Publicidade
Sexta, 13 Fevereiro 2015 00:02

A Igreja Anglicana e a profecia de São Domingos Sávio

Postado por

Dizem por aí que a Igreja Católica sempre guiou suas decisões pelos interesses dos poderosos. Seria interessante que aqueles que afirmam isso explicassem por que o Papa Clemente VII se recusou a conceder o divórcio a Henrique VIII. O rei ficaria satisfeito, e não teria acontecido o cisma anglicano, não é mesmo? Mas a Santa Igreja preferiu perder toda a Inglaterra a trair o Evangelho.

SURGIMENTO DA IGREJA ANGLICANA

Henrique VIII estava casado há mais de vinte anos com Catarina de Aragão, e ainda não tinha conseguido um herdeiro do sexo masculino para o trono. Seus filhos homens haviam morrido, e só lhe restava uma menina. Nenhuma de suas amantes anteriores havia ameaçado seu casamento, até uma Jezebel chamada Ana Bolena aparecer e dar o golpe, acendendo no rei a esperança de lhe dar um herdeiro.

O Rei repudiou Catarina de Aragão, casou-se com Ana Bolena e pressionou Roma a declarar nulo seu casamento anterior, para validar sua união adúltera. Altos membros do clero anglicano, temendo a fúria de Henrique mais do que a fúria de Deus, bem que tentaram convencer o Papa a atender esse infame pedido, mas o sucessor de Pedro não cedeu.

O povo inglês viu com maus olhos a humilhação de sua amada rainha. Catarina era tão virtuosa que nem mesmo permitia que suas damas de companhia falassem mal da Bolena Fura-Olho. Mas o povão não era tão bonzinho: no outono de 1531, Ana teve que fugir às pressas de um jantar em uma mansão à beira do rio Tâmisa; uma multidão de mulheres enfurecidas queria lhe dar um pau (FRASES, Antonia. “The Wives of Henry VIII”).

Tal divórcio foi tão infame que até Martinho Lutero – olha quem! – o condenou: “Antes que eu pudesse aprovar tal repúdio, eu não o permitiria [ao rei Henrique VIII] casar-se com uma segunda rainha... E se houvesse um divórcio, Catarina continuaria Rainha da Inglaterra, mas ela foi injustiçada diante de Deus e dos homens. Não meu amigo, se você é casado com uma mulher, você não é mais um homem livre; Deus te guie a ficar com sua esposa e filha, sustenta-las e criá-las.” (OBERMAN, Heiko A. “Luther: Man Between God and the Devil”).

Antes de morrer, Catarina de Aragão escreveu uma carta carinhosa ao marido, dizendo que lhe perdoava tudo. Ana Bolena celebrou sua morte, mas o sorriso em seu rosto não duraria muito tempo: quatro anos depois de seu casamento, Ana foi acusada de colocar chifres na cabeça de Henrique VIII, e teve sua cabeça cortada. Anos mais tarde, pela mesma acusação, o rei fez rolar a cabeça de sua quinta esposa, Catarina Howard, que aliás era prima de Ana Biscatena.

cabeca_cortada

Henrique VIII não seguiu o conselho de Lutero sobre o divórcio, mas imitou o seu hábito de torcer as Escrituras para enquadrá-las em suas conveniências. Podemos imaginar que, na interpretação da Bíblia, ele entendeu que Jesus queria dizer: “Tu és Pedro, mas isso não importa em nada. Mudei seu nome para 'pedra' de bobeira. Edificarei minha igreja sobre todo aquele que não estiver mais a fim de obedecer a ti e a seus sucessores”. E assim o rei se fez chefe supremo da Igreja da Inglaterra, a igreja dos anglos – Igreja Anglicana.

Centenas de confrarias, conventos e mosteiros foram dissolvidos por Henrique VIII, em todo o Reino. Religiosos foram expulsos e os bens da Igreja Católica foram confiscados. Homens e mulheres fiéis ao catolicismo foram torturados e executados; são os "Quarenta Mártires da Inglaterra e do País de Gales".

A IGREJA ANGLICANA HOJE

Ao longo dos séculos, a Igreja Anglicana (que em alguns países se chama Igreja Episcopal) se espalhou por todo o mundo, mesclando tradições católicas e protestantes. Em tese, todas as igrejas anglicanas estão reunidas na “Comunhão Anglicana”, mas a verdade é que a igreja anglicana de cada país adapta a doutrina como bem entende, sem dar satisfação a ninguém.

Em tese, também, todas as igrejas anglicanas são submissas ao arcebispo de Cantuária. Ele é tipo assim... uma Rainha da Inglaterra: tem o cargo de honra, faz umas recomendações, mas não manda nada. E já tem igreja anglicana que rejeita oficialmente a autoridade do arcebispo de Cantuária. Em suma, é um samba do anglicano doido!

casamento_gayEm comum com a Igreja Católica, a Igreja Anglicana possui a organização hierárquica do clero, a devoção a Nossa Senhora e aos santos, a crença nas Escrituras, nos sete sacramentos e na Transubstanciação. Mas em sua raiz e essência está a influência da Reforma Protestante; sua doutrina, sem estar fincada na Rocha que é Pedro, flutua conforme as marés do mundo.

Em 1944, a Igreja Anglicana de Hong Kong ordenou a primeira mulher sacerdotisa. Em 1978, essa prática foi recomendada para as igrejas anglicanas em todo o mundo.

Em 2003, foi ordenado o primeiro bispo assumidamente gay da Igreja Anglicana, na paróquia de New Hampshire (EUA). Seu nome é Gene Robinson, e sim, ele vive com outro cara.

Em 2008, ocorreu o primeiro casamento gay celebrado na Igreja Anglicana. O Reverendo Martin Dudley celebrou a cerimônia em que os padres David Lord e Peter Cowell trocaram alianças (foto acima, à direita).

Obviamente, essas bizarrices têm causado grande desgosto aos anglicanos sinceramente devotos das Escrituras. E o resultado é que milhares de anglicanos estão se convertendo à fé católica (saiba mais aqui).

Em 2015, a Igreja Anglicana da Inglaterra elegeu pela primeira vez uma mulher como bispa. Quando o Arcebispo de York perguntou se a Reverenda Libby Lane poderia receber a consagração episcopal, toda a assembleia respondeu "sim". Mas ninguém contava com a astúcia do Reverendo Paul Williamson! Ele interrompeu a cerimônia e protestou: “NÃO! NÃO NA BÍBLIA. Com todo o respeito, Sua Graça, eu peço para falar sobre esse total impedimento, por favor” (vídeo abaixo).

 

 

O celebrante deixou o nobre reverendo no vácuo. Mas o recado foi dado. Rezemos para que esse irmão compreenda em breve que "not in the bible" não se aplica somente à ordenação de mulheres, mas também à fundação de igrejas desligadas da cátedra de Pedro.

Um aparte: se essa treta da ordenação da bispa tivesse acontecido aqui no Brasil, seria tão mais divertido! O protesto não seria tão inglês, tão elegante. Seria um barraco daqueles, tipo concurso de Miss Amazônia...

miss_amazonas

A PROFECIA DE SÃO DOMINGOS SÁVIO

No horizonte, já vemos os primeiros raios da aurora do “grande triunfo do catolicismo” na Inglaterra profetizado por São Domingos Sávio. Dom Bosco registrou essa profecia em seu livro “Vita del giovanetto Savio Domenico” (1859).

"Certa manhã, durante minha ação de graças após a comunhão, voltei a ter uma distração, que me pareceu estranha; eu achei ver uma grande parte de um país envolvida em grossas brumas, e estava cheia com uma multidão de pessoas. Estavam se movendo, mas como homens que, tendo perdido seu caminho, não estavam certos onde pisavam.

“Alguém próximo disse: ‘Esta é a Inglaterra.’ Continuando a narrativa de sua mística visão, São Domingos Sávio disse que viu o Papa carregando uma tocha brilhante, que iluminava aquela multidão envolta pelas brumas.

“À medida que se aproximava, a luz da tocha parecia dispersar a névoa, e as pessoas foram trazidas à plena luz do dia. Esta tocha é a religião Católica que está para iluminar a Inglaterra”.

- São Domingos Sávio

Você é anglicano e está chocado com as ordenações femininas?

yes

Desesperou-se ao saber que o novo bispo da sua diocese é casado com um cara chamado Robert?

infinite_yes

Começou a cair a sua ficha de que uma igreja fundada por um rei lascivo e assassino não pode ser coisa de Deus?

yes3

Venha para a Igreja Católica! Pois "as portas do inferno não prevalecerão contra ela" (Mt 16,18).

3882 Sábado, 06 Maio 2017 19:06

Comentários   

0 # Renato Losa 24-12-2016 13:11
O Catequista,em relação ao casamento e perder a Inglaterra,como ler o princípio do mal menor?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # César Augusto Simões 09-05-2017 13:12
Perder a Inglaterra foi o mal menor. Só Deus sabe o que seria da nossa sociedade a longo prazo se o Papa anulasse um casamento válido.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Fernando 23-12-2016 00:43
Galera aqui deveria fazer um grupo no whats para debatermos a nossa fé.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # João Pedro Strabelli 24-06-2016 22:22
É só uma opinião minha e nem eu mesmo costumo dar muito crédito a mim, mas ao ver a notícia de que a Inglaterra aprovou sua saída do bloco europeu, lembrei desta profecia. A Europa está perdida e sem rumo e, pior, obriga seus membros e ficarem também perdidos e sem rumo. Um grande número de países só aprovou a união gay por pressão das leis europeias, por exemplo. Não sou simplista de achar que os ingleses estão pensando nisso ou em qualquer coisa cristã ao pular fora do barco. Estão querendo mesmo é parar de vir gente de fora, em especial os imigrantes. E no dinheiro de lá, que eles querem para eles e não repartir. Mas isso pode servir de incentivo a outros países. Livres de pressões do bloco, terão que se reinventar para continuar sendo europeus. Ou simplesmente para continuar sendo, já que praticamente não tem mais filhos e estão tendo que importar gente, via imigrantes. Inclusive penso até que Francisco está justamente por ter um olhar de fora sobre a Europa, já que ela perdeu a capacidade de se ver. Não sei ao certo, mas tem momentos que acho que a longa caminha da conversão da Inglaterra e da Rússia estão se encaminhando para o ponto final. Não que isso seja rápido ou menos dolorido, mas ando pensando assim. Que Deus tenha misericórdia.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 25-06-2016 22:44
Com elação a este plebiscito que marcou a saída do Reino Unido para fora da União Europeia, e que exaltou os ânimos dos diversos separatista mundo afora, como os catalães na Espanha ou os italianos do Norte da Itália e aqui no Brasil como os paulista e os sulistas, eu só tenho uma coisa a dizer: União é coisa de DEUS, e separação e divisão é coisa do diabo.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Fernanda Lemos 10-11-2015 17:51
Faça um post sobre as rainhas catarina de aragão,Maria Stuart,Maria I,sei que tem muitas! mas essas são as mais famosas,e também Maria antonieta, os romanov, a família real do Brasil.Estou apaixonada pela monarquia!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Aires Elon Proietti e Silva 12-09-2015 10:53
Bom, ao longo de séculos de evangelizaçao e a Igreja sempre teve de lutar contra aqueles que insistem em resistri ao Espirito Santo. Infelizmente,isto acontece até dentro da propria Igreja. O cisma aqui tratado acontece em nosso tempo de maneira disfarçada. Embora vemos os ataques diretos ,até apoiados em leis ridiculas e atuais, se observarmos bem veremos nas paroquias tantos cismas que a celebraçao da SANTA MISSA vem sendo bagunçada por muitos do clédigo. Satanàs age livremente nas paroquias e a maioria nao sabe interpretar isto. MAS ESTà DIANTE DE TODOS! Tem gente esperando vir do Vaticano um "liberou geral,gente!". Mas o Espirito Santo assiste a Igreja de Jesus e a Barca jamais afundarà. O Papa é servo de Jesus e guiado pelo Espirito,é assim infalivel em questoes de fé e moral. OU SE ACEITA PEDRO COMO GUIA DA BARCA, OU SE ASSENTA EM CIMA DO MURO.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Nicolas 27-03-2015 16:26
Muito interessante esse texto. Por acaso tem algum texto falando sobre a Igreja Ortodoxa Russa. Obrigado!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 27-03-2015 16:39
Temos um post sobre as igrejas ortodoxas em geral, mas nenhum específico sobre a Ortodoxa Russa.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Augusto Paiva 21-02-2015 20:40
Excelente post! E isso acaba com todas as diatribes dos inimigos da Santa Igreja: ''Dizem por aí que a Igreja Católica sempre guiou suas decisões pelos interesses dos poderosos. Seria interessante que aqueles que afirmam isso explicassem por que o Papa Clemente VII se recusou a conceder o divórcio a Henrique VIII. O rei ficaria satisfeito, e não teria acontecido o cisma anglicano, não é mesmo? Mas a Santa Igreja preferiu perder toda a Inglaterra a trair o Evangelho.'' Que satisfação. Deus vos abençoe.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Augusto Paiva 22-02-2015 20:25
Isso é para esfregar na cara desses protestantes bitolados, imbecis, desavergonhados, canalhas e ardilosos, que dizem que a Santa Igreja Católica é a meretriz do Apocalipse com que se prostituíram os reis da Terra. QUE MENTIROSOS! A Santa Igreja JAMAIS se perverteu ao mundano e aos tesouros da Terra - ao contrário das seitas protestantes maçônicas, que deram para bajular os governantes e se mundanizar. A Santa Igreja Católica preferiu perder toda a Inglaterra do que perder o Evangelho. E muitos católicos foram perseguidos e mortos por causa disso. O Papa, se tiver de condenar os feitos das nações, fá-lo na cara dos governantes, que sempre espreitaram a Santa Igreja Católica. E isso prova mais uma vez que a Santa Igreja Católica não se perverte ao mundano. A verdade prevalecerá. Diante dessas acusações SERÍSSIMAS desses murmuradores, temos que constrangê-los com a verdade e fazer com que sejamos ouvidos. Isso foi um desabafo. Vocês tem lavado a minha alma. Meu muito obrigado. Mais uma vez, que Deus vos abençoe.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Daniel 19-02-2015 16:02
O final desse post foi uma mitada só ^^
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 18-02-2015 20:48
A mais boa nova, e esta foi de lascar, e pela notícia, até parece que o Papa deu tratamento vip a um grupo gay americano, mas quem lê a notícia na integra, verá que os caras arrumaram uma brecha nas cadeiras mais próximas ao Papa e aí esta o maior alvoroço como se o Papa é que tivesse dado a eles este privilegio: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2015/02/1591225-papa-francisco-recebe-grupo-catolico-gay-no-vaticano.shtml
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # A Catequista 18-02-2015 21:10
Sidney, pelo amor do Pai, isso já está ficando bem chato. Cadê o tratamento vip? Eles simplesmente foram recebidos pelo Papa para conversar, ponto. Você agora cai na onda de manchete manipulada de jornal? Se o Papa não dialogar com os pecadores, como se converterão? O médico, afinal, não veio para os doentes?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 18-02-2015 21:53
Vivi, leia com calma, porque eu não desci nem um pouco o porrete no Papa, veja bem o que eu coloquei, eu vou repetir novamente com letras garrafais para ver se você enxerga: "mas quem lê a notícia na integra, verá que os caras arrumaram uma brecha nas cadeiras mais próximas ao Papa e aí esta o maior alvoroço como se o Papa é que tivesse dado a eles este privilegio", viu querida, quem lê a notícia vai perceber que foi uma pegadinha que fizeram com o Papa, pois não foi anunciado nem um momento que aquele grupo, fosse um grupo gay, eles chegaram na surdina, se colocaram lá, diante do Papa e agora gritam para todo o mundo que receberam tratamento vip do Papa só porque eram gays. Entendeu agora?, não preciso desenhar né. "Se o Papa não dialogar com os pecadores, como se converterão? O médico, afinal, não veio para os doentes?" Concordo, e espero que seja isto que esteja acontecendo, porque se o quem sou eu para julgar um gay que procura a DEUS, mas tem que complementar que este gay tem que buscar a castidade, se não dará a impressão que se um gay que de manhã vai a missa e a noite se deita com um homem, estará tudo bem, pois ele busca DEUS nas horas vagas, mesmo ele se deitando com um homem, e estes não podemos julgar, se o Papa não fizer um esclarecimento lógico e contundente sobre isto reafirmando tudo o que a Igreja ensinou até hoje, este do quem sou eu para julgar, resoara nos ouvidos de muita gente como sendo um sinal verde para os gays fazerem o que querem, e aí acontecerá como aconteceu hoje, em que o Papa se torna refém dos próprios gays, dando um jeito de ficar perto dele, como dizendo que o Papa os acolhem como eles são como se não precisassem de conversão alguma. Então na próxima vez dona Vivi que eu colocar alguma coisa aqui, leia direito, respire fundo e não solte os cachorros sem antes pedir mais esclarecimentos. OK.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # A Catequista 18-02-2015 21:57
Desculpe! Não havia lido direito mesmo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Carlos 18-02-2015 19:06
Gostaria que vocês falssem sobre a Beija-Flor, que venceu o carnaval carioca com um enredo sobre a Guiné Equatoria, recebendo patrocínio do ditador: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/carnaval/2015/noticia/2015/02/beija-flor-e-campea-do-carnaval-do-rio-pela-13-vez-na-historia.html
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Matheus 18-02-2015 02:01
Seria uma boa vcs refutarem isso http://super.abril.com.br/blogs/superblog/uma-verdade-inconveniente-a-igreja-catolica-ja-tolerou-o-aborto/
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # A Catequista 18-02-2015 11:17
Sim, faremos isso amanhã.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sarah Néry 14-02-2015 20:54
Fiquei enojada de imaginar padres que se casam entre si, bispos! puts! Sensacional a interrupção na ordenação da 'bispa'. Apesar deles acreditarem em tantas coisas como nós, não acredito que a Transubstanciação de fato ocorra na Igreja Anglicana. Já perdeu a linha faz tempo, desde quando se separou de nós! :( Coitado do povo que sofreu e sofre as consequências até hoje!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Gustavo 14-02-2015 19:10
Paulo Ricardo e A Catequista, eu postei um comentário em um artigo de 2013 de vocês sobre a Inquisição. Como não sei se esses comentários antigos ainda são visualizados, replicarei aqui ok? Segue: "Paulo, sou acadêmico de Direito e recentemente surgiu a oportunidade de fazer um artigo dentro de Processo Penal. Como já escutei muito “blá blá blá” na faculdade sobre minha amada Igreja Católica Apostólica Romana, vi aí uma chance de defende-la e irei fazer um artigo científico sobre o verdadeiro sistema inquisitivo nos tempos do Tribunal do Santo Ofício. Você teria algum material para me recomendar? Obrigado Pax et bonum.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo Ricardo 15-02-2015 12:11
Na Série "Igreja Católica: Construtora da Civilização" Thomas Woods dá uma série de dicas de leitura sobre livros que mostram que o Direito laico nasceu do Direito Canônico meu amigo. Além desse, tem o Livro "Uma História Nunca Contada" Do Professor Felipe Aquino. Eu não sou especialista nessa área, mas acho que além desses o próprio Código de Direito Canônico vai te dar uma luz a respeito do assunto. Espero ter podido ajudar. É um campo muito vasto, do qual tenho pouquíssimo conhecimento.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Gustavo 23-02-2015 02:19
Obrigado Paulo! Vou conferir! Principalmente a obra do Woods que já está na minha lista há bastante tempo e eu não inicio.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Renilson Souza 14-02-2015 15:54
Tabém tenho minhas preocupações no que se refere ao crescimento do islamismo na Inglaterra. E ainda tem-se a pouca acolhida que o ex-anglicanos receberam por parte das autoridades católicas inglesas: enquanto no Estados Unidos o Ordinariato já recebeu até a doação de templos, na Inglaterra os bspos católicos ignoram o recém-convertidos, pois um ordinariato não parece ser tão vantajoso para eles quanto se os novos convertidos fossem anexados pelas paróquias já existentes. Será que realmente a Inglaterra se tornará uma nação católica?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo Melo 14-02-2015 14:59
Olá, pessoal! Desculpem fugir do assunto em questão. Eu gostaria muito de falar com algum de vocês que fazem o blog e não encontrei contato em lugar nenhum. Vocês poderiam me enviar um contato por aqui ou através do e-mail? Parabéns pelo belo trabalho e agradeço desde já.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 14-02-2015 21:59
Oi, Paulo! Nossos contatos estão neste post: http://ocatequista.com.br/archives/2503
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Chico Carvalhoso 13-02-2015 23:25
O texto está ótimo! Mas uma das coisas que impedem os anglicanos, bem como alguns cristãos ortodoxos, de voltarem para a Igreja, é essa baixaria que os próprios padres fizeram com o cerimonial e a liturgia. Imagina para um anglicano deixar a celebração numa catedral gótica, cheia de ornamentos e rituais belos, para cair numa missa com violão e bateção de palmas! É óbvio que o cara vai se sentir ridicularizado! Como explicar para ele que aquela é a barca de Pedro? Para converter essas nações é necessário que haja católicos amantes da dignidade litúrgica, seja no rito antigo ou no novo.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # A Catequista 14-02-2015 00:16
Chico, depois eu pesquiso melhor e coloca as referências aqui pra você, mas tenho quase certeza de que os anglicanos convertidos podem celebrar de acordo com uma liturgia bastante tradicional. O Ordinariato especial dedicado a eles prevê isso, se não me engano. Agora é muito tarde, depois vejo isso com mais calma.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Luciana Dias Barros 13-02-2015 21:25
Nossa!!! Há tanto tempo não passo por aqui para ver os posts. Li vários de uma só vez. Como sempre, vocês se superam. Deus guarde a todos.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Christiane 13-02-2015 15:16
Excelente texto! Quando a gente lê a verdade assim, às claras, é impressionante observar o quanto mentem, mentem e mentem nos livros de História! Quando meus filhos de 13 e 11 anos vêm com esses questionamentos que os professores colocam em sala de aula, sempre venho aqui para aprender e esclarecer os fatos! Obrigada por existirem! Salve Roma!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo Ricardo 14-02-2015 11:04
Um aviso que sempre gosto de dar aos pais. Vigiem de perto, muito de perto, tudo que o PROFESSOR DE HISTÓRIA, PRINCIPALMENTE, ensina aos seus filhos. Não acredite na educação formal de forma nenhuma. Instrua-se para poder ensinar paralelamente, explicando a diferença e mostrando aos filhos que ele precisa saber diferenciar a verdade das patacoadas que o maldito ensina através desses professores, burros, prepotentes e maliciosos.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo 13-02-2015 14:05
Apenas por um momento, imaginem que o irmão mais velho de Henrique VIII, Arthur não tivesse morrido jovem e seu casamento com Catarina de Aragão tivesse perdurado com herdeiros... Imaginem a Inglaterra mantendo-se fiel a Roma...Como estaria o mundo de hoje, com os EUA sem a colonização anti-católica puritana... Como estaria o protestantismo no Brasil e no mundo?? Isso apenas para lembrar o que um ato insano como o de Henrique VIII gerou para todo o futuro da humanidade... P.S. A propósito da colonização puritana, é engraçado ver a afirmação de que buscavam liberdade de culto para todos, exceto se você fosse católico...Vejam a colonização do estado de Maryland e a implantação das mesmas leis anti-católicas que vigoraram até o século XIX.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marta 15-02-2015 07:52
Ao chegar à América em 1623, o governador William Bradford encontrou a colônia de Plymouth numa situação desesperadora: magros, doentes, em farrapos, sem atividade econômica organizada, os peregrinos estavam à beira da extinção. Muitos, depois de vender aos índios todas as suas roupas e demais bens pessoais, tinham lhes vendido sua liberdade: eram escravos, vivendo de cortar lenha e carregar água em troca de uma tigela de milho e um abrigo contra o frio. Os habitantes de Plymouth, revolucionários puritanos exilados, trouxeram para a América as idéias sociais esplêndidas que os haviam tornado insuportáveis na Inglaterra, e tentaram construir seu paraíso coletivista no Novo Mundo. As terras eram propriedade comunitária, a divisão do trabalho era decidida em assembléia e a colheita se dividia igualitariamente entre todas as bocas. O sistema havia resultado em confusão geral, a lavoura não produzia o suficiente e aos poucos a miséria havia se transformado naturalmente em anarquia e ódio de todos contra todos. A um passo do extermínio, a comunidade aceitou então a sugestão de mudar de rumo, voltando ao execrável sistema de propriedade privada da terra. “Isso teve muito bons resultados”, relata Bradford. “Muito mais milho foi plantado e até as mulheres iam voluntariamente trabalhar no campo, levando suas crianças para ajudar.” O surto de prosperidade que se seguiu é bem conhecido historicamente: ele permitiu que os colonos fincassem raízes na América e começassem a construir o país mais rico do mundo. http://www.olavodecarvalho.org/semana/051128dc.htm
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Jotacê 13-02-2015 10:48
Ótimo artigo! Deus é o Deus das invertidas, e creio firmemente que em breve Ele vai desfazer esse nó anglicano/islâmico/ateu/NWO que assola a Inglaterra. Não entendo nada da psicologia Dele (às vezes me parece aqueles pais que, ao invés de dar bronca de cinco em cinco minutos, vão deixando a cria pensar que pode tudo, até o momento em que Ele finalmente dá um basta e o chinelo canta). Mas confio que nós, esta geração, veremos coisas que marcarão profundamente a história da humanidade. O Aviso de Garabandal não tarda.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Christiane 13-02-2015 15:18
Garabandal! Nossa, como anseio que o Aviso chegue logo! Porque a cada dia que passa fica mais difícil ver a desgraceira que o ser humano está fazendo...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex Hoffmann 17-02-2015 22:33
Então o Padre Paulo Ricardo tem um livro que acredito que adorarias ler (se já o lestes desconsidera), eu pelo menos, gostei muito, e também fala sobre nossos tempos. Claro está lá para quem quiser baixar e ler, é muito bom, vale a pena ler. Nome do livro: A Vida Admirável da Reverendíssima Madre Mariana de Jesus Torres, mística confidente de Nossa Senhora do Bom Sucesso. Dá para baixar em pdf do site do Padre Paulo Ricardo https://padrepauloricardo.org/episodios/madre-mariana-amiga-e-confidente-de-nossa-senhora-do-bom-sucesso O Pe. Paulo Ricardo fala sobre o livro, sobre a Madre e disponibiliza no final do texto o link para download.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex Hoffmann 13-02-2015 20:12
Hummm, tu também tá esperando é? Achei que era só eu.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Manoel Deusdedit 13-02-2015 10:27
Muito bom!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # kleyton 13-02-2015 10:07
Assim como o homem é a cabeça e a esposa o coração, Jesus é cabeça da Igreja e Maria o coração. "E por fim meu Imaculado Coração Triunfará."
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo Ricardo 13-02-2015 10:00
Sendo ponderado, Clemente VII não concedeu o divórcio a Henrique VIII por dois motivos: Primeiro, não havia base legal para isso; segundo, isso ia deixar o Imperador Carlos V que era "o cara" naquela época, muito fulo. Henrique VIII queria dar um pé na tia do Imperador, a Rainha Catarina. São Thomas Moore e São João Fisher sabem muito bem o quanto Henrique VIII, aquele gordo sem vergonha, podia ser maldoso e violento. Mas o pior estava por vir, o psicopata mirim, sementinha do mal, Eduardo VI, moleque pra lá de ordinário, seguindo para se tornar o orgulho do papai, ordenou o massacre de cinco mil católicos. E você aí, católico trouxa, morrendo de medo que alguém fale pra você da Noite de São Bartolomeu... P.S.: Aprenda de uma vez: quem ordenou o massacre de São Bartolomeu não foi a Igreja, foram os Valois (herdeiros dinásticos do Capetos - também conhecidos como "Reis Malditos" - Carlos de Valois era irmão de Felipe IV Capeto) uma dinastia de reis malucos e fracos; e uma rainha Médici. Como eu falei em outros posts, onde tem Médici tem encrenca.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 13-02-2015 12:03
Paulo Ricardo, não estou sabendo deste massacre que o moleque do Eduardo VI perpetrou contra os católicos, poderias trazer mais detalhes sobre isto?. E outra, bem que poderiam fazer uma matéria sobre Maria Tudor mais conhecida como Mary blood, a sanguinária, se de fato foi mesma, e traçar um paralelo entre ela e sua meia irmã Elizabet I, para ver quais das duas foram realmente mais sanguinárias.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo Ricardo 13-02-2015 12:35
Anotado Sidney, Sobre Eduardo VI veja o Décimo Segundo Episódio da Série da EWTN "Catholic Church: Builder of Civilization". Essa série é a versão "for dummies" do livro "Igreja Católica Construtora da Civilização Ocidental" do Professor Thomas Woods Jr. A série é apresentada pelo próprio professor Woods e ele mostra, para desespero dos jujubas, todas as fontes e dicas de leituras. Está tudo no youtube. De verdade, Eduardo VI era um moleque doente e boçal usado por anglicanos psicopatas. Mas não exime ele por ser retardado. Já a Rainha Mary (Bloody Mary) era uma católica a frente de um reino de frangos ingleses doidos para liberar o rabicó (vide o que próprio texto da Vivi aqui apresenta). Tentou, em vão, restabelecer a ordem naquela bagunça. Foi julgada por historiadores "isentos" ingleses e alemães. E essa raça miserável tem a cara de pau de pedir que eu seja isento...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex Hoffmann 18-02-2015 23:11
E não só você caro Paulo Ricardo, o próprio livro de Thomas Woods Jr. também é criticado por não ser isento, por ser tendencioso, melhor dizendo criticam pelo livro falar bem da Igreja puxar só pro lado da Igreja (claro, quando um zé mané é desmascarado ele logo vem com esta de ser tendencioso), agora, nossos livros de história que metem o porrete na Igreja Católica e só faltam ter orgasmos sobre orgasmos quando falam de comunismo não são tendenciosos, nem um pouquinho.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 13-02-2015 08:01
Não quero desacreditar da profecia de São Domingos Savio, que embora tenha morrido tão jovem, foi para mim, um grande Santo, porém, as coisas como andam na Inglaterra, com uma crescente onde de ateísmo e islamismo, acredito que seria um milagres que a Inglaterra voltasse a ser católica novamente, não só a Inglaterra como toda a Europa, a começar pelo palco da reforma protestante, a Alemanha e todos os países nórdicos, da região da Escandinávia, tal como os países ortodoxos pertencentes aos balcans, mas o que eu vejo, a cada dia, são retrocessos e mais retrocessos, até o protestantismo esta crescendo na Itália que sempre foi fiel ao catolicismo, mas esta dando, a cada dia que passa, mais as costas a Igreja Católica. O futuro é nebuloso, para a Igreja na Europa, eu seu que como cristão nunca devo perder a fé e a esperança, mas na realidade se formos analisar friamente a situação da Igreja Católica na Europa, veremos que não esta nada confortável, somente um milagre para reverter este quadro todo, e é em um milagre que espero, talvez não veja antes de eu morrer, mas mesmo depois da minha partida deste mundo, possa haver uma volta em massa dos europeus a Igreja Católica.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rafael Rosa 19-02-2015 15:10
Mas essa profecia é considerada revelação particular né? Ou seja, cabe a cada um decidir se acredita ou não... Me corrijam se eu estiver errado!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 20-02-2015 08:03
Sim Rafael, ela é revelação particular, por isto, nas condições atuais, não creio tanto nela, somente um milagre para acontecer isto. Não quero ser pessimista, mas achoa que daqui a alguns anos, só haverá 5 tipos de pessoas a comandar o mundo, a saber: - Ateus; - Muçulmanos; - Comunistas; - Protestantes e - Gays. De católicos sobrará muito pouco, isto se sobrar alguma coisa.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 13-02-2015 09:08
Sidnei, entendo seu comentário. Visivelmente, a tendência atual é de islamização, parece o resultado mais óbvio do atual estado de coisas. Mas vou repetir a você algo que tenho dito várias vezes aqui, para diversos leitores: você tá precisa precisando ler os tomos 1 e 2 do Daniel-Rops, sobre a História da Igreja! Veja, nos primeiros séculos do cristianismo Roma estava numa onda de embarcar em cultos orientais esotéricos, como o mitraísmo. Esses cultos orientais estavam mesmo rivalizando com a religião tradicional de Roma, o culto aos deuses do Olimpo. E o que aconteceu? Um milagre. Um milagre cristão obtido ao preço de muito sangue derramado, mas enfim, veio a vitória.
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade