Publicidade
Quarta, 19 Fevereiro 2014 01:31

A Bíblia católica é a única que não é mutilada

Postado por

Muitos protestantes são respeitosos e vivem sua crença com dignidade, mas outros fazem questão de abrir a boca de cinco em cinco minutos para espezinhar a fé católica: “minha igreja segue a briba, a sua não”. É... é muito fácil ler a Bíblia e interpretar tudo torto. Ainda mais quando essa Bíblia é mutilada para esconder algumas verdades ensinadas pelos Apóstolos, como é a Bíblia protestante: em seu Antigo Testamento, faltam os sete livros deuterocanônicos:

  • Tobias
  • Judite,
  • 1 e 2 Macabeus
  • Sabedoria
  • Eclesiástico
  • Baruc
  • partes de Daniel e de Ester.

O termo “deuterocanônicos” significa “segundo cânon”, ou seja, eles foram reconhecidos oficialmente pela Igreja como inspirados (ou seja, canônicos) num segundo momento. Mas a maioria dos cristãos da igreja primitiva já consideravam os deuterocanônicos como inspirados, já que esses livros estavam presentes na Septuaginta, uma versão das Escrituras hebraicas traduzida para o grego, antes mesmo do nascimento de Cristo. Essa tradução foi feita por 72 sábios judeus, por isso o nome “Septuaginta”.

O Papa e os bispos da Igreja reafirmaram a inspiração divina dos sete livros deuterocanônicos em cinco concílios: Roma (ano 382), Hipona (393), Cartago (397) e Trento (1546). A partir da “Deforma Luterana", porém, os protestantes passaram a dizer que esses livros não eram autênticos.

É muito estranho que cristãos que dizem seguir somente a Bíblia arranquem dela as partes de que não lhes convém. Gente... com que autoridade? Bem, vejamos suas três principais justificativas...

1) "Jesus e seus Apóstolos não citam os deuterocanônicos"

Os mutiladores da Bíblia alegam que não aceitam como legítimos os deuterocanônicos porque Jesus e seus Apóstolos nunca citaram nenhuma passagem desses livros. Como nunca citaram? Algumas fontes dizem que os deuterocanônicos são citados no Novo Testamento, no mínimo, 150 vezes, ainda que isso não tenha sido feito de modo explícito. Só pra mostrar um exemplo, comparemos essas duas passagens, uma do Evangelho, outra de um livro deuterocanônico:

“Quando rezardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por causa do seu palavreado.” (Mateus 6,7)

“Na companhia dos anciãos, não sejas falador, não multipliques as palavras em tua oração”. (Eclesiástico 7,15).

Pra quem curte fazer estudo bíblico, aí vão outras passagens para comparar e notar a clara referência no N.T. a textos de livros deuterocanônicos: Mt 6,14-15 e Eclo 28,2; Mt 7,12 e Tb 4,15-16; Lc 12,18-20 e Eclo 11,19; At 10,34 e Eclo 35,15; At 10,26 e Sb 7,1; Mt 8,11 e Br 4,37.

Além do mais, segundo o teólogo americano Joel Peters, o Novo Testamento cita o Antigo cerca de 350 vezes, sendo que cerca 300 destas citações (86%!) foram retiradas da Septuaginta, que continha os deuterocanônicos. Ora, se Jesus e seus Apóstolos utilizavam uma fonte que continha esses sete livros, como poderiam os rejeitar?

2) "Os judeus rejeitam esses livros"

Cerca de 50 anos após a morte de Cristo, um grupo de judeus rejeitou os deuterocanônicos, no sínodo de Jâmnia. Ok... e daí? E O KIKO? Em primeiro lugar, esse sínodo foi motivado, justamente, pela polêmica contra o cristianismo, que eles entendiam ser uma seita de hereges. Então, se os cristãos se baseavam nos deuterocanônicos, nada mais natural do que eles se colocassem em oposição a isso.

Aliás, os judeus desse sínodo eram, em sua maior parte, do ramo do judaísmo farisaico, e não tinham ligação alguma com os discípulos de Cristo.

carta_palha

3) "Os deuterocanônicos têm doutrinas anti-bíblicas"

Mar mininus... larguem mão de ser lesados! Os sete livros cortados da Bíblia pelos protestantes contêm doutrinas anti-luteranas, isso sim! Por isso mesmo foram arrancados, para não expor ainda mais as heresias do pai da “Deforma”.

Imagina se Lutero ia engolir a passagem de 2 Macabeus 12,42-46, que fundamenta a oração pelas almas do Purgatório! Lutero também quis retirar do Novo Testamento livros como Apocalipse, Hebreus e Tiago, mas como o escândalo seria grande demais, seus comparsas protestas o convenceram a não fazer isso. Acharam mais seguro deturpar a interpretação do que invalidar esses livros.

Sobre a Carta de São Tiago, vejam o que diz Luterinho:

“Portanto, a epístola de São Tiago é realmente uma epístola de palha, comparada com as outras, pois não tem nada da natureza do evangelho nela."

Fonte: Hartmann Grisar, SJ, Marthin Luther: His life and work (B. Herder, 1930: Westminster, MD: The Newman Press, 1961), p. 426.

Lutero babava de raiva ao pensar na Carta de Tiago, afinal, esse texto diz que “a fé sem obras é morta”, o que torna insustentável a tese protestante da salvação só pela fé, a “Sola Fide”. Queima a carta de São Tiago, Sheofá!

Pensem, amigos: por 11 séculos, toda a cristandade aceitou formalmente como inspirados os livros deuterocanônicos, e por 15 séculos, os aceitou informalmente. Partindo do princípio de que esses são falsos, teremos que dizer que Deus abandonou seu povo por mais de 1500 anos, deixando os cristãos se guiarem por livros sem valor, repletos de falsas doutrinas. Até que chegou Luterinho “ungido”, passou a foice na “bibra”, e deixou tudo no esquema. Parece-lhes razoável essa tese?

*****

Quem quiser se aprofundar nesse assunto, recomendo:

Somente a Escritura? Joel Peters (livro disponível em pdf no Site Veritatis Splendor)

Conhecendo a Bíblia Sagrada (Site Bíblia Católica)

Manual de Defesa dos Livros Deuterocanônicos (Rafael Rodrigues)

12797 Quinta, 14 Setembro 2017 18:32

Comentários   

+3 # Luiz 29-03-2017 21:58
http://ocatequista.com.br/index.php/component/k2/item/10649-a-igreja-medieval-num-dexava-nois-le-a-briba

queria rever esse link, porque está inativo/erro: 404?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Hugnert Gelhard de Moura 29-09-2015 14:28
Meus caros amigos, sobre a imagem, seria interessante ressaltar que que São Jerônimo não aceitava os deuterocanônicos como inspirados por Deus, assim como Lutero, porém os dois deixaram os livros em suas traduções.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 30-09-2015 15:10
Hugnert, na verdade, Lutero deixou os Deuterocanônicos como "anexo" de sua Bíblia, deixando claro que não os considerava inspirados. E não é verdade que São Jerônimo não aceitava os deuterocanônicos como inspirados. Sobre isso, recomendo que leia os artigos abaixo: http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/deuterocanonicos/503-sao-jeronimo-rejeitou-os-deuterocanonicos http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/deuterocanonicos/530-treplica-a-tentativa-de-argumentacao-protestante-sobre-sao-jeronimo-e-os-deuterocanonicos
Responder | Responder com citação | Citar
0 # CARLOS AUGUSTO MARTINS PEREIRA 27-06-2015 15:29
Amigos de O Catequista, preciso da ajuda de vocês em me informar sobre a santidade do Domingo, já que os protestantes afirmam que a troca do sábado pelo domingo é uma "invenção" dos católicos, que não existe fundamentação e nenhuma passagem bíblica afirmando essa 'troca' dos dias sagrados dos cristãos. E que o certo é guardar os sábados, como foi determinado nos 10 Mandamentos. Que Deus continue dando muita sabedoria a todos!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # geraldoeugêniobarros 10-12-2017 22:33
no antigo testamento guardava se o sábado,no novo testamento guarda se o domingo repeitando a morte e ressurreição de jesus.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 28-06-2015 11:25
Carlos, não são todos os protestantes que guardam o sábado Em detrimento do Domingo, mas somente alguns e principalmente os adventistas do sétimo dia, a maioria dos protestantes guardam o Domingo como o Dia do Senhor. Algumas respostas contra esta acusação estúpida de que foi a Igreja Católica quem inventou a troca do sábado para o domingo, você pode encontrar aqui: http://www.veritatis.com.br/apologetica/protestantismo/631-dia-do-senhor-sabado-ou-domingo; http://www.veritatis.com.br/apologetica/protestantismo/626-o-papa-mudou-o-sabado-para-o-domingo-como-alegam-os-adventistas.
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Fábio 22-06-2015 16:47
Olá. Estava lendo essa materia sobre a Bíblia e nos comentários foram mencionados os problemas da Edição Pastoral. Minha dúvida é a seguinte: Toda tradução feita da Bíblia não tem que ter a aprovação do Vaticano?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Bergson 28-04-2015 16:48
Mário, que explanação perfeita, Deus te abençoe e a todos deste blog ..
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Mário 31-03-2015 09:58
Simone, reflita: o Espirito Santo sopra onde quer, seja no coração do católico ou no do evangélico. Cabe a nós buscar a verdade revelada pelo espírito santo, quando a palavra de Deus diz que a igreja é coluna e sustentáculo da verdade. E onde encontramos essa coluna e verdade?. Na igreja fundada por Jesus a mais de 2.000 anos ou na igreja fundada por homens? Estar nessa ou naquela doutrina não nos cabe julgar, mais devemos sim encontrar a doutrina de Jesus, que muito antes da bíblia ser compilada pela própria igreja católica, a doutrina de Cristo já era ensinada oralmente por ele e repassada aos seus apóstolos, e hoje, aos sacerdotes da santa igreja católica. (sucessão apostólica). Vanessa, tudo que está fora da sucessão apostólica não é da igreja de Jesus. O somente a bíblia que Lutero impregnou no mundo quando dividiu o cristianismo, é errado, pois tudo que está na bíblia é pura verdade, mais nem toda a verdade de Deus está somente na bíblia. Exemplo: os pecados contra o espírito santa, que a bíblia fala, mais não diz quais, mais foram revelados pelo espírito santo à santa igreja católica (por papa Pio X). São 1.500 anos de história antes da bíblia ser compilada revelada por Deus que o protestantismo despreza. A bíblia é filha da igreja, pois quem deu a luz à bíblia foi a igreja de Jesus. Igreja é: TRADIÇÃO ORAL + MAGISTÉRIO DA IGREJA + BÍBLIA SAGRADA. Devemos viver como igreja, como um todo. Não podemos interpretar a palavra de Deus sem a igreja, conforme diz Pedro em suas cartas: “…As sagradas escrituras não podem ser de particular interpretação”. (Pedro II). Com todo respeito ao protestantismo, mais seus fiéis fogem e ignoram plenamente o que disse Cristo: “… Pedro, tu és pedra, e sobre esta pedra edificarei a MINHA IGREJA. Eu te darei as chaves do céu, O que ligares na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra, será desligado no céu.” O protestante rasga 1.500 anos de história de Deus Pai para seguir a um homem que nunca foi exemplo para ninguém, depois que se revoltou contra a igreja de Jesus. Lutero foi um herege, é fato comprovado, é só estudar o assunto. É esse homem que os protestantes seguem, que em determinado momento quis se igualar a Deus, quando disse: “…o meu juízo e o juízo de Deus são a mesma coisa.” Daí a arrogância e a autossuficiência do protestante, quando dizem não precisar da igreja de Jesus para ensinar. Jesus ainda disse que as portas do inferno não prevaleceriam contra a sua igreja, e é o que acontece, muitos já tentaram derrubá-la, Lutero, Calvino … mais ela continua firme e forte, e nunca se acabará. Pode ter erros, mais esse é o lado humano. A igreja em matéria de fé e doutrina ela é perfeita, pois é o espírito santo que a conduz, mais muitos não põem em prática os seus ensinamentos (evangélicos e alguns que se dizem católicos). Igreja Católica: Coluna e sustentáculo da verdade. Uma só fé, uma só doutrina, um só pastor. Quer agradar a Deus? Imite Maria. Quer amar Maria? Adore a Deus. Paz e bem! ..
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Mário 30-03-2015 17:17
Simone, estude também sobre: A patrística (pais da igreja), a igreja primitiva, a eucaristia, os sacramentos, os primeiros cristãos, e etc... tudo isso que é ignorado pelo protestantismo quando despreza 1.500 anos de história antes da bíblia ser compilada. Em que se baseiava a fé dos cristãos antes da bíblia ser compilada? Respondo: Na sagrada tradição e no magistério de Jesus. Esse é o caminho para a verdadeira igreja de Cristo. Paz e bem!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Simone 29-03-2015 23:08
Valeu Sidnei!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Simone 29-03-2015 21:06
Olá!Sou protestante, já estive por aqui algumas vezes.. estou estudando os livros da Bíblia que nao constam na na Biblia Protestante, tenho estudado tambem sobre os concílios, mas tem sido um estudo árduo, dei uma parada quando me deparei na questao dos livros constarem nas versoes antigas , aceitos como livros para reflexao , constavam na Biblia mas nao eram reconhecidos como inspirados... vou descansar um pouco neste estudo, pegar fôlego e continuar depois..Deste modo, tenho entao, no momento somente lido os livros, mas em pesquisa na net me deparei com alguns apontamentos citando alguns "supostos erros" nestes livros... vou citá-los aqui, se alguem quiser ajudar neste estudo, agradeço! "Nos livros apócrifos encontramos erros históricos, cronológicos, geográficos e teológicos: Judite 1.5 diz que Nabucodonosor foi rei de Nínive, quando na verdade foi rei de Babilônia; Baruc diz que foi escrito por Baruc o cronista do profeta Jeremias, quando se sabe que é mentira, ele é de data muito posterior. Baruc 6:2 diz que os judeus serviriam na Babilônia por sete gerações (o que daria 210 anos), enquanto Jeremias 25:11 nos diz que foram apenas 70 anos. Macabeus: Antíoco morre de três maneiras diferentes nos registros dos livros de Macabeus: 1 Macabeus 6:16; 2 Macabeus 1:16 e 9:28. 2 Mac 15:40: diz que beber sempre água sem estar misturada com vinho é nocivo à saúde. Tobias... contém certos erros históricos e geográficos, tais como a suposição de que Senaqueribe era filho de Salmaneser (1.15) em vez de Sargão II, e que Nínive foi tomado por Nabucodonosor e por Assuero (14.15) em vez de Nabopolassar e por Ciáxares... Eclesiástico 12:4-7 diz que se deve negar o pão aos ímpios e não lhes fazer nenhum bem. Isto contradiz claramente Provérbios 25:21-22, que diz que devemos sim lhes dar pão e água (veja também Mateus 5:44-48). Eclesiástico ensina ainda: o trato cruel aos escravos – 33.28 e 30: “para o escravo malévolo a tortura e os grilhões”, “Se ele não te obedecer, submete-o com grilhões”; 42.5 diz que não se deve envergonhar de “golpear até sangrar as costas de um escravo ruim”; desprezo pela mulher - 25.17-36; incentiva o ódio aos samaritanos – 50.27 e 28: diz que abomina os samaritanos e que eles nem sequer devem ser vistos como um povo. Isto contraria todo o ensino e exemplo de Jesus no trato com os samaritanos. Tobias 12:9 e Eclesiástico 3:30 ensinam que dar esmola purifica do pecado. O apóstolo Pedro ensina claramente que dinheiro não compra o perdão: 1 Pedro 1:18-19 Os erros destes livros provam que não são inspirados, pois Jesus disse que a Escritura não pode falhar (Jo 10.35)" .Obrigada, Gostaria de Ressaltar que não estou aqui para criar nenhuma polêmica ok? Realmente meu interesse é em estudar o tema. Abraço!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rafael Rodrigues 31-03-2015 00:16
Para se aprofundar em cada um dos livros leia as seguintes matérias: Estudo Sobre o Livro de Tobias http://apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/deuterocanonicos/716-estudo-sobre-o-livro-de-tobias Estudo sobre o livro de Judite http://apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/deuterocanonicos/721-estudo-sobre-o-livro-de-judite Estudo sobre o livro da Sabedoria http://apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/deuterocanonicos/740-livro-da-sabedoria Estudo sobre o livro de Baruc http://apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/deuterocanonicos/749-estudo-sobre-o-livro-de-baruc Estudo sobre os livros dos Macabeus: http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/deuterocanonicos/762-estudo-sobre-os-livros-dos-macabeus Qualquer dúvida quanto a esse tema pode entrar em contato comigo através do email:
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 31-03-2015 12:07
Rafael, agradecemos muito a sua ajuda! Fique com Jesus e com a Virgem Maria!
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Rafael Rodrigues 31-03-2015 00:11
[[[1ª Acusaração: "Judite 1.5 diz que Nabucodonosor foi rei de Nínive, quando na verdade foi rei de Babilônia; "]]] Resposta: A referida passagem não há um erro histórico ou uma contradição do livro de Judite. Isso seria, no máximo, uma imprecisão ou, na realidade, uma alusão ao pai de Nabucodonosor, figurado por seu filho. Sabemos pela história geral que na realidade quem reinou sobre os assírios foi Nabopolosar de 627 a 605 a.C, quando morreu no mês de agosto desse último ano. Nabopolosar subjugou e reinou sob Nínive e a destruiu em 608. Logo após a sua morte, quem assumiu o trono foi seu filho Nabucodonosor, portanto, possivelmente, ou mesmo obviamente, o autor de Judite personificou Nabopolosar na pessoa de seu filho Nabucodonosor. Sem contar que com as recentes descobertas, é possível identificar Nabucodonosor com seu pai Assur-bani-pal. Assim, não há nenhum erro no livro de Judite a respeito de onde Nabucodonosor reinou. [[[2ª Acusação: "Baruc diz que foi escrito por Baruc o cronista do profeta Jeremias, quando se sabe que é mentira, ele é de data muito posterior. Baruc 6:2 diz que os judeus serviriam na Babilônia por sete gerações (o que daria 210 anos), enquanto Jeremias 25:11 nos diz que foram apenas 70 anos."]]] RESPOSTA: O texto diz o seguinte: “Por causa dos pecados que cometestes contra Deus é que estás sendo levado para a Babilônia sob a ordem do rei Nabucodonosor. Após chegardes à Babilônia, lá ficareis por uma era completa, um longo tempo, ou seja, sete gerações. Depois disso vou tirar-vos de lá em paz.” (Baruc 6, 1-2) Isso está longe de ser um erro. A diferença de ano entre 7 gerações e 70 anos, ocorreu provavelmente por uma variação dos manuscritos chegados até nós; isso se deu, certamente, por erro de um copista que confundiu o texto na hora da transcrição, pois percebemos que “sete gerações” e “setenta anos” poderiam ser facilmente confundidos numa tradução; e isso sem esquecer que as palavras “sete” e “setenta” em hebraico são quase idênticas. A mesma coisa aconteceu com o cativeiro no Egito como está registrado em Gênesis. Abraão profetiza que eles passariam 400 em exílio: “Então disse a Abrão: Sabes, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos” (Genesis 15, 13). Já Êxodo diz que foram 430 anos de cativeiro: “O tempo que os filhos de Israel habitaram no Egito foi de quatrocentos e trinta anos.” (Êxodo 12, 40). “E aconteceu que, passados os quatrocentos e trinta anos, naquele mesmo dia, todos os exércitos do SENHOR saíram da terra do Egito.” (Êxodo 12, 41). Portanto, se por esse critério devemos excluir Baruc, devemos, então, excluir também Êxodo ou Gênesis. Isso vai ficar a gosto da subjetividade de cada acusador. [[[3ª Acusação: Tobias 12:9 e Eclesiástico 3:30 ensinam que dar esmola purifica do pecado. O apóstolo Pedro ensina claramente que dinheiro não compra o perdão: 1 Pedro 1:18-19 ]]] Para essa acusação, fiz uma matéria que refuta tudo: http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/deuterocanonicos/701-refutando-acusacoes-contra-o-livro-deuterocanonico-de-tobias Todas essas acusações são simplesmente mentiras, feitas por quem nunca leu os livros e quer apenas difamar livros inspirados que não deseja que sejam inspirados. O resto das acusações você por ler as matérias que eu coloquei o link ai acima. Infelizmente o espaço aqui é pequeno para responder a essa enxurrada de acusações falsas.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 31-03-2015 09:12
Rafael você é do Apologistas Católicos? Se és, parabéns! Seu site, junto com o Veritatis, são os que mais gosto de frequentar quando é parar tirar alguma dúvida. Gosto muito dos dois, são os primeiros sites que recomendo a todos que querem conhecer a doutrina católica, como de fato é. É claro que existem outros bons sites, porém, eu desconheço, mas os que mais eu conheço são estes dois, e louvo a DEUS, por haver tais sites e pessoas por trás deles, que tiram seu tempo, para esclarecer e ensinar aos católicos e a todos que procuram conhecer a nossa fé de Boa Vontade.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rafael Rodrigues 01-04-2015 01:52
Olá Sidnei, Sim sou sim. Eu quem criei o site. Obrigado pelos elogios, continuamos em busca da defesa da fé católica. Pax.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Luiz 20-04-2015 13:31
Olá Rafael Rodrigues Boa tarde Parabéns pelo excelente site Apologistas Católicos. Eu te enviei alguns e-mail´s sobre o Livro Sagrado Deuterocanônico de Tobias depois dá uma olhada com calma. Um grande abraço e felicidades Luiz
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rafael Rodrigues 30-03-2015 23:59
Olá Simone, Que bom que você está se interessando em estudar estes livros que foram deliberadamente mutilados da Bíblia por quem não tinha autoridade nenhuma para tal. Todas essas acusações que você mostrou aqui estão todas explicadas em meu livro sobre este tema, se desejar lê-lo aqui está o link para comprá-lo: https://www.clubedeautores.com.br/book/140770--Manual_de_Defesa_dos_Livros_Deuterocanonicos#.VRn-7i5AmoU Responderei agora a algumas dessas acusações, infelizmente não há espaço aqui para responder tudo, então sugiro que leia algumas matérias no site apologistas Católicos que são dedicadas especialmente a isto: http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/deuterocanonicos
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 29-03-2015 21:34
Simone, comece estudando por aqui: http://www.veritatis.com.br/apologetica/biblia-tradicao-magisterio/1017-respostas-a-alguns-qerrosq-dos-livros-deuterocanonicos http://www.veritatis.com.br/apologetica/biblia-tradicao-magisterio/817-em-defesa-dos-deuterocanonicos
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Simone 24-11-2014 01:10
Olá , tenho lido muito este blog, sou evangélica, nasci e fui criada assim... nunca questionei muito a questão dos livros da Bíblia, pois sempre nos explicaram que eles não tinham inspiração divina.. como eu nunca tive acesso à versão católica acabei aceitando... estou assustada... meu coração está batendo forte... e se de repente tudo que aprendi uma vida inteira e acreditei não estiver correto? Isto é muito sério... meu marido é evangélico também e tem perguntado pq eu estou lendo este site... eu apenas disse que queria entender mais do catolicismo, um estudo. Gostaria de uma bíblia católica... eu queria ler estes livros e tirar minhas próprias conclusões inspirada pelo Espírito Santo... mas se realmente tiver referências do velho testamento no novo, então contra fatos não há argumentos... vou orar e pedir que Deus me ilumine e ajude...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 24-11-2014 10:23
Simone, Vou te enviar um email ainda hoje. Tenho uma bíblia católica para lhe doar, posso te enviar pelos correios. Jesus Cristo disse que a quem bate, a porta se abre. Portanto, não tenha medo de questionar nada, pois o Senhor não deixa no engano quem busca a verdade com coração sincero. Como você mesmo disse, você deve verificar por si mesma e tirar suas próprias conclusões, sempre implorando a luz do Espírito Santo. Fique com Deus! Viviane
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Reginaldo Olivetti 20-11-2014 08:58
Post maravilhoso e esclarecedor, temos que demonstrar a verdade, pois vejo que os protestantes em sua maioria maciça está totalmente hipnotizado e eles acham que estão certo, acredito que os de boa fé, são salvos pelo 8º sacramento, rrsrsrs.. Deus há de criar o 8º, sacramento da santa ignorância, para os protestantes. pois tem muitos deles, mas muitos mesmo em sua maioria totalmente cegos nas verdades, cego em exegese, cego em senso critico, e como um ser adestrado!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Michel 19-11-2014 14:14
E quando eles não tem mais argumentos para debater, dizem:mas o Deus é o mesmo, isso que importa. Então digo:tem como você ir até a farmácia e me trazer um quilo de bifes? Mas na farmácia? Sim na farmácia. Mas não tem carne na farmácia! Exatamente, mesmo que você queira me ajudar e vá até a farmácia, na há possibilidade de me trazer a carne. Não adianta você procurar por Deus onde ele não está! Você pode até ter boas intenções, mas só irá encontra-lo na verdadeira Igreja!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Michel 19-11-2014 14:07
Lutero fez com a Igreja Católica o mesmo que Lúcifer fez com Deus, traiu, se revoltou e protestou, e foi expulso junto com um terço dos anjos que ficaram ao seu lado, mas tenho para mim, que Lutero levará mais gente para o inferno que o próprio Lúcifer. Nós católicos, na maioria, quando ouvimos falar do arrebatamento já ficamos apreensivos, penando, será que vou conseguir? Enquanto isso, se você fala a um protestante, ele calmamente diz, não me preocupo com isso, nós de tal igreja estamos salvos... Como assim, estamos salvos? Vejo que o significado de "prosperidade", para eles significa dinheiro... , carro... Eu já não tenho mais paciência para debater e explicar, viro as costas e são...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Natércia Maciel 19-11-2014 13:52
Gente você devem ter o dom de ciência!!! Rsrsrsrs.... Ontem eu falava sobre esse assunto com um amigo protestante e hoje quando abri o face vi esse post. Que Deus abençoe vcs nessa missão de esclarecer o povo de Deus! E que Ele envie mais operários corajosos para essa missão!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcos 19-11-2014 12:50
"O Papa e os bispos da Igreja reafirmaram a inspiração divina dos sete livros deuterocanônicos em cinco concílios: Roma (ano 382), Hipona (393), Cartago (397) e Trento (1546)..." Acho que faltou um! Gostaria de saber qual. Abraço, irmãos catequistas! Continuemos juntos na missão de Evangelizar...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Dalvio Machava 19-11-2014 11:08
Nossa! aprendo cada coisa aqui neste site... ate me sinto mais preparado para voltar a dar catequese próximo ano. Quanto a estas discussao vou copiar e botar no livro que estou a trabalhar nele. um abraco
Responder | Responder com citação | Citar
0 # David do Nascimento Corrêa 23-10-2014 13:43
Cara, a gente nem precisa ler livros para quebrar 95% dos argumentos protestantes, tamanho o número de engodos que cada argumento traz explicito em cada vírgula. Basta ler os posts do catequista com certa frequência e ir complementando com as fontes. Parabéns pessoal
Responder | Responder com citação | Citar
0 # carla 10-09-2014 14:18
Eu não entendi o pq o nome dw Deus não está na biblia, eu leio a biblia e não vejo o nome dele pq? Se jesus veio aqui no mundo p glorificar e ensinar coisas q seu pai deixou p ele nos ensinar. Vi em lucas 17:26. Isso ele diz em sua oração e isso foi o proprio Jesus q falou.resp por favor
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 10-09-2014 14:29
Carla, Podemos responder a sua pergunta. Mas antes, responda: você é católica ou pertence a outra crença, como as Testemunhas de Jeová?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Edna Cristina de jesus 31-08-2014 03:41
Eu mesma já levei sermão de católico:uma evangélica estava metendo o pau num video que circula na net sobre o exorcista do vaticano e segundo eles o exorcista disse que o diabo mora no vaticano.Eu comecei a debater com a mulher e ela dizia coisas horríveis sobre tudo que era da igreja católica a mulher disse que já foi católica e a mente dela estava tão lavada de baboseiras e ódio mortal,que não tinha cristo que tirasse aquilo da cabeça dela.Eu respondia todas suas perguntas e ataques a igreja,detonei a mulher com todas as respostas bíblicas na ponta da língua,graças aos sites que entro.Um católico me deu um sermão e disse que eu tinha que respeitar a fé dos outros e que ninguém era obrigado a seguir o catolicismo.Fiquei pasma! quer dizer que cuspir,xingar de prostituta,de idólatra de isso e daquilo a igreja ela podia.Eu tinha que ficar calada porque tem que ser humilde?há me poupe né?chega de baixar a cabeça pra esse povo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rinaldo 23-07-2014 17:48
Será que alguém pode me ajudar. Jerônimo foi quem traduziu a bíblia para o latim? vocês conhecem algum documento e podem me passar o que ele(Jerônimo)disse sobre os apócrifos? Grato
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 20-05-2014 11:58
Uma observação importante... Tem protestante por aí dizendo que Santo Agostinho rejeitava os deuterocanônicos. Isso não é verdade! Santo Agostinho reconhecia que esses livros são canônicos, vejam: Santo Agostinho nunca rejeitou os livros deuterocanônicos, muito pelo contrário: "O cânon completo das Sagradas Escrituras, ao qual se referem as considerações precedentes, compreende os seguintes livros: os cinco de Moisés, a saber: o Gênesis, o Êxodo, o Levítico, os Números e o Deuteronômio; um livro de Jesus, filho de Nave (Josué) e um dos Juízes; um livrinho intitulado Rute, o qual parece pertencer ao começo da história dos Reis; seguem-se os quatro dos Reinos e dois dos Paralipômenos que não são a sua seqüência, mas por assim dizer uma complementação. Todos esses livros são narração histórica que contêm o desenvolvimento das épocas e a ordem dos acontecimentos. Há outras histórias de tipo diferente que não possuem conexão com a ordem dos acontecimentos anteriores, nem se relacionam entre si, como os livros de Jó, de Tobias, de Ester, de Judite, os dois livros dos Macabeus e os dois de Esdras. Estes parecem seguir antes aquela história que ficara suspensa com os livros dos Reis e dos Paralipômenos. Depois, seguem os Profetas, entre os quais se encontram um livro de Davi, os Salmos, três de Salomão: os Provérbios, o Cântico dos cânticos e o Eclesiastes. Os outros dois livros dos quais um é a Sabedoria e o outro, o Eclesiástico, são atribuídos a Salomão por certa semelhança com os precedentes, mas comumente se assegura que quem os escreveu foi Jesus, filho de Sirac. E, como mereceram ser recebidos com autoridade (canônica), devem ser contados entre os livros proféticos. Os livros restantes são os propriamente chamados dos Profetas. Doze são esses livros, correspondendo cada qual a um profeta. Como estão conexos e nunca foram separados, são contados como um só livro. Eis o nome dos profetas: Oséias, Joel, Amós, Abdias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias. Em seguida, os quatro livros dos grandes profetas: Isaías, Jeremias, Daniel e Ezequiel. Estes quarenta e quatro livros possuem autoridade no Antigo Testamento." - Santo Agostinho, Doutrina Cristã, II, 13
Responder | Responder com citação | Citar
0 # J.P. 25-02-2014 18:37
Felizmente o Papa tem adotado uma postura mais humana e sensata, não é como alguns fiéis que buscam comparações e confronto com outras Fés. "Ah, a Fé Católica é melhor por causa disso, daquilo..." É um pecado e uma falha de muitos católicos, quererem revestir-se de um "purismo" rançoso e mofado.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 20-05-2014 14:11
Não entendi. O que quer dizer: "Felizmente o Papa tem adotado uma postura mais humana e sensata", quer dizer, relativista? O que quer dizer: "não é como alguns fiéis que buscam comparações e confronto com outras Fés. “Ah, a Fé Católica é melhor por causa disso, daquilo…” É um pecado e uma falha de muitos católicos, quererem revestir-se de um “purismo” rançoso e mofado.", quer dizer, que não devemos defender nossa fé, devemos levar esculachos de protestantes, ateus e por aí afora e ficarmos todos bem caladinhos, engolindo tudo a seco e sem dar nenhuma resposta em troca?. É o sonho dos seguidores da Teologia da Libertação, tornar tudo relativo e a Igreja católica apenas mais uma igreja entres tantas outras, somente, maus uma verdade entre tantas outras. Acorde Sr. J.P. que você esta bem longe da fé verdadeira e cada vez mais perto do que pensa o mundo e não como pensa DEUS: "Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito. (Romanos 12, 2); "15. Não ameis o mundo nem as coisas do mundo. Se alguém ama o mundo, não está nele o amor do Pai.16. Porque tudo o que há no mundo - a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida - não procede do Pai, mas do mundo.17. O mundo passa com as suas concupiscências, mas quem cumpre a vontade de Deus permanece eternamente." (1º João 2, 15-17). Se defender a fé católica é ser rançosos e mofado, então eu me considero bem rançoso e bem mofado mesmo, quem não gosta que se laske, porque entre ficar com o relativismo que o mundo prega e a defesa da Igreja, da fé Verdadeira deixada por NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, fico com a segunda opção mesmo sendo taxado de rançoso e mofado.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Juliano A.R.P 24-02-2014 13:02
Este dogma do Sola Fidei criado por Luthero gera contradições até hoje nas seitas protestantes. Já ouvi protestantes fazerem coisas absurdas (pecados tremendos), alegando que Jesus já levou todos os nosso pecados na cruz e que portanto basta ter fé que mesmo pecando serão salvos, sem contar que muitos já decretaram a sua própria salvação.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Leniéverson Azeredo 23-02-2014 00:50
Essa estória é mais que clara e tem gente que complica.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo 22-02-2014 23:35
Gente, essa polêmica só existe na boca/mente de quem não enxerga um palmo a frente do nariz. Fervo de raiva quando escuto a palavra "apócrifo" se referindo aos nossos amados deuterocanônicos...Ora bolas, querem saber de uma coisa...A própria Bíblia "pura" dos irmãos protestantes possui citações retiradas de textos genuinamente apócrifos...Querem ver? Peguem a Epístola de São Judas..Quando em Jd 1,9-10 o autor narra a disputa do corpo de Moisés entre o arcanjo Miguel e o Diabo, ele cita o texto do livro apócrifo "Ascensão de Moisés"...Noutra parte, São Judas cita explicitamente o livro apócrifo de Enoque (Jd 1, 14-15)...E aí, vão rasgar também essa epístola da Bíblia? Existem várias passagens deuterocanônicas no Novo Testamento...O próprio Paulo gostava de uma literatura da boa e velha Bíblia dos LXX...Comparem Ef 6, 10-18 com o livro da Sabedoria (Sb 5, 15-23)...Plágio puro...kkkk Na tradução usada por São Mateus (Mt 4,10) (que escreveu o original em aramaico para os judeus da Palestina), Jesus mesmo fala: "Adorarás o Senhor teu DEUS...", ou seja, usa a tradução da Septuaginta, já que o nome de Deus não podia ser pronunciado na tradução hebraica (usava-se Adonai, isto é, SENHOR - ver passagem original em Dt 6,13)...E por aí vai...Ah, quem desejar saber algo mais sobre a variedade do Cânon bíblico nas comunidades crsitã primitivas, basta ver o hercúleo trabalho de Orígenes (185 - 253 d.C.) chamado Héxapla, quando ele fez uma análise comparativa de 6 bíblias de sua época... Paz e bem a todos...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 23-02-2014 13:12
Excelente comentário, Paulo! Obrigada!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Luciana Dias 21-02-2014 16:04
Nossa Vivi... muito obrigada mesmo. Eu pensei ainda em citar o exemplo em Emaús como você citou. Mas quando pensamos em Jesus... nossa! Jesus mentiu! kkkkkkk o povo ia me matar se eu dissesse isso. Grande abraço a todos.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 21-02-2014 17:48
Luciana, O que muitos protestantes e puritanos - inclusive católicos - não entendem que o pecado está na intenção, não no ato em si. Exemplos... Para os hebreus, comer os pães da proposição, no templo, era pecado? Claro que sim! Mas se esse hebreu (no caso, o rei Davi) estivesse se refugiando no templo, morrendo de fome, em meio a uma guerra? Claro que não é pecado comer os pães! Matar, em geral, é pecado? Claro que sim! Mas se quem matou foi um policial, que atirou num bandido para defender a vida de um cidadão inocente, ele pecou? Óbvio que não! Uma mulher ficar pelada diante de um homem que não é seu marido, é pecado? Claro que sim! Porém, se esse homem é seu médico, realizando um exame necessário, é pecado? Claro que não! Mentir, em geral, é pecado? Claro que sim! Mas e se a intenção de quem omite a verdade não é promover a mentira de modo essencial, mas sim realizar um bem maior? Se mentiu para promover um bem maior, agindo de acordo com sua consciência, claro que não pecou! Enfim... Esse povo só entende de moralismo, mas não saca nada de moral cristã.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Harun Salman 21-02-2014 16:59
Se isso acontecer, você vai chegar ao Céu antes de mim! Aí aproveita e dá uma forcinha! Tâmu precisano! Abraço!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Luciana Dias 21-02-2014 00:54
Oi galera, olha eu aqui novamente. Me ajuda catequista kkkkk Fiquei lendo algumas coisas sobre o livro de Tobias, o que os protestantes dizem sobre este livro: A inspiração divina desse livro é muito questionada pelos protestantes. Um dos argumentos contra a fidelidade desse escrito é o fato de que o Anjo Rafael mente acerca de sua identidade: Rafael apresenta-se como "Azarias, filho do grande Ananias" (Cap. 5, ver. 18 de Tobias); revelando sua verdadeira origem somente depois. O problema nesse texto é que um verdadeiro anjo de Deus nunca utilizaria a mentira, que, segundo o contexto geral da Bíblia, é uma característica diabólica, e não divina. Além disso, o Anjo Rafael ensina a Tobias práticas de magia/feitiço como forma de exorcismo, quando diz que, queimando o coração de um peixe sobre brasas, a fumaça expulsará todo mau espírito (Cap. 6, ver. 8 de Tobias). O que pensar? O que da Igreja diz disso? Me ajuda heim!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 21-02-2014 10:32
Luciana, O anjo, no livro de Tobias, encobriu provisoriamente sua verdadeira identidade, para que a verdade viesse à tona depois com mais eficácia. A intenção de seu ato sempre foi atingir a verdade. Se o livro de Tobias fosse falso por causa disso, teríamos que arrancar da Bíblia também o livro do êxodo, em que as parteiras do Egito mentiram para o faraó, dizendo que não conseguiam afogar aos bebês hebreus, pois as judias pariam muito rápido. No texto sagrado, está escrito que Deus as abençoou por causa dessa mentirinha santa. Temos que nos perguntar: mentiu para que? Se foi para causar engano e mal, é pecado. Se foi um caso excepcional, em que a mentira é usada pontualmente (não como hábito de vida) para defender um valor maior - como a vida de um bebê - então não é pecado. Aliás, nesse caso, houve mérito. E, seguindo essa lógica inteligênti (intelijumenta, isso sim) dos protestantes, teríamos que acusar Cristo de pecado. Afinal, ao aparecer aos discípulos de Emaús, ele fingiu que não sabia de nada do que havia acontecido em Jerusalém, sobre a morte do Nazareno. E deixou os dois homens pensarem que ele era um simples viajante, encobrindo temporariamente sua verdadeira identidade, assim como fez o anjo em Tobias. Quanto a práticas de magia, isso é ridículo! O profeta Eliseu (ou foi Elias? Agora não lembro bem) mandou o leproso se banhar sete vezes na água de um rio específico, para se livrar da lepra. Esse livro os crentes reconhecem como sagrado. Porque não o arrancam tb? Qualquer dúvida, volte a nos escrever.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 21-02-2014 09:31
Luciano, vou trazer uma parte de um texto do site Veritatis Splendor e que você vai encontrar neste link: http://www.veritatis.com.br/apologetica/biblia-tradicao-magisterio/1308-uma-breve-analise-sobre-os-deuterocanonicos-do-at, e no qual quando citado este livro de Tobias juntamente com outras passagens que também parecem justificar a mentira assim diz: "5. prática da mentira: Dizem que Judite 11,13-17 e Tob 5,15-19 favorecem a prática de mentiras. Abrão disse ao rei Abimelec que Sara era sua irmã, e na verdade era sua esposa (Gn 20,2). Jacó, auxiliado pela mãe, mente ao pai cego, dizendo que era o filho mais velho e no entanto era o mais novo (cf. Gn 27,19), além de também enganar o sogro (cf. Gn 31,20). Será que o livro de Gênesis também não é canônico?" Leia o restante da postagem, e isto poderá te ajudar.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Luciana Dias 21-02-2014 16:05
Oi Sidney. Essa última postagem foi para mim? Eu sou menina! kkkkkk Grande abraço.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 23-02-2014 12:40
Desculpe Luciana, acredito que não prestei atenção a seu nome quando li seu post.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 21-02-2014 10:38
Isso mesmo, obrigada, Sidnei!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # cleiton de paula 20-02-2014 20:42
que mundo esse onde pessoas gritam contra nos católicos
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Julio Cesar Chaves 20-02-2014 17:40
Apenas um breve comentário. Essa história dos 72 sábios judeus é contada num texto chamado "Carta de Aristeas", citado pelo historiador judeu Flávio Josefo, que viveu no séc. I d.C. A história é lendária. A Septuaginta foi provavelmente traduzida em etapas, ao longos dos séculos II e I a.C. e não de uma só vez. Outra coisa, alguns dos livros deuterocanônicos não foram traduzidos, mas compostos diretamente em grego (Sabedoria e II Macabeus, senão me engano).
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Apologistas Católicos 21-02-2014 17:13
Não é bem assim, a septuaginta em uma remota chance pode não ter sido traduzida toda de um vez, mas existiu sim, inclusive vários autores primitivos atestam isso, seria muito dificil vários autores próximos ao acontecimento mencionarem isso sem fazerem ressalvas. Os livros da Sabedoria e Macabeus não foram escritos em grego como antes se achava, apenas as versões que se tem deles que eram gregas, por exemplo, já acharam um fragmento da Sabedoria em aramaico que data de antes de Cristo, logo isto prova que o livro existia em hebraico. Achar que a história se resume apenas em uma análise dos fatos superficialmente, é temerário.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 23-04-2014 17:29
Júlio e Apologistas, Daniel-Rops, em "A Igreja dos Apóstolos e Mártires", diz que essa história dos 70 sábios é muito mais simbólica do que histórica. Eu não conhecia essa observação do autor, estou lendo o livro agora.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Apologistas Católicos 20-02-2014 11:41
Quem quiser se aprofundar mais mais no assunto sugiro acessar a maior biblioteca de artigos em língua portuguesa sobre o cânon bíblico: http://apologistascatolicos.com.br/index.php/deuterocanonicos Neste link terão todas as respostas para qualquer objeção protestante a respeito do cânon bíblico.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 20-02-2014 11:54
Maravilha! Belo trabalho de defesa da fé católica.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Leonardo Santana 20-02-2014 11:20
"Muitos protestantes são respeitosos e vivem sua crença com dignidade..." Que crença é essa que despreza Jesus Cristo e Sua única Igreja coluna sustentáculo da verdade? Vai ver pelos respeitosos hereges protestantes viverem sua "crença" com dignidade que a igreja conciliar vai comemorar em 2017 500 anos da heresia protestante!! Sinceramente espero que isso seja apenas uma teoria da conspiração( já imaginou comemorar 500 anos de uma heresia maldita que foi amaldiçoada pelo Concílio infalivel e dgmático de Trento? ) desse católico que vos fala!!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Pedro 20-02-2014 08:56
Bom dia, quanto ao post nada a acrescentar muito bom o conteúdo, e válido para muitos que usam edições incompletas da Bíblia. Agora, como participante do ECC, e também das ENS, sugiro aos amigos Alex, Luciana e Marcelo alguns pontos: - Alex: presenteie a pessoa que envia as mensagens com uma boa edição da Palavra, ou ache um aplicativo para celular da Bíblia Católica e indique para ela, não apenas mostre o seu exemplar; - Marcelo: na minha opinião os temários do ECC já estão defasados, afinal são da década de 70, porém os temas podem ser atualizados, de acordo com a necessidade e a realidade de seu círculo. Nas Equipes de Nossa Senhora somos acompanhados por um Conselheiro Espiritual, procure o seu Padre, ou encontre um bom Conselheiro/a que possa ajudar e acompanhar seu círculo em algumas, ou todas, reuniões; - Luciana: os "grupinhos" formados a partir dos ECCs, com as graças de Deus, já resgataram matrimônios, restauraram famílias e revitalizaram muitas paróquias,e é um dos mais belos serviços que a Igreja disponibiliza para o crescimento das famílias em seus mais de 40 anos de história. Se alguns casais, abandonam a Igreja (vamos rezar por eles) com certeza não é por culpa do ECC. Abraços e fiquem com Deus.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # valeria 20-02-2014 18:31
Concordo com vc Pedro o ECC tem um grande trabalho dentro da igreja. Tem grupo que faz um belo trabalho, mas se tem um pastor ou um diretor com visão, porque tem muitos grupos que se tornam tão fechados que não vêem o que acontece a volta, virando uma maquina de fazer encontros anuais. E quando um casal se afasta é sempre culpa do outro e titula o casal (é que não aceitou jesus aff ) gerando criticas e fofoca em vez de ajudar ou ao analisar o que está acontecendo ou menos reza. Fui do ECC mas presenciei muito isso, então me afastei. Acreditem, eles nem perceberam. Não saí da igreja mas ajudo em outra pastoral. Tenho que seguir o que o Papa Francisco que pede olhar as feridas dos irmãos e estender a mãos tem que pensar no sofrimento mas sem olhar a quem... todos tem uma historia de vida mas devemos ajudar nossos a permanecer no amor que nos unimos a Jesus,
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Pedro 21-02-2014 00:34
É uma pena que isso aconteça, mas pelo menos vc continua em sua caminhada. Amém!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex 20-02-2014 12:07
Oi Pedro! Saudações em Cristo!!! Já mostrei a todo mundo do grupo os aplicativos de Bíblia Católica... Disseram que era a mesma coisa! Argumentei que não! Me ouviram?! Mas não perco a esperança!!!!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Pedro 21-02-2014 00:31
Alex, é isso aí, devemos sempre continuar fazendo nosso papel de instrumentos. Realmente, em muitos casos, os casais caem meio de paraquedas no ECC,e por graça, sempre há alguém com um mais conhecimento para dividir com os irmãos. Mas como vc já tentou, peça para alguém de fora do círculo ir participar/conduzir uma reunião sobre o tema, as vezes as pessoas acabam escutando alguém de fora. A paz!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Elias Araujo 20-02-2014 02:17
Falaaa galera de Deus! Mais uma vez o post tá muiiito show, e queria agradecer vcs por retirar essa dúvida minha. Bem esclarecedor! Não precisava nem disso tudo pra saber que lutero foi um zé do sabão! Como ele quis dividir a igreja que foi fundada pelo nosso senhor??? Por mais erros que os padres daquele tempo tenham cometido. Ele foi muito vida loka em tomar essa decisão. E hoje tá aiii, esse festival de ''Bençãos''! Valeu galera, e parabéns!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Junior 20-02-2014 00:03
A Sagrada Escritura só pode ser lida e interpretada à luz do Magistério da Igreja e da Tradição, transmitida pelos padres apostólicos, que conviveram com os Apóstolos (e também por aqueles que convieram com estes últimos). Creio que não há erro maior - e também presunção - do que interpretar a Bíblia individualmente: é triste ver um protestante rejeitando o depósito da fé transmitido fielmente pela Igreja ao longo de seus 2.000 anos e abraçando as tradições de Lutero, Calvino e de outros pseudo-teólogos menos sofisticados, como Malafaia, Macedo, etc. Mas já que os nossos irmãos separados insistem em defender a fé dos reformadores, deveriam prová-la através das Escrituras, que tanto dizem amar e conhecer. Entretanto, é fácil perceber o tremendo malabarismo que precisam fazer para defender a fé protestante, uma vez que a própria divisão do protestantismo não é justificável - na verdade, a divisão da Igreja é condenada em várias passagens do NT (Cf. At 20,28-23; Rm 16,17; 1Cor 1,10; 1,13; 10,17; 12,12-13; Gl 1,6-10; Ef 4,5; Fl 2,2; 2Ts 2,15; Hb 13,8-9; 13,17) -, tampouco o ódio que alimentam contra a Igreja de Roma. E o mais cômico - ou trágico? - disso tudo é perceber que somente a fé da Igreja de Roma é anunciada no mundo todo (Rm 1,8). Além disso, a Igreja de Roma é a única que goza da seguinte promessa: "O Deus da paz não tardará em esmagar Satanás debaixo de vossos pés" (Rm 16,20). E, de fato, Deus não tardou: de perseguida e agonizante, sofrendo as terríveis perseguições do Império idólatra e pagão, a Igreja se tornou triunfante e reinante, Mãe e Mestra de uma sociedade decadente e em constantes conflitos. Na Idade Média, a Igreja atingiu a plenitude de sua glória e majestade, fundando universidades, hospitais, convertendo bárbaros, defendendo os órfãos e as viúvas. Creio que não houve tempo de maior respeito à dignidade humana do que quando a Igreja era a rainha dos corações. Que Deus tenha piedade daqueles que não reconhecem na Igreja Católica a plenitude da Verdade. Pax Domini!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # CELIA 19-02-2014 23:22
MARAVILHA TODOS OS CATÓLICOS DEVERIAM LER ISSO PARA NÃO SEREM ENGANADOS
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Everton 19-02-2014 18:54
Boa tarde! Sobre os escritos de Lutero, principalmente aquele intitulado "Conversas a mesa", aquele livro é uma fonte confiável para rebater os protestantes fãs de Lutero? Eu tinha visto em um site protestante citando um estudioso católico chamado Thomas O'Meara, que diz: "...Católicos estão usando argumentos retóricos inexatos quando eles fazem o valor da teologia e reforma de Lutero depender da sua linguagem no Conversas à Mesa. Apelos retóricos à mente – mas isto apela através das emoções. Ela alcança a mente não através de um ato puramente intelectual, examinando o caso a fundo e logicamente, mas por saltos e amarras, guiado por emoções e vontades, faculdades que são incapazes de um julgamento calmo sobre o que é verdade" (Thomas O'Meara, Mary in Protestant and Catholic Theology, New York: Sheed and Ward, 1966, pág. 5). Uma outra coisa também, existe uma obra escrita por Lutero, chamada "Contra os profetas celestiais"? Quais são as fontes confiáveis dentro da historiografia, para melhor refutar os protestantes nesse campo? Outra coisa, é possível vc fazerem um post somente sobre Calvino?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 20-02-2014 08:39
Everton, eu não sei se o escrito de Lutero "Conversa a Mesa" é uma fonte confiável, mas o que me chama mais atenção e estes protestantes citar um estudioso católico que diz que os católicos citando este escrito "Conversa a Mesa" estão apelando para emoção, retóricas inexatas, etc., horas, mas não é isto que fazem também os protestantes quando apelam para atacar a Igreja Católica a todo instante, inventando um monte de mentiras, lorotas e estórias sem pé e nem cabeça. Quer um exemplo, leia o posta anterior a este intitulado: "Protestantes viajam na maionese e afirmam: “Papa Francisco evocou Lúcifer no Vaticano”, para ver o quanto eles também apelam para retóricas inexatas e para emoção, eu digo até mais, por pura sem vergonhice mesmo, porque não é possível que alguém não veja as mercadorias que estes protestantes vomitam a cada instante contra nós sem ver o pouco senso de verdade que há por trás disto tudo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Templario das Cruzadas 19-02-2014 16:41
eu já li a Meguila Esther numa sinagoga judaica ...lol...não tem nada a ver os judeus não rejeitam o Livro de Ester a história é até mais completa que na Biblia Católica. Além disso já fui em várias festas de Chanucah onde o feito de Judas Macabeu e de sua família é exaltado.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Augusto Fonsêca 19-02-2014 16:12
Caros irmãos em Cristo Fazemos parte do Ecc Neves e o nosso grupo de origem (8 casais) já está com quinze anos. Toda segunda-feira nos reunimos para partilharmos a edificação da nossa Igreja Doméstica. Temos um novo grupo do Ecc já com 3 anos e buscamos desenvolver neste novo grupo a importância de sermos Igreja Doméstica viva e atuante. O sucesso de um grupo de Ecc é fruto da formação religiosa do casal coordenador de origem e do envolvimento de todos os casais nas obras da igreja do seu Ecc. A igreja somos nós.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcelo RN 20-02-2014 11:33
Augusto, realmente, conforme eu disse acima comentando o que Alex postou, reconheço no ECC um grande trabalho evangelizador. Eu e minha esposa fazemos parte há 2 anos. Vi muitas famílias restauradas em Cristo. A questão é como se dá o trabalho dos círculos, do ponto de vista de compreensão dos temas contidos nos manuais (temários). Perguntas pré-definidas, debates e opiniões do grupo e ao final o livreto não mostra o posicionamento da Igreja, ou seja, "livre exame". E livre exame te lembra o que? Esta é a única "queixa" que tenho do ECC. Procuramos antes dos encontros estudar o tema da reunião pelo Catecismo e expô-lo nos debates. No mais, apoio total ao ECC. Viva ao Pe. Alfonso Pastore.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # João Nunes 19-02-2014 15:50
Em relação ao assunto, para deixar um protestante em maus lençóis, é só perguntar a ele que crê no 'Sola Scriptura' onde está nas mesmas Escrituras (livro, capítulo e versículo) a lista dos livros que devem ser considerados inspirados. Fail! :-D
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Felipe dos Anjos 19-02-2014 15:40
Eu denovo rs Gostaria de sugerir um tema, pedi uma explicação a um padre uma vez mas ele se esqueceu de me mandar a resposta rs Sobre o purgatório, tudo o que eu puder saber disso. Pq a Igreja acredita nisso, sobre as " 3 Igrejas ". Acredito ser de uma ajuda geral, é dúvida de muitos. Se quiserem me passar o email para mandar a sugestão/dúvida lá, se for melhor pra vcs lembrarem. Valeuzão!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 19-02-2014 16:17
Ainda não publicamos nada sobre o Purgatório, mas recomendamos estes artigos do site Veritatis Splendor: http://www.veritatis.com.br/doutrina/a-igreja/9257-o-purgatorio http://www.veritatis.com.br/apologetica/imagens-santos/1293-o-purgatorio-e-a-oracao-pelos-mortos http://www.veritatis.com.br/apologetica/graca-justificacao-pecado/812-qual-a-base-biblica-para-a-doutrina-do-purgatorio Meu email é:
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Eleni do Aamaral 19-02-2014 15:29
UMA VEZ PARTICIPEI DE UM ESTUDO BÍBLICO DA IGREJA EVANGÉLICA, NÃO ESTAVA FIRME EM NOSSA QUERIDA IGREJA CATÓLICA...SEGUNDO ELES, ESTES CINCO LIVROS FORAM ESCRITOS POR ANTIGOS PADRES POR ISSO NÃO SÃO VÁLIDOS..DEPOIS QUE FIZ O CURSO DE TEOLOGIA, ENTENDI O VERDADEIRO MOTIVO.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Virgínia 19-02-2014 15:26
Oi Catequista! Tudo bem?? Estava querendo seu e-mail para poder fazer uma pergunta! Vc me passa? Obrigada! Virgínia
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 19-02-2014 15:54
Sim, aqui está:
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Lucas Farias 19-02-2014 14:59
Não tem a ver com o tema Bíblia, mas sim com Lutero. Certa vez ouvi dizer que já no leito de morte Luterinho teria solicitado a presença de um Bispo, se confessado, perdido perdão e partiu desta vida meditando o Santo Rosário... Vocês já ouviram algo semelhante ou conhecem alguma fonte histórica, confiável para esse fato ?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo Ricardo 19-02-2014 15:55
Não, não foi assim. Lutero havia enchido os cornos na noite anterior, há dias sentia uma certa inquietação e estava falando mais do diabo que de costume. Foi encontrado pela manhã morto. Na série sobre Lutero dedicaremos um post inteiro para a questão da sua morte. Mas, historicamente, friamente, é isso: foi encontrado morto em sua cama na manhã seguinte a uma bebedeira. Ponto final. O resto é história da carochinha.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Christiane 20-02-2014 09:04
Paulo, obrigada pelo esclarecimento. Também só conhecia a versão que o Lucas falou.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Lucas Farias 19-02-2014 19:46
Obrigado pela explicação Paulo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 19-02-2014 16:51
Paulo, uma dúvida: os príncipes alemães protegeram Lutero até quando? Nenhum grande eleitor do Sacro Império exigiu que o monge fosse à Roma? Lá, mesmo sendo um herege, ele não sofreria uma condenação a morte né?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # lorenna 19-02-2014 14:45
muito bom!!muito interessante a explicação sobre o pq da diferença das bíblias protestantes..gosto muito desses artigos..
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Felipe dos Anjos 19-02-2014 14:33
Sem palavras o conhecimento de vocês, faço questão de dar os parabéns na maioria dos posts, e de divulgar esse trabalho de vocês pros meus amigos. PARABÉNS! Muito bom mesmo!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 19-02-2014 14:44
Obrigada pela ajuda na divulgação, Felipe!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Petrus Alois Rattisbonne 19-02-2014 14:17
Só uma coisa: pq os outros são apenas canônicos e esses, especialmente esses, são deuterocanônicos? Só outra coisinha....me diz se é possível que esse livro seja inspirado: “Foi assim que se desenrolaram os acontecimentos relacionados com Nicanor; e como desde aqueles tempos ficou a cidade na posse dos hebreus, concluirei, também eu, aqui, a minha obra. Se está boa a composição e teve um feliz êxito, é o que eu desejava; se pouco valor ou se está medíocre, foi que não pude fazer melhor” (II Macabeus 15: 37-39) Dá pra acreditar Deus pedindo desculpa pela possibilidade de sua obra ter ficado medíocre?...vou logo adiantando: não tem engenharia teológica capaz de explicar a canonicidade disso daí para os protestantes..rs..
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 19-02-2014 15:17
Ah, quase esqueci de responder à sua primeira pergunta: os protocanônicos foram desde os primórdios da Igreja reconhecidos como inspirados. Sempre foram unanimidade, portanto, não houve polêmica. Já os deuterocanônicos foram alvo de discussão, sendo reconhecidos oficialmente somente num segundo momento (daí o o seu nome, "deutero"). Muitos os aceitavam como inspirados, outros levantavam dúvidas... Até que a Igreja bateu o martelo a favor deles no Concílio de Roma (ano 382), e tal validação foi reafirmada nos concílios posteriores.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 19-02-2014 14:22
Petrus, a resposta a essa objeção está no site Apologistas Católicos: http://apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/deuterocanonicos/633-os-livros-de-macabeus-disseram-que-nao-eram-inspirados O autor só está falando da forma literária de seu livro, que pode não ser boa para as pessoas que lessem, mas que se achassem boa e bem escrita esse era o desejo dele. Não tem nada a ver com o conteúdo que, sendo inspirado por Deus, não poderia ser medíocre. O conteúdo de cada livro da Bíblia é inspirado por Deus, mas a forma de escrita, o estilo, pode padecer pelas limitações do hagiógrafo (autor inspirado).
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Laércio de Sousa 19-02-2014 13:57
Eu gosto de citar a passagem dos jovens Sidrac, Misac e Abdenego a partir de Dn 3,24 , que são jogados na fornalha e ali cantam louvores ao Senhor. Alguém tem dúvida de que este hino de louvor ao Senhor foi inspirado? Então por que ele foi retirado das bíblias protestantes?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Augustohenrique 19-02-2014 12:52
Já ouvi informações que Lutero retirou outros versículos da bíblia procede?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcos 19-02-2014 12:04
Aconselho a leitura do livro "O Cânon Bíblico - A Origem da Lista dos Livros Sagrados", do professor Alessandro Lima.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Cadu Sindona 19-02-2014 11:14
É a velhíssima falácia protestante: 1500 anos depois de Cristianismo cruel da Igreja malvada, Jesus ungiu um padreco mais invirtuoso do mundo pra demonstrar o verdadeiro Cristianismo. Jesus simplesmente mentiu ao dizer que estaria conosco todos os dias até os confins do mundo... Misere.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Patricia 19-02-2014 10:32
Aproveitando o tópico, eu queria saber sobre as traduções da Biblia (Ave-Maria, Bíblia Sagrada, de Jerusalém, CNBB, etc) se existe a melhor(na tradução, nas notas de rodapé) ou alguma que não é válida. Eu vi em alguns sites que a Bíblia Pastoral era coisa da Teologia da Libertação. Desde já, obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Allan Marquezin 11-12-2015 15:56
Fui ler a "Apresentação ao antigo testamento" da Edição Pastoral da Paulus e dizem que existiam duas teologias: a dos camponeses (Deus que defende a vida dos "camponeses oprimidos") e a da elite (Deus que defende a "monarquia rude"). E depois, tratando Javé e Elohim não como o Deus Verdadeiro, mas como dois distintos, dizem que : "Pois nem sempre o que o texto bíblico apresenta como palavra ou mandamento de Javé ou de Elohim estará na defesa e promoção da vida" - . Se pararmos para pensar, podemos observar que os autores desse trecho deixam implícito que nem todas as palavras ditas por Deus foram ditas por Ele. Isso é o resultado de excesso de Teologia da Libertação na cabeça... Imaginem o estrago que essa "Bíblia" está fazendo nas pessoas... Deus Abençoe Salve Maria
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Jotacê 20-02-2014 16:55
Em uma de suas aulas (não lembro qual, infelizmente) o Padre Paulo Ricardo criticou severamente os capítulos e as notas de rodapé da Bíblia "Edição Pastoral". E deu alguns exemplos, apontando o esquerdismo explícito contido ali. Bom, um tempo depois, resolvo adquirir uma Bíblia mais "portátil", para consulta e estudo. Entro em uma filial da Saraiva, eu e minha esposa, e vejo uma Bíblia bonitinha, pequena e gordinha, com sobrecapa plástica, por apenas R$ 16,99. Resolvo levar, sem folhear a dita-cuja. Quando, alguns dias depois, começo a lê-la... Um cheiro de coisa vermelha! Quando vou checar... É A PASTORAL!!! :( Me distraí e me esqueci do aviso do Padre!!! Resultado: no momento, essa Bíblia está no fundo de uma gaveta, ocupando espaço. FUJAM DAS PASTORAIS!!!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 19-02-2014 10:49
Patrícia, a Bíblia "Edição Pastoral" já sofreu críticas pesadas de teólogos sérios, como D. Estevão Bettencourt, osb: http://cleofas.com.br/os-erros-da-biblia/
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcelo José dos Anjos 19-02-2014 18:51
Vixe! E agora?! Eu também uso a Edição Pastoral! O que devo fazer com ela agora? E qual seria melhor utilizar?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Christiane 20-02-2014 09:01
Marcelo, muitos usam a Ave-Maria. Eu uso a tradução da CNBB, mas meu sonho de Consumo é a Bíblia de Jerusalém, muito elogiada por seus comentários de rodapé. Meu bolso ainda não pôde bancar, mas desse semestre não passa!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Patricia 19-02-2014 17:53
Obrigada pela resposta. Na minha Paróquia era incentivada o uso da Biblia Pastoral, mas agora vou procurar outras traduções pra comprar.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 19-02-2014 09:32
Dizem que alguns livros canônicos aceitos pelos protestantes, nunca foram citados por JESUS e os Santos Apóstolos como por exemplo, Ester. Se o critério de aceitar um livro como inspirado ou não do A.T. for a citação deste livro por parte de JESUS e dos Santos Apóstolos então o livro de Ester e mais alguns outros livros não deveriam estar no cânon das Sagradas Escrituras segundo o critério adotado pelos protestantes. Depois eles é que nos acusam de acrescentar livros na Bíblia quando foram eles que retiraram, são bem engraçadinhos eles.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Christiane 19-02-2014 08:54
Eeeeeeexcelenteeeeeeee!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex 19-02-2014 07:54
Faaala, povo Católico!!! Post, mais uma vez, maravilhoso! E já que o tema é a Bíblia (e a mutilação da mesma por Lutero), tenho que contar mais uma do meu círculo do ECC... Tem uma pessoa que gosta de citar, durante o dia, alguns versículos bíblicos no whatsapp... Muito bom, não é?! Mas o problema é que a pessoa só cita de Bíblia mutilada!!! Aí, o que faço eu? Como no post, encontro o correspondente em um livro Deuterocanônico e tasco logo em seguida. Sei que ela deve ficar procurando a passagem que eu cito (coitada, nunca vai achar na Bíblia mutilada dela), e, como não acha, eu me divirto bastante!! rsrsrs Uma outra vez, pegaram a Bíblia que tenho em casa, e foram folhear, aí, essa mesma pessoa, chegou para mim e me disse que aquela Bíblia era diferente... Disse-lhe, então, que aquela era a verdadeira, pois não estava rasgada! Ela não entendeu muito bem, mas ainda tenho esperança em Deus de conseguir catequisar esse povo!!! É preciso que os Católicos saibam esta grande diferença entre a Bíblia e a "bíblia rasgada", para, assim, melhor defendermos a nossa fé, e esse post é mais uma arma nessa "batalha"!!! Ah, e os links citados no final do post… Show de bola! Muito bons!! Em especial o do livro do Joel Peters!!! Já imprimi! Mais uma vez, fiquem com Deus! Que Deus os abençoe e os guarde!!! Abraços alagoanos...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Christiane 24-02-2014 16:08
Alex, esse trabalho de formiguinha vale ouro! Apesar de nunca ter participado do ECC (uma grande frustração minha), tenho em casa o exemplo de que esse trabalho dá muitos frutos: meus pais. Eles foram do ECC por quase 40 anos, sempre foram palestrantes de diversos temas e são muito respeitados, até hoje. Minha mãe também trabalhou em outras frentes: foi catequista e atualmente é Ministra Extraordinária da Comunhão e faz parte do Movimento Serra (Apoio às vocações sacerdotais e religiosas). Meu pai está exercendo seu último ano como M.E.C., pois o Mal de Parkinson que o acomete já o deixou bastante limitado e ele não vai mais renovar seu ministério. Muitos dão testemunhos hoje de como uma palestra, uma aula, uma meditação feita por eles mudou radicalmente seu modo de ver a Igreja e os tornaram mais fiéis, mais buscadores da santidade. Meus pais nunca se calaram, sempre anunciaram a Verdade com destemor e ousadia, chegando até mesmo a bater de frente com sacerdotes na discussão da doutrina, mas nunca deixando de ser obedientes. Já sofreram na carne a proibição da realização do ECC pelo sacerdote, entre outras coisas. Acredito firmemente que isso só aconteceu porque eles vivem o que pregam, amam a Jesus e à Igreja apaixonadamente, então hoje seus frutos são visíveis. Continue firme, não esmoreça! Que possamos participar cada vez mais dos trabalhos pastorais, seja ECC, seja Catequese, seja o que for! A Igreja precisa de fiéis esclarecidos e apaixonados como vozes ativas!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Luciana dias 19-02-2014 22:57
Cuidado! Católicos que não conhecem a igreja tem uma forte tendência a ser protestante. Isso acontece muito com grupinho de ECC.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex 20-02-2014 11:49
Pois é, Luciana! E isso muito me preocupa, pois vejo tendências tanto protestante como espíritas nos grupos do ECC, e isso é muito perigoso! Sempre que temos reuniões, busco trazer qual é a opinião da Igreja, tanto é que o CIC é meu livro obrigatório nas reuniões!!! Abraços...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcelo RN 19-02-2014 13:53
Alex, também faço parte de um círculo ECC e também vejo cada uma. Sem querer polemizar, haja vista o ECC resgatar muitas famílias pra Cristo, mas me preocupa, e não é de hoje, essa dinâmica do ECC: pegar temários com assuntos em que a maioria desconhece o ensino oficial da Igreja e deixar ao "livre exame" do grupo. Já vi cada opinião. Mas é como vc disse, temos que catequisar nossos irmãos.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 19-02-2014 10:22
Fazendo trabalho de formiguinha, como vc está fazendo, vamos ajudando nossos irmãos a conhecer aquilo que Deus nos ensinou. Abraço, Alex!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Christiane 19-02-2014 08:57
Alex, esse teu círculo do ECC... Misericórdia! Falando de algo diverso, mas relacionado... hoje de manhã no meu face vi uma imagem postada por um conhecido que me deixou de cabelo em pé: O símbolo da PJ(que por si só já é uma referênia clara ao esquerdismo), me apareceu todo pintado nas cores do arco-íris e com os dizeres embaixo: "O nosso amor supera o seu ódio" caraaaaaaacoles! Agora a PJ defende a causa gay?????
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Thiago Silveira 19-02-2014 16:14
Sim a PJ tem uma grande inclinação a esquerda, Adoram vermelho e os "pobres"...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex 19-02-2014 09:13
Pois é, Chris, não tenho outra palavra que não seja MISERICÓRDIA para este círculo !!! rsrsrs Mas, como disse, guardo minha esperança em Deus de um dia catequisar esse povo...
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade