Publicidade
Sábado, 10 Março 2012 08:53

Catecine - Golgotha

Postado por

golgota_paixao_de_cristo_cartaz

E aí povo católico,

E voltamos com o nosso Catecine!  Hoje falaremos de um excelente filme sobre a Paixão.  Esqueçam (por hora) a versão de Mel Gibson.  Conheçam essa excelente versão francesa de 1935 - Golgotha.

É a versão da Paixão que, com certeza, é uma obra-prima e apresenta o melhor roteiro.  Aliás, roteiro esse escrito por um padre - Joseph Raymond, diretor da Centrale Catholique du Cinéma –, que segue rigorosamente a narração do Evangelho de São Mateus.  Seu realizador é Julien Duvivier, considerado um dos cinco maiores cineastas franceses de todos os tempos (para tristeza da choldra esquerdista essa lista não conta com o nome do nefasto Jean Luc-Goddard).

GolgothaGolgotha foi um filme grandioso para a sua época, contando com um orçamento gigantesco para os padrões franceses, e foi filmado na França e na Argélia.  De longe, graças aos esforços do Padre Raymond, é de fato o melhor roteiro de um filme narrativo da História de Nosso Senhor.  A fotografia é estonteante e a direção de arte incrível.

Duvivier firmou aqui seu nome como realizador.  A nota triste relacionada ao filme diz respeito ao ator que interpretou Jesus, Robert Le Vigan. Acusado de ser colaborador dos nazistas nos anos negros da ocupação francesa, viu sua carreira naufragar e morreu no exílio em Buenos Aires, vivendo de camelotagem e na miséria.

É óbvio que Mel Gibson vez um filme visualmente mais complexo e profundo, mas "Golgotha" coloca-se muitos furos acima no quesito narrativo, é um programa imperdível e item muito mais que obrigatório na videoteca de todo cristão.

É isso aí filibusteiros, vamos começar a entrar naquele site cujo nome lembra aquele navio com capacidade de submergir (marchant n´O Catequista somente com banners pagos). E compre, compre, compre!

311 Quinta, 25 Maio 2017 00:35

Comentários   

0 # Cadu Sindona 10-03-2012 09:53
Um filme sobre a vida de Nosso Senhor Paulo? Muito bom! Confio em vc qndo diz q o roteiro de "Golgotha" seja melhor q a "A Paixão de Cristo" mas acho dificl que o filme de mel Gibson tenha menos impacto do que qualquer outro sobre os ultimas horas de Jesus e da sua Ressureiçao. Lembro que a primeira vez que vimos o filme minha mãe gritou pra TV no momento crudelíssimo da flagelação um "PARA!!!" q ficou naminha memoria. O amor de Nosso Senhor por nós é palpável, verdadeiro, eterno.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Leniéverson Azeredo 11-03-2012 22:18
Para mim, um filme que almeja ser evangelizador, tem de impactar, colocar cenas fortes, clímax e anticlímax, enfim, tem de tocar o coração das pessoas de forma profunda e, sobretudo, ter conteúdo fortemente bíblico.Eu creio que se deva criar filmes com esse perfil,e, envergadura de financiamento, sobre Santa Teresinha de Lisieux, Santa Teresa de Jesus, São Padre Pio de Pietrelcina, entre outros.E, cada diocese, arquidiocese, paróquia deveria colocar ou estimular a comunidade para assistir, assim, a comunidade amará mais a Igreja Católica.
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade