Publicidade
Quinta, 26 Outubro 2017 00:12

Debate sobre Queermuseu na TV: O Catequista X Mimimi de Esquerda

Postado por

Oprime mais que tá pouco, Povo Católico!

Nesta semana fui convidado para debater sobre a treta das artes pedófilas e vilipendiosas em um programa da TV Câmara (emissora da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro). Ao meu lado estava o Vereador Otoni de Paula (PSC), também defendendo a família e, do outro lado, em defesa da falta de vergonha artística, um pastor evangélico e teólogo de esquerda e um velho conhecido dos cariocas: o vereador Tarcísio Motta (PSOL), maior defensor da ideologia de gênero na cidade.

Achei que seria um debate bacana, mas logo na primeira fala do vereador do PSOL ficou claro o que viria: uma nova narrativa mimizenta. Desta vez, inventando que os "conservadores, fascistas e cia" estariam causando histeria no povo, acabando por gerar algo que chamaram de "Pânico Moral".

Os caras não se cansam de inventar palavrinhas pra brincar. Mas não tiveram tempo... foi perceber a estratégia e desarmar tudo. Em certo momento, já no desespero de ter razão, o pastor de esquerda resolveu dizer que tudo era um problema teológico. Não ficou sem resposta.

Enfim... não vamos estragar a surpresa. Assiste aí que vale a pena!

 

 
Mimimizentos não passarão!
23476 Quinta, 26 Outubro 2017 01:15

Comentários   

0 # Rafael 15-11-2017 22:20
Obrigado, Alexandre Varela, por sua postura, pela coragem, pela defesa não apenas da fé católica, mas da sanidade no debate.

Mas ficou visível o quão complicado é para a "classe falante" sequer admitir que a moral cristã é objetiva; é inconcebível para os ditos "cultos" de hoje. Falou-se até em "coar um mosquito, mas engolir um camelo" para desqualificar com o Evangelho a profanação à Virgem Maria e ao Calvário de Nosso Senhor...

Nível sofrível a da formação do tal "pastor e teólogo", sem contar o vereador do PSOL que portou-se como o típico revolucionário, tentando sofridamente desvincular causas de consequências, e logo no começo do programa já tentou colocar Hitler na história...

Já o Otoni de Paula, desde o começo se propôs a ser o fiel da balança, e filtrava os dizeres dos demais para se posicionar, e com isso acabou secundando o Alexandre em alguns momentos. Salve Maria!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Samara 14-11-2017 14:07
A arte é arte onde quer que esteja, não depende de circunstância. "La Pietà", por exemplo, será vista como obra de arte se estiver no meio da praça, no meio de um jardim, no centro de um museu etc. É muito fácil de se detectar. "Queermuseu" e afins é puro lixo feito para chocar e dessensibilizar.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Samara 14-11-2017 13:16
Nossa, Alexandre, parabéns pela paciência, pela serenidade para estar nessa mesa. Eu não tenho qualquer disposição para ficar debatendo com quem é desonesto, falacioso, que usa uma série de não-argumentos como se fosse sério. Tem que ter muito estômago para encarar mentirosos que se levam a sério.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Lana 01-11-2017 05:28
Gostei muito também da fala do Pastor Otoni de Paula.
Responder | Responder com citação | Citar
+4 # Luciane 29-10-2017 04:01
Muito bom Alexandre! Esses esquerdistas são uma vergonha como cidadãos e cristãos, o discurso é sempre o mesmo. Tentam ganhar o debate pela insistência da opinião própria e apelam quando veem seus discursivos vazios sendo jogados por terra. A impressão que tive foi que o apresentador também é a favor dessa arte demoniaca, mas enfim, vamos que vamos.......
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # Alex Hoffmann 28-10-2017 16:15
Sempre e em todo lugar que a esquerda se encontra temos o mesmo discurso: tem que debater. Só que este dito debate não pode entrar nenhuma opinião contrária porque as opiniões contrárias são discursos de ódio.
Fosse eu no lugar do Alexandre ficaria roxo de raiva e partiria para a agressão, não sou bom em argumentação.

Mas deu uma surra no final que os dois esquerdopatas voltaram para um mimimi mais mimisinho.
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # Geraldo 28-10-2017 00:55
E por falar neste assunto...Vamos apoiar minha gente, esta grande campanha (abaixo) de repudio à uma palestra de Judith Butller (uma das papisas da Ideologia de Gênero) aqui no Brasil. Eu apoio a campanha sem nenhum constrangimento de estar cerceando a liberdade de expressão da ideóloga e seus seguidores, PRECISAMENTE porque todo o seu diuturno trabalho - ricamente financiado - consiste exatamente na proibição, perseguição e punição da LIVRE EXPRESSÃO de todos, menos do seu grupo.
Responder | Responder com citação | Citar
+4 # EJF 27-10-2017 22:44
Alexandre como sempre se manifestando com clareza e objetividade em defesa da verdade. Parabéns pelo protagonismo cristão! Que Deus continue te abençoando em todos seus desafios missionários. A Paz!
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # Marcos 27-10-2017 17:27
O momento de nossa libertação se aproxima!
Essas situações estão trazendo os verdadeiros cristãos, ainda que em igrejas evangélicas, pra debaixo do manto da Mãe.
Tudo concorre para o bem dos que amam a Deus!
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # Fabio 27-10-2017 15:40
Maravilha de debate. Alexandre com muita sabedoria e discernimento!
Responder | Responder com citação | Citar
+4 # Marcos 27-10-2017 11:35
Pastor evangélico de esquerda, do PSOL?
Covardia sua debater com um cara assim, Alexandre; é bater em bêbado!...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # geraldo 27-10-2017 01:35
Só dois adendos:
1) Quando digo que os tais "artistas" fazem CATEQUESE com aquelas "obras" expostas, certamente uso o termo em sentido irônico (pois a nossa catequese é a reflexão sobre o que Cristo tem feito por nós, e, portanto, é um olhar sobre o real) já aquela catequese do queer museu e cia, parte de ideias prontas cuja veracidade é proibido debater a ponto de (em muitos países) a divergência frente a elas, ser castigada com o poder de polícia do estado. O que leva ao segundo adendo.

2) O deputado questiona se houve ali no MAM uma prática efetiva explícita de pedofilia. Ora, qual pedófilo aborda a criança direta e explicitamente? Qual abusador não prepara aos poucos e sutilmente o terreno? Mil vezes mais grave que um ato isolado de abuso, é a dessensibilização subliminar que avança aos poucos, como as novelas da Globo: um estupro cultural lento e quase imperceptível.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Gleison Oliveira 26-10-2017 22:46
Hahahahahahahahahaha que paulada! Muito bom :D
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Wesley Meras 26-10-2017 21:39
Fiquei em dúvida se era um pastor protestante ou um ativista esquerdista
Responder | Responder com citação | Citar
0 # GERALDO 30-10-2017 20:01
É óbvio que para esse cara como para Leonardo Bofe, Frei Bé, Ivone Guevara e tuti quanti, a religião é um mero biombo para esconder suas taras ideológicas que escondem a vontade doentia de que todos se curvem e obedeçam direitinho a tudo o que eles querem implantar.

O pastô falando em priorizar o amor caritativo e em coar mosquito e engolir um camelo...Mas quer um camelão maior e mais opressor do povo pobre do que os poderes ultracapitalistas aliados ao estatismo sufocante aos quais ele serve com sua postura ideológica???
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcos Paulo 26-10-2017 20:12
O sujeito ainda tenta julgar a Igreja de hipócrita, mas o Alexandre deu a resposta que lhe cabia, mostrando que, sendo um desinformado, não tem a mínima moral para falar contra a Igreja; e, aliás de ninguém, pois usa até mesmo Cristo para defender ideologias mundanas.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Fabia Martins 26-10-2017 18:50
Debate em alto nível, e realmente o mimimi vai continuar... Muito bom ver um pastor respeitar os princípios católicos.
Responder | Responder com citação | Citar
+10 # Regina Bizerra 26-10-2017 15:57
Quem defende este tipo de arte é muito demagogo, compara com coisas que todos são contra SEMPRE
Responder | Responder com citação | Citar
+11 # Anne Caroline Gomes 26-10-2017 15:56
Nessa primeira fala o cara diz tanto a palavra debate que eu fiquei me debatendo se esse cara debatia realmente alguma coisa sobre o verdadeiro debate, ou se a vontade dele era debater sobre debate kkkkkkkkkk
Responder | Responder com citação | Citar
+4 # Naudielândia 26-10-2017 15:46
Parece que esse pastor teólogo não está bem informado, porque a Igreja Católica todos os anos faz um trabalho muito sério através da Campanha da Fraternidade abrangendo temas bastante relevantes para a sociedade brasileira.
Responder | Responder com citação | Citar
+9 # João Pedro Strabelli 26-10-2017 15:41
Então, né, se em vez de símbolos religiosos cheio de ofensas tivessem colocado símbolos da ideologia de gênero cheio de ofensas, eles diriam que é arte? Já responderam sobre arte e sobre limites. Opinião pública é censura? Esborrachou o segundo argumento. Mas ainda sobrou a apelação emocional, algum global vai aparecer com os olhos marejados dizendo que tinha se preparado tanto pra fixar pelado na frente dos outros e não deixaram.
Responder | Responder com citação | Citar
+8 # Maria Mônica Paiva S 26-10-2017 15:35
Que maravilha de debate, Alexandre que sabedoria!
De teologia esse pastor esquerda não sabe nada
#MITO
Responder | Responder com citação | Citar
+9 # César Augusto Simões 26-10-2017 14:51
O catequista moendo os caras no debate com tranquilidade e elegância. B-)
Responder | Responder com citação | Citar
+4 # Johnny 26-10-2017 13:56
É TRETAAAAAA... É TRETAAAAAAAAAAAA... É TRETAAAAAAAAAAAA(Bueno, Galvão)

Vou assistir! hehe
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade