Liga dos Blogueiros Católicos – Episódio 22 – 11/10/2014

Oi Povo Católicooooooooooo!

Mais um super-hiper-mega episódio da Liga dos Blogueiros Católicos!!! Acompanhe a conversa sobre a derrota retumbante de Marina Silva depois de estar praticamente certa no segundo turno, dê risadas com as frases históricas dos debates dessa eleição, já que aparelho excretor não reproduz, entenda o que de fato os bispos estão discutindo no Sínodo da Família, surpreenda-se com a mulher que afirma ser um pônei, conheça o estudo da medicina que pode chegar à alguma pista da alma e veja o quebra-pau épico sobre Ciência X Filosofia.

Clique no vídeo abaixo e assista! É sempre surpreendente…

 

E não esqueça… Inscreva-se em nosso canal no Youtube e fique sempre por dentro de todas as atualizações da nossa programação. Se liga na Liga!

26 comments to Liga dos Blogueiros Católicos – Episódio 22 – 11/10/2014

  • Andrea

    Assunto para a liga.

    Outro dia, um noticiario na tv colocava que um casal de homossexuais femininos iria processar o laboratório que fez a inseminação artificial, pois elas eram brancas e a menina nasceu negra e para completar a discussão na bancada era se isso não era racismo. Isso tem tudo haver com o pensamento único que acaba causando uma bagunça total ou também será que estão querendo criar filhos ou comprar produtos “o produto veio com defeito e não posso devolver” e a notícia toda parece mais um jogo dos sete erros.

  • Fran

    Os socialistas defendem que o povo tem que ter só “o básico” para combater todo e qualquer tipo de desigualdade. Ninguém pode ter seu carro ou sua casa. Mas o governante é dono de fortunas nos paraísos fiscais. Um exemplo bem clichê, mas já deixa óbvio o quanto eles contrariam a si mesmos:

    Luciana Genro. Militante de esquerda, marxista, defende o socialismo (vide: Stálin e economia planificada). Mas posta no Instagram uma foto usando um MacBook:

    https://scontent-b-iad.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/10676322_563486103751294_4435519888641421219_n.jpg?oh=d0e188f5d5d64fd851620571cc6e076a&oe=54C01131

    Mas olha só, Apple não é uma empresa capitalista? Criada nos EUA, que se opôs à URSS e à esquerda durante a Guerra Fria?

    Criminalizar a maconha é oprimir os pobres. Criminalizar o aborto é oprimir a alma do Marx. Mas ela, uma socialista que só critica os “bancos e empreiteiras” (parece um CD velho, só fala disso) pode usar um computador de 4 mil reais, produzido nos EUA? Irônico, não? Só nos resta rir desse tipo de hipocrisia.

  • Edymara

    Eu queria sugerir um filme pro Filme da Liga: A noviça Rebelde. (y)

    • Edymara,

      Existe um excelente artigo sobre “A Noviça Rebelde” no blog cinematográfico do nosso amigo André Brandalise, que também participa da Liga. Veja o link:

      http://blog.comshalom.org/projecoesdefe/novica-rebelde/

      Paz e bem.

      • Edymara

        Paulo Ricardo,
        Obrigada pela dica. 😉
        Excelente artigo mesmo. Só achei curtinho, queria ler mais. Hahahahahahaha.
        A Noviça Rebelde é um dos meus filmes preferidos, já devo ter assistido umas 100 vezes e, sempre que tenho a oportunidade, apresento o filme a outras pessoas.
        É muito interessante ver o bonito desejo que a Maria tem de servir a Deus e, erroneamente, assim como muitas pessoas, ela a princípio acredita que a única forma de se fazer isso é seguindo a vida religiosa.
        É muito bonita a cena em que a madre superiora diz a ela que o convento não é local de fugir dos problemas e que o fato de ela amar o capitão Von Trapp não significa que ela ame menos a Deus, mostrando a ela que o matrimônio e a vida religiosa são modos igualmente dignos de amar e de servir a Deus.
        Também há bonitos valores retratados no filme, como o patriotismo do capitão Von Trapp (que defende a Áustria e não se submete aos avanços do nazismo sobre seu país, ainda que isso o leve a correr perigo) e a valorização de família umerosa.
        Enfim, um filme lindo e excelente. *-*
        Bendita madrugada de insônia que me permitiu assisti-lo pela primeira vez na Sessão Corujão! 😀
        Paz e bem.

  • E o tal do bolsa família já está rendendo aquilo que ele realmente traz em sua alma, do jeito que é administrado atualmente: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/mao-de-obra-emperra-setor-textil-no-ceara-1.141354
    E vai ficar pior, não só com o bolsa família, será avassalador a tal da lei da palmada, e pra terminar de enterrar o emparceiramento gay, ops, “casamento”.

  • Escrevi errado, não era pra sair “casamento”, mas sim “cagamento”.

  • Carlos

    Olá catequista Alexandre,
    Queria retomar uma fala sua no inicio do programa: “não é a direita que a gente queria”.
    Acho importante e até indispensável (não sei se você o fez no decorrer do programa) que você esclareça que esse “a gente” não se trata da igreja católica e muito menos do magistério da igreja, já que a igreja é sempre a-partidária e supra-partidária. Isso é importante ser dito, pois tudo nesse blog leva a crer que seus autores pretendem comunicar a visão católica. Nos casos em que se tratar de posições pessoais, creio que seja útil distinguir para não confundir os leitores.
    A igreja nunca indica candidatos e partidos. No máximo veta, como veta (doutrinaria e canonicamente) todos os partidos de tendencia comunista-socialista, pelas óbvios razões que o blog tem aclarado em ocasiões diversas.
    É claro que seguindo certa lógica, sendo Marina e Dilma e seus partidos vetados pela igreja (embora a nossa CNBB não tenha a simplicidade de declarar essa obviedade que é consequência natural da doutrina católica) só resta a opção (menos pior para mim) Aécio, menos sequestrada pelas poderosas forças ideológicas que acampam no atual governo. Mas ainda assim a igreja quer confiar na maturidade do eleitor cristão, não prescrevendo infantilmente o que ele deve fazer nas urnas, em questão tão de consciência pessoal. Ela dá os instrumentos para a formação da consciência mas não dita em quem devemos votar.Creio que isso precisa ficar claro num blog católico que aponta para a fidelidade à doutrina católica. A igreja(e Jesus!) não é de direita, nem centro, nem esquerda, nem conservadora, nem progressista, nem pro-capitalista e muito menos pro-socialista (embora seja inequivocamente anti-comunista-socialista). Ela é supra-partidária e supra-ideológica.

    Nesse sentido, agora falando em meu nome pessoal, creio que sobra Aécio mesmo, como o menos ameaçador seja para um povo cristão, seja para uma sociedade livre e democrática . Mas em termos de uma presença politica, o ideal seria aquele candidato que (católico ou não) encarnasse os princípios da Doutrina Social da Igreja. E essa, coitada, é uma ilustre desconhecida (e super mal interpretada, por muitos que não a leram e não gostaram dela) não só dos políticos, mas da maioria dos cristãos.

    • Carlos

      Outra questão que gostaria de comentar: sobre o artigo do tubo de ensaio PRECONCEITO ANTI-RELIGIOSO NA USP, discordo em parte do título do artigo. Pois se trata efetivamente de preconceito cientifico mesmo! Preconceito filosófico e intelectual, pois até ateus como Richard Dawkins discutem a mesma temática.

      Ou esses bonitinhos da USP acham que discutir a relação entre ciência e fé, é privilegio e monopólio dos ateus, agnósticos ou “laicos”? Essa elite uspiana é de uma arrogância tão truculenta, de uma pretensão tão idiota, de um autoritarismo tão cínico que eles nem percebem como isso põe a nu, em um verdadeiro strip-tease moral/intelectual, sua burrice crònica e sua canalhice ética.

      Infelizmente em nosso tempo, desde a ONU e governos aliados (mas com mais truculência no Brasil) o mero de fato de ser cristão faz com que o sujeito perca automaticamente sua cidadania politica, intelectual, acadêmica etc. Ou você vira um papagaio repetidor acrítico das palavras de ordem politicamente corretas ou você está ostracizado e destituído dos seus direitos mais elementares de associação, de expressão , de tomar a palavra no debate público e no espaço público.A ágora ateniense era um espaço público mil vezes mais democrático do que essa porcaria de USP, pois ali São Paulo pode fazer/propor um discurso religioso/confessional (que nem é o caso do evento em questão, pois é de índole filosófica) sem ser minimamente perturbado. Imagine a lista enorme de filósofos e cientistas célebres, inclusive ateus (Sartre, Beauvoir, Einstein, Bohr, Marlamé, Habermas, Dawkins, etc) que a USP deveria boicotar para ser coerente com o motivo alegado na censura a esse evento, pois são inúmeros os filósofos e cientistas (pro ou contra a fé) que abordaram essa questão da relação entre ciência e fé. Como pode a direção da USP se mostrar refém de exigências tao infantis, pirracentas e absurdas? Isso é a morte do debate público, substituído pela violência da chantagem histérica. Aliás esse é o clima “cultural” que predomina nos dias de hoje, praticamente em toda parte. Tempos duros para a fé, é uma especie de martírio.

  • Sidnei

    Vive, estou vendo que você aí no Rio de Janeiro estão com um abacaxi nas mãos para o governo do estado do Rio de Janeiro. Não conheço este candidato chamado Pezão, mas o Crivella se eleger, não sei o que poderá acontecer se ele como governador e pastor da Universal do macedão, qual será a relação dele com a Igreja Católica. Vocês católicos do Rio de Janeiro estão com algum temor a respeito disto?, e porque o povo do Rio de Janeiro esta apoiando o Crivella, a maioria aí deixou de ser católica? ou porque até mesmo os católicos sem noção estão dando apoio a candidatura do Crivella que poderá se torna um algoz contra a Igreja no Rio de Janeiro. Você Vivi poderia tecer algum comentário a respeito disto?.

    • Eu temo que ele imploda o Cristo Redentor. Ou obrigue a população a fazer a oração do copo d´água compulsória.Ah, ah, ah! Falando sério, estou pensando seriamente em voltar para o Ceará, o Rio de Janeiro já encheu meu saco.

      • Edymara

        Nossa! Mas a situação no Rio está tão ruim assim? :O
        E eu achando que no Ceará estava pior. Quase chorei de desgosto com os nossos candidatos a governador esse ano. :'(

      • Sidnei

        Obrigado Paulo pela resposta, você que é cearence respondeu a minha indagação e a Vivi e o Alexandre que são cariocas, não, será que isto é sinal de medo, ou de desinteresse pelo tsunami que cairá sobre o estado do Rio de Janeiro. Estou esperando seu comentário ainda, Vivi.

        • Sidnei e Edmara,

          Se vocês observarem o mapa da “catolicidade” no Brasil de hoje, verão que o Rio de Janeiro é o MENOS CATÓLICO ESTADO DO BRASIL, MAS DE MUITO, MUITO LONGE. Aquilo lá (estou escrevendo do Ceará) é um antro de pobres evangélicos folgados e ricos esnobes ateus. Eu cresci no Rio de Janeiro, vivo ali a 35 anos dos meus 42, com vindas regulares ao Ceará. Gosto de muita coisa lá, e detesto outras milhares, mas é assim em qualquer lugar no mundo, não é mesmo?
          Precisamos, nós católicos, trabalhar para recuperar o Rio de Janeiro das garras do Maiscedo, pois o Estado tem potencial e sede de Deus ainda. No Rio de Janeiro está o Cristo olhando por todos, mas não temos lá nada parecido com Aparecida, Trindade, Canindé, Belém ou Cachoeira Paulista.
          Peço a todos os leitores do catequista que orem pelo Rio de Janeiro.

  • Não tem nada a ver com o assunto, mas vale a pena dar uma olhadinha, talvez vocês já devem saber, contudo, é vivificador, e acredito que deva ser divulgado, pois é mais um ponto para a Igreja de Cristo, una, santa, católica e apostólica.
    http://cienciaconfirmaigreja.blogspot.com.br/2014/10/patena-eucaristica-com-cristo-em.html

  • Jair victor

    O catequista, vcs poderiam fazer um post sobre o sinodo dos bispos, pois nao da pra confiar nesta midia!

  • André Marques

    Nada a ver com o assunto mas precisamos de uma posição da Igreja quanto a esse relatório do sínodo dos Bispos divulgado na imprensa, que fala do acolhimento a homossexuais e casais de segundo casamento, já não basta tudo que estamos vivendo, ainda mais essa para difamar a igreja de Jesus Cristo.

  • Rivelino

    Vendo vários jornais na tv, percebo que a mídia brasileira tá desesperada para que a igreja libere o casamento gay. Sobre o sínodo dos bispos,não deveria um bispo falar mais claramente para o povo sobre esse acolhimento aos homossexuais? Porque conheço uma pessoa que falava pra todo mundo no meu trabalho que a igreja já tinha liberado o casamento gay, pois tinha visto isso no jornal. O povo acaba ficando confuso, já que a igreja diz uma coisa e a mídia distorce tudo. Parabéns pelos vídeos.

  • Carlos Augusto

    Prezados Catequistas,
    Faço coro com os comentários anterioes: sobre o Sínodo da Família. Até onde é verdade toda esta divulgação que a mídia está fazendo a respeito da aceitação da união homossexual? Confesso que está tudo mundo confuso. A mídia já dá como certa a aceitação da igreja sobre o Matrimônio gay. Até agora não encontrei uma fonte segura que esclareça o que realmente está acontecendo no Sínodo. Vocês poderiam emitir a opinião de vocês?
    Obrigado
    Fiquem com Deus.

  • Sidnei

    Vivi, mas mesmo assim tudo isto está muito confuso, e como destacou um comentarias no acidigital a respeito da matéria por você linkada que disse: “Por fim, o mais grave é a existência mesma de certas propostas, embasadas em lugares-comuns, já rechaçadas anteriormente e evidentemente contrárias à fé da Igreja.”, ou seja, se a Igreja bateu o martelo a anos de que as relações homossexuais são desordenadas e que não existe e não deve haver casamentos gays, então porque a Igreja esta discutindo isto?. E por isto que muitos católicos estão torcendo o nariz para este sínodo, pois parece que tem algo de podre nesta história toda, qualquer manobra desastrada deste sínodo aprovado pelo Papa Francisco de relaxar o ensino moral da Igreja em beneficio dos casais de segunda união e dos gays, o estrago será tão grande que poderá haver uma segunda reforma protestante (que ironia, perto de completar os 500 anos das reforma protestante de Lutero). Espero que os bispos, e o Papa não venha façam nenhuma besteira, e que as informações sejam mais claras possíveis, e não ambíguas como estão acontecendo, pois assim como está não dá, ou as informações vem mais esclarecedoras possíveis, ou a mídia e os grupos gays farão mais estardalhaço ainda sobre este sínodo.

  • André Marques

    Eu sinceramente amo a Igreja Católica por ela ter sido fundada por Jesus Cristo, mas se o Papa aprovar tais heresias não sei o que será da Igreja de Jesus Cristo não. No meu trabalho está a maior curtição com a minha cara e eu sem saber o que dizer, fico com a cara no chão aguardando uma posição oficial do Papa.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>