Publicidade
Quarta, 10 Maio 2017 16:30

ATENÇÃO: Indulgência Plenária pelo centenário de Fátima!

Postado por

Aproveita, Povo Católico!!!!!

Neste centenário das aparições de Nossa Senhora em Fátima, a Igreja está nos oferecendo muitas oportunidades de obter a Indulgência Plenária!!! Então, vamos agora descobrir o que temos que fazer...

 

LEGAL FERA, MAS O QUE É INDULGÊNCIA PLENÁRIA?

Bom, primeiro precisamos entender o que acontece quando fazemos besteira... Cada vez que pecamos, sofremos duas consequências:

  • uma é a perda da comunhão com Deus por conta das nossas culpas (no caso de pecado grave);  
  • a outra é um "arranhão" na alma que nos distancia de ser o "Homem Novo" - são as PENAS TEMPORAIS do pecado (seja ele grave ou leve).

A primeira se resolve com o Sacramento da Confissão, no qual somos perdoados por Deus e retomamos a comunhão com Ele, desde que nos arrependamos sinceramente e tenhamos o firme propósito de não mais pecar. Essa é a REMISSÃO do pecado.

O perdão dos pecados na Confissão, entretanto, não anula a nossa pena temporal. As penas temporais exigem uma purificação que pode ser em vida, ou após a morte. Em vida, precisamos praticar a caridade, ser firmes nas provações e vivê-las como grandes oportunidades de verdadeira conversão. Após a morte, esse estado de purificação é o famoso Purgatório. Essa é a REDENÇÃO do pecado. E é aí que as graças da indulgência atuam!

Ahhhhh é aí que entram as INDULGÊNCIAS! A Indulgência Parcial remove parte das suas penas temporais e, assim, você passa menos tempo no Purgatório. MAS... a indulgência plenária TE LIVRA COMPLETAMENTE das penas temporais acumuladas até aquele momento da sua vida!

Ou seja... se você obtiver a indulgência plenária para si mesmo, tiver um piripaque ou coisa assim e morrer no instante seguinte, você vai para o Céu direto!!! Seria perfeito. Mas como isso é difícil, o melhor é ir catando todas as indulgências que a Igreja nos oferece.

Ah. Você pode oferecer suas indulgências para um fiel defunto também e ajudá-lo a sair do Purgatório mais rápido ir para o Céu.

Já fizemos um artigo sobre esse tema das indulgências. Então, para saber mais, CLIQUE AQUI.

OPORTUNIDADES DE INDULGÊNCIA NO CENTENÁRIO DE FÁTIMA

Agora vamos ao que interessa... pra dar aquela escapada do Purgatório ou ajudar um fiel defunto que precise, você deve prestar atenção na lista abaixo. Ela descreve as ações que serão agraciadas com as Indulgências Plenárias neste centenário das aparições de Fátima!

  • Aos fiéis que visitarem em peregrinação o Santuário de Fátima e participarem devotamente de alguma celebração ou oração em honra da Virgem Maria, rezarem a oração do Pai Nosso, recitarem o Símbolo da Fé (Credo) e invocarem Nossa Senhora de Fátima;
  • Aos fiéis que visitarem devotamente uma imagem da Virgem de Fátima exposta à veneração em igrejas, capelas ou locais adequados nos dias do aniversário das Aparições (dia 13 de cada mês, de maio a outubro de 2017), participarem de celebrações ou orações em honra da Virgem Maria, rezarem a oração do Pai Nosso, recitarem o Símbolo da Fé (credo) e invocarem Nossa Senhora de Fátima;
  • Aos fiéis que por razão de idade, doença ou graves motivos não possam se locomover, estejam arrependidos de seus pecados e tenham a firme intenção de colocar em prática, logo que possível, as três condições indicadas diante de uma pequena imagem da Nossa Senhora de Fátima; e nos dias das Aparições, se unirem espiritualmente às celebrações jubilares, oferecendo com confiança a Deus misericordioso, por meio de Maria, suas orações, sofrimentos e dificuldades.

Para obter a indulgência plenária, os fiéis sinceramente arrependidos e animados pela caridade devem atender as seguintes condições: confissão sacramental, comunhão eucarística e orações segundo as intenções do Papa.

(o texto é da Rádio Vaticano)

MAS FIQUE LIGADO! ALÉM DISSO, É NECESSÁRIO FAZER MAIS ALGUMAS COISAS: conforme o Catecismo de São Pio X, para receber a indulgência são necessárias 3 condições:

o estado de graça, pelo menos ao cumprir a última obra, e o desapego mesmo das culpas veniais cuja pena se quer apagar;

o cumprimento das obras que a Igreja prescreve para se ganhar a indulgência;

a intenção de ganhá-las.

E, lembre-se, só se pode receber uma indulgência por dia e deve ser obtida para si mesmo ou para um fiel defunto. Não vale para outras pessoas vivas... neste caso elas mesmo têm a responsabilidade de correr atrás da própria salvação (você pode ajudar compartilhando esse post #FicaDica)!

19470 Sexta, 12 Maio 2017 00:31

Comentários   

+1 # Vinicius 25-05-2017 20:01
Sempre me confundo com uma coisa: O QUE É ORAR PELAS INTENÇÕES DO PAPA?
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Rafael 03-07-2017 18:13
O manual de indulgências diz que as orações pelo Papa no caso das indulgências são um Pai-nosso e uma Ave-Maria.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # A Catequista 26-05-2017 14:34
É orar para que coisas que o Papa pede a Deus sejam atendidas.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Samara 18-05-2017 14:23
Nunca fica muito claro para mim: quais são as condições? Participar das celebrações é parte dessas condições? Em que ordem devem ser cumpridas as condições?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # alcyra manfrin 16-05-2017 21:30
Fale! Se tem necessidade de falar, fale! Peça sabedoria ao Espírito Santo, e fale! O silêncio de Maria virá no momento oportuno.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # cassio 15-05-2017 13:57
um catolico pode se comunicar com os mortos?
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # A Catequista 15-05-2017 14:39
Cássio, talvez eu esteja enganada, mas imagino que você seja protestante.
Católicos não podem invocar os mortos para deles receber mensagens, pois isso é abominável aos olhos de Deus.

Quando às aparições da Virgem Maria, elas não envolvem comunicação com os mortos, pois MARIA ESTÁ VIVA, está nos Céus de corpo e alma. Já explicamos isso aqui:

http://www.ocatequista.com.br/blog/item/10790-imaculada-conceicao-e-assuncao-dogmas-que-exaltam-jesus-cristo

Sobre a confusão que os evangélicos fazem a esse respeito, acusando os católicos de espiritismo, nós já explicamos isso neste outro post:

http://www.ocatequista.com.br/blog/item/12950-comparar-devocao-aos-santos-com-espiritismo-e-como-confundir-tomada-com-focinho-de-porco?highlight=WyJmb2NpbmhvIl0=
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # cassio 25-05-2017 16:14
ola sou membro da igreja anglicana e ela,bem como as igrejas protestantes historicas,acreditam que os salvos no ceu estao conscientes e por estarem conscientes se lembram da vida que tiveram aqui neste mundo e estao orando pelas pessoas que conheceram neste mundo,mas fazem isso porqeu estao conscientes,tem lembranças,nao porque estao ouvindo oraçoes nossas aqui na terra,entao a posiçao protestante nao e tao diferente da catolica,Deus abençoe.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Octavio Berganholo 13-05-2017 01:07
Eu costumo ficar a maior parte da semana em uma outra cidade para estudos, existe algum site ou lugar que eu possa saber quais lugares nessa cidade posso encontrar imagens de Nossa Senhora de fátima para visitar?
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Andre 13-05-2017 00:37
Olá, vcs disseram que não posso rezar por ninguém vivo. Tenho um irmão xom deficiência mental, não posso pedir por ele?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 13-05-2017 16:22
Não dissemos isso. Dissemos que você não pode oferecer a indulgência obtida por você a alguém vivo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcus Lins 12-05-2017 18:56
Grande Catequista, você conhece algum meio prático de ter acesso aos Decreto da Penitenciária Apostólica que determinam os modos de obtenção das indulgências?

A parte deles no www.vatican.va está sem novos decretos desde 2014 (pelo ano da vida consagrada).

É sempre complicado que algum lugar fidedigno republique o decreto (tipo o site de uma arquidiocese, ou coisas do gênero).

Abraços e a Paz de Cristo!
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade