Publicidade
Domingo, 19 Fevereiro 2017 18:39

Na Igreja Católica também tem "casamento grego"

Postado por

Muitos de vocês já devem ter visto o filme “Casamento Grego”, em que há uma cena muito bonita do casamento em uma igreja ortodoxa, com atos rituais que não costumamos ver nos casamentos católicos. O que muitos não sabem é que esse mesmo ritual é realizado na Igreja Católica, nas igrejas orientais.

As igrejas católicas orientais sui iuris são igrejas particulares com certo grau de autonomia em relação a Roma. Elas possuem organização hierárquica, ritos e leis disciplinares diferentes das conhecidas pela grande maioria dos católicos, que praticam o Rito Latino. Mas estão em plena comunhão com o Papa!

Quanto mais conhecemos a nossa Igreja, mais cresce o nosso amor por ela. Por isso, mostramos hoje para vocês um pouco da tradição litúrgica católica oriental. Reparem que há vários elementos em comum com o rito do matrimônio do Rito Latino, mas há outros elementos bem diversos.

Essa é a descrição do ritual de um casamento realizado em uma igreja católica ucraniana de rito bizantino (St. Joseph’s Ukranian Catholic Church, em Oakville, no Canadá. Fotos de Oleksandr Photography).

Alianças - As alianças são abençoados pelo sacerdote que, fazendo o sinal da cruz sobre as cabeças dos noivos, diz: "O servo de Deus (nome do noivo) está comprometido com a serva de Deus (nome da noiva). Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo".

Toalhas bordadas - A toalha bordada, entrelaçada com fios de várias cores, representa todos os aspectos da vida humana: família, amor, tradição, dificuldades e fé em Deus. O casal conserva consigo uma das toalhas para indicar a nova vida que agora começam. Outra toalha é usada para amarrar as mãos do casal durante a caminhada cerimonial, para mostrar que, a partir de agora, eles seguirão sua jornada em unidade.

Velas - Os noivos recebem velas, que seguram durante o rito. As velas são como as lâmpadas das cinco virgens sábias da Bíblia, que por terem óleo suficiente com elas, foram capazes de receber o Noivo, Cristo, quando Ele veio nas trevas da noite. As velas simbolizam a disposição espiritual do casal para receber a Cristo, que os abençoará através deste Mistério.

Coroas - As coroas são colocadas sobre as cabeças dos noivos, para indicar que eles estão iniciando o governo de um “novo reino", lado a lado. Elas também recordam aos noivos que seu casamento é uma parceria em Cristo, para uma vida de honra e de amor.

A Taça Comum - O rito de coroação é seguido pela leitura da Epístola e do Evangelho. A leitura do Evangelho descreve as Bodas de Caná, onde Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo realizou Seu primeiro milagre. Ele transformou a água em vinho da melhor qualidade, e deu aos recém-casados. Em memória desta bênção, o vinho é dado ao casal.

Esta é a "taça comum" de uma vida de harmonia, em que o casal partilhará alegrias e tristezas. Ao beber o vinho no copo comum o casal deve gravar em sua mente que, a partir daquele momento, eles irão compartilhar tudo na vida, e que eles devem "suportar os fardos uns dos outros". Suas alegrias serão dobradas e suas tristezas reduzidas à metade, porque serão compartilhadas.

Passeio Cerimonial - O sacerdote conduz a noiva e o noivo em uma volta ao redor da mesa onde estão colocados o Evangelho e a Cruz. O marido e a mulher dão os seus primeiros passos como um casal, e a Igreja, na pessoa do sacerdote, os conduz no caminho da Salvação, pelo qual devem seguir.

Durante esta caminhada ao redor da mesa, um hino é cantado aos Santos Mártires (pense num momento de arrepiar!), lembrando aos recém-casados ​​o amor sacrificial que devem ter um pelo outro – um amor que não busca o seu próprio interesse, mas está disposto a se sacrificar pelo outro.

As Bênçãos - O casal volta para seus lugares e o sacerdote, abençoando o noivo, diz: "Sê magnificado, ó noivo, como Abraão, e abençoado como Isaque, e engrandecido como Jacó, andando em paz e cumprindo com retidão os mandamentos de Deus." E à noiva, ele diz: "E tu, ó noiva, sê magnífica como Sara e alegre como Rebeca, e cresces como a Raquel, regozijando-te no teu marido, cumprindo as condições da lei; isso é agradável a Deus ".

No final da cerimônia, o padre leva a noiva para junto do ícone da Santíssima Virgem Maria. Enquanto o padre oferece orações em seu favor, a noiva se ajoelha na frente do ícone e oferece à Mãe de Deus um buquê de flores.

Não é demais a tradição litúrgica dos nossos irmãos católicos orientais? Tem alguém aí com um pingo de inveja, ou sou só eu? Alexandre Varela, cadê a nossa Toalha Bordada e a nossa Taça Comum!?

Enquanto isso, no Ocidente, nego bota música pop ou MPB pra tocar na cerimônia de casamento, deixando a cerimônia mais melosa e menos sacra.

*****

QUER LER AGORA O 1º CAPÍTULO DO NOSSO LIVRO As Grandes Mentiras Sobre a Igreja Católica? A Amazon colocou esse conteúdo acessível online, para "degustação". Aproveite! Basta entrar no link abaixo e clicar sobre a imagem da capa do livro:

Site da AMAZON (clique aqui)

O livro está à venda em quase todas as grandes livrarias, e também no site da Fnac (clique aqui), da Cultura (clique aqui), da Travessa (clique aqui) e da Folha (clique aqui).

10626 Terça, 21 Fevereiro 2017 19:30

Comentários   

0 # Carlos 03-03-2017 22:09
Parece que a noiva da foto está vestida de maneira incorreta,com os ombros a mostra.Procede isso?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 04-03-2017 13:52
Sim, é como você está vendo: ela está de tomara-que caia. Esse modelo de vestido é praticamente um "uniforme" das noivas hoje em dia. Os padres e a pastoral do casamento, em geral, não se preocupam em orientar sobre essa questão, e o povo acaba errado por ignorância, não por maldade.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Renata Pessoa 25-02-2017 13:55
Linda cerimônia. Me apaixonei. Será que se pedirmos, nossa igreja ocidental realizaria um casamento com estes rituais?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Pedro 17-05-2017 17:03
Não. A Igreja latina tem seu rito próprio. Do mesmo modo um católico de rito latino não pode pedir pra casar em outro rito, a não ser com reais motivos.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Julio Cesar Palmeira 24-02-2017 09:58
Nossa me apaixonei por esta tradição.... já renovei meu matrimônio só de ver esse ritual aí.... nossa muito lindo.. ......... lindo mesmo.... Deus Seja louvado e Glorificado..... parabéns pelo post....
Responder | Responder com citação | Citar
0 # wilson magalhaes nun 23-02-2017 12:28
Belo post e muito bom os esclarecimentos do Vitor. Deu um pouco de inveja sim, mas o sacramento é o mesmo lá ou aqui. O importante mesmo é a benção de Deus .
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Marcio Monteiro 22-02-2017 16:29
Emocionante!! Somente uma pergunta: a mesa da foto que está na igreja que os noivos circulam ao redor da mesma, junto com o sacerdote, não é o altar da Igreja?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 22-02-2017 17:51
Não, não é o altar. Repare nesse vídeo, a partir dos 50 segundos:

https://www.youtube.com/watch?v=tmGtNcrJXeY
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Ana Paula 21-02-2017 00:59
Eu já fui num casamento desses aqui em São Paulo na Igreja Nsa do Paraiso. Foi uma linda cerimonia, com muitos cantos (só cantos religiosos), orações, gestos cerimoniais com um grande recolhimento interior e bastante profundidade religiosa.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Vítor Pereira 20-02-2017 18:07
E se acontecesse, sem as devidas permissões? O casamento poderia ser nulo, pois o pároco oriental não tem, normalmente, jurisdição sobre dois noivos latinos. E o sacramento do matrimônio é daqueles que necessitam ser contraídos, em situações normais, perante uma testemunha qualificada da Igreja (em geral, um padre) que tenha recebido poderes para tanto de quem possui autoridade jurisdicional sobre as pessoas que vão se casar. Ou seja, se você se casa perante um padre oriental que não solicitou a delegação para fazer esse casamento ao pároco latino do local do casamento, ou ao bispo latino da diocese, esse casamento será nulo pois esse padre, embora seja padre regular, não tem nem recebeu poder de jurisdição nenhuma sobre noivos latinos.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Atenágoras 20-02-2017 15:13
Sonho com o dia em que a Igreja Ortodoxa irá voltar à comunhão total com a Igreja Católica.
Rezemos por isso.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Carol Sant Ana 20-02-2017 14:05
É permitido e é válido realizar o casamento no Rito Bizantino para nós católicos que seguimos o Rito Romano?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Vítor Pereira 20-02-2017 18:06
Prezada Carol,

Como alguém que é católico oriental de rito bizantino (Igreja ritual autônoma greco-católica melquita, com sede do Patriarcado na Síria, em plena comunhão com o Romano Pontífice) e especializado em direito canônico, posso responder que não, em regra não.

Se ambos os noivos são de rito latino, como na sua pergunta, devem buscar se casar no rito latino. Se ao menos um é oriental e o outro latino, então podem optar por qualquer um dos ritos. Em regra, não é permitido a dois latinos casarem-se em outro rito.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Vítor Pereira 20-02-2017 18:09
E se acontecesse, sem as devidas permissões? O casamento poderia ser nulo, pois o pároco oriental não tem, normalmente, jurisdição sobre dois noivos latinos. E o sacramento do matrimônio é daqueles que necessitam ser contraídos, em situações normais, perante uma testemunha qualificada da Igreja (em geral, um padre) que tenha recebido poderes para tanto de quem possui autoridade jurisdicional sobre as pessoas que vão se casar. Ou seja, se você se casa perante um padre oriental que não solicitou a delegação para fazer esse casamento ao pároco latino do local do casamento, ou ao bispo latino da diocese, esse casamento será nulo pois esse padre, embora seja padre regular, não tem nem recebeu poder de jurisdição nenhuma sobre noivos latinos.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Vítor Pereira 20-02-2017 18:15
E se recebeu a delegação adequada, pode testemunhar o casamento de dois latinos no rito bizantino? Não deveria, pois os latinos devem conservar o próprio rito. Nesse caso, o casamento seria válido (pois teve delegação), mas ilícito, pois contraria as normas de que, para o casamento, as pessoas devem preservar seu rito. Para que os dois latinos possam casar no rito bizantino validamente, necessitam da delegação do pároco ou bispo latino do local. Mas para casar não apenas válida, mas também licitamente, precisam de permissão especial para casar em outro rito (diferente da delegação). Para a Congregação para as Igrejas Orientais, órgão da Cúria Romana que cuida desses casos, a permissão para casar em outro rito é solicitada à Sé Apostólica, isto é, o pedido para casar em outro rito é enviado ao Vaticano para que a Congregação para as Igrejas Orientais analise e conceda ou não, caso a caso, a permissão. Mas, repita-se: para a validade, basta delegação do pároco ou bispo latinos do local.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Vítor Pereira 20-02-2017 18:19
Confuso, não? Em síntese:
1. Não, dois noivos latinos não devem se casar no rito bizantino.
2. Se o fizerem, devem ao menos assegurar que o pároco latino ou o bispo latino do local deram delegação ao padre oriental para testemunhar o casamento, para que este seja válido. Sem esta delegação de poderes, o matrimônio será inválido (outra forma de dizer que não houve nem matrimônio nem sacramento). Mesmo com a delegação, será válido (houve matrimônio e sacramento), porém ilícito, pois os noivos latinos não deveriam se casar em outro rito.
3. Se quiserem realmente fazer tudo certo (válido e lícito), na visão da Congregação para as Igrejas Orientais, devem não só pedir a delegação do pároco latino ou bispo latino do local, mas também requerer uma licença (permissão) à Sé Apostólica (por meio da Congregação para as Igrejas Orientais), remetendo o pedido ao Vaticano com as devidas justificativas.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Pequetita 20-02-2017 12:56
Belíssimo o post!!
É a um tempo feliz e desolador constatar que o rito oriental, pela graça de Deus, conserva a sacralidade daquilo que a falível e pequeníssima criatura humana realiza por Cristo, com Cristo e em Cristo, enquanto a fumaça de Satanás obnubila o rito latino, degenerando-o em imundície "protestantizada".
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 20-02-2017 11:00
Eu não sei aonde está a Vivi e o Alexandre, que não dão um basta nesse chato do Andramelek . O cara é um porre, um chato que não aceita nada, não quer saber de nada, quer impor aquilo que pensa, e não liga para nada do que a Igreja ensina, então eu pergunto, o que um chato desse ainda faz aqui?, o que a Vivi e o Alexandre não faz nada para dar uma basta nisso?.

O cara nem se define o que é, se é: protestante, ateu, espírita, ou u vagabundo que só sabe encher o saco dos outros, mas Vivi e o Alexandre que são tão zelosos que não deixam passar comentários de pessoas que não querem saber de nada da Igreja Católica, mas só esculhambar ela, deixa passas comentários deste porre.

Acordem!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 20-02-2017 13:45
Sidney, ainda estamos nos familiarizando com a nova ferramenta de administração do site. Preciso ainda me inteirar como é que faço para barrar automaticamente os comentários de pessoas inconvenientes. Por hora, sigo apagando os comentários indesejáveis, sempre que os vejo.

Vou tentar resolver isso ainda nesta semana.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Fran 20-02-2017 05:28
Posso casar assim no Brasil se algum padre aceitar celebrar?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Vítor Pereira 20-02-2017 18:23
Fran (não sei se é homem ou mulher),

Se você for latino(a), e sua noiva(o) também for latina(o), não, em regra não pode. Veja meus comentários no post da Carol Sant Ana que irá entender.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Elivelton 20-02-2017 13:29
Aqui no Sul . temos muitas igrejas Católicas de Rito Bizantino Ucraniano. Vai desde SC até SP. Concentrando-se no estado do PR. Contando com muitas igrejas magnificas feitas pelos imigrantes !
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade