Publicidade
Terça, 20 Março 2018 22:16

Papa Francisco: "Não se espantem com as tatuagens"

Postado por

Antes de começar este artigo, eu preciso dizer: EU AMO O PAPA FRANCISCO! Pronto. Agora que manifestei meus mais ternos sentimentos, vamos à notícia.

No último dia 19, o Papa Francisco teve um encontro pré-sinodal em Roma, com cerca de 300 jovens de diversos continentes. Alguns tiveram a oportunidade de fazer perguntas, entre eles, o seminarista Yulian Vendzilovych, da igreja greco-católica ucraniana. Ele perguntou ao papa:

Na sua opinião, como um jovem que está se preparando para o sacerdócio e quer estar aberto à juventude e à cultura de hoje deve se preparar para entender o que valor na cultura e o que é falso? Por exemplo, a tatuagem, para um grupo de pessoas, expressa a verdadeira beleza, mas para outro é um exemplo de cultura que é difícil de aceitar e entender. Como um jovem pastor deve reagir às complexas circunstâncias da cultura de hoje?

A resposta do Papa Francisco foi conforme o que sempre defendemos aqui no site. O PROBLEMA É A FALTA DE TEMPERANÇA, O EXAGERO, e não a tatuagem em si:

Não se espantem com as tatuagens: (...). Sim, existem exageros, hoje eu vejo que alguns ... (...) Não, quando você exagera ... mas é um problema de exagero, mas não de tatuagem. A tatuagem indica pertencer. Você, jovem, tatuou ou tatuou assim, o que está procurando? Qual pertence você expressa? E comece a falar com isso, e de lá você chega à cultura dos jovens. É importante. Mas não se espante: com os jovens você nunca deve ter medo, nunca! Porque sempre, mesmo atrás de coisas não tão boas, há algo que nos fará chegar a alguma verdade. 

- Papa Francisco, 19/03/2018. Fonte: Site do Vaticano

Pessoalmente, penso que uma aparência discreta, livre de tatuagem, é mais apropriada para qualquer cristão. Mas o problema que temos hoje, como catequistas, líderes de grupos jovens ou sacerdotes, é outro: como acolher uma pessoa que não era católica e que já chega à Igreja tatuada da cabeça aos pés? Vamo queimá ela, Jeová?!

Infelizmente, influenciados por pregadores católicos com uma visão mais rígorista (e que não reflete a doutrina da Igreja, nem a sua História), muitos andam demonizando e discriminando os irmãos tatuados. 

Certa vez, conversando com uma amiga catequista, descobri que ela orientava todos os seus crismandos tatuados a vestirem roupas que cobrissem totalmente suas tatuagens. Se o sujeito tivesse o braço todo tatuado, deveria sempre usar blusa de manga comprida, para tampar aqueles símbolos vergonhosos da "cultura de revolta e sadomasoquismo".

Bem, eu e minha amiga tivemos uma longa conversa sobre os inúmeros cruzados tatuados com a cruz, sobre o costume da tatuagem cristã em muitas comunidades católicas orientais, sobre a tatuagem no peito do Beato Henry Suso...

É verdade que muitas tatuagens podem até representar "coisas não tão boas", como bem pontuou o Papa Francisco. Mas não precisa se escandalizar e demonizar. Aquele desenho na pele pode ser um ponto de diálogo sobre o que a pessoa deseja para si, para a sua vida; o que o seu coração anseia de verdade. E assim se pode partir de algo não tão bom para se chegar a algo que realmente merece ser valorizado.

Para conferir o nosso artigo sobre tatuagens, clique aqui.

*****

O nosso SEGUNDO LIVRO acaba de ser lançado! Quer ficar por dentro dos principais fatos sobre a História das Inquisições e das Cruzadas? Compre o seu nas livrarias físicas ou pela internet. 

Estes sites que já estão vendendo (clique sobre):

Saraiva

Amazon

Livrarias Curitiba

Travessa

Livraria da Folha

Livraria Cultura

9065 Quarta, 21 Março 2018 01:05

Comentários   

+1 # Pedro Lourenço 02-04-2018 15:27
Em primeiro lugar não é um fenômeno "só de jovens", é uma moda passageira tão ridícula como qualquer outra, só que esta deixa marcas irreversíveis ou demasiado caras para reverter, pelo que carece bom senso e inteligencia.
Responder | Responder com citação | Citar
# Natália 02-04-2018 13:24
Sobre a questão da ressurreição da carne, num corpo glorioso... tem algo a ver com o corpo atual? E as tatuagens? (Sempre tive dúvidas sobre isso).
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # A Catequista 05-04-2018 18:58
Natália, o corpo glorioso tem a ver com o corpo atual em sua forma básica, como naquela musiquinha: cabeça, ombro, joelho e pé/ Olhos, ouvidos, boca e nariz!

De resto, é bem diferente em sua constituição. Não sei, mas imagino que quem é tatuado neste mundo não receberá um corpo glorioso tatuado, rs. Mas isso ninguém sabe.

Sobre este tema, já fizemos um post:
http://ocatequista.com.br/blog/item/5703-com-um-corpitcho-turbinado-os-justos-viverao-forevis
Responder | Responder com citação | Citar
# Natália Vieira 05-04-2018 19:51
Muito obrigada!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Fabricio 29-03-2018 18:59
Vejo um monte de comentários condenando os tatuados, um monte de gente atirando a primeira pedra. Não esqueçam dos crimes cometidos pela igreja católica!
aprendam a ver o interior das pessoas . a tatuagem pode mostrar o homem por fora, mas só Deus conhece o coração de cada um de nós!
fiquem a vontade para nos sentenciar. Paz e Luz a todos...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 04-04-2018 16:02
Continução

“Paz e Luz a todos...”

Quem precisa de paz e muita luz e você e um mote de tatuados que desenham coisa horrendas pelo corpo, sobre tudo, imagens de caveiras e de demônios, pessoas assim, é que estão precisando de muita paz e de muita luz.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 04-04-2018 16:02
Continuação

“aprendam a ver o interior das pessoas . a tatuagem pode mostrar o homem por fora, mas só Deus conhece o coração de cada um de nós!”

Concordo, porém, assim como a boca falada daquilo que o coração está cheio, o modo de uma pessoa se mostrar por fora, também demonstra aquilo que ela pensa, no que ela crê. Então, qual seria a razão de alguém tatuar no corpo a imagem de uma caveira ou do próprio diabo?. Uma pessoa que faz tais tatuagens, será que realmente pensa e crê em DEUS?.

“fiquem a vontade para nos sentenciar.”

Agora ninguém pode discordar de nada que tudo vira julgar e sentenciar. Aprenda a viver com quem discorda de vocês, não querem que ninguém discorde de vocês, se mudem para Marte.

Continua
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 04-04-2018 15:34
“Vejo um monte de comentários condenando os tatuados, um monte de gente atirando a primeira pedra.”

De minha parte não estou condenando ninguém, porém, tenho toda a liberdade do mundo para dizer que tatuagens para mim, é um péssimo mau gosto, se tem aqueles que gostam, e acham bonito, eu tenho a liberdade de não gostar e nem de achar bonito, isto agora é condenar os tatuados?

“ Não esqueçam dos crimes cometidos pela igreja católica!”

Crimes?, você está falando da inquisição e cruzadas?, vai estudar um pouco mais sobre estes assuntos para averiguar que não houve crimes algum, podem ter havido excesso por parte dos filho da Igreja, mas não da Igreja em si, e se for para julgar todo mundo, olhe também pelos crimes cometidos pelos protestantes e comunistas que não ficaram atrás ou foram muito piores que os cometidos pelos filhos da Igreja.

Continua
Responder | Responder com citação | Citar
# Helenna 28-03-2018 02:16
Não se pode discriminar ninguém na Igreja, mas não acho que seja inadequado pedir a alguém que cubra suas tatuagens na igreja. Como o colega mencionou, existem pessoas que têm uma serpente, um dragão, um demônio, uma mulher nua nos braços, e sinceramente, acho uma falta de respeito com a casa do Senhor. E é claro que isso não é somente para tatuagens. Do mesmo modo como não vamos vestidos para o trabalho com roupas 'de balada' e não vamos a um casamento de jeans, porque devemos ir de qualquer jeito para a casa do Senhor? Infelizmente esse é um tema que muitos padres hoje têm medo de abordar sob pena de perder fiéis, então lamentávelmente o que se vê são igrejas abarrotadas de pessoas que se vestem de qualquer jeito, se você se veste com decoro pro trabalho, por que pra Deus se veste de qualquer jeito? E com os tatuados é a mesma coisa. Se a tatuagem está lá, não pode ser retirada, que pelo menos a cubra (se pode ser coberta) na igreja.
Responder | Responder com citação | Citar
# Cassia Vieira 27-03-2018 22:08
Gente, o papa nao esta apoiando nem deixando de apoiar a tatuagem... apenas orientando um seminarista que se quer evangelizar alguem nao deve se ater à tatuagem e se afastar ou intimidar. Só isso... Tudo precisa virar polêmica??
Responder | Responder com citação | Citar
# Evandro 26-03-2018 12:13
Entendo que os jovens, na sua imaturidade e querendo pertencer a um grupo, façam tatuagens. Porém, a tatuagem, até pouco tempo atrás, era símbolo de rebeldia e os tatuados eram até mal vistos pela sociedade. Eram um povo à parte.

No entanto, nos dias atuais, faz-se tatuagem não por rebeldia, mas por fazer, sem nenhum sentido. Virou uma moda sem propósito. Talvez, as mulheres mostrarem que são mais elas e podem fazer o que quiser e os homens apenas para mostrar certa virilidade que, ao meu ver, é mais agressividade e bestialidade.

Agora, como falei no início, entendo o lado do querer do jovem. Mas o que eu não entendo mesmo é quantidade absurda de pessoas que já não são jovens fazendo tatuagens. Homens e mulheres de meia idade e até da melhor idade fazendo tatuagem... isso, realmente, eu não entendo. Será que querem viver uma juventude e esquecer o caminho para o destino ao qual estão indo? É simplesmente sem noção uma pessoa assim se portanto como jovenzinho.
Responder | Responder com citação | Citar
# Evanio 24-03-2018 16:05
Eu vou tatuar a imagem da Cruz de Nosso Senhor no meu coração, onde só Ele possa ver.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Luiz 23-03-2018 14:31
Ele sendo o "papa", não deveria ter citado sua opinião e sim o que diz e orienta as Sagradas Escrituras:

"Não façam cortes em seus corpos por causa dos mortos, nem tatuagem em si mesmos. Eu sou o Senhor."
Levítico 19:28
Responder | Responder com citação | Citar
# A Catequista 23-03-2018 18:51
Essa passagem de Levítico não tem valor de lei moral para o povo de Deus no dias de hoje. É uma parte da lei mosaica que caducou com a vinda do novo testamento. Nesse mesmo capítulo de Levítico, para você ter uma ideia, também proíbe comer carne de porco, camarão e aparar a barba do lado. Explicamos isso neste artigo:

http://ocatequista.com.br/atitude-catolica/item/6909-cristaos-com-piercing-e-tatuagem-queimaelesjeova
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Larissa 22-03-2018 20:59
Acho que o modo de vida de uma pessoa é exteriorizado no modo de se vestir, se portar e se "adornar". A tatuagem era muito usada por satanistas e pagãos, por isso não vejo como um CATÓLICO querer ter a mesma aparência desses. Tento imaginar se Maria iria se prestar a ir em estúdio de tatuagem se marcar e por achar que ela jamais iria se prestar a isso apenas por vaidade, penso que realmente não deve ser feita por nenhum católico após a sua conversão.
Responder | Responder com citação | Citar
# A Catequista 23-03-2018 18:53
Muitas coisas que eram usadas pelos pagãos - como comer carne de porco e fazer imagens religiosas - foram absorvidas pelos cristãos, de forma positiva. Não é porque os pagãos faziam que se trata de algo essencialmente mau.

Eu não imagino Nossa Senhora passando batom ou pintando as unhas com esmalte. E nem por isso essas são pecado.
Responder | Responder com citação | Citar
# Larissa 29-03-2018 20:20
Onde vc leu pecado???? Eu não disse pecado, eu disse não é adequado e realmente não o é. Quanto a Nossa Senhora realmente não imagino ela usando batom ou pintando as unhas mas sei que ela reprovaria bem mais uma TATUAGEM do que um batom ou um esmalte que são facilmente removidos com um simples lenço de papel ou um algodão.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Mauro 21-03-2018 22:37
Que comentário desnecessário. Discriminatório. Não entendeu nada da mensagem... por esses pensamentos temos perdido tantos fiéis.
Responder | Responder com citação | Citar
# Lara 25-03-2018 14:06
Disse o Papa Bento XVI: “A Igreja não perdeu nenhum fiel. Aqueles que se foram nunca foram fiéis católicos realmente. Não se pode perder o que nunca se teve. Os que deixaram a Igreja eram indecisos, curiosos ou pessoas que estavam apenas ‘cumprindo uma obrigação’ passada por seus pais ou avós. Os que vêm e vão não pertencem ao Corpo Místico de Cristo, que é a Igreja na Terra. Da mesma maneira, os que são católicos mas ainda não estão na Igreja, infalivelmente chegarão ou retornarão a ela no devido tempo. A Igreja, Casa e Família de Deus, surgiu como um pequeno grupo; não importa a quantidade, e sim a qualidade dos seus filhos, como cristãos conscientes e santificados”.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Janete Santos 21-03-2018 14:27
Pelo Amor!
Gostei de todo o texto, mas é preciso dizer: se a tatuagem representa e remete a algo ruim, é de bom tom que se esconda, sim. Ora, uma tatuagem de uma mulher nua, um demônio ou algo notavelmente satânico é um contratestemunho gigante para aqueles que querem servir a Deus. Que a pessoa se envergonhe disso, arrependa-se e vida que segue.
Mangas e calças compridas nem é exagero. Num sol quente é até bom que se proteja a pele, rs.
Antes, pensemos em Deus, nos próximos. Nesse caso, com certeza cobrir-se pode até servir de mortificação. Contudo, não vejo tanto problema.
Quem tem tatuagem, examine-se, converse com um bom padre e veja o que é possível. Se a tatoo for "leve", de boas. Se for "pesada", o que um bom católico deve fazer?
Responder | Responder com citação | Citar
# Gabriela 21-03-2018 13:25
Não deve ser perfil da Igreja Católica discriminar ninguém. No entanto, penso que também seja não olhar somente o aspecto cultural da tatuagem, mas também de saúde. Qualquer pessoa que se tatue é proibida por 1 ano (como consta no site da saúde do governo) de doar sangue. Ou seja, tatuar-se também pode ser colocar a saúde em risco. Antes de dizer aos jovens se pode ou se não pode, se deve ou não deve, se a tatuagem é feia ou bonita, é preciso orientar sobre os riscos tbm.
Responder | Responder com citação | Citar
# Renato Ferreira 21-03-2018 12:49
A disseminação da tatuagem como cultura é mais uma simples "ilustração" de como a sociedade moderna, desde o fim da Idade Média tem se esforçado, continuamente, para retornar ao Barbarismo e Paganismo. Na lógica pagã, ao passo que cultuam, exageradamente, o corpo através do sexualismo e exibicionismo, também o denigrem, rejeitando a beleza natural "ornada" por Deus com todos tipos de deformações.
Realmente vivemos tempos sombrios, no qual nossos pastores pouco reafirmam o que a Santa Igreja nos ensinou desde sempre, deixando ao léu tantos fiéis católicos.
Que venham os Santos, radicais como o mundo moderno os taxariam (e taxam).. talvez a Igreja nunca precisou tanto deles!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # João Pedro Strabelli 21-03-2018 12:41
Eu também amo. Pronto.

E se continuar está implicância, vou lembrar que meu DNA é todo italiano, portanto, sou teimoso de nascença, ainda vou acabar fazendo uma.
Responder | Responder com citação | Citar
# Natália Vieira 21-03-2018 11:16
Será que um dia teremos um santo tatuado? rsrs
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Sidnei 21-03-2018 02:19
Para quem nunca tatuou, não tatuem, o corpo não é tela de quadro para servir de pintura para ninguém, nem imagens sacras deveriam ser tatuadas.

Para quem tatuou, infelizmente não se tem mais o que fazer, reverter a tatuagem leva tempo, dinheiro e é dolorido, então fiquem tatuados mesmo, mas obrigas alguém que tem tatuagem nos braços a usar camisas de manga comprida, ainda mais no Brasil que no verão o calor é insuportável, e que em outras regiões do Brasil é verão o ano inteiro, isto para mim é um é um exagero.

Porém para mim, tenho que a tatuagem sempre será algo de mau gosto, em vez de embelezar torna a pessoa ainda mais feia, isto quando não tatuam: caveiras; outras pinturas macabras quando não o próprio diabo, e aí eu pergunto: quem vai querer ficar perto de uma pessoa assim? e depois dirão que é preconceito, mas que preconceito?, isto é medo mesmo, se uma pessoa faz isto é porque quer chocar e meter medo nas pessoas, e conseguem.
Responder | Responder com citação | Citar
# Lara 22-03-2018 13:40
Apenas quanto ao possível exagero a que se referiu: tendo a discordar. O senhor acha também que as vestes dos sacerdotes e freiras deveriam ser mais curtas, mostrar mais a pele, por estarmos num país tropical? Há tatuagens que causam escândalo e devem ser cobertas, sim, em razão do bom senso.
Responder | Responder com citação | Citar
# Mariana 01-04-2018 23:48
Radicais...sempre se achando acima dos outros...nem mesmo o melhor de todos (Jesus) se colocou num pedestal de tanta moralidade abusiva, arrogância e prepotência sobre os demais.

Viaje muito, descubra vários tipos de cultura, leia mais ainda, faça como nosso melhor papa de todos os tempos (Francisco). Seja generosa, caridosa e receptiva com qualquer ser vivo, tatuado ou não, pois se ele foi a Casa do Senhor buscá-lo, mais vale um irmão sincero (talvez bem mais puro que muita carola) em nossa igreja, do que vários que lá vão em busca apenas de deixar sua consciência mais leve. Aprenda a amar as pessoas como Jesus nos ensinou, sem discriminar a quem quer que seja!

Acredite, sou intensivista em UTI e já vi muito tatuado doando sangue e órgãos e muitos "católicos fervorosos" se negarem a fazer o mesmo pelo próximo. Reflita!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 04-04-2018 11:00
" faça como nosso melhor papa de todos os tempos (Francisco)."

E os outros não foram: Bento XVI; São João Paulo II; Paulo VI; João XXIII; Pio XII; Pio XI; Bento XV; São Pio X; Leão XIII; Pio IX até São Pedro, estes não foram bons também?. Em que sentido o Papa Francisco é o melhor papa de todos os tempos em detrimento de todos estes que citei?.

Estou curioso.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 26-03-2018 11:07
Continuação

Quanto aos que tatuaram e tem que se vestir para cobri a tatuagem para não causar escândalos nas pessoas, se for em local de trabalho, ou para ir a uma igreja, seria bom mesmo usar uma roupa que cobrisse a tatuagem, mas querer que tais pessoas usem uma camisa de manga comprida mesmo em dias quentes de verão, para tampar uma tatuagem nos braços, é querer fazer uma pessoa carregar uma cruz que outros que assim julgam, não conseguiriam carregar, então nestas horas se deveriam lembrar das palavras de JESUS: "Amarram fardos pesados e insuportáveis e os põem nos ombros dos outros, mas eles mesmos não querem movê-los, nem sequer com um dedo. " (Mateus 23, 4).
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Sidnei 26-03-2018 10:59
Não na acho que que as vestes dos sacerdotes e freiras deveriam ser mais curtas, mostrar mais a pele, por estarmos num país tropical, embora jamais vou me escandalizar se eu ver algum padre de bermudas em uma praia ou em um dia quente de verão, enquanto outro, vão até desmaiar por achar aquilo um pecado tão grave quanto a sodomia ou o assassinato de uma pessoa.

Caramba, padres são seres humanos, sentem frio, calor e fome como qualquer um de nós. Se há padres que querem usar a batina o tempo todo, ótimo, mas tem aqueles que não suportam o calor, e onde está o pecado de uma padre, que fora do horário do culto ou ao atendimento dos fiéis ele não possa uma uma roupa mais leve em dias quentes de verão?.

Continua:
Responder | Responder com citação | Citar
# Rodrigo 21-03-2018 22:15
São comentários como esse que reproduzem o estereótipo do catolicismo carola e superficial. Enquanto isso, os cordeiros se dispensam e os lobos a espreita.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 26-03-2018 11:15
No passado eu via gente desprovida de beleza querendo ser bonita, nos dias de hoje, tem gente bonita querendo ser feia, e a tatuagem, é um destes caminhos que tornam a pessoa, que é linda como DEUS a fez, estragar tudo, tatuando pinturas horríveis na pele. Então por favor, povo de DEUS, tirem esta ideia de se tatuarem, se amem como DEUS os criou, não precisa tirar ou colocar nada (a não ser por motivos de acidentes ou doenças). Não estou dizendo isto somente por motivo religioso, mais é por motivo de estética mesmo, pois eu não sei aonde está a beleza de uma tatuagem no corpo de um ser humano, ainda mais, se este ser humanos é alguém batizado e cristão católico, aí mesmo que não há beleza alguma.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 26-03-2018 11:09
Rodrigo, você está se referindo ao meu comentário?. Aonde eu fui carola e superficial?. De eu não concordar com a tatuagem?, ou dizer que não se dever colocar pesados fardos nas costas dos outros, quando nós não teríamos forças e coragem de não carregar?.
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade