Publicidade
Quarta, 04 Novembro 2015 01:10

A história de Padre Douglas: 9 dias torturado pelo "Estado Islâmico"

Postado por

Oi, Povo Católico!

Toda hora ouvimos falar em Estado Islâmico, refugiados e igrejas destruídas. Uma realidade terrível, mas que não é mostrada como ela é pela grande mídia. O que estará acontecendo, de verdade, no Oriente Médio? Nós de O Catequista tivemos o privilégio de conversar com o Padre Douglas Bazi sobre o assunto. Ele é um sacerdote católico iraquiano de 47 anos, e veio ao Brasil a convite da AIS (Ajuda à Igreja que Sofre).

Padre Douglas tem uma história absurdamente forte: viu sua paróquia ser explodida e passou nove dias em poder dos membros do Estado Islâmico (ISIS).

Foram nove dias acorrentado e vendado. Foi duramente torturado e só teve forças pra sobreviver porque usava suas correntes para rezar o Rosário. Na entrevista abaixo você pode conferir essa história em detalhes e muito mais: vai saber como era a vida no Iraque antes do Estado Islâmico, como está a situação agora e o que é a Ajuda à Igreja que Sofre. Além disso, ao final, vai ouvir um pedido emocionante.

Bem-vindos à nossa nova atração: "O Catequista Entrevista"!

Gostou? Então aproveite para visitar nosso Canal no Youtube (ocatequistaTV.com.br) e inscreva-se para receber todas as nossas atualizações!

Comentários   

0 # Adriana - Frases da Conquista 17-04-2016 08:35
Nossa que história.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # S. 05-11-2015 19:27
Boa noite pessoal! Alguém poderia me indicar um site no qual eu poderia baixar o programa que permite passar um vídeo do youtube para o WhatsApp? Os que eu encontrei na internet, meu antivírus indicou que estava infectado. Quero poder mandar o vídeo do testemunho desse padre via WhatsApp. Obrigada desde já.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcio Monteiro 04-11-2015 23:04
Sensacional a entrevista com o Pe. Bazi! Continuem assim, pois estão no caminho certo!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Raiane Oliveira 04-11-2015 15:08
Gostaria de pedir um favor, que fizessem um post sobre o Dízimo, se não for muito incomodo. Obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 04-11-2015 15:43
Raiane, já temos um post sobre isso: http://ocatequista.com.br/archives/1993
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Nanda Ribeiro 04-11-2015 13:32
Quando se trata de religião, o assunto fica mais tenso e a população não sabe interpretar a liberdade religiosa, que é o caso do Islâmico! Covardia total.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Renan 04-11-2015 11:25
Na Palestina, nos redutos muçulmanos, as crianças de até 5, 6, 7 anos adiante aparecem nas tvs, uniformizadas em roupas de combate dizendo: quando crescer quero explodir um judeu ou cristão, que v acha disso? Fácil entender, pelo abaixo e pelo que o Pe Bazi passou nas mãos desses satanistas e assassinos! O Alcorão, a "bíblia" dessa "religião", em que se “instruem”, tem certas suras que os “religiosos” dessa ideologia pagã repassam aos doutrinandos, fabricando os futuros terroristas, discriminadores e intolerantes: "Ó fiéis, não tomeis por amigos os judeus nem os cristãos; que sejam amigos entre si. Porém, quem dentre vós os tomar por amigos, certamente será um deles; e Alah(deus) não encaminha os iníquos” – Alcorão, Suratra 5,51. “O castigo, para aqueles que lutam contra Alah(deus) e contra o Seu Mensageiro(Maomé) e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo” – Alcorão, Suratra 5,33. O Alcorão – conforme lemos acima, dentre outros vários mais similares – incita seus adeptos a práticas violentas contra os que não aderem à força ao Islã. Aos que chamam o Alcorão e o Islã de pacíficos: por que todos os terroristas conhecidos são muçulmanos e seguem o islamismo? Como todas as religiões pagãs prometem, aos "salvos" do Islã serão oferecidos todos os tipos de prazeres carnais! Eles eram aliados de Hitler, depois da Russia e hoje são associados aos comunistas! Esperam o Mahdi, um futuro “salvador” da humanidade – será o anticristo!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rodrigo 04-11-2015 12:39
ctrl+c, ctrl+v
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Aline de Jesus 04-11-2015 10:48
Eu falo, é muito fácil ser Cristão aqui em nosso país! Ninguém aqui é perseguido, morto ou torturado por querer seguir a Jesus... e ainda assim, nossas Igrejas não tem 1/3 da população que se diz Católica. Rezemos por esses irmãos sofridos. Que nos espelhemos neles para sermos firmes em nossa fé.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Esteban 04-11-2015 09:52
Bom dia. Gostaria de sugerir uma leitura a todos: O preço a pagar por me tornar Cristão. Resumidamente, narra uma história de conversão ao catolicismo de um muçulmano xiita, de família tradicionalíssima no Iraque descendente de Maomé, ocorrida entre 87 e 2001.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Amanda 04-11-2015 14:05
Esteban, Eu gostaria de reforçar a sua sugestão de leitura. O livro é incrível! Quem puder, leia-o!!!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # kAT 04-11-2015 09:32
Esses casos são chocantes. Não esqueçam tb do caso do Pe Jack Murad, preso em cativeiro por 85 dias. http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/11/padre-catolico-relata-vida-sob-cativeiro-do-estado-islamico.html
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade