Publicidade
Terça, 05 Julho 2016 01:54

Descobridora do “Evangelho da Esposa de Jesus” admite que pagou mico: o documento é FALSO!

Postado por

evangelho_falso

A historiadora Karen King, que em 2012 anunciou a existência de um manuscrito que diz que Jesus foi casado com Maria Madalena, confessou há poucas semanas que o documento é mais falso do que tênis Nike comprado no Paraguai. O tal fragmento de manuscrito tem oito linhas, em que se pode ler partes de frases atribuídas a Jesus, como "Jesus lhes disse: 'minha esposa...'" e "ela será capaz de ser minha discípula...".

No mesmo ano em que o manuscrito foi divulgado, o jornal da Universidade de Cambridge publicou um artigo com o parecer de vários estudiosos questionando a autenticidade do documento e indicando algumas evidências de fraude, como se pode conferir aqui. Karen King, na época, não deu ouvidos a eles.

Mas como uma estudiosa da Universidade da Harvard (EUA) se deixou enganar pelo homem que lhe entregou o manuscrito? A resposta é que ela estava cega pelo desejo de desacreditar o celibato dos padres católicos. Quis atacar a Igreja, acabou ficando com cara de tacho.

Tadinha da dotôra King... Não foi dessa vez, fofa!

desapontada

A seguir, apresentamos o texto que Júlio Cesar Chaves, especialista em cristianismo primitivo, publicou em seu blog sobre a confissão de Karen King.

*****

Por: Júlio Cesar Chaves

Há algumas semanas, a professora de Harvard, Karen King – responsável pela divulgação do Evangelho da Esposa de Jesus em 2012 – deu uma entrevista na qual declara que o fragmento é provavelmente uma falsificação. A entrevista foi dada à Associated Press, e partes dela foram reproduzidas por outros sites, tais quais o America Magazine.

King declarou ainda que foi enganada por Walter Fritz, um homem de negócios da Flórida que seria o responsável por fazer chegar a ela o fragmento em questão. Não restavam dúvidas de que o fragmento era uma falsificação moderna desde sua divulgação. Houve consenso entre os estudiosos no tocante a isso. E o golpe de misericórdia foi dado por Christian Askeland, em abril de 2014.

Meu blog acompanhou de perto o desenrolar da questão; desde a divulgação, passando pelo aparecimento gradual das evidências de falsificação, até o golpe final dado por Askeland. Quem quiser recapitular a questão, pode clicar aqui.

A entrevista de King não muda nada em relação à autenticidade (ou falta de) do fragmento. Não restavam mais dúvidas quanto a isso. Ela, provavelmente, estava apenas esperando a poeira baixar para finalmente poder admitir que foi enganada e que se tratava de uma falsificação.

A notícia da entrevista de King já repercutiu aqui no Brasil e uma matéria saiu na Folha de São Paulo. Mas claro, o espaço dado pela mídia dessa vez foi muito menor do que na época da divulgação, em 2012. Há sempre mais gente preocupada em colocar fogo do que em apagar o incêndio.

Algo me diz que esse ainda não é o último capítulo dessa novela. Talvez ainda descubramos as reais motivações do falsificador, e como ele fez para falsificar.

Aguardemos.

julio_chavesJulio Cesar Chaves é historiador especializado em cristianismo antigo e doutorando em Ciências das Religiões pela Université de Laval. É autor do livro "A Gnose em Questão - Ensaios sobre a Gnose". Para visualizar seu Currículo Lattes, clique aqui.
408 Quarta, 21 Dezembro 2016 19:51

Comentários   

0 # raimundo 08-08-2016 11:41
Eu li um relato muito falso e perigoso, quando alguem inventa que Jesus tinha mulher. Isto naõ temos duvida, e´um grande falso, é coisa de quem quer mexer ate´com a vida de Deus, que coisa mais sem graça! Quem tem coragem de mexer com o nosso salvador, ou podemos dizer, nosso caminho da salvaçaõ, porque ele é o caminho a verdade e a vida. Ninguem jamais deve falar dele a naõ ser de bem ,ou n melhor de nosso rei ou melhor ainda rei de todo universo ,porque Jesus e o rei dos reis nossa salvaçaõ esta´em suas mao˜s
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Julio Cesar Dias Chaves 19-07-2016 15:05
Agora, o fato de ela não ser a falsificadora não significa que ela não possa ter motivações anticristãs ou coisas do tipo. Ou que possa ter agido de má fé na divulgação do fragmento. São coisas diferentes.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Julio Cesar Dias Chaves 19-07-2016 15:03
Eu discordo de você, com todo respeito. Ela não arriscaria colocar a reputação acadêmica dela em jogo assim de graça. O erro dela foi ter sido ingênua. A falsificação em si não foi obra dela. Mesmo porque se ela fosse falsificar, ela teria feito um trabalho bem melhor e bem mais difícil de ser desmascarado, principalmente no que diz respeito à sintaxe do texto copta.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Julio Cesar Dias Chaves 06-07-2016 14:51
Eu conheço a Karen King pessoalmente, e sinceramente, não acho que ela tenha sido a autora da falsificação. Eu realmente acho que ela foi enganada. E essa é a opinião geral dos estudiosos da minha área. O grande erro dela nisso tudo foi ter se empolgado e ter sido ingênua demais, ter deixado a vontade de aparecer passar na frente da prudência. E o que a empolgou nisso tudo nem foi exatamente a "possibilidade" de Jesus ser casado, afinal, ela sabe - como qualquer estudioso da área - que essa possibilidade não existe. O que a empolgou foi o fato de Maria Madalena ser citada no fragmento. Para quem não sabe, King se notabilizou por estudar o papel da mulher no cristianismo antigo, e uma das personagens a quem ela mais dedicou tempo foi exatamente Maria Madalena. E eu tenho certeza que o falsificador sabia disso e a procurou de propósito. Outro grande problema no apelo midiático disso tudo é que ela adotou dois discursos, um para os especialistas e outro para a mídia e o grande público. Ela nunca sequer insinuou para os estudiosos que o fragmento provava que Jesus foi casado (como eu disse, historicamente, ninguém tem dúvidas de que Ele não o foi). Mas, diante da mídia e do público em geral, ela adotou outra posição, insinuando que isso poderia ser possível e que o fragmento poderia ajudar a esclarecer a questão. E ela fez isso porque sabia da grande polêmica que isso causaria.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Leniéverson 14-07-2016 02:07
Júlio, me permita fazer uma discordância. Historiadores, como ela, fazem certas coisas calculadas, não seja ingênuo. Podemos achar que conhecemos as pessoas, mas; nos frustrar com ela. Gente assim são figuras comuns em sites ateus extremistas, como por exemplo, o Paulopes e Bule Voador e, na mídia secular, que vive falando mal dos valores judaico-cristãos. Na verdade são filhotes do site da Atea (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos). Aliás, sempre que posso, sugiro levar sites com estes a sério, apesar do ódio expresso por eles.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # João Pedro Strabelli 05-07-2016 20:02
Conclamo a todos aqui: vamos sugerir esta doutora para o prêmio IgNobel. Aquela sátira ao Nobel que é honrosamente concedida a quem fez alguma barbaridade que não pode e não deve ser repetida. Afinal, acreditar num pedaço de papiro de 8 linhas de pelo menos dois séculos e meio depois de Jesus não é para qualquer cientista pé de chinelo no reino da pagação de mico. Tem ser alguém BEM capacitado para besteiras, daqueles que rasga todo o método científico e todo o bom senso. Ou, se o IgNobel não aceitar, a gente pode tentar vender pra ela um terreno na Lua. Pelo que ela já demonstrou, acreditar num terreno por lá deve ser a coisa mais fácil. É só mostrar um pedaço de papel amarelado com 8 linhas. Agora, sem zoeira, a cada dez anos mais ou menos aparece algum “jênio” com uma “discuberta sem-sacional” de que Jesus foi casado. E TODOS quebraram a cara. É questão de tempo até outro pagador de mico aparecer com isso. Se alguém tiver a fim de olhar uma das notícias da época (inclusive zoei no comentário). Se você achou a “discuberta” estúpida, preste atenção no texto do jornalista. Para dar crédito em estupidez…: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/reuters/2012/09/18/texto-em-pedaco-de-papiro-sugere-que-jesus-foi-casado.htm
Responder | Responder com citação | Citar
0 # marcos 06-07-2016 10:45
Comentário fantástico o seu lá na pagina da matéria! Ótimo, mesmo. Quem não viu, vale a pena ver.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 06-07-2016 01:47
Prêmio IgNobel! ahuahuaha, perfeito
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex Hoffmann 05-07-2016 19:50
Para desfazer a mentira de um tolo é necessário dez sábios. Para o tolo o mundo empresta os dois ouvidos, para os sábios é necessario muito tempo, esforço descomunal, aulas e mais aula para que alguns no mundo deixem de crer na tolice. Ou seja, pode falar abertamente no JN da globo, terá muita gente que ainda assim achará que a tia Teteca estava serta.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Benvindo 05-07-2016 19:20
Nunca é tarde para sair da ignorância. Keep that one...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # João Alves 05-07-2016 13:29
Ela deveria perder o título de doutora depois dessa palhaçada toda criada pela mesma. Patético!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # geraldão o galão 05-07-2016 13:19
Se eu fosse essa dotôra doida, eu partiria para briga contra o Didi Maiscedo ou com o "rei" do gado Valdemiro Santiago. Tem outra opção para ela desmascarar belezinha - se ela for capaz - o tal de Alvaro Thais, vulgo "inri" """cristo""". GERALDÃO O GALÃO
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Vinicius Nascimento 05-07-2016 11:26
O pior é que esse tipo de notícia acaba ficando gravado na história. Mesmo com comprovações da falsificação, as pessoas não pararão de atacar a Igreja. Mesmo com atestado de falsidade, até hoje as pessoas acreditam em Chico Xavier, na caça às bruxas da Inquisição, que o papa condenou os gatos pretos. Enfim, tantas outras mentiras que são ressuscitadas. Mas as aparições de Nossa Senhora em Fátima ninguém comenta. Oremos e saibamos defender nossa fé.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rodrigo 05-07-2016 11:03
E os ataques continuarão até o fim dos tempos, mas as portas do inferno não prevalecerão, ou parafraseando em jargão atual: "golpistas não passarão"! São Pedro, rogai por nós!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # marcos 05-07-2016 10:02
"Quis atacar a Igreja, acabou ficando com cara de tacho. Tadinha da dotôra King… Não foi desta vez, fofa!" Não foi dessa vez, e não será de nenhuma outra vez, nunca...
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade