Jesuítas: origem e características dos Homens de Preto

homens_de_preto_jesuitas

JESUÍTAS em ação no século XVI.

A eleição do Papa Francisco, o primeiro sumo-pontífice jesuíta, colocou mais uma vez em evidência a Companhia de Jesus. Talvez nenhuma outra ordem religiosa da Igreja possua uma história tão instigante, tão cheia de aventuras e reviravoltas impressionantes. Conversões épicas, santas glórias, martírios, inveja, intrigas, calúnias…

Contaremos um pequeno resumo dessa história em dois artigos. No post de hoje, enfatizamos uma coisa: se a Companhia de Jesus não tivesse existido, é bem provável que os luteranos e calvinistas tivessem arrancado do seio da Santa Igreja um número muito maior de almas.

Com sua inteligência aguda e firmeza aliada à amabilidade, os jesuítas eram um verdadeiro exército de homens de preto, marchando com vigor contra as heresias.

Keep Calm e viaja no túnel tempo!

Estamos no século XVI…

Três estudantes, Inácio de Loyola, Pedro Fabro e Francisco Xavier, costumam se reunir em uma das salas da Universidade de Paris para falar das coisas de Deus. Em 1534, o grupo, formado por sete companheiros – os companheiros de Jesus –, decide fundar uma ordem religiosa.

Eles pretendem se colocar inteiramente a serviço do Papa e ir aonde ele mandasse, em total obediência, sem questionar.

Em 1540, o Papa Paulo III dá a sua aprovação para a nova ordem, e todos são ordenados padres. Francisco Xavier é enviado ao Oriente; Fabro e Canísio partem para a Alemanha, para frear a expansão do protestantismo. Em pouco tempo, a Companhia cresce e se espalha por toda a Europa; muitos jesuítas são enviados para as Américas e para a África.

Inácio fora, antes de sua conversão, um bravo soldado; agora, ele organiza a Ordem como uma máquina de guerra, composta por combatentes disciplinados, austeros, obedientes e eficientes. A meta do grupo é fazer tudo “Pela maior glória de Deus”, e sua espiritualidade é baseada nos Exercícios Espirituais de Santo Inácio.

Diferente de outros religiosos do século XVI, eles não têm o costume de mortificar o corpo com cilício ou autoflagelação. Em toda a parte e, especialmente na Península Ibérica, os jesuítas despertam a desconfiança e a crítica irada dos membros de outras ordens. Afinal, apesar de em nada contrariarem a Sã Doutrina – bem ao contrário, são seus grandes defensores – sua ação se distancia da vida monástica tradicional, e até mesmo das ordens mendicantes.

jesuitas_melchior_cano_calvino_2O ano é 1548. Melchior Cano, um influente teólogo dominicano espanhol, não tinha papas na língua para esculhambar a Companhia de Jesus. Em um sermão, em um tom violento e delirante, ele chegou a afirmar que os jesuítas são verdadeiros precursores do Anticristo, e que a degradação moral por eles difundida anuncia a aproximação do Fim dos Tempos. Seria efeito de maconha estragada?

Os calvinistas (protestantes), que tinham os jesuítas como seus maiores inimigos, ajudaram em grande parte a espalhar a lenda negra: os filhos de Santo Inácio seriam autores dos crimes mais perversos, inclusive assassinatos. Com impulso demoníaco, fariam qualquer coisa para ampliar seus poderes e favorecer os interesses políticos do Papa. Bem, nesse caso, o delírio não tem nada a ver como substâncias alucinógenas, mas com safadeza pura, mesmo.

Aumentando a fúria de seus opositores, os jesuítas avançam com uma ação pastoral ousada e inovadora, fruto de uma espiritualidade adaptada às necessidades da sociedade que os cercava.

Em Roma, entre diversas outras obras de caridade, Santo Inácio funda a Casa de Santa Marta, que acolhia prostitutas (em especial, cortesãs) que desejavam mudar de vida. Porém, em vez de despertar a admiração e o apoio de todos os católicos, a obra atrai a crítica implacável de muitos religiosos.

Frei Barbon, um franciscano, denunciou os jesuítas ao Papa. A acusação era de que, sob o pretexto de converter, eles estavam “se divertindo” com as cortesãs (muito provavelmente, uma calúnia). Tal denúncia deu muitas dores de cabeça a Santo Inácio, que teve que recorrer a diversas pessoas influentes, até conseguir que a queixa fosse retirada.

Talvez pelo fato de ter nascido no seio de uma universidade, a Companhia de Jesus atrai para si muitos homens bem instruídos. Por isso mesmo, logo nos primeiros anos após a sua fundação, sua influência cresce nas instituições educacionais, e muitos poderosos passam a ter jesuítas como diretores espirituais.

Com o passar dos anos, os jesuítas destacam-se cada vez mais no campo científico, nas mais diversas áreas. Entre os numerosos cientistas importantes que poderíamos citar, estão: o Pe. Gianbattista Riccioli, que foi a primeira pessoa a calcular a velocidade com que um corpo em queda livre acelera até o chão; o Pe, Francesco Grimaldi, que descobriu o fenômeno da difração da luz; e o Pe, Roger Boscovich, considerado o Pai da teoria atômica. Para saber mais, confira os vídeos do Dr. Thomas E. Woods (veja aqui o vídeo 1 e veja aqui o vídeo 2).

Estamos no século XVIII…

Com a crescente influência dos ideais iluministas entre os políticos e intelectuais europeus, o ódio aos valores cristãos ganha força. E, para os iluministas, a grande visibilidade e o impacto social gerado pelas atividades apostólicas da Companhia de Jesus não podem mais ser tolerados. É preciso confinar o catolicismo às sacristias, em nome de uma sociedade “laica”.

Em suma: vai dar EME.

Mas isso a gente só vai contar no próximo post. Acompanhe!

Obra consultada:

FRANCO, José Eduardo. Gênese e Mentores do anitijesuitismo na Europa Moderna. CLEPUL, Lisboa, 2012

18 comments to Jesuítas: origem e características dos Homens de Preto

  • Sdieni

    Tem protestantes que ainda hoje acreditam nas mentiras de Calvino contra os jesuítas, alguns dias atrás, ao visitar o blog do Júlio Severo, teve um que comentou que os jesuítas eram violentos e que por isto temia o novo Papa, só gostaria de saber, a onde os jesuítas algum dia utilizaram da violência para propagar o evangelho, se me apontassem pelo menos algum episódio sobre isto, aí seria algo a ser discutido, mas, simplesmente acusar por acusar, isto os protestantes são pródigos, mas demonstrar que isto aconteceu mesmo, nada. Jogar m… no ventilador para respingar e sujar todo mundo é fácil, difícil depois é limpar a a sujeira feita, pois pelo que eu sei, não levantar falso testemunho é um dos mandamento da lei de DEUS, e depois os protestantes nos acusam de idólatras quando eles cometem pecado que esta na mesma esteira da idolatria, o da calunia e difamção.

    • Sdieni (ou seria Sidnei?),
      Você tem razão: os protestantes têm um talento impenso para manchar a reputação alheia. Inventam as mentiras mais escabrosas, e espalham de tal maneira que a coisa pega.

      Quanto à suposta violência dos jesuítas, é uma grande mentira. Eles simplesmente eram homens práticos e objetivos. Se precisassem pegar em armas para defender a própria vida ou a de outros homens, alguns deles eram capazes de fazer isso (legítima defesa). Assim, muitos jesuítas pegaram em armas para defender as aldeias indígenas, nos tempos do Brasil-colônia. Temos também o epísódio da tentativa de defesa das missões guaraníticas, em que muitos jesuítas morreram tentando defender o terrítório em que viviam com os índios.

  • Correção: Vivi você misturou Pedro Canísio e Fabro.

  • Gizelle Aparecida Galvão

    Totalmente excelente esse post!!! Amei!! Vcs são muito Inspirados por Deus mesmo. É tanta coisa absurda que se ouve da Santa Igreja Católica e de seus movimentos, que não sei o que seria de nós se não existissem pessoas sensatas acima de tudo como vcs, Prof. Felipe Aquino, Dr. Thomas E. Woods e etc. Que Jesus e Nossa Senhora cubra todos vcs de muitas Bençãos!!!
    Ps.: Eu NUNCA deixaria de ser Católica mesmo se os absurdos que dizem por aí fossem verdade, mas eu fico Muito Feliz que não sejam!!
    Paz e Bem. Bjos

    • Giselle,
      Estamos buscando somente ser justos. Infelizmente, muitos jesuítas atuais, em especial na América Latina, são de dar vergonha. Mas o passado da Companhia de Jesus merece todos os louvores.

  • Que lindo!!!
    Amei o post, sou muito próximo dos Jesuítas e já tive a graça de fazer os Exercícios Espirituais!
    Inclusive existe uma versão adaptada para a Juventude, que eles fazem no RJ e em SP todo ano!
    Qualquer informação entrem nesse site: http://www.anchietanum.com.br
    Os Jesuítas sempre foram uma ordem que causava muito barulho, em especial porque o principal em sua espiritualidade é o discernimento e a busca pelo Magis! Dessa maneira não existe Jesuíta medíocre, mas todos sempre buscam entregar a vida por Cristo e seu Reino!
    Quantos às calunias, Santo Inácio dizia que começaria a se preocupar com a Companhia apenas no dia em que ela não incomodasse mais ninguém!

  • Daniel

    Amo a Companhia de Jesus do fundo do meu coração. Me pergunto o qto ela ainda n poderia contribuir para a Igreja se n tivesse sido engolida pela Teologia da Libertação

    Rezo muito para que o Papa Francisco bote uma ordem neles, pois tenho certeza que ela ainda pode (e vai fazer) muito pelo Reino de Deus

  • caros autor & autora, escrevemos parabenizando-os pelo excelente serviço prestado; esperando igualmente poder servir pela internet aos nossos irmãos e irmãs, queremos submeter a vocês nosso blog há pouco iniciado: seductisum.wordpress.com. Paz e bem. SALVE MARIA!

  • Olavo

    Eles são protestantes, se afastaram da Igreja Católica Apostólica Romana, mas não levaram a verdadeira Lei de Deus. Não levaram os Mandamentos, os Sacramentos, Nossa Senhora, os santos, a Tradição que vem dos apóstolos, modificaram a Palavra de Deus e separaram o corpo de Cristo em pedaços, e hoje precisam de afirmações, mentiras, para justificar suas igrejas que não seguem a Cristo, apenas louvores e cultos e julgamentos a verdadeira Igreja Cristã.

  • Geraldo Carvalho dos Santos

    Sou ex-aluno jesuíta e aprendi muito com eles, Dou sempre graças a Deus por isso!!!

  • Regina Silva

    Amo os jesuitas, começando com o meu grande amigo Pe Antonio Vieira

  • Carlos Eduardo

    Muito bom hein!! Se tivesse mais catequistas assim acho que não teria tanto ateuzinho brabo com Deus por aí!! hehehh

  • Ingrid Magnólia

    Gente, por que a Companhia de Jesus se chamava de Jesus e não Jesuítas? :/

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>