo de parceria, fique a vontade!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # O Catequista 22-11-2011 11:32
Putz... você me lembrou uma crismanda que certa vez, durante um encontro sobre castidade, berrou a plenos pulmões: "Mas como eu faço? Eu tenho hormônioooooossss!!!". Claro que imediatamente apareceram dezenas de meninos prontos pra resolver o problema! hahahahahahaha... Mas falando sério, a sua sugestão é ótima! Também vi muitas experiências que não eram conduzidas por casais e também davam certo. Acho que o principal é que as pastorais precisam endender de uma vez por todas que JOVEM NÃO É BURRO E NEM DESOCUPADO! Já perdi a conta das vezes em que agentes de pastoral me abordam perguntando porque eu "perco tempo" em explicar questões tão sofisticadas se os adolescentes querem mesmo é curtir. Normalmente respondo que vou querer curtir até os meus 100 anos. A diferença é a energia que vou conseguir empregar na tarefa (rs...) e que os jovens, por trás da máscara de indolência e visual de bandas de rock, são pessoas até mais capazes de entender do que nós. Afinal, eles entendem muito mais física e química do que eu!!! hahahahahahaha.... Abraços e muito obrigado pelo apoio!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Deiber 22-11-2011 09:29
É como o Márcio disse: infelizmente onde houver presas haverá predadores. Acho que o macete, se é que existe macete pra estas coisas é a garota ou garoto (sim, porque também existe a garota bico-doce) observar o comportamento da criatura, dentro e fora do grupo ou pastoral, crisma, etc. Procurar conhecer os valores da nossa fé e a nossa doutrina. Aquele livro de capa amarela, parecido com a Bíblia, o Catecismo da Igreja Católica é pra ser lido e consultado por toda a vida. Se buscamos o conhecimento das coisas do Nosso Deus, não caímos na lábia doce do inimigo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Fabio 22-11-2011 09:28
É..... eu deixei a minha antiga paróquia por esse e outros motivos também... eu era catequista, tinha uma turma de mais ou menos 60 crismandos, e por incrível que pareça eles só estavam lá para isso mesmo, para a pegação.... Durante a missa, a maioria ficava nos ultimos bancos da igreja para fiquerem agarrados, e não adiantava falar reclamar, que eles eram muito mau educados... Só faltava bater neles, mas não podiamos né... Mas a gota d'água foi quando o Padre falou no altar que ele preferia que os jovens ficassem se pegando dentro da igreja ao se pegarem atraz da igreja, se o Padre era complacente com tudo aquilo, o melhor foi sair da paróquia. Depois de um tempo, fiquei sabendo que teve até festa do dia das bruxas dentro da paróquia... Espero que hoje eles levem a religião, a fé e principalmente Nosso Senhor Jesus Cristo com mais seriedade.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcio 22-11-2011 09:04
Curti o "momô" kkk Mas esse dos galãs de sacristia é difícil de combater. Enquanto houver presas haverá predadores. As meninas precisam criar juízo e mostrar pra essas caras que mulher é obra prima de Deus.
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade