Publicidade
Segunda, 19 Junho 2017 19:05

Até Lutero e Calvino reconheciam Maria como Mãe de Deus e sempre Virgem

Postado por

Pensem numa bola de neve: quanto mais ela rola montanha abaixo, maior ela vai ficando. Assim é a heresia protestante: lá pelo século XVI, ela explodiu com Lutero e Calvino, mas não ficou só nos erros de sua origem: quanto mais o tempo ia passando, novos erros iam se somando à heresia original.

Por exemplo: os primeiros reformadores deformadores protestantes ensinavam que Maria é Mãe de Deus e acreditavam em sua virgindade perpétua. Mas como a onda do protestantismo é protestar e dividir, já no tempo de Lutero começaram a surgir protestantes discordando desses ensinamentos.

E é assim até hoje. Enquanto a doutrina Católica permanece sempre íntegra e fiel à herança dos Apóstolos, as seitas protestantes inventam uma heresia nova a cada dia.

Tem dado muito o que falar um vídeo do pastor Claudio Duarte, figurinha fácil em programas de TV. No tal vídeo, falando a um grupo de protestantes, ele se gaba de ter atacado os dogmas marianos dentro de uma igreja católica (uma paróquia em BH), na qual teria sido convidado a pregar.

O pastor despreza a crença católica na virgindade perpétua de Maria e fala que ela não poderia ser Mãe de Deus, pelo simples fato de que ninguém pode ser mãe de alguém que é mais velho do que ela.

Achei que todo o cristão deveria estar acostumado com o fato de que os mistérios de Deus nem sempre são tão óbvios assim. Naquele tempo, ninguém poderia ser mãe sem fazer sexo, e, no entanto, os protestantes também creem que Maria engravidou de Jesus sendo virgem. #Receba!

Um cristão que nega que Maria é Mãe de Deus deve, necessariamente, achar que Isabel estava errada disse: "Donde me vem esta honra de vir a mim a MÃE DO MEU SENHOR?" (Lucas 1,43). Os protestantes se gabam tanto se seguirem a Bíblia, mas não conseguem aceitar essa revelação tão clara da Palavra? Estranho...

O próprio Lutero explica de forma muito simples que não se pode separar a natureza humana de Cristo de sua natureza divina. Se Jesus era Homem e Deus ao mesmo tempo, é lógico que Maria não carregou em seu ventre somente o “Jesus homem”: ela gerou e deu à luz o Deus Encarnado. Quem quiser, pode chorar!

“Deus não recebeu sua divindade de Maria; todavia, não segue que seja consequentemente errado afirmar que Deus foi carregado por Maria, que Deus é filho de Maria, e que Maria é a Mãe de Deus. Ela é a Mãe verdadeira de Deus, a portadora de Deus. Maria amamentou o próprio Deus; ele foi embalado para dormir por ela, foi alimentado por ela, etc. Para o Deus e para o Homem, uma só pessoa, um só filho, um só Jesus, e não dois Cristos. Assim como o seu filho não são dois filhos...”

- Martinho Lutero. Nos Conselhos e na Igreja. Ano 1539

Sobre a virgindade perpétua de Maria, Lutero esclarece:

"Agora, a questão sobre a qual que temos que nos debruçar é sobre como Cristo poderia ter irmãos, se Ele era o filho único da Virgem Maria, e a Virgem não teve outros filhos além dele. Alguns dizem que José foi casado antes de seu casamento com Maria... Mas eu estou inclinado a concordar que 'irmãos' realmente significa 'primos' aqui, pois a Sagrada Escritura e os judeus sempre chamam os irmãos de primos.

- MARTINHO LUTERO. Luther’s Works, Vol. 22. St. Louis: Concordia Publishing House, 1957. Translated by Martin H. Bertram. pp. 214-15

“E ele não a conheceu até que ela deu à luz um filho”: muitos protestantes usam essa passagem para argumentar que o ATÉ QUE indicaria que dali em diante José “conheceria” a sua esposa Maria. Calvino explica que essa conversa é furada:

"Houve certas pessoas que quiseram sugerir a partir desta passagem [Mt 1,25] que a Virgem Maria teve outros filhos além do Filho de Deus, e que José se relacionou intimamente com ela depois; mas que estupidez! O escritor do evangelho não teve a intenção de registrar o que aconteceu depois; ele simplesmente quis deixar bem clara a obediência José (...). Ele, portanto, nunca habitou com ela nem compartilhou de sua companhia (...). Além disso, Nosso Senhor Jesus Cristo é chamado o primogênito. Isso não é porque houve um segundo ou um terceiro filho, mas porque o escritor do Evangelho está destacando sua precedência."

- João Calvino. Sermão sobre Mateus 1,22-25. Ano 1562 (Max Thurian. Mary: Mother of All Christians (translated by Nevill B. Cryer, New York: Herder & Herder, 1963, pp. 39-40)

Bem, mas vocês sabem: a bola de bosta, quer dizer, a bola de neve de heresias vai continuar rolando ladeira abaixo, até se espatifar. Enquanto isso, vamos seguindo firmes na barca de Pedro, que balança mas nunca afunda!

*****

Em vez de chamar um pastor protestante para pregar na sua paróquia, convide O Catequista! Somos 100% católicos, temos um vaticanista na equipe e não cobramos nada. :D

113016 Terça, 20 Junho 2017 20:42

Comentários   

0 # Marcos Granito 22-09-2017 13:09
Sou feliz em ser católico; sabe, uma pessoa me questionou se eu acredito em Maria virgem depois do nascimento de Jesus. Senti no coração que: se o sepulcro que recebeu Jesus morto, ficou vazio (virgem), até hoje,pois ele RESSUSCITOU , quanto mais o seio maternal de Maria que recebeu a VIDA, ficará para SEMPRE VIRGEM!!!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Adriano Gomes 16-09-2017 18:43
Como diria o ditado: "católico ignorante, futuro protestante".
Um dia quero ter toda essa sabedoria do catequista, estou faminto por saber, todos os dias procuro ler e saber das coisas, pra não ser pego sem respostas sobre minha fé. Viva a única igreja criada por Cristo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Everton Caiçara PB 31-07-2017 14:34
Gostaria de saber se poderiam indicar-me alguma bibliografia séria sobre o heresiarca Calvino. O material apologético-histórico é mais vasto sobre Lutero do que Calvino, aqui no Brasil. Há um livro chamado "O Diabo, Lutero e o Protestantismo" de autoria do Padre Júlio Maria que fala um pouco sobre Calvino, esse livro possui fontes seguras acerca do heresiarca genebrino? Porque no Tomo IV de História da Igreja de Daniel Rops Calvino é retrato de uma forma mais "light", vamos dizer assim...

Se alguém puder me ajudar em indicações de livros mais detalhados e com fontes seguras sobre Calvino, ficarei muito agradecido!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 01-08-2017 15:31
Everton, sobre Calvino, além do livro do D. Rops, tudo que li foi em outros idiomas. Você lê em quais idiomas?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Everton Caiçara 01-08-2017 20:35
Só em Português, caríssima Catequista... Mesmo assim se puder indicar em outros idiomas, ficarei humildemente grato.
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # A Catequista 02-08-2017 14:00
Amy Nelson Burnett (editor). John Calvin, Myth and Reality: Images and Impact of Geneva's Reformer

Mark Pattison. Calvin at Geneva. Artigo publicado em The Westminster Review - Volume LXX

Richard Taylor Stevenson. John Calvin: The Statesman

Philip Schaff. History of the Christian Church - Volume VIII: Modern Christianity
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Renan 03-07-2017 19:04
Gostaria que vocês analisassem dois livros lançados no Brasil recentemente: "O papa e Mussolini", que tenta ligar Pio XI ao ditador italiano, e "Fátima - Milagre ou construção?", escrito por uma jornalista portuguesa e que aparentemente é hostil às aparições.

Mandei isso por mensagem para a página do Facebook, mas aparentemente vocês não
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # João Pedro Strabelli 29-06-2017 16:07
Tenho uma explicação nem muito teológica nem muito bíblica para explicar o amor de Maria para Jesus. Tenho pra mim que, na nossa pobre condição humana, que o amor que mais se aproxima do amor de Deus é o amor de mãe. Não sou um mau pai, mas não tem a menor comparação entre o que sinto pelo meus filhos e o que minha esposa sente, o amor de mãe é muito maior. E também não é a ocitocina, o hormônio que, dizem, é o hormônio do amor. Ele explica uma partezinha muito pequena; amor de mãe é algo que faz parte delas e nós, pobres homens, temos uma pequena noção do que seja. Então, se o maior amor que existe na nossa condição humana é o de mãe, quem amou mais Jesus neste mundo? Neste, no outro, em qualquer lugar, Maria é quem mais amou Jesus e pronto. Por mais que eu me inspire em gente que amou muito a Jesus, a maior inspiração é Maria. Amor igual ao dela, de ninguém.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Heitor F. de Paula 27-06-2017 18:40
A lógica da argumentação impõe um silogismo perfeito - tanto pela lógica menor, quanto pela maior -, senão vejamos: Maria é mãe de Jesus, ora, Jesus é Deus, logo, Maria é mãe de Deus.

Algumas passagens que me recordo a favor: Em Deuteronômio 28 é dito das promessas obedece fielmente à voz do Senhor, praticando cuidadosamente todos os seus mandamentos, uma dessas é: "será bendito o fruto de tuas entranhas". Em apocalipse 12: é dito do dragão que se detém diante de uma mulher que está para dar à luz, a ligação é com Mt 2:13, quando o anjo avisou para fugirem ao Egito, pois Herodes queria matar Jesus, assim como o dragão.

Obs.: aumentem a caixa de comentários para caber mais comentários.
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # Edson Luiz Sampel 25-06-2017 12:18
Parabéns, Alexandre, pela nomeação para a sala de imprensa do Vaticano. O trabalho do seu site é excelente. Continuem firmes, pelo amor de Deus. Hoje em dia até certos padres se esqueceram que são católicos e, nas homilias, pregam como protestantes. São politicamente corretos! Assim, o povo de Deus, sem saber do fato histórico de que Jesus fundou a Igreja católica, logo corre para a primeira seita onde o culto é "mais animado" etc. Toda homilía (que, a propósito, deveria ser bem preparada) precisa ter a marca registrada do catolicismo.

Edson Luiz Sampel
Professor da Faculdade de Direito Canônico São Paulo Apóstolo.
Membro da Academia Marial de Aparecida (AMA)
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rodrigo Leite 23-06-2017 12:00
Bom dia, povo de Deus!

Quem viu o vídeo do pastor comediante pedindo desculpas pelo ocorrido?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Maria José Dos Santo 22-06-2017 22:12
Esse ridículo e todos os outros pastores e pastoras que ficam a contradizer DEUS ,sobre a importância de Maria e Jose. Essa maria foi um projeto vindo de Deus . Ele fez seu projeto de vida para a humanidade com a cooperação de Maria ,Jose . Sem eles não haveria Jesus Cristo.Tudo foi pensado por Deus. Se hoje você vive as custas de milhares de alienados que lhe pagam o dizimo,que lhe da conforto,agradeça a Maria por ter gerado Jesus o qual você O utiliza pra denegrir a imagem Dela .Mas estamos acostumados, assim como a serpente a perseguiu voce como filho dessa serpente esta apenas dando continuidade. Tenha respeito por José ,por Maria,Ela é mãe do Salvador.Falar sobre sua intimidade ? com que direito.? Isto só compete a ela , Deus e a Jose.Seu imundo. Você tem mãe . vamos falar da intimidade dela um pouquinho ?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Ellen White 22-06-2017 12:41
A matéria está deturpada. Ela leva a crer que Lutero e Calvino acreditavam naquilo que escreveram. Quem poderia afirmar com certeza? Será que os textos não podem ter sido adulterados? Além disso, eles ainda estavam longe de conhecer o verdadeiro cristianismo, que só chegou no século XIX, por, modéstia à parte, através de mim.

Quanto à Maria, como Isabel poderia chamá-la de "mãe do meu Senhor", se ela ainda nem conhecia o seu filho? Já se vê a contradição. Provavelmente o versículo foi adulterado, pois sempre andaram adulterando a Bíblia ao longo dos séculos.

Espero que esse próprio comentário não esteja adulterado também. Mas quem pode afirmar?
Responder | Responder com citação | Citar
+5 # Rodrigo Leite 23-06-2017 12:02
Dona Ellen! A senhora é um espírito de discórdia e desconfiança!rsrs
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Claudio 23-06-2017 03:21
Engraçado para os protestantes, nas passagens bíblicas que demonstram a sua total incoerência ou desconhecimento teológico, estão erradas pois foram adulteradas, agora o restante dela para justificarem as suas interpretações de interesse próprio foram bem escritas. Ahahaha, onde tiraste a sua Bíblia, foi tirada da igreja católica e deturpada em suas passagens por vocês que julgam os outros segundo o caráter de vocês mesmos
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Isabel 22-06-2017 01:35
https://m.youtube.com/watch?v=N77fNXvYaiI

Depois dessa, também concordo que se deva chamar protestantes para palestrar para católicos. Afinal, nossos cristãos são bastante ricos em conhecimento e carismas.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # João 21-06-2017 14:48
há tantas igrejas católicas, no vídeo não afirma que foi na Igreja Nossa Senhora Rainha. Ele nem cita quando falou isso.
Ele pode sim ter falado isso, mas em outra ocasião;
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Symon 21-06-2017 11:21
Os reformadores aceitaram o Theotokos como decisão do Concílio de Éfeso que afirma que Maria é mãe do Deus encarnado.Porém,ela não é mãe do Logos.Cristo é eternamente gerado do Pai (Jo 1.14).
Responder | Responder com citação | Citar
+5 # Augusto Paiva 21-06-2017 05:15
1) Esse auto-proclamado ''pastor'' palhaço é só mais um repetidor da velha heresia nestoriana. E todo antidicomarianita é filho da serpente!

2) Por pura ódio e rejeição ao Catolicismo, do qual, indubitavelmente, surgiu o protestantismo, há presbiterianos que ensinam que a Virgem Maria teve outros filhos, como num vídeo do canal ''Perguntar Não Ofende'', onde Alexandre Lustosa Pereira, presbítero da Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia, diz que Maria teve mais filhos além de Jesus, quando nem os heresiarcas Calvino e Lutero concordavam com isso. João Calvino cita São Jerônimo contra Helvídio, em defesa da Virgindade Perpétua de Maria, o que não é crido hoje por tais presbiterianos. Fica aqui evidenciado mais contradições do protestantismo.

3) Santa Isabel não poderia ser mais eloqüente com essa exclamação que vemos em São Lucas 1,43, pois foi o Espírito Santo quem a inspirou. Maria é a mãe de Deus, pois na Bíblia só o Senhor é Deus!
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Luciane 21-06-2017 02:19
Parabéns pela matéria!
Esse pastor não passa de uma imitação barata do nosso digníssimo e autêntico padre Léo.
Que pena a igreja católica de Bh desperdiçando o tempo dos fiéis com um falastrão desse.
Acorda povo católico.
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # Alex Hoffmann 20-06-2017 23:38
"para pregar na sua paróquia, convide O Catequista! Somos 100% católicos, temos um vaticanista na equipe e não cobramos nada."

E ai, como ficamos; se convencer o pároco da minha cidade a convidá-los; pé na estrada? (Claro, ajuda de custos com transporte, comida, local para dormir e todo o mais necessário para tal empreitada)
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # A Catequista 21-06-2017 20:06
Sim! Pé na estrada.
Responder | Responder com citação | Citar
+7 # Karina 20-06-2017 20:36
Batendo palmas eternamente aqui!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Giuseppe 20-06-2017 19:38
Eu nasci católico, sobrinho de freiras, padres, mas aprendi a entender e a amar a Cristo na igreja evangélica! Respeito Maria, quisera ser Santo como ela, entendo a divindade e não discuto, só tento seguir, fraco e pecador que sou, o caminho a verdade e a vida, Jesus Criso! O restante é amparar os órfãos e as viúvas, e ponham o nome da religião que quiserem! Católico, evangélico, mas sempre focando em Jesus!
Responder | Responder com citação | Citar
+5 # Augusto 21-06-2017 16:13
Qual Jesus vc fala para seguirmos? O personagem de um conjunto de textos ou o JESUS EUCARÍSTICO? Que continua a se doar por amor a nós, em presença viva e real na Eucaristia?

Por mais que sua intenção seja boa, se vc quiser sugerir que o católico siga a Jesus sem seguir a Igreja Católica vc vai estar fazendo com que ele traia suas crenças, principalmente a Crença de que Olhar para Jesus Eucarístico tem o mesmo valor de olhar para Jesus Encarnado.

Por tanto, isso de ser Cristão sem seguir religião é tolice. Se vc crê na presença viva e real de Cristo na Eucaristia, vc é "religare" (religião em latim) ao Catolicismo. Se não, vc é "religare" ao protestantismo. Não tem pra onde correr. Não tem biscoito.
Responder | Responder com citação | Citar
+6 # Alex Hoffmann 21-06-2017 04:16
Qual nome desta religião: "Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja e as portas do inferno não prevalecerão sobre ela..." (Mt 16, 16-20). E desta: " Pedro tu me amas?...apascenta as minhas ovelhas..." (Jo 21, 15 - 17). São só dois exemplos bíblicos, vamos a 2 Padres Apostólicos: St. Irineu de Lyon, ano 180 relata a sucessão apostólica por excelência. São Cipriano de Cartago, ano 230 usa o nome Igreja Católica Apostólica Romana para aquela que Jesus fundou. Porque sabemos da existência de Cristo? Por causa de uma Igreja que ao longo dos séculos transmitiu isto. O protestantismo só apareceu 1500 anos depois, achas que estes ou a Igreja Católica dá no mesmo? Se não fosse uma religião verdadeira a fazer isto, saberíamos de alguma coisa? Não, porque o peso do tempo mais o peso das heresias até hoje existentes teriam destruído tudo e o nome Jesus seria apenas um qualquer. Até porque o Espírito Santo foi prometido Para a única Igreja de Cristo: Católica Apostólica Romana. E ai
Responder | Responder com citação | Citar
+4 # Alex Hoffmann 21-06-2017 01:34
"e ponham o nome da religião que quiserem!"
E qual nome colocaríamos a esta religião: "3,1 Portanto, a tradição dos apóstolos...pode ser descoberta em toda Igreja...Poderíamos enumerar aqui os bispos que foram estabelecidos nas Igrejas pelos apóstolos e os seus sucessores até nós...3,2 Mas visto que seria coisa bastante longa...limitar-nos-emos à maior e mais antiga e conhecida por todas, à igreja fundada e constituída em Roma, pelos dois gloriosissimos apóstolos Pedro e Paulo...por causa da sua origem mais excelente...3,3 Os bem-aventurados apóstolos...transmitiram...a Lino, Lino...a Anacleto...Depois dele, Clemente...A este...Evaristo...Alexandre...Sisto...Telésforo... Higino; depois Pio...Aniceto...Sóter e, presentemente Eleutério, em décimo segundo lugar na sucessão apostólica detém o pontificado." (Encontrado nos escritos de St. Irineu de Lyon; Ano 180; Adversus haereses, livro III, páginas: 249 a 251)
Responder | Responder com citação | Citar
-11 # Vinícius 20-06-2017 18:47
José é o PAI DE DEUS
João Batista é primo de Deus
Thiago é irmão de Deus.
Izabel é tia de DEUS.

Se a lógica é essa, daí por diante...
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Alex Hoffmann 28-06-2017 19:24
"José é o PAI DE DEUS", sim José sendo esposo de Maria, Maria sendo Mãe de Jesus, Jesus sendo a segunda pessoa da Santíssima Trindade que une duas naturezas: a Divina com a humana, faz de José o pai adotivo de Jesus.

"João Batista é primo de Deus", Parente de Jesus Cristo, pois Isabel é syggenes de Maria, ou seja Isabel é parente próxima de Maria, de bem mais idade que Maria, o que é normal, portanto seu filho João Batista seria parente de Jesus Cristo, e Jesus sendo Deus, sim, primo de Deus.

"Thiago é irmão de Deus." Jesus que une a natureza humana com a divina torna-se portanto irmão de Tiago, como a palavra primo não existe, é apenas irmão em hebraico e os hebreus usavam para designar aos seus como irmãos não importando se era ou não parente de sangue; irmão de Deus.
"Izabel é tia de DEUS." Já explicado no item "João Batista é primo de Deus".

Se a lógica é essa, dai por diante...todo aquele que segue a Cristo e pertence a sua Igreja é seu irmão.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Ellen White 22-06-2017 12:47
Meu caríssimo irmão, não deturpe o nosso amado protestantismo. José não é o pai biológico de Jesus, e Isabel não é irmã de Maria para ser "tia" de Jesus. E, se Tiago sempre foi chamado de "Irmão do Senhor", qual o problema?

João foi o maior dos nascidos de mulher, qual o problema se o maior dos nascidos de mulher fosse primo do próprio Deus encarnado? Não me parece contrário à razão. De fato, parece-me bem razoável.

Então, tenho cuidado antes de escrever, para não nos colocar em posição ridícula diante desses católicos que andam estudando a Bíblia mais que nós.
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Maria José Dos Santo 22-06-2017 22:35
Sim, mas alguém está diminuindo joão? nós católicos não questionamos quem é maior,menor, temos respeito por todos. Quem fica querendo denegrir o projeto de Deus são os protestantes. Nada fara mudar aquele projeto imaginado por "Ele". Maria ,José e Jesus. Sem essa maravilhosa mulher não teria projeto concluído por Deus ,Ele, só achou graça Nela.Então vamos trata-la com respeito ou fazer como os protestantes. "Deus inseminou um espermatozoide no ventre de Maria Pronto". vocês tem que respeitar ao invés de ficarem buscando quem é maior ,menor. Olhem em volta , não tem como haver projeto completo sem Maria .Jesus foi amamentado , foi o único a chama- la de mãe. È o único que tem nas veias o mesmo DNA de Maria e de Deus. Parem de persegui-la.A serpente a persegui o ,o dragão a persegui o. Se eles não conseguiram,não vai ser vocês filhotes de serpentes que conseguiram.Não suportam ver tanto amor Só buscam denegrir aquela que Deus escolheu como Mãe do verbo encarnado."VERBO".
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Antonio 24-06-2017 17:51
Santo Cristo!

"Deus inseminou um espermatozoide no ventre de Maria Pronto".
"È o único que tem nas veias o mesmo DNA de Maria e de Deus."

Catequistas, que tal uma matéria esclarecendo um pouco a concepção virginal de Maria e a encarnação?? ;)
Responder | Responder com citação | Citar
+16 # A Catequista 20-06-2017 20:40
"Donde me vem esta honra de vir a mim a MÃE DO MEU SENHOR?" (Lucas 1,43).

Vinícius, o referido "Senhor" dessa passagem é Deus ou não?
Responder | Responder com citação | Citar
+9 # GISELLE 20-06-2017 13:25
Esse blog http://fimdafarsa.blogspot.com.br/2017/06/pastor-claudio-duarte-mente-para-seus.html?m=1
Afirma que além dele falar heresias é mentiroso, pois diz que em momento algum em sua pregação na tal igreja ele citou Maria.
Responder | Responder com citação | Citar
+7 # Cadu Sindona 20-06-2017 12:48
Desde o início do cristianismo, nos lembra o Catecismo da Igreja Católica no n° 498, há todo tipo de oposição, zombarias ou incompreensões a respeito da nossa fé na concepção virginal e na perpétua virginidade da Toda Santa Mãe de Deus, e nem por isso os fatos históricos desmintam que a Tradição desde sempre nos deu a certeza dessa revelação pública. Quem negar qualquer um dos dogmas da fé, naufraga na fé divina e não poderá participar dos sacramentos até se converter da veracidade das palavras da salvação. É que hoje se está dando mais credibilidade a qualquer zé-mané de esquina do que no próprio Jesus Cristo, Filho de Deus por natureza desde toda eternidade, e Filho de Maria por graça e no tempo. Ele é verdadeiramente, a um só tempo, o Verbo eterno e homem dotado de corpo e alma humanas.
Responder | Responder com citação | Citar
+9 # Tiago Carvalho Nunes 20-06-2017 12:10
Parabéns pelo especial convite do Vaticano!
Nós católicos devemos ter orgulho da nossa religião.., necessitamos demonstrar amor e obediência a igreja!! Parabéns pelo maravilhoso trabalho a frente do catequista!
Sou fã numero 1..
Abcs
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # A Catequista 20-06-2017 20:42
Obrigada, Tiago ! Abraço!
Responder | Responder com citação | Citar
+10 # Alex Hoffmann 20-06-2017 00:54
"Em vez de chamar um pastor protestante para pregar na sua paróquia, convide O Catequista! Somos 100% católicos, temos um vaticanista na equipe e não cobramos nada. ;)"
Pera um pouco aí, isto é verídico?
Responder | Responder com citação | Citar
+6 # João Nunes 20-06-2017 19:49
Verdade. A própria paróquia soltou um comunicado informando que o tal pastô sequer tocou no nome da Santa Mãe de Deus, o deixando desmoralizado e desmoralizando a si mesma permitindo tal disparate.

Um pastô palestrando a católicos. Mas esperar o quê se até mesmo em seminários de formação de padres católicos tais atos vergonhosos são recorrentes? Paz a todos!
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade