Publicidade
Quarta, 04 Setembro 2013 10:58

Allan Kardec, sobre os negros: "sem dúvida, são uma raça inferior"

Postado por
esqueletoOs últimos posts que publicamos sobre espiritismo têm mostrado o quanto de respostas clichês certa gente despreparada se utiliza. Nos atacam nas redes sociais com estratégias desonestas, revestidas de uma fina camada de um verniz que mistura hipocrisia e falsa caridade.

Funciona assim, mais ou menos: "Calem a boca! Quem são vocês católicos (aí começa o desfile de clichês - inquisição, pedofilia de clérigos, blá-blá-blá genérico de zé mané que só leu os livros da tia Teteca e os "auto-ajuda" da Zíbia Capiroto). Continua com: "leiam mais, estudem..." (o que no fundo quer dizer: concordem com o que eu penso). E não adianta você informar que possui uma biblioteca com mais de 100 livros sobre o assunto.

Por fim, o arremate luxuoso de: "espero que Jesus olhe por vocês desperte em seus corações duros a verdadeira caridade". É o cúmulo da paralaxe cognitiva que um acusador não-cristão querer usar Nosso Senhor Jesus Cristo contra nós (já mostramos aqui por que é impossível que o espiritismo seja considerado uma religião cristã).

Essa introdução enorme se fez necessária porque o que vai a seguir é uma análise crítica de uma fonte histórica de lavra do próprio Sr. Rivail, mais conhecido como "druidoidão" Allan Kardec. Se depois de ler isso aqui um negro continuar nas fileiras do espiritismo, só posso concluir que o cara é sadomasô.

Afinal, o que é FRENOLOGIA?
frenologiaEssa explicação é para situar vocês no que Kardec fala a seguir.

A frenologia era uma pseudociência, cujo objetivo era o estudo da estrutura do crânio, de modo a determinar o caráter das pessoas e a sua capacidade mental. Dependendo do formato, tamanho e peso da sua cachola eu posso dizer quem tu és! É a mesma lógica da astrologia: dependendo de onde Vênus estava quando tu nasceste, ficaste com a personalidade assim ou assada.

Como diria Paulo Francis: Waaaaall!!!!!!

Isso é bem típico da onda positivista, que queria "codificar" todo e qualquer aspecto da vida humana. A frenologia caiu há muitas décadas como conhecimento científico que se leve a sério. Hoje, é só mais uma curiosidade histórica.

Para Kardec, os negros possuem um espírito inferior
Estamos na primavera, na França, em 1862, no mês de abril. Foi então que o Sr. Kardec publicou o seguinte artigo na Revista Espírita: "Frenologia espiritualista e espírita - Perfectibilidade da raça negra." O artigo inicia-se com a seguinte questão:

"A raça negra é perfectível?" [isto é, pode evoluir até alcançar a perfeição espiritual?] 

Eis a conclusão do "iluminado" codificador (grifos nossos):

"Os negros, pois, como organização física, serão sempre os mesmos, como espíritos, sem dúvida, são uma raça inferior, quer dizer, primitiva; são verdadeiras crianças às quais pode-se ensinar muita coisa; mas por cuidados inteligentes, pode se sempre modificar certos hábitos, certas tendências, e já é um progresso que levarão numa outra existência, e que lhes permitirá, mais tarde, tomar um envoltório em melhores condições."

Sim, foi isso que vocês leram. Kardec afirma que os espíritos não podem alcançar, em um corpo negro, a "perfectibilidade" dos brancos europeus. Podem até evoluir algo (bem pouco), mas somente poderão alcançar a perfeição em outra vida, reencarnando em um corpo branco (o tal "envoltório em melhores condições"). Porque nesta vida, com essa cor escura na pele... não tem jeito!

pica_pau_cataratas

Muitos espíritas defendem seu herói com o fervor de um muçulmano em jihad, dizendo que esse era o pensamento dominante na época. Outros dizem que a ciência ainda era muito rudimentar... Mas nenhum, absolutamente nenhum kardecista leva em conta que Kardec não tinha o menor critério em dar pitaco em áreas alheias às suas limitadas aptidões. Sim, ele considerava a frenologia uma ciência real; sim, com base nisso ele considerava negros, indígenas e outros indivíduos de raças não-caucasianas como seres inferiores. E a "prova" dessa inferioridade estava nas suas feições e nos formatos cranianos. Isso, sinceramente, me faz passar mal.

A frenologia é o ponto de partida para Kardec fundamentar e justificar sua análise e a base para a compreensão do assunto. Por outro lado, ele considera que essa "ciência" não é suficiente para determinar o caráter absoluto de uma pessoa. Para complementar suas observações, ela acha imprescindível o conhecimento espírita. TÁ SERTO!!!!

Mas tem muito mais. Vejam como Kardec define os nobres como ele, de nascimento europeu, e como, sem a menor cerimônia, rebaixa os nascidos em outros rincões do planeta:

"(...) por que nós, civilizados, esclarecidos, nascemos na Europa antes que na Oceania? Em corpos brancos antes que em corpos negros? Por que Deus nos isentou do longo caminho [de evolução espiritual] que o selvagem tem que percorrer?"

A resposta "genial" é, em seguida, nos ofertada:

"(...) Agiríeis inutilmente, não chegaríeis a nenhuma solução senão admitindo, para nós um progresso anterior, para o selvagem um progresso ulterior; se a alma do selvagem de progredir ulteriormente, é que ela nos alcançará; se progredimos anteriormente, é que fomos selvagens..."

Ou seja: pra ele, o negro deve evoluir espiritualmente até poder nascer no corpo de um homem branco! E reparem que Kardec entende "negro" e "selvagem" como termos sinônimos.

Para exemplificar sua tese, Kardec utiliza-se do caso Dumollard, um serial killer que ficou conhecido como "O Vampiro de Lyon". Ele matava suas vítimas e bebia seu sangue. Dummolard era de provável origem centro-africana, e Kardec nos diz que esse tipo de comportamento, naquela parte do mundo, é considerado normal. Afinal... negros são brutos! Momento Olavo de Carvalho: MEU DEEEEEEUUUUUSSSSS!!!!

olavo_carvalho

Segundo Kardec, o exame frenológico das "raças inferiores" constata a predominância das faculdades instintivas e a atrofia dos órgãos da inteligência (para a frenologia, o cérebro é composto de 26 órgãos). E fundamenta ainda mais essa tese citando o físico e astrônomo francês François Arago. Para Kardec, caso Arago tivesse nascido "sob uma pele negra", jamais seria o gênio que foi. Simplificando: você negro, pelo fato de ser negro, é incapaz de entender Astronomia. Vai debulhar milho!

Kardec, ao chegar a esse ponto em seu artigo, fala da possibilidade de aprimoramento da raça negra por "cruzamento com as raças mais aperfeiçoadas". Assim, criou uma sinuca de bico evolucionária, a qual ele tentou resolver com essa tacada:

"(...), as raças não são perfectíveis senão em limites estreitos,(...). Eis porque a raça negra, enquanto raça negra, corporalmente falando, jamais alcançará o nível das raças caucásicas; (...)."

Para quem quiser ler o texto original na íntegra, é só acessar este site espírita: Portal do Espírito.

E este não é o único texto racista dentro da obra de Kardec. Há diversos outros, divulgados abertamente pelos espíritas. Entre eles, o trecho abaixo, retirado de suas "Obras Póstumas". E Kardec não estava convicto somente de ser um branco superior e evoluído. Ele se achava também um branco lindo e sensual... um GATO! Enquanto os negros, para ele, eram todos feios.

"O negro pode ser belo para o negro, como um gato para os gatos; mas não o é no sentido absoluto, porque os seus traços grosseiros, os lábios grossos, acusam a materialidade dos instintos; podem perfeitamente exprimir as paixões violentas, mas nunca as delicadas variedades do sentimento e as modulações de um Espírito elevado. Eis porque podemos (...) julgar-nos mais belos que o negro..."

- Obras Póstumas, cap. “Teoria do Belo”. Texto na íntegra: site Centro Espírita

kardec_gostoso

A tão propalada "caridade" espírita é toda calcada nesse postulado. Ela é aplicável não só aos negros, mas também a todos os não-espíritas. É uma hierarquização: eles se veem como gênios de QI 180 a observar os brutos pedreiros tentando resolver problemas de física quântica.

Mas não vamos culpar Allan Kardec integralmente; quem conhece marxismo e darwinismo sabe muito bem que esse tipo de pensamento tosco é muito típico dessas linhas de pensamento.

O espiritismo é desconsiderado completamente na sua terra mãe, a França, que se divide hoje entre católicos, muçulmanos e ateus. Somente aqui no bananistão esse tipo de espiritualidade alcançou algum êxito. Por razões que fogem ao meu conhecimento, os brasileiros - e principalmente os católicos brasileiros - têm uma tara por regimes tecnocratas.

O espiritismo carrega em sua matriz filosófica muito daquilo de mais podre que o positivismo cientificista legou ao mundo. Sob um verniz de caridade, esconde-se um monstro, um monstro que esse blogueiro aqui alimentou por muito tempo; depois de muita meditação e estudo, ao pedir perdão ao verdadeiro Deus, deixou-o para trás faminto, sem se arrepender um minuto sequer.

Agora vamos aguardar os comentários que se seguirão, com o mesmo blá-blá-blá anticatólico, desviando o foco do objeto em análise.

Que a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos vocês.

15902 Segunda, 01 Agosto 2016 14:28

Comentários   

0 # ALEX 26-11-2017 12:05
PRA QUE O RACISMO?. PQ NA VERDADE TODO RACISTA É UM BABACA PQ ASSIMILA OS PRECONCEITOS PQ TEM CABEÇA FRACA
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Abdula 21-11-2017 13:39
Eu ser Islã, então vou para o inferno?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 21-11-2017 22:47
Isto você só saberá o dia que chegar diante de DEUS, não compete a nós dizer se você irá ou não para o inferno, só DEUS sabe, pois só ELE conhece a fundo o que cada ser humano tem na mente e no coração:

"Eu, porém, que sou o Senhor, sondo os corações e escruto os rins, a fim de recompensar a cada um segundo o seu comportamento e os frutos de suas ações. (Jeremias 17, 10) "

" todas as igrejas hão de saber que eu sou aquele que sonda os rins e os corações, porque darei a cada um de vós segundo as suas obras." (Ap. 2, 23b)
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Mario 19-11-2017 02:59
Por que ninguém faz nada para tirar esse tipo de publicação racista de circulação?
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Vicente 22-07-2017 07:02
Depois desse debate acalorado e quase cristão, já podemos chegar a algumas conclusões:

1. O fato de termos superado, em parte, os horrores da Inquisição, o embate ocorre em torno das ideias, sem torturas e mortes purificadoras;

2. Kardec não conseguiu raciocinar sem as amarras científicas e ideológicas de seus tempo, fato que retira autoridade de seus estudos, especialmente quanto à pretensão de ser a Terceira Revelação e o Consolador Prometido;

3. Prossigamos em busca da Verdade, sabedores de sua relatividade e infinitude em relação à Razão.
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # Gil 05-08-2017 11:28
Ótimas conclusões.Se observarmos, o maior Mestre da história,Jesus Cristo, não se deixou influenciar pelas ciências e debates da Sua época! Ele sim pôde e pode afirmar:"Eu sou o caminho, a verdade e a vida.Ninguém vem ao Pai a não ser por mim." A Bíblia sagrada tem a resposta.
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # Dulce 30-06-2017 03:23
Um detalhe importante, a igreja católica prega que só temos essa vida para fazermos o bem, para buscarmos a salvação de nossa alma, nos livrarmos das tentações e pecados e aceitarmos Jesus e Deus como a Verdade. Os espíritas dizem que podemos ter várias vidas ,como num jogo de vídeo game.

Dizem que se você não se dá bem com um amigo, familiar, filho, marido, pode deixar para resolver isso em outra encarnação.

Mas pense apenas numa coisa : se seguirmos a igreja católica, faremos o melhor que pudermos hoje, nessa vida, perdoaremos, aceitaremos desígnios, dores e tristezas para alcançar a salvação. Se tiver outras vidas,como dizem os espíritas, estaremos no lucro, porque fizemos mais para evoluir, mas se não houver ( como não há), os que foram enganados esperando uma vida futura perderão a salvação! Estarão condenados.
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # Dulce 30-06-2017 03:22
Tanto que há inúmeros erros sobre os planetas, número de satélites,etc. Se eram espíritos superiores que conhecem mais que nós, porque erraram? Mesmo porque, a doutrina espírita se diz superior às outras religiões, como a católica, porque além de religião é filosofia e CIÊNCIA ! Mas erraram feio nos conceitos científicos!
Você poderia escrever um artigo com esses dados. Os erros científicos que constam nos livros, conhecimentos revelados por espíritos superiores! !
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Dulce 30-06-2017 03:21
O catequista. Li seu artigo e achei interessante por divulgar isso que muitos (inclusive espíritas) desconhecem. Eu já havia lido sobre isso, inclusive para debater com um amigo que frequenta um centro espírita e se diz cristão. Como o padre Paulo Ricardo explana com muita clareza em seu vídeo que o espiritismo não é cristão.
https://youtu.be/rvCrBbBe5NE

Li o Cap. sobre "o belo ", em "obras póstumas ". Encontrei outras análises, inclusive de um de seus médiuns ( Kardec nunca recebeu mensagens dos espíritos, codificava as mensagens através de vários médiuns ) Camille Flammarion, amigo e seguidor de Kardec . Flammarion afirma que as coisas que escreveu sobre astronomia, planetas, órbitas ,que atribuiu aos espíritos superiores, na verdade foram coisas que ele tirou de seu próprio conhecimento e do que os astrônomos afirmavam na época...
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Adriana 28-01-2017 22:19
Só mais um comentário; eu, sendo branca, ne ( nasci assim). Sou médica e trabalho com todas as classes sociais, raças e ninguém é diferente para mim. Achei e fiquei muito triste por ler que o representante do espiritismo falava. Ninguém neste mundo é melhor; estamos aqui apenas para cumprir nossa missão e espero que para todos que estejam lendo meu desabafo entendam que só quero ajudar uma criança sem noção e influenciado pela internet e amigos da escola. Obrigada a todos!
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Adriana 28-01-2017 21:59
Sou branca; mesmo!!! Procurei no Google sobre preconceito e racismo segundo o espiritismo. Para ajudar meu filho de 12 anos que está na onda de Hitler; purificar a raça e odeia o que não é puro branco (japonês,chineses..nem pensar!) O que li... Fiquei surpresa!!! Como assim??? Negros ??? TODOS nós temos que evoluir!!! Nao somos todos irmãos??? Cada um com sua missão, Karma, sei lá. Conversei e muito com ele e expliquei que amamos a todos como iguais, indiferente da raça, mas que temos desafetos aqui, e não adiantou nada. Falei que Deus está vendo cada ação nossa e que é melhor cumprir tudo agora; não ouviu. Nunca foi filho ruim, revoltado, mau... ao contrário... Estou assustada. A minha missão aqui desde que aceitei ser a mãe dele era para ele ser melhor. Se puderem, ajude-me.
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # zartu de Castro 27-01-2017 11:20
No passado a inferioridade da raça negra era consesual, pensadores influentes como Aristóteles, Sócrates, Voltaire e Darwin e todos os formuladores da teoria da evolução e da antropologia. A uma ligação entre raça, inteligência e realização cultural. Os primeiros exploradores da África oriental foram os Árabes mulçumanos, eles escreveram como ficaram chocados com a nudez, o paganismo o canibalismo e a pobreza dos nativos. Um deles escreveu que os negros se comportavam como animais selvagens, e se espantou ao descobrir que as crianças não sabiam quem eram os pais, centenas de anos mais tarde os exploradores europeus tivram a mesma impressão Eles relataram que os africanos pareciam ter pouca inteligência e pouco vocábulo pra expressar pensamentos complexos. Os brancos que fizeram parte das viagens de exploração a China eram tão racista como os que exploram a África no entanto seus relatos eram diferentes tanto dos brancos quanto os do Árabes que exploram a África Março polo descubro que os chineses tinham construído boa estradas, cidades ligadas por canais, mercados padrões de pés ao e medida, e não apenas moedas mais dinheiro de papel. Então sabendo de tudo isso, e analisarmos oq disse Kardec veremos que ele estava certo, que o negro evoluiu muito com o convívio com os brancos....
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Leonardo Castro 18-11-2017 15:09
O problema é que Kardec disse que era inútil tentar instruir negros, então não acertou sobre essa evolução dos negros em convívio com brancos. Sem falar que ele errou em vários pontos científicos, como da vida de seres em Marte que seriam mais materiais que os terráqueos e que por isso seriam detectados em breve.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # A Catequista 29-01-2017 11:09
No passado a inferioridade da raça negra era consensual sobretudo entre os arrogantes cientificistas, os pretensos detentores da razão e inimigos da irracionalidade. Kardec, como todo idiota cientificista, foi mais um cego que se deixou inebriar pelo pensamento que estava em voga no seu tempo. O interessante é que a Igreja Católica, nesse tempo - e em todos os tempos - jamais abraçou esse tipo de doutrina abjeta. Tanto que a Igreja foi a responsável pelo fim da escravidão na Europa Ocidental, escravidão que era a base do Império Romano. Ademais, a Igreja sempre teve em seus altares santas e santos negros. "Um deles escreveu que os negros se comportavam como animais selvagens"... Ora, quanta hipocrisia! E os brancos, que na primeira e segunda guerra mundial mataram milhões de irmãos e até promoveram estupros em massa (como as tropas russas, ao invadir Berlim)? Isso não é agir como animais selvagens? Hitler e Stálin, dois dos maiores genocidas que a humanidade já viu, acaso não eram brancos? "... e se espantou ao descobrir que as crianças não sabiam quem eram os pais" - Ora, Zartu... E quantas centenas de milhares de crianças brancas já não foram abandonadas por seus pais, sendo criadas somente pelas mães? E quantas outras tantas não foram abandonadas por pai e mãe, sendo completamente sós? E quantas milhões de mães brancas já não assassinaram seus bebês ainda no ventre? Acaso isso não é barbárie e selvageria? O último parágrafo de seu comentário, Zartu, mostra o um dos principais e mais graves erros do kardecismo: medir evolução espiritual pela evolução tecnológica e material de uma civilização. Certamente a evolução cultural, científica, artística e intelectual de uma civilização é algo importante, mas não é isso que conduz uma pessoa à salvação. Acaso o Evangelho diz que quanto mais tecnologicamente avançada é uma civilização, melhor ela reflete os ensinamentos de Cristo? Não!!! Aliás, a tecnologia é usada por nações altamente desenvolvidas materialmente para oprimir de forma mais mais eficaz os mais fracos. Vide, novamente Hitler e Stálin, que só puderam matar tantas pessoas graças à força de suas armas potentes, com nova tecnologia de guerra. E certamente isso não é medida para a santidade.
Responder | Responder com citação | Citar
+9 # Laerte 19-01-2017 23:51
Pessoal, não sou espírita, sou descrente. Pelos textos mostrados fica muito claro que Kardec era racista. Desculpa de que naquela época todos na França eram também não me convence, acho que já existiam muitos que não eram, e acho imperdoável que o líder da Doutrina Espírita o fosse. Mais estranho ainda é saber, que segundo o próprio Kardec, ele mantinha comunicação com vários espíritos sábios e desencarnados; espíritos superiores de grande saber, mas nenhum desses espíritos ensinou para Kardec o que pessoas de sua época já anteviam. Kardec era um homem culto, parecia até conhecer e gostar de ciências, mas preferia se manter marginal à academia. Praticava o Mesmerismo ou Magnetismo, coisa que não era aceita como ciência mesmo em sua época. Da mesma forma, abraçou outra pseudociência de sua época, a Frenologia, como mostra os textos mencionados. Não acho que ele tenha sido uma pessoa má, e que tenha agido de má vontade ao "codificar" a doutrina ou em escrever estes textos racistas. Era um homem normal de seu tempo, com limitações científicas de uma pessoa normal. Foi apanhado pelo grande movimento social que se iniciou no ocidente com as irmãs Fox e ingenuamente acreditou que o espiritismo iria tornar-se uma ciência que modificaria o mundo. O espiritismo no Brasil tomou rumo bastante diferente daquele que pretendia Kardec. Aqui prevaleceu o caráter religioso da doutrina e por esta razão o espiritismo não teve o fim que teve na França. A Federação Espírita Brasileira e figuras como Chico Xavier e Divaldo Franco criaram aqui um espiritismo bastante diferente do kardecismo do século XIX. Independente de qualquer coisa, gostaria de frisar, que em geral, os espíritas atuais não são racistas como foi Kardec, e o espiritismo não pratica ou prega qualquer tipo de racismo. A maior parte deles nem conhece os textos citados, e os que conhecem, como acontece com outros religiosos ao examinar a Bíblia, racionalizam, tentam minimizar o fato, veem outros pontos da doutrina que na opinião deles explica a falha de Kardec, interpretam de uma maneira mais bonita, e etc. Estão errados? Na minha opinião de descrente sim, assim como todo religioso que emprega o mesmo método na Bíblia. O mais importante e que gostaria de ressaltar é que os espíritas atuais não são influenciados pelo racismo de Kardec, que a doutrina "codificada" por ele mostra muito pouco racismo e de forma alguma influencia de forma malévola os seus adeptos. É uma doutrina com uma lógica interna muito boa, e que consegue dar boas explicações filosóficas a respeito de bem, males, justiça, bondade de Deus e etc. Prega a caridade e o aperfeiçoamento moral através dos ensinamentos de Jesus Cristo, segundo eles o espírito mais puro que encarnou na Terra, que veio ao mundo para trazer a Boa Nova e que continua trabalhando pelo bem da humanidade. Os espíritas se consideram cristãos, da mesma forma que consideram cristãos todos os católicos, evangélicos e etc.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Junior 29-12-2016 13:48
òtima explicação indiferente de qualquer religião a pesquisa server para mostrar a verdade, os texto acima aborta muito racismos e intolerância, aos pobres e aos mais fracos, eu venho de uma família de espiritas que muitas, eles não sabem muitas vezes da verdade, mostrei isso a minha mae e ela leu o livro completo para tirar suas duvidas e viu a verdade. Otima pesquisa.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # LUIZ 26-12-2016 12:20
A melhor igreja é a do trabalho para com os necessitados e carentes, seja rico ou pobre, caucasiano ou negroide, da religião A, B, C, etc....Simplesmente devem ser atendidos e atendidas nas suas necessidades me tasi, esperituais, científicas, etc. Nossa espécie ainda tem muitas conquistas para realizar, do que ficar crendo em fatos passados. Vamos construir juntos um futuro melhor com FÉ, CIÊN IA E RAZÃO.
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Sidnei 27-12-2016 10:46
Se para você JESUS é um fato passado, para nós ELE, é o mesmo ontem, hoje e sempre.
Responder | Responder com citação | Citar
+11 # Jackson Camargo 11-12-2016 18:30
Quanta besteira. Kardec nasceu numa sociedade racista, num contexto onde o negro era visto como inferior. Essa era a opinião dele, não dos espíritos de luz que fundavam o Espiritismo.
Responder | Responder com citação | Citar
-9 # Junior 29-12-2016 13:50
Como pode um lixo desse Allan Kardec decodificar as informações dos espiritos de Luz (Anjos Caidos no minimo). Que Merda, olha que eu já tentei até ser espirita mas não colocou essa papagaiada mentirosa. Hoje tenho vergonha por ter tentando estudar o espiritismo.
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # A Catequista 12-12-2016 14:45
Interessante... São Paulo nasceu numa sociedade escravagista e machista, mas dizia que, diante dos olhos de Deus, não havia distinção entre escravos e livres, homens ou mulheres, pois todos eram um só em Cristo Jesus. Isso distingue as grandes almas das pessoas de cabeça pequena: a sabedoria e a coragem de não se deixar arrastar e cegar pelos erros da cultura de seu tempo! ' Ademais, Kardec batia tanto papo com os espíritos, né? Por que nenhum deles teve a iniciativa de dar um toque nele, dizendo, tipo... "Hello, querido! Cor da pele não define nível evolução espiritual! Pára que tá feio!". Por que nenhum "espírito iluminado" alertou o sujeito?
Responder | Responder com citação | Citar
-7 # emerson bassinello 09-11-2016 19:13
Muito interessante o texto, odeio o espiritismo/espiritice, esse Allan Babakardec... pena que não tenha como compartilhar no Facebook. E por falar em facebook, um lugar q influencia em muito as pessoas, lá não tem nenhuma pagina que mostre a farsa q é essa seita espirita, que já nasceu de fraudes como a das irmãs Fox, lá esse lixo reina supremo,fica a dica para vcs montarem uma. Um abraço.
Responder | Responder com citação | Citar
+17 # Luciana Cardoso 09-09-2016 01:49
Caros amigos, Gostaria de levantar alguns tópicos que devem ser levados em consideração na hora da análise deste texto: - O contexto histório, esta revista espirita circulava em uma época em que os negros eram escravos, e não possuiam as mesmas condições de um homem branco, e a sociedade os tratava como meros animais. - Em nenhum momento foi descrito que os cérebros dos negros eram menores, se lerdes atendtamente até o final o que foi explanado, é que o cérebro se desenvolve e possui as aptidões que o espírito trás consigo. -Eis porque as raças selvagens, mesmo em contato com a civilização, permanecem sempre selvagens; mas, à medida que as raças civilizadas se ampliam, as raças selvagens diminuem. (Para um país que ainda possui índios selvagens, seria hipocrisia dizer, que não possuimos raças que vivam quase como animais. E hoje com o negro inserido na sociedade, tendo acesso aos mesmos previlegios que os brancos, não sendo mais tratados como escravos e meros burros de carga (não se esqueçam da escravidão), hoje seria hipocrisia dizer que a raça negra é inferior aos demais raças. No entanto na época era, e até hoje em alguns lugares da Africa existem tribos de canibais,e quando ele se retratou ao assassino que aquilo era normal, quis dizer que para essas raças, a morte para alimentar-se é completamente normal, pois ainda possuem um pensamento pouco evoluído e rudimentar. Então por favor, não distorçam as palavras, dentro do contexto histórico esse texto esta perfeitamente aceitavel, uma vez que a igreja católica nesta época também tratava os negros de forma descriminatória. Este texto só quis dizer que com o tempo aqueles que são espiritos com instintos rudimentares, vão evoluindo, note que ele disse que nem os brancos são perfeitos, e que a evolução se dará pela extinção das raças. Sobre isto levanto o seguinte questionamento hoje no Brasil podemos nos caracterizar como uma raça só? Que possui só um costume? Vivemos em sempre em permuta cultural. Hoje em dia diante do nosso progresso e maior compreenasão da vida em sociedade, se este texto fosse redigido novamente possivelmente não traria estes termos, e nem traria a raça negra para exemplificar o processo evolutivo.
Responder | Responder com citação | Citar
-7 # A Catequista 14-09-2016 12:17
Luciana, posto aqui a resposta do autor do artigo, o Paulo Ricardo Costa Pinto: A Paz de Cristo, Como você foi muito educada, vou responder suas colocações tópico a tópico: – O contexto histório, esta revista espirita circulava em uma época em que os negros eram escravos, e não possuiam as mesmas condições de um homem branco, e a sociedade os tratava como meros animais. Os negros eram escravos no Brasil, na França de Kardec e em toda Europa não havia escravidão. O próprio conceito de raça era nebuloso e foi estabelecido ao logo de um período de mais de cem anos a partir da ruptura iluminista. Esse seu argumento cai por limitação geográfica. – Em nenhum momento foi descrito que os cérebros dos negros eram menores, se lerdes atendtamente até o final o que foi explanado, é que o cérebro se desenvolve e possui as aptidões que o espírito trás consigo. Bom, nesse caso, você não está oferecendo-me um contraponto mas contradizendo Arquimedes já que a craniometria – pseudo-ciência da qual se vale Kardec para dar legitimidade ao artigo – tem como um dos princípios a mensuração do volume da caixa craniana. Ou o princípio da impenetrabilidade não vale para o cérebro? -Eis porque as raças selvagens, mesmo em contato com a civilização, permanecem sempre selvagens; mas, à medida que as raças civilizadas se ampliam, as raças selvagens diminuem. (Para um país que ainda possui índios selvagens, seria hipocrisia dizer, que não possuimos raças que vivam quase como animais. E hoje com o negro inserido na sociedade, tendo acesso aos mesmos previlegios que os brancos, não sendo mais tratados como escravos e meros burros de carga (não se esqueçam da escravidão), hoje seria hipocrisia dizer que a raça negra é inferior aos demais raças. No entanto na época era, e até hoje em alguns lugares da Africa existem tribos de canibais,e quando ele se retratou ao assassino que aquilo era normal, quis dizer que para essas raças, a morte para alimentar-se é completamente normal, pois ainda possuem um pensamento pouco evoluído e rudimentar. Primeiro, as raças selvagens diminuem como? Por absorção, por imitação? Suas imagens da escravidão não passam de mera repetição de clichês historicistas com os quais professores comunas enchem a mente dos despreparados para poderem propagar sua obra desconstrucionista mundo afora – este aqui é um caso típico. Sugiro a leitura de livros como “Negro na Rua” da professora Marilene Rosa ou “White Gold” do professor Giles Milton, para entender melhor sobre coisas as quais tu gostarias de falar. Segundo, Kardec era um pitaqueiro de marca maior. Não existe um termo educado para se referir ao que ele fazia em termos de ciência. Ademais, sua mentalidade era guida por um darwinismo atroz. Esse último parágrafo do seu tópico em que o termo evolução é usado com tanta propriedade, assim como tudo que diz respeito ao espiritismo, é contaminado pelo evolucionismo darwinista, sem levar em conta os aspectos tautológicos dele. Aliás, quer coisa mais tautológica que reencarnação, o self-service da salvação? Então por favor, não distorçam as palavras, dentro do contexto histórico esse texto esta perfeitamente aceitavel, uma vez que a igreja católica nesta época também tratava os negros de forma descriminatória. Este texto só quis dizer que com o tempo aqueles que são espiritos com instintos rudimentares, vão evoluindo, note que ele disse que nem os brancos são perfeitos, e que a evolução se dará pela extinção das raças. Sobre isto levanto o seguinte questionamento hoje no Brasil podemos nos caracterizar como uma raça só? Que possui só um costume? Vivemos em sempre em permuta cultural. Hoje em dia diante do nosso progresso e maior compreenasão da vida em sociedade, se este texto fosse redigido novamente possivelmente não traria estes termos, e nem traria a raça negra para exemplificar o processo evolutivo. Quando eu era espírita ouvi todo tipo de absurdo, como, por exemplo, o fato de eu gostar de Heavy Metal tinha haver com o fato de eu em vidas anteriores ter passado muito tempo em campos de batalha e, crème-de-la-crème, que pessoas com deficiência física ou mental nascem assim por conta de “resgate de vidas passadas”. Ouvi isso em pleno século XXI, então, essa questão de contextualização é uma balela, já que o princípio mecânico que rege o espiritismo “à brasileira” é de deixar Newton de cabelos em pé. “Extinção das raças” é tão Marx que assusta. Muito embora tudo isso que você coloca vista um padrão de espiritualidade, as ideias filosóficas que corrompem a estrutura metafísica do espiritismo estão todas aí, muito embora com tanta falácia por cima fique difícil destrinchar e trazê-las à luz. Não é aceitável a ideia de raça positiva porque é justamente essa a razão de existir racismo. Este só será extinto de fato quando aprendermos que somo povo, composto de humanos, não de raças. Salve Maria.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Fernanda 07-09-2016 21:32
Não concordo que precisamos nos aprofundar no que outras pessoas acreditam, isso só nos deixa confusos: 'Scott pede na conclusão do livro: estudem e conheçam a fé católica; leiam a Bíblia, o Catecismo, os documentos do Concílio Vaticano II; sejam católicos contagiantes!' (trecho da conclusão do livro "Todos os caminhos levam a Roma" de Scott e Kimberly Hahn) "Uma árvore não pode crescer só para cima, precisa crescer para baixo também, se uma árvore não aprofunda suas raízes, qualquer vento a derruba." (Professor Felipe Aquino) Não se trata de ser intolerante, se trata de aprofundar as raízes. Abraços!
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Dete 03-09-2016 09:01
Obrigada pela maravilhosa citação de Joseph Ratzinger A Catequista maio 6, 2016 at 2:47 pm · Reply “A Igreja diminuirá de tamanho. Mas dessa provação sairá uma Igreja que terá extraído uma grande força do processo de simplificação que atravessou, da capacidade renovada de olhar para dentro de si. Porque os habitantes de um mundo rigorosamente planificado se sentirão indizivelmente sós. E descobrirão, então, a pequena comunidade de fiéis como algo completamente novo. Como uma esperança que lhes cabe, como uma resposta que sempre procuraram secretamente.” – Joseph Ratzinger. “Fé e Futuro”
Responder | Responder com citação | Citar
+7 # André 21-06-2016 14:15
Antes de ler o Blog o pessoal necessariamente tem que ler o Colacação Completa que estão nos Livros seguintes: "O que é o Espiritismo", "O Livro dos Espíritos", "O Livro dos Médiuns", "O Evangelho Segundo Espiritismo", "O Céu e o Inferno", A Gênese" e os 12 Volumes da Revista Espírita. Se olhar somente um lado seria como ter que fazer a critica de dois times de futebol em campo só vendo um time, tem de ver os dois, senão a critica é inútil, faz sentido? Para entender o que você debate tem que ler a causa do seu debate, sua posição é um efeito da Causa, ou seja, ler a Posição completa do Kardec sem tendenciosismos para entender o conjunto e fazer uma análise independente, assim é justo, isso no campo da Metodologia Científica, Filosófica e Jurídica, quando você cita um texto isolado, sem o contexto podemos fazer interpretações injustas. Tenho certeza que você já leu toda a Obra do Kardec, por isso esta emitindo sua opinião, assim o deve fazer sempre, até mesmo se não tivesse lido. É preciso trabalha a mente, é fácil postar em uma página, ser anonimo, copiar e colar... Pense.... (palavras endereçadas a Fa Page Fator Quântico) Link do livro https://drive.google.com/file/d/0B-h0rAZbI6xmN3J2aTg2VW4xbFk/view?usp=sharing
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # Gabriel Simas 30-07-2016 00:30
Eu já li toda a obra de Kardec e ela deveria ser proibida para os fracos que acham que só porque não existe nos livros do Kardec, não pode existir de verdade... essas aberrações são as que mais vemos por aí...
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Z. Pibral 06-05-2016 14:37
De qualquer forma, o catolicismo está, também, com os dias contados. A europa e grande parte da humanidade se converterá, infelizmente, ao Islamismo. Tanto "libertarismo" para nada. E viva a hipócrita social-democracia européia!...
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 06-05-2016 14:47
"A Igreja diminuirá de tamanho. Mas dessa provação sairá uma Igreja que terá extraído uma grande força do processo de simplificação que atravessou, da capacidade renovada de olhar para dentro de si. Porque os habitantes de um mundo rigorosamente planificado se sentirão indizivelmente sós. E descobrirão, então, a pequena comunidade de fiéis como algo completamente novo. Como uma esperança que lhes cabe, como uma resposta que sempre procuraram secretamente." - Joseph Ratzinger. “Fé e Futuro”
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Padre Orlando Henriques 06-05-2016 20:56
Haverá sempre um «resto de Israel» (Is 10, 20), um «pequenino rebanho» (Lc 12, 32).
Responder | Responder com citação | Citar
-5 # ANDREIA 29-02-2016 19:48
ESSE SENHOR QUIS SER NEGRO COMO MUITOS QUE ANDAM AÍ !!! MAS PRA MIM SINCERAMENTE SOMOS TODOS SER HUMANOS IGUAIS SOU NEGRA DE DESCENDENTES BRANCOS EUROPEUS E ME SINTO BEM SOMENTE FICO A RIR QUANDO PESSOAS FALAM DE RAÇAS...
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Paulo Ricardo Costa Pimto 17-02-2016 13:43
Excelente pergunta Jorge. Quais as fontes que devem ser utilizadas pelo católico? Primeiramente, isso deve ficar bem claro, que, ao contrário dos irmãos separados, só a Bíblia não basta. Sim, a Bíblia é um depósito de nossa fé, os Evangelhos são nossos guias, mas como basta simplesmente olhar em volta, ser abandonado com uma Bíblia na mão, para entender os mistérios do Salvador, dá no que dá, milhares de igrejinhas, todas senhoras da verdade. Para além da Bíblia temos o MAGISTÉRIO da Igreja, a palavra dos que se debruçaram sob as escrituras e desvendaram os meandros de cada palavra dos livros sagrados. Temos as orientações dos papas, as bulas. Temos os registros históricos, amplamente documentados. Temos as hagiografias e os monumentos que assinalam a realidade viva do cristianismo. Para o primeiro e o segundo, veja o site do Vaticano, é meio confuso, mas está tudo lá. Procure ler grandes historiadores. Nomes como Thomas Woods, Paul Johnson, Paul Veyne, Reginne Pernoud, Phillippe Aries, e tantos outros. Um exemplo de documento monumento, para citar, é o cenáculo em Jerusalém, no qual estive. Hagiografias despertam para a espiritualidade viva da Igreja, como, por exemplo, a Legenda Áurea. Não se atenha somente a fontes católicas, veja, um dos livros que melhor responde às barbáries e burrices que falam sobre a inquisição é Chacina de Feiticeiras, da professora Llewellyn, que é abertamente feminista. Nunca achei nada que comprove que a Igreja estivesse errada. Tudo que consideramos erro, em última análise, nada mais é que nossos anseios humanistas e imanentes em ação. Como nossos jovens tendem a ser mais e mais mimizentos, a tendência é os ataques piorarem. Mas os portões são muito firmes. Eu digo, alguns questionamentos que você possa ter já foram respondidos em vídeo pelo Padre Paulo Ricardo, meu xará, no site dele. Busque no Google, é fascinante e vale muito a pena.
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # Jorge 16-02-2016 21:06
Paulo Ricardo, primeiramente gostaria de parabenizá-lo pela excelente análise que você faz sobre o espiritismo, mormente sobre o reflexo do kardecismo no Brasil (nos anos 70/80 metade da minha família era católica e karcecista, rsrsrs). Seu conhecimento e domínio sobre a matéria são estimulantes! No entanto, é impossível deixar de perceber a paixão com que você se manifesta, embora embase sempre suas idéias e posicionamentos em alicerces sólidos. Caí no seu blog por acaso, mas apreciei muito seu estilo. Gostei da forma como você escreve, de maneira inteligente, as vezes bem humorado, por vezes ácido e até sarcástico, porém nunca se omitindo. Claro que a forma apaixonada de manifestar-se, fui compreender ao me dar conta do nome do Blog e seu propósito. Veja só, não sou espírita, porém sou espiritualizado. Não sou exatamente católico, primeiramente porque não participei de nenhum dos sacramentos além do batismo, e porque não comungo ou frequento a igreja, porém considero-me cristão. Por outro lado, minha natureza inquiridora e curiosa sempre me compeliu em busca de algumas respostas. Por conta disto, e considerando este um fórum apropriado, e você uma pessoa de grande preparo e conhecimento, sem nenhum propósito de polêmica e sem a mínima intenção de réplica ou contestação, mas somente para saber sua opinião, eu pergunto: Ao fazer a crítica sobre Kardec, e por conseguinte sobre o espiritismo, as quais aliás diga-se de passagem eu concordo, você cita e fornece as fontes, até porque estas são relativamente recentes e fáceis de serem pesquisadas e confirmadas. Quando no entanto falamos de cristianismo, ou mormente de catolicismo, suas bases, seus dogmas e doutrinas, sobre que fontes (comparativamente) você se debruça?
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # Paulo Cesar 30-01-2016 00:31
Caros colegas de O Catequista e demais frequentadores, gostaria de agradecer pela qualidade dessa serie de posts sobre os erros do espiritismo.Infelizmente nosso "bananistão" querido tem sido alvo de grandes atenções e esforços do Inimigo que nos tem contaminado com tantas pestilências como as que estamos vivênciando, dentre elas o Espiritismo. Certamente isso se dá por sermos uma nação predominantemente católica e em sua imensa maioria cristã, grupo ao qual, mesmo pensando que façam parte, demodo algum o são, como já foi muito bem explicado nos posts desta série. Não, não estou dizendo que os espiritas são adoradores do diabo/ satanistas. Apenas apenas estão sendo enganados por ele e não se dão conta disso. Por querem o bem ao próximo e serem caridosos, julgam que ganharão o Céu. Deus é quem sabe... Que Ele os perdoe em sua ignorância, que não penso encaixar-se na definição de "ignorância invencível". Acho um verdadeiro atrevimento, beirando a uma desonestidade intelectual quando vejo alguns comentários acusando-nos de não nos informarmos/ estudarmos sobre a doutrina deles, quando salta a olhos vistos o nível de preparo, esmero tanto dos bloguistas quanto as contribuições de outros participantes,todos verdadeiramente brilhantes. O que acontece é justamente o contrário. Nota-se é que eles que não estudam a doutrina católica a fundo. A leitura correta da bíblia, ensinada desde os princípios do cristianismo pelos santos padres e doutores da Igreja. Também não estudam o Catecismo, as obras de espiritualidade. Ficam só nos seus livrecos escritos por charlatães e despreparados. Fico surpreso com meus colegas espíritas com relação a pontos que de tão óbvios, não sei como lhes escapa.Alguns exemplos: 1)falta-lhes HUMILDADE em reconhecer que milhares de pessoas, brilhantes intelectualmente, movidas por profunda honestidade e amor a Cristo-Deus,debruçaram-se e derrubaram os temas mais espinhosos levantados por tantos movimentos heréticos e falsas religiões (onde se encaixa o espiritismo. Esquecem de nomes como Santo Agostinho, ou Santo Tomas de Aquino que pelo brilhantismo e profundidade intelectual, fazem parte ainda hoje dos currículos das melhores faculdades de filosofia do mundo, ou mais atualmente um Chesterton, que converteu-se ao catolicismo ao estudar sua doutrina. Não, para eles somos um monte de imbecis que crêem em estorias da carochinha. 2)São IMPRUDENTES com relação ao destino eterno de suas almas, pois fiam-se em revelações de espíritos dos quais nada conhecem o sobre os quais nada se pode certificar. - "Ah, mas São Francisco de Assis, incorpora lá em nossas sessões e fala que..." Ora, vão se catar! E se São Francisco foi o que foi pela fé da Santa Igreja Católica, ia baixar num puleirozinho qualquer para desdizer tudo aquilo pelo que tornou-se santo e pelo que é tão adimirado também pelos espíritas?! Assim, põem suas almas sob risco de condenação eterna ( o que não acreditam, ou descartam logo de princípio, até para não aterrorizarem-se com essa possibilidade) e preferem acreditar na autoredenção. Dizem-se cristãos, mas não ignoram quantas vezes Jesus falou sobre o Demônio e o Inferno, no Novo Testamento. Quem pinça e distorce o sentido das Escrituras são eles! Caras de pau! Então sejam honestos e não digam que seguem a Bíblia. - " Não, nós usamos a bíbilia, pois ela é um patrimonio moral da humanidade, sobre o qual também temos direito". A Bíblia é muito mais do que isso. É a Palavra de Deus! e se é certo que que todos têm o direito a ela, mais certo ainda é ter o DEVER de não adulterar-lhe o sentido, suprimir qualquer de suas partes. E cremos queé a palavra de Deus, pois Ele mesmo nos deu os meios para pô-la à prova. Assim, por exemplo, através das mais de 150 profecias do Antigo Testamento sobre Jesus Cristo, todas, absolutamente todas se realizaram Nele! bastaria uma ter furado, para desmontar tudo, mas não tudo realizou-se na integra, como pro exemplo a cruxificação de Cristo que foi profetizada séculos antes de os romanos inventarem esse método de tortura e pena de morte. Não, eles se contentam em acreditar cegamente num bosta dum Kardec e no seu Emanuel, que se não era de araque era um demônio conversando com ele. E, por incrível nem lhes ocorre em perguntar-se: - "e se os católicos estiverem certos? E se, de fato somente tivermos uma única bala na agulha?" É meus amiguinhos, pois é exatamente isso que acontece é você estão apontando para o lado errado. Supondo, por absurdo (absurdo mesmo, pois não existe essa hipótese) que nós estivessemos errados e vocês espíritas certos, nós não perderíamos nada, pois teríamos feito o bem e a caridade supõem que fazem (pois estão embebidadas de engano e venenoi p[-ara as almas) e, portanto, "evoluiríamos" para o próximo estágio, possivelmente uma "borboleta albina". Já vocês, meus amiguinhos, podem estar indo num caminho reto para um lugar que não acreditam: O INFERNO! 3)Poderia Cristo o Caminho, a Verdade e a Vida, por acaso mentir?! ou omitir?! ou Deus teria escondido Dele (pois acreditam que Cristo é criatura), coisas que so caberiam ser reveladas ao Grande Kardec, mais de 1800 anos depois, deixando a humanidade toda no erro por todos esses séculos?! Por acaso Deus é um fanfarrão escroto? Ora tenham respeito e vão estudar vocês!
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # Vinícius de Carvalho 19-01-2016 09:24
Fiquei admirado com a clareza! Parabéns! Texto genial. Já o do Alan Kardek acabo de o ler, que coisa horrível! E ainda sim existem seguidores assíduos destas ideologias. Espiritualistas.Salve Maria Imaculada!
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # Felipe Garrido 01-01-2016 15:50
Caro irmão Paulo, Excelente e esclarecedor texto. Faltou mencionar que o tal do Rivail não tinha nenhuma formação acadêmica que valha, ou seja, escrevia com base em puro achismo do que considerava melhor. Além de contradizer Jesus Cristo em meio mundo de pontos basilares. Sendo que a própria frenologia nunca teve o status de Ciência nas comunidades acadêmicas européias, sendo meramente motivo de debates e discussões (e os próprios defensores não concordavam sobre a mente comportar 27 ou 40 órgãos no cérebro - ou qualquer número entre esses) e que já em 1840 era total e completamente desacreditada como Ciência. Além disso, a desculpa do contexto NÃO cola mesmo, porque mais de 100 anos antes muitos já eram os que escreviam CONTRA O RACISMO E PRECONCEITO, basilares aos princípios iluministas de igualdade. Quer o maior exemplo dentre esses (na minha opinião): J.-J. Rousseau e seu BELÍSSIMO "Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens". Então, podemos afirmar COM SEGURANÇA que o senhor Rivail era só mais um dos reaças retardados que querem propagar suas ideias higienistas e segregacionistas - como Adolf Hitler (que bebeu da mesma fonte "filosófica"). SEMPRE HOUVE QUEM NÃO COMPACTUASSE COM ABSURDOS DESSA QUALIDADE. O MAIOR DESSES FOI JESUS CRISTO!
Responder | Responder com citação | Citar
+5 # Raquel Augusta 12-11-2015 21:04
Saudações! Esta obra tem o nome de Obras póstumas. Ou seja, não foi ele a publicar com a orientação dos espíritos que o assistiam.Foi publicada após sua morte. Muita coisa era corrigida pela espiritualidade nos anos em que trabalhou. Ele disse que o espiritismo estará sempre em evolução e suas idéias também. Isso para mim não é desculpa, é fato. O que foi escrito era sua opínião( Se foi escrito mesmo) e não informações do plano superior. Kardec era um espírito com uma missão, mas também um espírito em evolução. O legal é que não precisamos crer que tudo no espiritismo é perfeito, pois nós não somos perfeitos. Se formos pensar assim vamos cometer os mesmos erros que cometemos com as religiões no mundo inteiro. Erramos, aprendemos, crescemos... Eu gosto muito da igreja católica, tenho uma ligação muito grande que acredito não vir desta vida, pois sou espírita praticamente de berço. Não me apego nos erros cometidos pela igreja no passado, hoje, minhas referências são Jesus( Claro), Francisco de Assis, Madre Tereza e adorei conhecer pelo espiritismo a história do Padre Francisco de Paula Vitor. Aprendi isso com o espiritismo , que nos ensina a seguir o que é bom no mundo. Pena que não são todos que pensam assim. Deixo os erros cometidos pela igreja no passado, hoje não faz mais parte dela. Tudo muda, tudo evolui , Kardec não seria diferente..
Responder | Responder com citação | Citar
-7 # Marilene 14-07-2015 19:12
Tentei estudar as obras de ALLAN KADUKO durante muitos anos e me recordo de em uma de suas publicações ele afirmar que nada estaria totalmente concluído na Doutrina dos Espíritos, podendo algumas ideias serem reformuladas futuramente conforme o avanço da ciência. A verdade é que a maioria dos espíritas que conheço possuem um modo meio esquizofrênico de interpretar a realidade.
Responder | Responder com citação | Citar
+5 # André 05-05-2015 15:12
Boa tarde, caro escritor. Seria bom ter colocado o texto na íntegra para que cada um faça sua análise do todo e não de trechos pinçados. Contudo, considerando ser verdadeira sua conclusão, seria interessante lembrar que Kardec era um homem, de carne e osso, sujeito a erros e vícios. Ele não é tido como uma dividade, amigo. Albert Einstin teve inúmeros ensaios, teorias e experiências frustradas, mas nenhum de seus fracassos coloca abaixo a sua contribuição histórica para a ciência e para a humanidade:a Teoria da Relatividade. Ainda que 100 teorias por ele formuladas fossem falsas, frustradas, o sucesso em apenas uma foi suficiente para mudar o mundo. Grande abraço, companheiro de jornada!!
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # Caio cedran Colombo 22-09-2015 00:15
Ahh não perca seu tempo, depois ele morre e quebra a cara mesmo kkkkkk
Responder | Responder com citação | Citar
-5 # Luiz 09-08-2015 23:28
Pensei que Kardec tivesse recebido os ensinamentos de espíritos elevados. Se tais espíritos não passam nem noções básicas para os seres humanos que são mestres em cometer erros como podemos levar a revelação espírita a sério?
Responder | Responder com citação | Citar
-5 # Paulo Ricardo 05-05-2015 23:57
Vamos primeiro fazer umas colocações aqui: 1 - A fonte analisada pelo texto está explicita e indicada no corpo do próprio texto, quem quiser pode ir lá e ler o texto puro e simples. Mas, por cortesia, vou colocar aqui o endereço do texto: http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/re/1862/04a-frenologia.html 2 - Não "pincei" nada, fiz a análise hermenêutica de um texto imbecil escrito no século XIX que é de uma puerilidade científica atroz. Não me acuse de desonestidade nas entrelinhas. Deixei de ser espírita há muito tempo. 3 - Não sou kantiano, não sou relativista. Essa é uma conclusão verdadeira, eu me guio pela realidade concreta e somente por ela. Não sou de dar orelhada. Levo muito tempo para compor esses posts para não correr o risco de ser injusto e rezo muito antes de fazê-los. 4 - Concordo com você a respeito dos erros e vícios de Kardec, que não passava de um embuste científico e um pitaqueiro intelectual de baixíssimo nível. Teologicamente, ele não tinha a menor ideia do estrago que estava fazendo. 5 - Você compara Kardec com Einstein de uma forma inconcebível e sem pé nem cabeça. Discurso erístico, comigo não cola. Einstein era um cientista, como tal tateava em busca de entender as delicadas estruturas da natureza, muitas vezes utilizando-se de uma linguagem matemática. Einstein tinha plena convicção de que seu trabalho não poderia ser concluído por ele. Kardec, ao contrário, escreveu à moda positivista e não era cientista de fato, era um charlatão e falava sobre espiritualidade e teologia sim. Não é possível reduzir a teologia a termos de empirismo científico como ele queria. Comparar peixes com elefantes é moralmente inaceitável.
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # Sidnei 16-07-2015 09:45
Paulo Ricardo, o que você acha da maior propagadora da doutrina espírita no Brasil a Rede Globo de Televisão, que traz mais uma vez, em sus teledramaturgia, se não uma novela com temas gays, mais mas uma com tema espírita (entre tantas que já tiveram). O que mais me assusta nesta história toda, como o povo de bosta católico brasileiro, que não vão a Igreja, e quando vão os padres não esclarecem porcaria nenhuma, o povão é ainda mais influenciado por esta novelas com temáticas espíritas, e lá vão os católicos se tornarem ainda mais caóticos por este Brasil afora.
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # Sandro 22-04-2015 03:08
Eu achava que Allan Kardec era só um nome estranho daquele jogador de futebol que ganhou alguma fama no Palmeiras e atualmente está no São Paulo (pra você ver a minha ignorância sobre esse tema)... Mas é sempre bom tomar conhecimento desse tipo de assunto, não só como prevenção contra a influência do espiritismo, como também por ser uma forma de abrir os olhos de quem está mergulhado nesse meio. Na verdade, esse post não foi um mero hadouken, mas foi sim um verdadeiro FATALITY! Flawless Victory!
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # myria 18-04-2015 16:05
Quem segue esse tal de alan kardek é porq não tem mais o q fazer
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # Melissa 18-04-2015 02:35
Vamos pedir a intercessão de padre Rufus para exorcizar o Brasil do espiritismo? Deus nos abençoe e Salve Maria!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # André 17-04-2015 17:49
Olá Catequistas!! Estou curtindo muito o site e, o mais importante, compartilhando! Gostaria que vocês esclarecessem sobre o Concílio de Constantinopla - 553 D.C. Segundo os espíritas, nele foi abolida a reencarnação na fé católica por motivos (na minha opinião) sem qualquer fundamento. Gostaria que esclarecessem também sobre Orígenes e o que eles realmente criam sobre espíritos. A paz de Cristo e o amor de Maria.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 17-04-2015 17:52
Oi, André! Já publicamos um post desmascarando essa mentira: http://ocatequista.com.br/archives/11439 A paz de Cristo e o amor de Maria!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Roberta 17-04-2015 15:55
Perfeita análise. Rezo tds os dias para que as máscaras caiam e minha mãe e outros familiares vejam como, de fato, é esta falsa doutrina.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Dier 17-04-2015 15:49
Agora, o que fica me martelando ainda é que essas pessoas que vivenciam essas doutrinas, essas seitas, acreditam que são cristãos e ficam divididas entre um e outro mas quando se apertam em alguma coisa, saem correndo se dizendo que são católicas, dai surge esse mimimi que vemos por ai colocando e rebaixando a nossa santa igreja, aonde não é verdade. Em 2013 no último ano do curso de teologia, estavamos em debate na sala de aula, e um dos acadêmicos colocando sua teoria começou a atacar a Igreja Católica justamente sobre o caso dessa seita espirita que se auto proclama tanto espirita, quanto Católica e vemos o quanto isso degride a nossa igreja. Muitos Católicos se deixam levar por essas diferenças e acabam se afastando da verdadeira Igreja por conta disso.....Mas como disse o Padre Emanuel, daqui da minha diocese: "o bom Católico que tem a sua raiz na correta catequese e sobre os alicerces da Igreja de Cristo, pode pisar em qualquer solo que não vai se deixar levar por elas"......em geral....um ótimo post, não sou muito de comentar mas a cada artigo aprendo mais um pouco. Deus Abençoe, Paz.
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Gerado nunes 11-04-2015 22:23
Gostaria apenas de ressaltar que o candomblé, não considera Deus, Jesus, Maria do Nazareno como a perfeição do homem na terra. Para o candomblé eles são tidos como EGUNS. Qualquer religião espírita, católica ou evangélica, o candomblé, desce duras críticas, chamando santos e apóstolos de EGUNS. Fico imaginando quando um pai de santo desencarna. A quem ele vai chamar. O filho do criador ou seus filhos de santo? Fica ai a pergunta.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Gerado nunes 11-04-2015 22:20
Não é diferente do candomblé, um verdadeiro comercio a céu aberto. Quem pode pagar bem, quem não tem, pula fora. Isso sem contar com os mandos e desmandos dos pais e mães de santo, que criticam o próprio candomblé, quando um pai de santo abre uma casa de santo. O candomblé se diz perseguido. Entretanto isso não é verdade. O candomblé critica a si mesmo.
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # Gerado nunes 11-04-2015 22:16
Excelente o artigo. Nunca foi novidade para ninguém. O kardecismo sempre se achou acima da perfeição. Estranho é fato que o espírito ao desencarnar "fato este que o kardecistas tem conhecimento", teve várias passagens na terra, de acordo com sua faixa cármica. Podendo assim ser negro, branco, amarelo etc. Estranha-se o fato dos kardecistas serem racista com os espíritos que cumpriram sua missão na terra. Então temos os verdadeiros macumbeiros de luxo, que gosta de incorporar reis, rainhas, príncipes, princesas, lordes da alta corte europeia. Não vamos longe também com o candomblé, uma máquina de fazer dinheiro, onde os que tem grana, são bem tratados, até porque não existe no candomblé caridade. Existe um comércio a céu aberto, onde pais e mães de santo visam o lucro. Eis ai as religiões que o povo cai de cabeça.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # josenildo de medeiros lima 01-03-2015 16:16
Excelente artigo,aprendo muito! independente de igrejas a minha base doutrinária é a palavra de Deus.Parabéns mesmo!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # SHIRLEY 11-02-2015 13:25
Concordo plenamente em dizer que Kardec foi racista .. ele era humano passível de erros .. Mas os católicos se fazerem de lindos kk se a igreja proibia os negros de entrar nas igrejas. Grata Shirley
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # Sidnei 11-02-2015 14:38
"Concordo plenamente em dizer que Kardec foi racista .. ele era humano passível de erros .. - " É sério isto?, que gracinha. Mas o Alan Kardec não mantinha contato com espíritos iluminados o qual diziam o que era certo e o que era errado?. Horas, se ele mantinha contatos com gasparzinhos do além, estes saberiam de muito mais coisas do que nós aqui na terra, você não acha?, e daí eles diriam que negros tinham também alma, eram filhos de DEUS, e que não mereciam ser escravos, portanto, já que oe espritas, mantém contato direto com o além, saberiam de muito mais coisas do que nós e ao invés disto, apresentam muito mais ignorantes do que nós. De duas uma: os espíritos do além não sabem de porra nenhuma ou os médiuns espritas é que são verdadeiros charlatões. Isto sim é que lindcho, né, senhora Shriley ou devo dizer, senhorita.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 11-02-2015 13:51
A Igreja proibia os negros de entrarem nas igrejas? Jura? Tem alguma fonte respeitável para embasar esta sua afirmação, ou você aprendeu isso com a Tia Teteca, na escolinha? Recomendo que leia o nosso post: A Igreja e a escravidão dos negros – Cinco passos para detonar um professor mentiroso http://ocatequista.com.br/archives/6379
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Dimitri Nicolai Valeff 07-02-2015 20:49
Gostaria de estudar mais o assunto, poderiam citar as fontes do que está escrito neste texto ?
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 08-02-2015 09:53
Dimitri, as fontes das citações de Kardec estão citadas em nosso texto. Há alguma outra informação que vc necessite de fontes, além dos textos citados do Kardec?
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # sandra 27-01-2015 11:30
Olá amigos! Sou espírita e também penso ser preconceituosa a declaração de Kardec.Porém amigos, nós não nos atemos como também não seguimos a doutrina por Kardec. É certo que ele nos trouxe ensinamentos à luz do espiritismo, mas ele é mais um espírito errante como todos os outros. Foi apenas usado como muitos imperfeitos na história da humanidade. Por essas e outras somos espíritas. Não cremos sem pesquisar, não , a exemplo de kardec ,em nossa maioria julgamos quem é atrasado ou não. Eu pelo menos sigo meu caminho sem agredir a ninguém e tudo que muitas vezes pedimos é respeito. As religiões são necessárias apesar de Deus não tê las enumerado.Sempre devemos separar o homem da palavra de Deus. Aqui na terra, somos imperfeitos, sem asas, e pecamos o tempo todo. Kardec foi apenas mais um e de seus ensinamentos deixou um super importante: não devemos ter essa fé cega que é de muitos e até as palavras dele colocamos em dúvida quando nos incomoda. Espiritismo é uma ciência e não é para crer, basta saber.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rômulo 16-01-2015 17:28
Paulo, Pela primeira vez tive acesso às informações expostas por você sobre o racismo do Kardec, sou mestiço, nem raça tenho, nem por isto vejo raça acima ou abaixo, se tem pessoas com problemas, isto vale para qualquer raça. Gostaria de saber qual sua religião ... Sou espírita. Estamos longe de ter um líder religioso perfeito, todos que encarnaram cometeram erros, uns mais e outros menos, não existe exceção, e hoje podemos dizer alguma crítica. Na hierarquia Kardec não é e nem será líder religioso, foi apenas um cientista que sistematizou alguma síntese do que presenciou e escreveu algumas coisas dele mesmo. Só isso. Gostei da maioria das suas observações Paulo, não sou sectário e nem me proponho a debate, acho A GÊNESE centrada na evolução, é uma obra da ciência e por isto não é perfeita, e como mestiço não me sinto discriminado se alguém disser da necessidade evolutiva e reencarnação seja em qualquer raça; minha dificuldade sobre isto ficou para traz. Independente disto, reconheço, houve uma infelicidade no Kardec ao sobrepor raça, estamos todos no mesmo navio da evolução, e interpreto como algo a ser combatido, não acredito em um Deus que discrimina por raça, sexo, religião, cultura, posição social ou econômica. Se Deus discriminar, serei ateu. Abraços Rômulo Campos
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Paulo Ricardo 16-01-2015 18:32
Eu sou católico. Já fui espírita. Já fui ateu. Sempre fui um buscador da verdade. Sem sombra de dúvida, afirmo que a verdade é o Verbo encarnado, Nosso Senhor Jesus Cristo e somente na Santa Igreja fundada por ele está a salvação das almas humanas. Conheço bem o espiritismo e afirmo que o mesmo é filho do tempo em que surgiu, assim como o é a teoria da evolução de Darwin. Assim como é o marxismo. Em comum os três tem o espírito positivista nascido da filosofia em voga no século XIX. Eu os vejo com a visão analítica de um historiador, muito embora eu não acredite na imparcialidade, creio que o ato de conhecer é sem testemunha, meu entendimento são colocações surgidas do acúmulo de informações que adquiri ao longo dos anos, só comecei a opinar após meus 38 anos de idade. Claro que, por não ter a plenitude de Graça de um Santo, erro bastante. Tento corrigir na medida que meu conhecimento permite. Com base nisso, afirmo que, o problema do espiritismo é o mesmo de ambos citados junto a ele. A tentativa medonha de limitar a existência humana dentro de uma receita de bolo. A Santa Igreja não nega o fenômeno espírita, seria loucura, mas a mesma adverte que não deve ser feita a comunicação com os mortos. Quanto a evolução, não esqueça que não é uma Lei, apenas uma teoria e essa mesma teoria carece de uma série de problemas, o principal é que a mesma incorre em tautologia, que é raciocínio circular - popularmente conhecido como "efeito tostines". Gostei do seu modo de colocar a coisa. Mas o assunto que você levantou é muito complexo. não dá pra responder em postagem de blog. Melhor será - e esse foi o motivo principal porque escrevi esta resposta - se você procurar e ler o seguinte livro: Darwinismo Moral - Quando Nos Tornamos Hedonistas. De Benjamin Wiker. A partir dele você terá subsídios para entender melhor sobre os problemas mais profundos da doutrina espírita. Infelizmente, os espíritas se prendem a frases bonitinhas, e mensagens positivas de paz e amor e não veem o mal que reside aí. Esse conhecimento vai muito além do que oferece a maioria dos estudos espíritas. Ninguém me contou meu amigo, eu descobri sozinho, por pura curiosidade. Fique na paz e que Deus o ilumine. P.S.: Deus não descrimina, e, da mesma forma, independe da nossa vontade para existir. Isso é algo simples, mas que a maioria dos ateus é incapaz de compreender.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Flávio Cleber 13-01-2015 17:31
Pois é, mas a igreja no tempo da escravidão afirmava que os negros não tinham alma. e lembre-se que foi a igreja católica juntamente com os portugueses e espanhóis que foram responsáveis pelo maior genocídio da história onde milhões de indios foram dezimados por serem inferiores segundo a igreja E aí? A igreja não quer que falem de seus equívocos passados, mas pode falar dos equívocos das outras religiões? Sejamos mais humildes e voltemos para as palavras de Cristo. Fiquem com Deus.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 14-01-2015 11:35
Oi, Flávio! Essas suas afirmações sobre a Igreja são fruto de pura doutrinação escolar e midiática. A Igreja jamais disse que os negros não tinham alma, até porque o Norte da África, antes de ser tomado pelos muçulmanos, era quase todo cristão. E dali vieram tantos de nossos santos negros, como santa Felicidade. Sobre isso, já escrevemos um post: A Igreja e a escravidão dos negros – Cinco passos para detonar um professor mentiroso http://ocatequista.com.br/archives/6379 Sobre os índios, essa é outra grave desinformação sua. Milhares de índios foram dizimados pelos bandeirantes, contra os quais os padres jesuítas tantas vezes fizeram oposição, chegando mesmo a morrer defendendo as aldeias. Quem diz isso são estudiosos renomados, e apresentamos fontes para você verificar. Leia: A cultura indígena é prejudicada pela evangelização? http://ocatequista.com.br/archives/12750
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Clotildes Guimarães Prata 08-01-2015 12:42
Jesus disse Em Mt 12 33 "Ou dizeis que a árvore é boa e seu fruto bom, ou dizeis que é má e seu fruto mau; porque é pelo fruto que se conhece A ÁRVORE. Logo, se Alan Kardec escreveu sobre o negro como sendo inferior-, errou: FRUTO MAU. Outra pessoa comentou que o católico consulta mortos, os santos. NÓS NÃO CONSULTAMOS NEM DIALOGAMOS COM OS MORTOS. NEM CHAMAMOS A NOSSA PRESENÇA NENHUM SANTO: NÓS PEDIMOS a INTERCESSÃO DO SANTO. PEDIR INTERCESSÃO, EM ORAÇÃO NÃO é COMUNICAÇÃO COM MORTOS. OS SANTOS CONTINUAM NO CÉU MAS NÃO SÃO SURDOS. ÊRRO GRAVE de interpretação.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Jorge Sao 14-12-2014 09:06
Esse artigo é sensacional.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Dani 22-10-2014 20:11
Pois é, mas a igreja no tempo da escravidão afirmava que os negros não tinham alma. E aí? A igreja não quer que falem de seus equívocos passados, mas pode falar dos equívocos das outras religiões? Sejamos mais humildes e voltemos para as palavras de Cristo. Fiquem com Deus.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 22-10-2014 20:15
Pois é, mas você é mais um que repete as asneiras que dizem por aí, sem o menor fundamento histórico. A Igreja em tempo algum afirmou uma atrocidade dessas. Leia e se informe: A Igreja e a escravidão dos negros – Cinco passos para detonar um professor mentiroso http://ocatequista.com.br/archives/6379
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Deyse Wozniak 30-09-2014 12:28
Minha pergunta é: como um espirito q se reconhece inferior pode se ajudar a evoluir?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Vinicius 09-09-2014 16:20
Olá pessoal. boa noite. encontrei o site o catequista após a questão da menina que gritou "macaco" ao goleiro aranha e isso me fez ressuscitar esse assunto em que kardec na revista espirita publicou o artigo sobre a perfectibilidade da raça negra. Sou espirita e tenho conhecimento desse artigo há uns dez anos mais ou menos e quando volto a ele de fato me dá uma certa decepção. Faço parte daqueles que engolem em seco tal artigo, ignorando-o totalmente, mas eu particularmente reconheço tratar-se de algo muito, mas muito fora de proposito. Atualmente trabalho como voluntário em um centro espirita de são paulo, nunca, nunca abordamos esse artigo, não tenho nem coragem de colocá-lo em questão. O que me move na doutrina espirita é tão somente ajudar o próximo, sei que na igreja católica também se pode ajudar. Tem outros livros bacanas e interessantes. Infelizmente nós espiritas carregamos esse "joio" das opiniões preconceituosas de kardec.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 09-09-2014 16:43
"O que me move na doutrina espirita é tão somente ajudar o próximo..." Essa intenção parte do coração de Deus! Que Ele o conduza sempre mais pelos caminhos da verdade e da caridade. Você é o primeiro espírita que nos escreve com essa visão tão límpida sobre essas palavras de Kardec. Porque os demais nos escreveram buscando justificar Kardec, dizendo que ele foi "vítima" da Ciência limitada de sua época, enfim. É muito bom receber mensagens de pessoas intelectualmente honestas.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Rafaela 02-05-2014 13:19
Dumollard de centro-africano nada tinha. Era francês, puríssimo. Esse informação está imprecisa!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 18-02-2014 15:44
Uma menina chamada Ana Carolina postou essa mensagem na nossa fanpage: Kardek viveu no século XVIII. Nessa época floresciam ideias sobre o evolucionismo e sobre raças. Esta ideia de Kardek é na verdade de Leon Denis, seu real nome, e não como transmissor da doutrina espírita. Vale lembrar que ele era um professor universitário que acreditava nas ideias iluministas de evolução das raças. Isso não tem absolutamente nada a ver com a doutrina espírita, pois toda a doutrina ensinada não é de Kardec e sim de espíritos superiores que se manifestaram através dele pela mediunidade. Essa frase não compõe os livros que norteiam a doutrina espírita, sendo assim não deve ser aplicada ao espiritismo. Kardec foi um humano como todos nós e sofreu influência da cultura vigente em sua epoca como qualquer pessoa. A biblia mesmo é cheia de trechos preconceituosos. Toda pessoa que se presa estuda a contextualização e não uma frase solta. Sinceramente não me importa se o homem Alan Kardec era preconceituoso ou não. Para mim o que importa foi a doutrina que os espíritos passaram para ele. Essa não tem nada de racista e preconceituosa. EU RESPONDI: Ana, isso faz parte SIM da doutrina, porque Kardec, em seu artigo sobre a perfectibilidade da raça negra, fala claramente que está unindo ali a doutrina espírita e o conhecimento "científico". Certamente, essa doutrina foi descartada posteriormente pelos espíritas. Ademais, Leon Denis não era o real nome de Kardec. Leon Denis era outro sujeito, amigo de Kardec, outro teórico do espiritismo. O nome real de Kardec era Hippolyte León Denizard Rivail. ELA RESPONDEU: Repito, isso não faz parte da doutrina. A doutrina espírita é baseada em 5 livros: O evangelho segundo o espiritismo, o Livro dos Espíritos, o Livro dos médiuns, a gênese e O céu e o Inferno. Isso é a doutrina que deve ser estudada e analisada. Kardec somente foi o compliador dessas obras, de origem mediúnica e não dele. EU RESPONDI: Ana Carolina, então vc confirma que "A Gênese" baseia a doutrina espírita, certo? Ótimo! Pois essa obra confirma as teorias racistas de Kardec: “O progresso não foi, pois, uniforme em toda a espécie humana; as raças mais inteligentes naturalmente progrediram mais que as outras (...). Com efeito, seria impossível atribuir a mesma antiguidade de criação aos selvagens que mal se distinguem dos macacos, que aos chineses, e ainda menos aos europeus civilizados.” (“A gênese”, cap. XI, item 32) A ELA, SÓ RESTOU DESVIAR O FOCO DO ASSUNTO, vindo com mimimi de que nossa atitude não é cristã, que estamos julgando, de que somos intolerantes...mimimi. Argumento que é bom, cessou.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Christiane 18-02-2014 17:56
Kkkkkkkkkkkkkkkk! Contra fatos, não há argumentos! Ela mesma puxou a corda no pesçoço!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # solange 18-02-2014 12:10
Gostaria de saber não por Kardec claro ,pois já foi. Mas por adeptos desse conceito sobre negros. O que acham de: Lutter King,Mandela,O nosso Pres. do Supremo Dr. Joaquim,e tantos negros que marcaram épocas no mundo com suas idéias e ideais . Pessoas que deixaram uma marca. Pessoas de um caráter e beleza dentro de sua aparência física indiscutìvel.Isso visto dos parâmetros do que chamam beleza. Esses fora tantos artistas importantes que foram e o que temos entre nós. Penso que realmente encontrei o Anti-Cristo pois quem é contra os mandamentos de Deus é contra êle. Que pena sempre respeitei muito a pol[itica religiosa do Espiritismo: baseada no amor e caridade. Sou Católica e continuarei sendo cada dia mais sinto que estou no caminho certo. Amém, espero em Jesusque pessoas leiam esse texto e abram seus olhos.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 18-02-2014 12:30
Solange, os espíritas de hoje, em geral, rejeitam essa doutrina racista de Kardec. Porém, eles tentam desculpar o homem, dizendo que esse pensamento era fruto de seu tempo, era normal ser racista naquela época e tals. E, principalmente, mentem para si mesmos ao dizer que tal pensamento nunca fez parte da doutrina espírita, que era uma opinião isolada de Kardec.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # José Augusto 18-02-2014 09:40
kkkkkk Acho mt engraçado eles falarem de Jesus, (com a boca cheia, peito estufado), sendo que NEM ELES acreditam na ressurreição kkkkkkkkk parece piada kkkkkk
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Lu 17-02-2014 22:30
Isso mostra o tamanho da ignorância e a tremenda falta de conhecimento de tal criatura pouco evoluída.Sejamos mais sensatos ao ouvir certas declarações vindas de pessoas que pensam tão pequeno assim. Vergonha total!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Adam 17-02-2014 15:03
O que mais assusta é ver que esses textos estão em um site espírita, de fácil e livre acesso para qualquer pessoa, para qualquer espírita...
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # Douglas Pereira 17-02-2014 12:29
Mais um excelente post :) Dá uma vontade imensa de falar tudo isso pros espíritas que eu conheço, mas sei que seria comprar briga com esses "não ledores de biblia". Mas posso usar isso para não deixar as pessoas entrarem no espiritismo. Deus seja louvado, paz e bem
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # José António de Carvalho 17-02-2014 11:25
Na minha cidade há um núcleo de espíritas e utilizam a doutrina católica, embora acrescentarem algumas palavras nas orações, tais como o credo, o Pai Nosso e a Ave Maria. Comunicam-se com os mortos e dizem que as mensagens que recebem deles são da Mãe de Lourdes. Bem, não estou aqui para julgar ninguém, aliás quem sou eu para o fazer? Todavia, convém separar-se as coisas. Ou é espírita, ou é católico. Para tal, compõe orações próprias e não adulterar as católicas já existentes.
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Alexandre 29-01-2014 11:19
- Bastante inteligente a matéria!Quero dar meus parabéns a quem postou, e digo que vou aproveita-la! Quero aproveitar também e deixar algumas passagens da Bíblia Sagrada que é a Palavra de Deus, sobre o espiritismo: Consultar os mortos: Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti. Deuteronômio 18:10-12 - A palavra de Deus é bem clara quanto a posição do Senhor Deus,Criador de todas as coisas referente a falar com os mortos : ABOMINAÇÃO. Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos? Isaías 8:19 - Tais práticas foram a razão pela qual Deus rejeitou as nações que tinham ocupado a terra de Canaã. Ele advertiu seu povo a não imitar esses pecados, porque eles sofreriam a mesma punição de expulsão da terra. - O que vemos também com o Brasil, que não melhora, mas só piora, é por conta da consulta exacerbada aos mortos; - Espíritismo, Ubandismo e suas vertentes, Voodo, bruxaria, Catolicismo... Católicos consultam os mortos??? - Sim, consultam a partir do momento que uma pessoa pede a um morto, mesmo que seja um "santo" morto para mediar ou pedir uma "graça".Pois qual a diferença entre pedir algo a um "espírito qualquer" e um "santo"??? - Mas não posso responder por mim mesmo. Vamos a Bíblia, e somente com este versículo abaixo, elimina qualquer tipo de petição a Deus sem ser diretamente com Cristo Jesus: Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. 1 Timóteo 2:5 Para meditação: Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele. Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras. 1 Tessalonicenses 4:14-18 Que a Paz de Cristo Jesus encham seus corações.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 14-05-2014 11:29
Olá, Alexandre! Tenho que lhe informar que a interpretação que os protestantes fazem da Bíblia sobre a intercessão dos mortos está completamente equivocada. E, quando São Paulo em Tessalonicences se referem aos "que dormem", e´só um modo de falar. Pois, no Apocalipse, você verá que João tem a visão das almas do justos bem acordadinhas, pedindo justiça a Deus sob o altar. Acabamos de publicar um post que pode lhe ajudar a entender essa questão: Que a Paz de Jesus esteja contigo!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # raphael 06-01-2014 14:45
Pessoal, precisam consultar o significado de racismo: Racismo é o preconceito onde se quer segregar a raça ou eliminá-la e Kardec, mesmo equivocado sobre os negros, em nenhum momento coloca a falta de caridade sobre eles, muito pelo contrário, diz que são crianças que muito há a ensinar. É necessário a verificação correta dos fatos, se não, nada adianta estas constatações que são irreais.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Paulo Ricardo Costa 17-02-2014 12:11
Veja a resposta da Catequista. Não fique enchendo com circunlóquios relativistas. Racismo é racismo, ponto final. Agora, se você quer acreditar na ajuda perfeita do gasparzinho, problema seu.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 06-01-2014 14:58
Seu conceito está equivocado, Raphael. Racismo é o entendimento de que um grupo racial é superior a outro. A segregação e o eventual desejo de eliminação daquele que se acredita pertencente a uma "raça" inferior são só as consequências nefastas do racismo, e não racismo em si. Sendo assim, Kardec era sim racista, pois afirmava que os negros intelectualmente e espiritualmente inferiores aos brancos.
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # JOEL 17-12-2013 17:02
VIXE! SE O CARA MAIS ILUSTRE E INTELIGENTE DELES FALAVA ESSAS ASNEIRAS, FICO IMAGINANDO OS "DESPROVIDOS DE INTELIGÊNCIA". DURO É IMAGINAR QUE TEM GENTE QUE NUNCA LEU NADA SOBRE A IGREJA CATÓLICA E VEM DIZER PRA TODO MUNDO OUVIR: "A IGREJA É CONTRA A CIÊNCIA" OU "A IGREJA ENSINA É A PROSTITUTA DO APOCALIPSE". NA VERDADE O QUE É MENTIRA, O QUE É ABSURDO GANHA STATUS DE VERDADE; E O QUE É VERDADE E MERECE TODO NOSSO RESPEITO CAI NO ESQUECIMENTO OU NO RIDÍCULO POR CONTA DA IGNORÂNCIA DE UNS QUE NÃO BUSCAM INFORMAÇÃO E DE OUTRO LADO, POR CAUSA DE INDIVIDUOS QUE QUEREM DESTRUIR A IMAGEM DA IGREJA. TÁ NA HORA DO CATÓLICO SE INFORMAR E ABRAÇAR ESSA FÉ TÃO LINDA QUE TEMOS.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Wanderley Serrou 09-09-2013 12:47
Catequista, Fui católico, me afastei, não pelos ''erros'' da Igreja, mas pela falta de respostas. Perambulei sem vínculo religioso por algum tempo. Encontrei no Espiritismo a maioria das respostas que o Catolicismo me devia às dúvidas. Essa questão levantada sobre Kardec, e que fazem parecer que este era realmente a visão dele, mas não corresponde ao contexto do corpo da doutrina por ele compilada. Todo o corpo da doutrina espírita, que os adeptos não atribuem à Kardec, mas à espíritos (que são os mesmo mensageiros = angelus conforme a Bíblia), portanto, há partes que são da lavra do mestre lionês, um homem que sempre esteve ligado à ciência. O que me admira, e isso é comum as demais crenças, é o adepto católico parabenizar o redator, sem entretanto ler sequer um dos livros citados, ou pesquisar sobre os fundamentos daquela filosofia, mas assim também faziam os pagãos. Encerrando, não tem fundamento à um adepto da Doutrina Espirita esposar simpatia por pensamentos racistas, o que por consequência, dizer que Kardec era um ''racista brutal e grosseiro'' nas palavras de um certo padre, além de não ficar bem soa haver uma certa má intenção do articulista, já que o histórico de vida de Allan Kardec não consubstancia a hipótese exposta. Abraço fraterno. W.S.Camy
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # JOEL 17-12-2013 17:18
HÁ MUITO O SENHOR TEM ENSINADO À SEUS FILHOR QUE NÃO CABE A NÓS BUSCAR RESPOSTAS E SIM TER FÉ NAQUILO QUE ELE VEIO NOS REVELAR ATRAVÉS DOS EVANGELHOS. NELES TEMOS TODO O NECESSÁRIO PARA QUE TENHAMOS PAZ E ESPERANÇA, AMOR E MISERICÓRDIA. SE NÃO ENTENDEMOS CERTAS COISAS QUE ACONTEÇAM EM NOSSAS VIDAS É POR QUE NOSSA MISÉRIA NÃO NOS PERMITE QUE ENTENDAMOS. MAS TENHO CERTEZA DE QUE NO MOMENTO OPORTUNO, NOS SERÁ DADO O ENTENDIMENTO. ATÉ LÁ, NOS CABE CONFIAR NO SENHOR E SÓ NELE ESPERAR. ISSO SE CHAMA FÉ. À VOCÊ WANDERLEY, PAZ DE CRISTO.
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # A Catequista 09-09-2013 13:10
Wanderley, Nosso objetivo não é cutucar os espíritas. Os diversos artigos que publicamos aqui sobre o espiritismo visam apenas alertar os católicos sobre a impossibilidade de ser católico e espírita ao mesmo tempo. Ou bem o cara é católico, ou bem o cara é espírita. Os dois, não tem cabimento. Não tem lógica. Não afirmamos aqui em nenhum momento que os espíritas são racistas ou tenham alguma simpatia por esse tipo de pensamento. Bem sabemos que a quase totalidade dos espíritas atuais não corrobora com esses escritos de Kardec sobre as "raças inferiores". O que quisemos mostrar com esse artigo é que Allan Kardec não era essa pessoa "iluminada" e sábia que muitos católicos confusos pensam que ele era. Fique com Deus!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Jotacê 05-09-2013 18:50
Prezada Catequista, Obrigado pela resposta! Fico feliz em saber que pulou fora dessa barca furada com 15 anos. O "livre pensador" aqui demorou o dobro disso! E graças a Deus sua familia se afastou dessa prática. O seu conselho sobre orar o terço em intenção de meus familiares envolvidos no Espiritismo, aliado ao jejum e oração, é ouro puro. Muito obrigado! Me envergonho em dizer que não pensei no terço. Às vezes o óbvio está bem na nossa cara, e não vemos. Um grande abraço, e que Deus lhe abençoe!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # valeria 18-02-2014 11:27
Bom dia Jotace vc ja leu sobre Demonologia. te indico um livro que poderá te ajudar. Tratado de Demonologia e manual de exorcismo. Padre Jose Antonio Fortea,ele é um padre exorcista da Espanha. Vai ser de grande ajuda para vc tbm tem as obras do padre Gabriele Amorth um exorcista do vaticano ambos experiente no assunto do sobrenatural. ate colega
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Andréia 05-09-2013 18:42
Nossa, eu nasci, e cresci e fui muito bem educada pelos meus primeiros catequistas, (meus pais) na Igreja Católica, mas sempre tive curiosidade sobre o "passe" e tal... algumas pessoas diziam que era uma energia muito boa que recebia, que eu era preconceituosa e ignorante com os espíritas, eles eram caridosos e tal e um monte de coisa ... Então um dia quase fui pra conhecer por curiosidade e pra não ter preconceito, mas uma força maior ( com certeza uma força divina), não me deixou ir, desisti e nunca mais pensei no assunto, pelo contrario refleti e vi, que por um minuto de besteira quase perderia todos ensinamentos que me foram me passado, por pura preguiça de ler e entender as coisas ...Hoje estou mais firme na fé e também mais adulta claro... e ter encontrado o Blog do O Catequista e do Padre Paulo Ricardo, nossa não tenho nem palavras pra dizer o quanto é enriquecedor para minha fé!!!!! Obrigada por você existirem... Paz e bem!!!!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Jotacê 05-09-2013 18:08
Obrigado pela resposta, André. Pois é, como pessoas muito próximas a mim "recebem" essas "entidades" e não cobram um níquel por isso, fico muito mais aflito com a situação do que se fossem trambiqueiros... Fazendo uma alegoria: eu via que o "rádio" deles captava alguma coisa. Minha pergunta é: qual é a estação? Sobre o que você disse ao final: "Em alguns meios cardecistas a coisa foge um pouco desse script porque eles tem uma doutrina mais elaborada, então tem muita gente que vai para lá atraído por isso, mesmo sem ter 'sensações físicas'." Pois é, era o caso do papai aqui. Eu me achava um livre-pensador, que não se "rebaixava" frente a Igreja Católica, para mim tão retógrada, afundada em "rituais inúteis" e "ostentações". O Espiritismo sim, era a verdade, o futuro! Hoje, posso afirmar, se arrependimento matasse, eu já seria figurante do "The Walking Dead"... Um grande abraço!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # A Catequista 05-09-2013 18:27
Jotacê, Desde que me entendo por gente, tenho memória de pessoas "incorporando espíritos" em minha casa. Nasci e cresci em uma família umbandista (que jurava que era católica), e nessa religião eu me criei até os 15 anos, quando abracei a fé católica sem divisões. Meus parentes jamais cobraram nada pelas consultas que seus "guias" davam. Não eram mentirosos nem trambiqueiros. A Igreja Católica, até onde sei, não tem uma afirmação conclusiva sobre esses fenômenos: alguns dizem que é autossugestão; outros dizem que, ao menos em alguns casos, é possessão. Mas não há nenhuma palavra final. Mas, seja lá o que for, é bem pequeno, é uma poeira diante da força e da beleza de Jesus Cristo. Hoje, nenhum de nós frequenta centros de umbanda ou cultiva qualquer prática espírita. Minha irmã mais velha é evangélica (de uma igreja Batista bem tradicional) e posso dizer que ela está bem melhor hoje do que no tempo de nossas bateções de tambor, rsrs. Confie no Senhor e ore o terço pela sua família. Se você perseverar na oração e jejum, um milagre pode acontecer. Abraço!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Junior Ribeiro 05-09-2013 18:07
Cara, a cada dia eu mais tenho aversão a esse gnosticismo fajuto chamado espiritismo. Sou mulato (negro desbotado... heheh) com muito orgulho! Seria um sonho casar com uma bela negra de olhos brilhantes e ter filhos lindos e com certeza inteligentes e prontos para a Graça de Nosso Senhor, o verdadeiro, não uma energia ridícula que essas seitas pregam! Valeu, Paulo, continue sua missão!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # André C.A. 05-09-2013 17:53
Jotacê, Tem algumas explicações para isso - dentro de uma perspectiva católica - e não sei se há certeza sobre qual é a verdadeira ou se existe um pouco de cada caso. 1) Há quem diga que são demônios. 2) Há quem diga que é histeria. 3) Há quem diga que existem pessoas mais sensíveis. e que conseguem captar algumas coisas intuitivamente, por isso às vezes ocorrem alguns prodígios e acertos. 4) Há quem diga que é trambique. Eu acho que as quatro opções são possíveis e, na maioria dos casos, muitas delas se mesclam. Por exemplo, não é nada incomum ver uma pessoa intuitiva, meio histérica, impressionada com um trambiqueiro (dono do ambiente), pertencendo a esses meios. Isso pra não ter que apelar para explicações mais espirituais. É comum também ver pessoas que se consideram muito "divinatórias", mas que, se acertam 1, erram 20 (mas que fingem para elas mesmas que não erraram). Em alguns meios cardecistas a coisa foge um pouco desse script porque eles tem uma doutrina mais elaborada, então tem muita gente que vai para lá atraído por isso, mesmo sem ter "sensações físicas". Essa é a minha impressão. Acho que os catequistas poderão dizer algo melhor.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Pe. Glauco 06-09-2013 13:16
André, No contexto católico, pode-se adicionar um quinto item, para a contribuição que a Parapsicologia nos oferece para fenômenos como esse. Um abraço!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Paulo Ricardo Costa Pinto 05-09-2013 19:59
Resposta perfeita! Perfect!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Jotacê 05-09-2013 16:50
"O espiritismo carrega em sua matriz filosófica muito daquilo de mais podre que o positivismo cientificista legou ao mundo. Sob um verniz de caridade, esconde-se um monstro, um monstro que esse blogueiro aqui alimentou por muito tempo; depois de muita meditação e estudo, ao pedir perdão ao verdadeiro Deus, deixou-o para trás faminto, sem se arrepender um minuto sequer." = Identificação TOTAL com esse trecho do artigo. Do final da minha infância à plenitude de minha fase adulta, deixei-me enganar totalmente por essa aberração chamada Espiritismo (e, para piorar, ainda por cima convivia também com outro monstro, de nome Umbanda). Somente por volta de 2006/2007, já com cerca de 30 anos, e após passar por uma fase de ateísmo (que não existe, posso garantir; o que existe realmente é "anti-teísmo"), voltei à Igreja, e ainda estou retornando, entre passos e tropeços. Rcentemente, ganhei de presente de minha esposa um Catecismo da Igreja Católica, e o estou estudando; também escuto todos os programas do Pe. Paulo Ricardo. Mas posso garantir: é difícil se livrar de crenças errôneas, profundamente arraigadas no cérebro. O verniz de cientificismo e racionalismo da seita do "Druidoidão" é um verdadeiro "canto de sereia" para almas orgulhosas como eu, que tem propensão ao intelectualismo. Mas com a ajuda de Deus, Nossa Senhora e do meu Anjo da Guarda, chegarei a ser um católico de verdade, se Deus quiser. Só tenho uma grande dúvida (eu meio que deduzi a resposta, mas ela me apavora um puco; então, gostaria de uma confirmação): tenho parentes amados que continuam nesse engano; um deles ainda conseguiu descer mais baixo, e descambou para o Candombé; muitos incorporavam/incorporam entidades. Então, posso dizer que não há um fingimento por parte deles. Ora, há poucos dias ouvi, do Professor Felipe Aquino, algo muito lógico: Deus não deixa a alma penar, vagar à toa e perdida no mundo. Logo, essas pessoas que me são próximas não incorporam espíritos, mas incorporam "alguma coisa". Indago: o que se passa nesses atos? Histeria? Ou... Algo pior? Agradeceria muito, muito mesmo se eu recebesse alguma resposta, pois essa questão me aflige. Um grande abraço, e que Deus abençoe a vocês todos!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Paulo Ricardo Costa Pinto 05-09-2013 19:58
Jotacê, O fenômeno existe, é um fato. A questão aqui é: é lícita a comunicação com os mortos? A Bíblia diz que não (nos outros posts dessa série, que termina, por hora, aqui, tratamos disso). E mais uma coisa: por que um espírito que se encontra na Luz de Deus precisa de um "cavalo"? A licitude é o ponto focal aqui. Mas fique certo de uma coisa, nada que o positivismo legou ao mundo presta, vide, além do espiritismo, o próprio marxismo. Fique em paz.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # paula 05-09-2013 13:30
Paulo, tô chocada tudo isso é novo pra mim! Infelizmente o espiritismo é muito presente no meu Recife. Agora sei porque dei carona a uma amiga ela pediu pra ser deixada em um centro e disse assim " Paula não te convido porque sei que és catölica" muito grata por esse não convite.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Carmen Lucia Koppe 05-09-2013 11:37
Recebi a dia do site de vocês de uma catequista amiga, como sou catequista e Coordenadora de Catequese quero dizer que gostei muito deste site. Espero que mandem muito mais reportagens, principalmente sobre outras religiões. Olhando este site percebi que sou uma Católica pela metade. Estou aprendendo muito com vocês. PARABÉNS.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Augusto 04-09-2013 22:35
a europa só teve o UP científico-tecnológico por causa das universidades da Igreja Católica, a mesma que esse vadio declarou guerra. Qualquer continente que tivesse tido a graça de ter séculos de orientação católica também receberia esse UP. Eu já li até um jornalista chinês falando isso. Ou seja, cor de pele não significa nada. Graças a Deus sou católico. A crença que sustenta que humano nenhum é inferior a outro, seja por sua cor de pele, status social, etc. A crença que recebe de braços abertos brancos como São Francisco de Assis, negros como São Moisés Negro, Asiáticos como São Kim Degun e indígenas como San Juan Diego. Sou um católico negro com muita honra!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # JR 04-09-2013 18:27
Traduzindo: Allan Kardec além de ter sido um doido foi um grande racista. Como alguém pode acreditar nesse cara? Francamente! E aí, vão processar o espiritismo por racismo?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Mayara Affonso 04-09-2013 17:33
Ótimo post como sempre. Obrigada por colocar os links das próprias páginas espíritas. É sempre bom fazer tudo mundo ir na fonte para verem que não é nada fantasioso ou direcionado. Agora alguém "manda descer o espírito" do Kardec aí, para que eu - negra - possa processá-lo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Rezemos.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Ju Fidélis 04-09-2013 15:04
Caramba!!! Agradeço a Deus por nascer e crescer na Igreja Católica!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # jonas 04-09-2013 14:49
muito bom Paulo obrigado a vcs ai,que estão sempre contribuindo com o crescimento da minha FÉ,esclarecendo aspectos importantes e oferecendo subsídios deliciosos. A Paz de Jesus e o Amor de Maria abraços
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Juliano 04-09-2013 14:42
Eu já ouvi isso também,dos espíritas, que os negros são uma raça inferior. Mas já ouvi isso de evangélico também, que os negros são amaldiçoados, são a descendência de Caim (???). Ninguém merece!!!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Ligia Cassia 04-09-2013 12:09
Então...a filha de Deus aqui, que vos escreve, andou por essa podridão toda e sempre falei isso. Quase fui crucificada de cabeça prá baixo qdo. questionei isso e mais um tanto de outros pensamentos racistas e demoníacos desta criatura. Que bom que não estou sozinha nisso! Obrigada Catequista por revelarem a verdade. Quem não quiser aceitar, que se lasque, desculpe. Mais óbvio impossível. É só pesquisar, aliás, fácil: o livro "Obras Póstumas" tem mais "pérolas" desse degenerado. Parabéns!
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Paulo Ricardo Costa 17-02-2014 12:18
Parabéns Lígia, que Deus te ilumine e conduza à Vida Eterna.
Responder | Responder com citação | Citar
-2 # Cristiano Estolano 04-09-2013 12:01
Perfeito, Paulo! E peço orações para que consiga ajudar aos meus familiares por parte de pai (inclusive), todos negros, a abrirem seus olhos a tais aberrações e saírem do caminho do inferno!
Responder | Responder com citação | Citar
-4 # David A. Conceição 04-09-2013 11:58
É essa a "doutrina linda e pura" que os espíritas arrotam com tanto gosto ter encontrado? Sei...
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # Maurício Spínola 04-09-2013 11:56
Graças a Deus me converti e por gratidão eterna ao Pai, defenderei sempre Sua Igreja. Estudei o espiritismo e frequentei as sessões e posso dizer quanta mentira, falsidade e ilusão existe nesta falsa doutrina, falsa religião, falso cristianismo.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Regimario 04-09-2013 11:40
Segura aí meu like!
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade