Publicidade
Terça, 21 Junho 2016 02:16

Deus Pai representado em forma humana. Pode Arnaldo?

Postado por

pai_destaque

Como é a face de Deus? Pela revelação bíblica, sabemos que duas das Três Pessoas da Santíssima Trindade já se apresentaram à contemplação dos olhos humanos: o Filho se encarnou como Homem e o Espírito Santo se mostrou em forma de pomba e em forma de línguas de fogo (como símbolo, não como Sua verdadeira forma, pois Ele é puro espírito). O Pai, por sua vez, ninguém jamais viu.

Diante disso, um leitor nos perguntou: “É errado fazer imagens de Deus barbudo, sendo que Deus Pai não mostrou sua face a ninguém?”. Não, não é errado, apesar de, eventualmente, causar alguma confusão teológica.

Vejamos o que diz o Catecismo:

AS SANTAS IMAGENS 1159. A imagem sagrada, o «ícone» litúrgico, representa principalmente Cristo. Não pode representar o Deus invisível e incompreensível: foi a Encarnação do Filho de Deus que inaugurou uma nova «economia» das imagens...

Como o próprio Catecismo ensina, é impossível representar Deus Pai na Sua FORMA. Mas para fins de catequese por meio de imagens, há uma "licença poética", digamos assim, para representar Deus Pai com uma imagem similar à imagem do Filho. Afinal, "Cristo é a imagem de Deus invisível" (Col. 1, 15), e Ele mesmo afirmou: "Aquele que me viu, viu também o Pai" (Jo 14,9).

Se Jesus mostrou Sua face, que mal haveria em representar o Pai como um homem parecido com o Filho? A princípio, não há mal. Por isso, o clero em geral permitiu a difusão de representações de Deus Pai em forma humana, inclusive a mais famosa delas: "A Criação de Adão", afresco de Michelangelo na Capela Sistina.

Só é preciso notar que a imagem de Deus Pai de barba branca, aparentando ser mais velho do que o Filho, pode passar aos fiéis a falsa ideia de que o Pai é mais velho e existe há mais tempo do que o Filho. Não, isso é uma heresia! Um padre chamado Ário, aliás, foi condenado e excomungado por pregar esse erro, no século IV. Pai, Filho e Espírito Santo existem desde sempre!

De qualquer forma, a representação simbólica Deus Pai como um homem mais velho não é errada, pois assim Ele se mostrou para o profeta Daniel:

Continuei a olhar, até o momento em que foram colocados os tronos e um ancião chegou e se sentou. Brancas como a neve eram suas vestes, e tal como a pura lã era sua cabeleira... (Dn 7,9)

Olhando sempre a visão noturna, vi um ser, semelhante ao filho do homem, vir sobre as nuvens do céu: dirigiu-se para o lado do ancião, diante de quem foi conduzido.  (Dn 7,13) Em alguns templos, porém, para representar a figura do Pai, os artistas sacros recorrem a imagens que são mais coerentes com a Sua figura misteriosa e velada. Um desses símbolos é a Mão de Deus, que surge em meio às nuvens.

mao_deus

Em 1929, a Irmã Lúcia, uma das videntes de Fátima, teve uma visão sobrenatural do mistério da Trindade; nessa visão, Deus Pai aparecia com a forma de um homem, cujo busto aparecia sobre a cruz em que o Filho estava crucificado. Então, ao que parece, Deus Pai não se ofende ao ser representado em forma humana. Mas deve ser ensinado aos fiéis que essa é uma representação SIMBÓLICA, não histórica e material.

1444 Quarta, 21 Dezembro 2016 20:20

Comentários   

0 # ailtoneduardo 01-07-2016 12:21
em tiradentes tem uma igreja da trindade que tem a imagem de Deus como um senhor como uma coroa na cabeça e tem aquela imagem do Pai Eterno de Goias. toda vez que eu a vejo , me lembro do inicio do livro de João
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Frank Matos 28-06-2016 03:58
Quando li "ideia" (sem acento), obedecendo a nova reforma ortográfica do Lula, parei de lê-lo!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # João Pedro Strabelli 22-06-2016 19:40
Muita gente comentou aqui, inclusive eu, da representação de Jesus Cristo e Nossa Senhora com o traços locais. Nossa Senhora Aparecida tem traços negros no Brasil, Nossa Senhora de Guadalupe tem traços indígenas no México, Nossa Senhora de Lourdes tem traços europeus na França. Mas não é só nas imagens que a gente pensa n’Eles com traços locais, a nossa forma de pensar e imaginar também pega muito dos costumes locais. Não é muito difícil ver gente falando de Maria ou de Jesus Cristo como se fossem vizinhos nossos. Vejo, por exemplo, muita gente imaginando Jesus como um hippie, já que ele andava por aí com todo mundo, não tinha morada fixa, não ligava pra dinheiro. Não que imaginar Jesus Cristo ou Sua Mãe seja necessariamente um problema. É preciso cuidado, mas acho que muita gente faz isso por vontade de ser mais próxima a Eles.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Thiago Perandré 22-06-2016 14:14
Muito bom e esclarecedor. Minhas pinturas preferidas da Santíssima Trindade são as que A representam os três com fisionomia humana. Ex: - https://goo.gl/dXfNnK - http://goo.gl/0BIQLZ Mas aí surge uma outra dúvida: E o Espírito Santo? Pode ser representado com uma fisionomia humana? Confesso que às vezes me incomodam as pinturas do Senhor Javé e do Senhor Jesus com traços humanos e o Senhor Espírito Santo como uma pomba entre os dois, acredito que para pessoas mais simples, da a impressão de que Ele é irracional ou algo do tipo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Maria Alice 21-06-2016 20:56
Algumas pessoas místicas tiveram visões de Deus Pai, como Irmã Lúcia (como foi citado). Uma madre italiana divulgou uma imagem de Deus Pai para veneração pública, foi bem interessante como Ele se revelou para esse propósito. Tem uma reprodução aqui: http://abba.leiame.net/
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Natalia 21-06-2016 12:49
Esse post me fez lembrar das muitas pessoas que criticam tanto a imagem quanto a pessoa que tem a imagem dentro de casa, do "Messias loiro do olho azul". Onde se vê que ou a ignorância ou a desonestidade é grande, pois se você for na China, existem imagens de santos e acredito que até mesmo de Jesus "com o olho puxadinho". Recentemente a ACI Digital fez uma publicação onde mostra pinturas e retratos de Nossa Senhora em outros países. Já ouvi muito na época da escola, críticas sobre "adorar um branco do olho azul sendo que nem sabemos se de fato possuía essas características". Antes eu não tinha muito conhecimento e como responder, mas se fosse hoje, conseguiria responder decentemente!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # João Pedro Strabelli 21-06-2016 15:54
Natalia, muitas dessas pinturas foram feitas por europeus em lugares onde praticamente só haviam loiros de olhos azuis. Daí essa aparência. Em casa eu tenho um Cristo esculpido em ébano que uma tia freira trouxe da África. O autor nunca tinha visto qualquer representação de Jesus e usou como modelo a fisionomia local, de um africano. Aqui no Brasil, por ter modelos anteriores, acabou copiando um pouco. Lá, pelo menos na época, não.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Natália 21-06-2016 19:07
Sim, é o mesmo com Nossa Senhora Aparecida. Cada país acaba representando Jesus e Nossa Senhora conforme a fisionomia local, e eu acho bonito porque faz com que não se sintam deixados de lado, cria uma proximidade.. Acaba sendo algo literalmente universal.. Mais ou menos isso rs
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex Hoffmann 21-06-2016 22:11
Cara Natália e caro João Pedro Strabelli, creio eu, não ser só nas representações iconográfica mas Nossa Senhora mesmo já se mostrou digníssimamente para muitas pessoas mundo a fora, e o fez apresentando-se com a cor dos nativos. Exemplo Nossa Senhora de Guadalupe.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # João Pedro Strabelli 24-06-2016 22:39
Grande, Alex, qué isso? Não foi abelhudo não, de forma alguma! Na verdade foi exatamente este seu comentário que me fez abrir os olhos e entender isso. Que, aliás, estava na cara, eu já tinha ouvido mas de repente me pareceu tão grande, tão maravilhoso entender que cada um representa Maria do seu jeito porque Ela é Mãe de todos. Abraço!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex Hoffmann 23-06-2016 00:33
Curvo-me ao que está posto por ti e pela Natália em suas conversas, eu fui o abelhudo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # João Pedro Strabelli 22-06-2016 19:30
É opinião minha: por isso que Ela é Mãe. Assim mesmo, com letras maiúsculas.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcos Paulo 21-06-2016 12:18
Pra tirar as dúvidas, vamos nos esforçar pra ir pro céu que a gente descobre :)
Responder | Responder com citação | Citar
0 # assis 21-06-2016 12:02
As imagens de Deus não fere o mandato de exodo 20, 4? Um padre liturgo me disse que o pai não pode ser representado como velhinho, somente através do filho e do espirito santo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 21-06-2016 14:59
Assis, não fere. Após a Encarnação, Deus Pai mostrou Sua Face no Filho, então, é natural que os fiéis imaginem que o Pai tenha os traços do Filho. Para fins simbólicos, é válido. Até porque, no livro de Daniel, Deus Pai é descrito como um ancião. Vamos lembrar que o próprio Papa aprovou a pintura da Capela Sistina, e lá está a pintura de Deus Pai como ancião.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Laércio de Sousa 21-06-2016 11:56
A propósito, uma dúvida paralela a este tema, para a qual até hoje não encontrei resposta: a que(m) deve ser atribuído o nome YHWH/Yahweh/Javé? À pessoa de Deus Pai? À Trindade como um todo? Ou este nome só faz sentido no contexto do Antigo Testamento (onde o mistério da Santíssima Trindade ainda aparece de forma velada)?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Ricardo 21-06-2016 11:52
Então a representação da imagem do Divino Pai Eterno é errado, concorda? O que dizer sobre esta veneração?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Daniel 06-07-2016 14:53
Sem contar que essa veneração foi inspirada pelo próprio Deus. Depois que o homem que achou a imagem dentro da terra e, a colocou dentro de casa para rezar o terço, muitas graças foram acontecendo
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Robson 21-06-2016 10:44
Moisés foi o único Homem que chegou a ver a Deus ainda que de costas. E é forma do Senhor era uma forma humana.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Bruna 21-06-2016 09:34
Curiosamente eu tenho pensado nisso, uma vez que em uma formação, foi comentado que Deus é espírito, o que de fato, sempre imaginei; porém, e como fica a passagem que diz que o homem foi criado a imagem e semelhança de Deus? Não compreendo o sentido e ainda não encontrei um comentário ou explicação consistente que me esclareça.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Pedro 21-06-2016 11:26
Não a semelhança física! O homem foi criado a partir da matéria da terra, porém, possui realidade espiritual, a qual compartilha da mesma origem: o Espírito de Deus! Deus sopro-lhe as narinas e lhe deu a vida, a capacidade de pensar e, principalmente, de amar assim como Deus. Somos sua imagem e semelhança porque, apesar de sermos criaturas, temos a capacidade de entender a Criação (através das ciências) e principalmente de conhecer a Deus e amá-lo. Essa é a imagem de Deus: o amor. E temos essa capacidade...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 21-06-2016 09:10
A uma passagem do livro de Daniel que demonstra DEUS PAI, em forma de uma ancião, como está escrito: "Continuei a olhar, até o momento em que foram colocados os tronos e um ancião chegou e se sentou. Brancas como a neve eram suas vestes, e tal como a pura lã era sua cabeleira; seu trono era feito de chamas, com rodas de fogo ardente." (Daniel 7, 9). "Olhando sempre a visão noturna, vi um ser, semelhante ao filho do homem, vir sobre as nuvens do céu: dirigiu-se para o lado do ancião, diante de quem foi conduzido." (Daniel 7, 13). Por isto sempre que via a figura da SANTISSIMA TRINDADE, em que DEUS PAI, era representado por uma ancião, se derivava destas passagens de Daniel. Tais passagens, também influenciaram na composição artística a retratar a DEUS PAI, em forma de um ancião?.
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade