“A Igreja Católica está na vanguarda da bioética”

Nos dias de hoje, com tamanha facilidade de acesso à informação, quem ainda dá crédito a afirmações do tipo “a Igreja Católica se opõe ao progresso científico” é um verdadeiro bocó. A Igreja é historicamente uma das maiores financiadoras de estudos científicos do planeta.dna_igreja

O fato é que a doutrina católica é uma pedra no sapato de quem deseja fazer uso da Ciência para satisfazer a sua vaidade, seus caprichos ou seus interesses financeiros, passando por cima da dignidade humana.

A Igreja defende que a Ciência esteja a serviço da felicidade das pessoas; não deve, portanto, jamais violar os direitos dos seres humanos e ignorar a ética, por qualquer motivo que seja. A Ciência deve servir ao bem das pessoas, e não utilizá-las como meros instrumentos para alcançar resultados.

Para lançar algumas luzes sobre este tema, apresentamos a seguir o resumo de uma entrevista com o Dr. John Hass, diretor do Centro Católico de Bioética dos EUA.

*****

Entrevista com John Hass, diretor do Centro Católico de Bioética dos EUA

Publicada pela  Agência de Notícias Zenit

O Dr. John Hass, diretor do Centro Nacional Católico de Bioética dos Estados Unidos e membro proeminente do Instituto Internacional para a Cultura, foi o encarregado de pôr em marcha a segunda geração do mestrado em bioética ministrado no Centro de Pesquisa Social Avançada (CISAV), em seu novo campus, em Querétaro (México). (…)

Entrevistado por El Observador, John Hass foi enfático ao afirmar que a Igreja Católica tem uma enorme área de oportunidade nos temas que a bioética abrange. Nos Estados Unidos, a Igreja está na vanguarda. No México, através de centros de pesquisa como o CISAV, tem esse importante futuro.

Que papel a Igreja Católica está desempenhando neste debate sobre a ética e a biologia nos Estados Unidos?

bioetica_1John Hass: Uma questão que é muito interessante de observar é que a Igreja Católica esteve e está na vanguarda. O mundo inteiro fala de bioética hoje, mas devo dizer que nosso centro foi estabelecido em 1972, (…) antes de ouvirmos falar da AIDS, antes que as células estaminais fossem isoladas…

Nos Estados Unidos, depois do governo, a Igreja Católica é a entidade provedora mais importante de serviços de saúde à população. São milhões de dólares destinados pela Igreja aos serviços de saúde dos americanos, todos os anos. Isso nos levou a ser capazes de antecipar os temas que, amanhã, serão centrais na medicina e nas ciências da vida. Temos de estar preparados para enfrentá-los a partir do Evangelho.

Qual é o tema mais importante na bioética hoje?

bioetica_2John Hass: Em minha opinião, é a despersonalização e desumanização dos serviços de saúde. Os seres humanos estão sendo concebidos como carentes de direitos. A doação de órgãos se converteu em um negócio internacional. Ocorreu o mesmo com a fertilização in vitro que, nos Estados Unidos, movimenta cerca de 5 milhões de dólares por ano…

Homens e mulheres não estão sendo considerados como seres humanos, mas como material de uso para experimentos científicos, inclusive, algumas vezes, para experimentos que, na fachada, parecem ter ótimas intenções de ajudar os outros. (…)

Clonagem_ops

Vocês enfrentam a “lenda negra” de que a Igreja Católica se opõe ao progresso científico?

John Hass: (…) Nos Estados Unidos é diferente, pois se trata de um país de maioria protestante. E os protestantes acreditam que suas ideias são o que a religião é. Lutero dizia que somos salvos pela graça e somente pela fé. Para ele, a razão era perigosa. Em seu comentário à Carta aos Gálatas, diz que, se os cristãos querem se salvar, devem matar a razão e oferecê-la como um sacrifício a Deus. O problema é que muitas pessoas no meu país acreditam que “isso” faz parte de todas as religiões. Portanto, a Igreja Católica seria “irracional” e “legalista”. E nada menos perto da verdade, como mostraram os Papas João Paulo II e Bento XVI: fé e razão são as duas forças que temos para conhecer a verdade. Também nada mais afastado da verdade que dizer que os católicos rejeitam o aborto, a anticoncepção etc., porque alguém manda fazer isso, não porque descobriram a imoralidade, a inumanidade dessas práticas a partir do Evangelho, do espírito do Evangelho, da liberdade do Evangelho.

Fonte:

Agência de Notícias Zenit. “A Igreja Católica está na vanguarda da bioética”

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>