Publicidade
Segunda, 03 Dezembro 2012 08:50

Duas santas Teresas e os papas ensinam o objetivo da Arte Sacra

Postado por

Além de possuírem o mesmo nome e de terem ingressado na mesma ordem religiosa - as carmelitas descalças - as santas Teresa D'Ávila e Teresa do Menino Jesus têm outro ponto em comum: ambas deram grandes saltos espirituais a partir da contemplação da imagem das chagas de Cristo.

"Aconteceu-me de, entrando um dia no oratório, ver uma imagem guardada ali (...). Era um Cristo com grandes chagas que inspirava tamanha devoção que eu, ao vê-lo, fiquei perturbada, visto que ela representava tão bem o que Ele passou por nós. Foi tão grande o meu sentimento por ter sido tão mal agradecida àquelas chagas que o meu coração quase se partiu; lancei-me a seus pés, derramando muitas lágrimas e suplicando-Lhe que me fortalecesse de uma vez para que eu não O ofendesse."

- Sta. Teresa D'Ávila (Vida 9,1)

Tratava-se de uma imagem do Senhor flagelado, atado à coluna. Essa meditação marcou profundamente a vida da futura reformadora do Carmelo; a partir de então, ela teve uma mudança de vida radical, passando a trilhar com muito mais fidelidade e firmeza o caminho que a levaria a ser uma grande mística.

Notem essa observação da santa: a imagem representava muito bem o que o Senhor passou por nós, e inspirava grande devoção. As peças de arte sacra em estilo moderno ou contemporâneo também podem ser capazes de inspirar a devoção e a reflexão profunda sobre a nossa fé. Por exemplo: o Cristo atado à coluna, presente na fachada do Templo da Sagrada Família, em estilo cubista (foto acima); a expressão no rosto da escultura comunica intensamente a solidão e o sofrimento de Jesus.

Uma obra de arte sacra, seja qual for o estilo adotado pelo artista, deve ter a capacidade de "conduzir o espírito do homem até Deus” (Sacrosanctum Concilium).

Agora, com a palavra, a santa de Lisieux:

"Num domingo, ao olhar uma foto de Nosso Senhor na Cruz, fiquei impressionada com o sangue que caía de uma das suas mãos divinas. Senti grande aflição pensando que esse sangue caía no chão sem que ninguém se apressasse em recolhê-lo. Resolvi ficar, em espírito, ao pé da Cruz para receber o divino orvalho que se desprendia, compreendendo que precisaria, a seguir, espalhá-lo sobre as almas...".

- Sta. Teresinha do Menino Jesus (História de uma Alma)

Daí em diante, muita gente conhece a história: Santa Teresinha descobriu a sua vocação para a vida de oração, e "adotou" um criminoso condenado à morte como seu "primeiro filho" espiritual. Bem, vamos fazer um esforço imaginativo. Construam em suas mentes a cena descrita pela santa, pensem nela olhando a imagem do Senhor na cruz. Agora, digam com sinceridade: tal meditação poderia ter sido desencadeada pela visão do "crucifixo" abaixo (fica em uma igreja na Tijuca, no Rio de Janeiro)? Por favor, pensem.

crucifixo

Quando postamos esta imagem na nossa fanpage (com a devida gongada), recebemos algumas críticas. Teve gente nos chamando de radicais, dizendo que esse lance de bonito ou feio não importa muito em arte sacra, que o que interessa é a "intenção do artista". Ora, não é isso que ensina a Igreja por meio da sua Tradição e dos seus documentos; devemos nos preocupar com o impacto objetivo que a obra provoca.

A arte sacra produz efeitos, tem consequências profundas sobre a alma das pessoas. Ela deve ser facilmente compreensível (nada de coisas estranhas e indecifráveis), pra qualquer pessoa simples ou criança poder se instruir e contemplar. Deve ser “teologia em imagens”.

Na Encíclica Mediator Dei, o Papa Pio XII determina que a obra de arte sacra deve considerar “as exigências da comunidade cristã, mais do que o juízo e o gosto pessoal dos artistas...”. E a constituição conciliar Sacrosanctum Concilium esclarece que as obras de arte sacra feitas pelas mãos humanas devem tender, de algum modo, a exprimir “a infinita beleza de Deus”.

É fato: os critérios de feio ou bonito variam, razoavelmente, de pessoa para pessoa. Porém, há alguns padrões que são praticamente universais. Alguém aí acha que o "crucifixo" acima exprime, ainda que de raspão, a "beleza infinita de Deus"? Vou consultar a opinião da Britney, que é uma jurada internacionalmente reconhecida. E então, curtiu, Bri?

britney_spears_1

Ok, a Britney considerou apenas a tragédia estética do "crucifixo" (o que, em si, já é algo de grande peso), mas a isso podemos acrescentar a inadequação litúrgica, além da falta de sentido catequético. Essa imagem pode ser mesmo considerada um crucifixo católico? Ela favorece o culto divino, como manda a Igreja? Ora, vemos um homem de barriga tanquinho com os braços e pernas esticados (parece mais um ginasta fazendo exercício nas argolas). Mas cadê as santas chagas? Onde foi parar a coroa de espinhos, saiu da moda? Cadê a cruz? E os pregos?

Não digo que um crucifixo, tenha, necessariamente, que apresentar todos esses elementos típicos, mas... Nenhum deles?! É uma descaracterização quase que completa. "Crucifixos" assim - ainda que sejam belíssimos - não evangelizam, não remetem à Paixão de Cristo e não ajudam a transportar a mente para o Calvário. Portanto, apresentam sérias lacunas em termos de espiritualidade, de liturgia e de teologia.

Pra quem pensa que deveríamos nos dedicar a "assuntos mais importantes", considerem então no site da BBC este caso pitoresco de uma igreja (creio que é anglicana) na Grã-Bretanha: o crucifixo que colocaram na fachada do templo era tão grotesco que repelia as pessoas. As criancinhas, em especial, ficavam morrendo de medo de se aproximar dali.

crucifixo_ingl

E sobre esse crucifixo, Britney, o que você tem a dizer?

britney_spears_2

É hoje que a Bri não vair dormir à noite, coitada! Para não ter que fechar a igreja por falta de fiéis, o vigário britânico recobrou a lucidez e decidiu remover a tal imagem pavorosa pra bem longe dali. E aí, ao saber de uma situação dessas, vocês ainda se animam a seguir em frente com essa teoria de que o importante é a "intenção do artista"?

SÃO JOÃO PAULO II: "A BELEZA É A CHAVE DO MISTÉRIO E APELO AO TRANSCENDENTE"

Segundo o São João Paulo II, a beleza da arte sacra interfere, de modo crucial, na vida da Igreja e na evangelização. Vejam a seguir alguns trechos da sua "Carta aos Artistas" (grifos nossos).

"O tema da beleza é qualificante, ao falar de arte. Esse tema apareceu já, quando sublinhei o olhar de complacência que Deus lançou sobre a criação. Ao pôr em relevo que tudo o que tinha criado era bom, Deus viu também que era belo. A confrontação entre o bom e o belo gera sugestivas reflexões. Em certo sentido, a beleza é a expressão visível do bem, do mesmo modo que o bem é a condição metafísica da beleza. (...)

"...os Padres, no final do Concílio, dirigiram aos artistas uma saudação e um apelo, nestes termos: 'O mundo em que vivemos tem necessidade de beleza para não cair no desespero. A beleza, como a verdade, é a que traz alegria ao coração dos homens, é este fruto precioso que resiste ao passar do tempo, que une as gerações e as faz comungar na admiração' (...)

"...desejo a todos vós, artistas caríssimos, que sejais abençoados, com particular intensidade, por essas inspirações criativas. A beleza, que transmitireis às gerações futuras, seja tal que avive nelas o assombro. (...)

"Precisamente neste sentido foi dito, com profunda intuição, que 'a beleza salvará o mundo'. (...)

"A beleza é chave do mistério e apelo ao transcendente. É convite a saborear a vida e a sonhar o futuro."

- João Paulo II (Carta aos Artistas, 1999)

No seu "Encontro com os Artistas na Capela Sistina", em 2009, o Papa Bento XVI também fez um discurso muito interessante, chamando os artistas de "guardiões da beleza". Bem, o testemunho sincero de um cristão é mais representativo e convincente do que milhões de argumentos teóricos. Então, pra terminar, vejam o que disse um leitor:

“Eu comecei a me interessar pela Igreja quando criança, atraído pela beleza do estilo neoclássico da Igreja Matriz da Paróquia Santo Antônio de Bento Gonçalves-RS... voltava pra casa desenhando as imagens dos santos que via por lá... e assim que tudo começou”.

- Rafael De Mesquita Diehl

cruz_santa_teresinha

922 Domingo, 17 Dezembro 2017 13:26

Itens relacionados (por marcador)

Comentários   

0 # Daniella Maria 03-02-2016 15:56
Concordo com o Post. Não é caso de estética ou gosto, mas sim o fato de descaracterizar aquele(a) que está sendo representado(a). Por beeeemm menos, fãs da Marvel fizeram na decada passada um estardalhaço sem tamanho porque o Wolverine dos filmes não usaria colan amarelo, eheh... Por que católicos precisam ser mais flexíveis, então? Só gostaria de saber de um caso, em que a situação contrária descartou uma retratação belíssima (na minha opinião) de São Mateus poR Caravaggio. Não sei se estou reproduzindo uma história deformada pela tia Teteca, mas como chegou pra mim, foi que a Igreja encomendou um quadro com o artista, e não achou apropriada a primeira versão de "São Mateus e o anjo", onde o anjo parecia ensinar São Mateus, meio desengonçado, a escrever. Então, Caravaggio pintou a segunda versão e nela o anjo parecia mais como um sopro de inspiração ao santo, mas o artista ainda levou um pito por não saber pintar anjos voando. Disseram que parecia um acrobata, ehehe. Vocês poderiam falar um pouco mais desse caso? Envio link do quadro São Mateus e o anjo. 1 versão - https://en.m.wikipedia.org/wiki/Saint_Matthew_and_the_Angel 2 versão http://www.abcgallery.com/C/caravaggio/caravaggio31.html Abraços a equipe.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 09-02-2016 16:49
Oi, Daniella! Desculpe a demora para liberar e responder ao seu comentário. Assim que eu puder vou ver as imagens que você linkou e volto a te responder. Abraço!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Wagner 25-03-2014 21:30
Muito bom o artigo. Desde criança que sou chamado à santidade através de um quadro da sagrada família (que se perdeu!) que havia na minha casa. Eu me identificava juntamente com os meus pais no quadro. Começou aí a minha admiração pela sagrada família e por São José, meu santo patrono.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # jaspion 26-12-2013 11:49
se eu fosse criança tbm teria medo do crucifixo da Grã-Bretanha...é assustador!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Thiago 23-12-2012 11:29
Catequista, ops, foi mal, acho que quando li não prestei atenção direito. De fato a imagem de Cristo atado à coluna é fantástica!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Paulo 06-12-2012 15:28
Oi, Viviane, eu de novo! hehehehhe Gostaria de saber sua opinião sobre os artistas mais "modernosos" da música católica, como Maninho, Bruno Camurati, Rosa de Saron, e tal... abraços!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Guilherme Souza 04-12-2012 09:57
Olá amigos! Tenho algumas perguntas para vocês no: http://pensarpensamentos.blogspot.com.br/ Deus abençoe!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 27-12-2012 16:48
Guilherme, Acabamos de responder às suas perguntas. Enviei as respostas por meio de três comentários no seu blog: http://pensarpensamentos.blogspot.com.br/2012/12/o-catequista-perguntas.html Abraço, e que Deus te abençoe também!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 04-12-2012 10:39
Oi, Guilherme! Estamos meio enrolados hoje, mas pode deixar que vamos responder tudo. Deus te abençoe tb!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Renan 04-12-2012 02:32
Oi Catequista! Já que o tema é imagens lembrei de algumas imagens que vem aparecendo com frequência nos Folhetos da Missa "O domingo", que apresentam Jesus esquelético e feio, com cara de abobado e, de verdade: AFEMINADO. Não só o jeito de Jesus aparece afeminado como também as vestes rosa (choque mesmo) com rosto quase de mulher! Não encontrei nenhuma imagem na internet (começou a pouco tempo isso). É verdade que não é de agora essas coisas neste folheto, onde vem sendo publicadas nos textos do final bastante conteúdo da teologia da libertação, mas na imagem da primeira página é novidade. Ah! Parabéns pela postagem! Necessária e completa! :D
Responder | Responder com citação | Citar
0 # André 04-12-2012 15:11
Verdade, Renan!! Já vinha percebendo isso... Teve um Domingo há pouco tempo que a roupa rosa e os traçados do rosto afeminado davam impressão direta de ser uma mulher! Mas na hora achei que foi pensamento malicioso meu kkkkkkk Bom saber que outros perceberam isso também...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Thiago 03-12-2012 20:10
Os crucifixos são feios mas pra ser sincero, gostei da primeira imagem na Igreja da Sagrada Família.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 03-12-2012 21:02
Oi, Thiago, eu gosto demais da imagem cubista na Igreja da Sagrada Família! Veja, no post ela está sendo citada de forma positiva: "As peças de arte sacra em estilo moderno ou contemporâneo também podem ser capazes de inspirar a devoção e a reflexão profunda sobre a nossa fé. Por exemplo: o Cristo atado à coluna, presente em uma das fachadas do Templo da Sagrada Família, em estilo cubista; a expressão no rosto da escultura comunica intensamente a solidão e o sofrimento de Jesus."
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcelo 03-12-2012 18:17
Pra quem mora do lado de cá da poça, ou passa por aqui eventualmente, deixo a dica de contemplar o belíssimo crucifixo presente na Paróquia de São Judas Tadeu em Icaraí.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 03-12-2012 18:43
Excelente, sugestão, Marcelo! Pela foto, o crucifixo parece mesmo ser espetacular: http://www.flickr.com/photos/ginasant/2101174194/ Deu vontade de ver pessoalmente.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # denise hostin 03-12-2012 18:13
Eu ri muito com as animações,rs... E o pior é que é verdade- tem um busto do Papa João Paulo II no parque Polonês de Curitiba que assusta. Bom gosto na Arte Sacra é necessidade, por isso gosto tanto dos Arautos do Evangelho, que produzem todos os objetos usados em suas missas, objetos de um bom gosto inspirador.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # André 03-12-2012 21:19
Dios Mio, parece aparição de filme de terror... O Beato JPII merecia algo muuuuuito mais digno!! #FATO http://1.bp.blogspot.com/_STMEfocjkw4/TRxriO-h4lI/AAAAAAAACM0/y5udLfBt0vg/s1600/WCT_19+de+dezembro+de+2010_0105-2.jpg
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 04-12-2012 08:39
Parace uma figura maligna. Meda!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paula Moreira Sordi 04-12-2012 10:05
Esses tempos em Roma houve uma discussão exatamente sobre uma estátua do Beato João Paulo II, inaugurada na estação Termini... o povo ficou tão desagradado que eles iam "reinaugurar" a estátua com algumas modificações! http://www.romatoday.it/cronaca/modifiche-statua-papa-stazione-termini.html
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Paulo Ricardo 03-12-2012 15:18
Aproveitando o espaço aqui, meus amigos, com pouca divulgação, amanhã, aqui no combalido Rio de Janeiro (que muitas vezes merece mais o epíteto Hell de Janeiro) haverá, na Igreja de Santana, no Centro da Cidade (pra quem é daqui, fica ali atrás do popular "Balança mas Não Cai", haverá uma palestra do querido Padre PAULO RICARDO. VEJAM AQUI O BANNER (OU NO MEU FACEBOOK): https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-snc6/6227_370860569670850_424880753_n.jpg
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Wagner 03-12-2012 13:51
Desculpa aí, Catequista, mas essas imagens do post fazem rezar sim. Eu, por exemplo, tô rezando até agora pra nunca ter que ver uma coisa dessas na Igreja que frequento. (e tô rezando com uma contrição poucas vezes vista) :)
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 03-12-2012 13:55
kkkkkkk, joelho no chão, muito joelho no chão!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Pedro Erisson 03-12-2012 11:53
Tá aí! A Britney não nos deixa mentir. kkkkk
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Ricardo 03-12-2012 11:53
Concordo com todo o artigo. Aqui não está em questão se eu gosto ou não de arte moderna, se eu acho feio ou bonito. Deixemos nossos gostos pessoais de lado.. A questão é se a arte moderna nos leva a meditar e a contemplar os mistérios de Cristo. A resposta é: na maioria das vezes, NÃO! Agora entra minha opinião pessoal: é FEIO e HORROROSO também!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # David A. Conceição 03-12-2012 10:58
Viviane, Já viu a imagem da Sagrada Família que fica atrás do sacrário da Igreja de São José no Centro do Rio ao lado do Palácio Tiradentes? É impossível não sair dali em estado de choque vendo São José agonizando e a Virgem e Nosso Senhor em oração por ele. A impressão que dá mesmo é que eles estão olhando para você pedindo conversão. Aqui, vai uma crítica pessoal minha quanto ás imagens de Nossa Senhora feitas no estilo barroco. Detesto. Geralmente deixam ela gorda e com o rosto avermelhado como se tivesse usado um pouco de "blush".
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 03-12-2012 13:46
Ainda não, vi não, David! Fiquei muito curiosa, vou lá ver assim que puder.
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade