A ameaça à vida do Papa, a dor de um povo e a cara-de-pau do “Fantástico”

atentado_papa

A imprensa brasileira está repercutindo a notícia dada pelo jornal italiano “Il Tempo” de que os jihadistas islâmicos planejam matar o Papa Francisco (Veja). A informação teria vindo de membros do serviço secreto italiano. Seria um alarme falso? Parece que não.

Vamos pensar: Hitler tinha um plano para matar Pio XII (ACI); há fortes indícios de que a KGB teria ordenado o atentado a São João Paulo II (Terra). Depois dos nazistas e comunistas, agora são os jihadistas que buscam subjugar todos os povos. Como vemos, o Papa sempre está na mira dos candidatos a Pink & Cérebro. Até os piores seres humanos sabem que o Sucessor de Pedro é o maior obstáculo para o estabelecimento do império do mal.

Estamos em uma das fases mais negras da história da humanidade, mas pouca gente aqui no Brasil está se dando conta disso. Os jornais mais populares não estão informando a dimensão do problema que está se alastrando pelo mundo – a jihad – e nem estão alertando sobre como isso pode nos atingir em um futuro próximo. Parece uma tragédia distante.

Um exemplo dessa alienação foi dado pelo “Fantástico“, que no último domingo fez o maior papelão na matéria exibida sobre o grupo jihadista ISIS.  O programa se limitou a falar da decapitação do jornalista James Foley, e disse que o ISIS estava matando muçulmanos do exército iraquiano. Ponto. É como se o genocídio de cristãos e yazidis não existisse!

genocidio_iraque

Muito resumidamente, essa é a situação no Iraque:

  • Milhares de cristãos e yazidis tiveram que fugir de Mossul e de Qaraqosh, pois não queriam se submeter a uma conversão forçada (saiba mais aqui).
  • Durante a invasão a Qaraqosh, um menino cristão de cinco anos foi cortado ao meio (Christian Post).
  • Centenas de refugiados yazidis estão no deserto morrendo de fome e de sede. A equipe de TV da BBC expôs uma matéria comovente, que mostra o resgate de um menino deficiente no deserto (veja aqui).
  • Só nas últimas semanas, segundo a ONU, 670 mil cristãos deixaram as suas casas e foram para Sinjar, Erbil e para a região autônoma do Curdistão (AIS).
  • No Curdistão, milhares refugiados cristãos estão amontoados em ginásios e igrejas. Durante o dia, são 43º à sombra dentro das tendas. Faltam medicamentos e outros itens essenciais (AIS).
  • A ONU afirma que o número de cristãos no Iraque diminuiu cerca de 80% na última década; isso revela que o nosso povo vem sofrendo na mão dos muçulmanos locais muito antes da chegada do ISIS (AIS).
  • Os templos cristãos estão sendo destruídos pelos jihadistas.
  • Os militantes do ISIS enterraram vivas mulheres e crianças yazidi e decapitaram cristãos que não conseguiram fugir das cidades invadidas. Centenas de mulheres yazidis e cristãs foram vendidas em praça pública como escravas sexuais ou esposas (Diário DigitalEl Mundo e AIS).
  • O Papa Francisco enviou o Cardeal Fernando Filoni a Erbil para levar uma doação em dinheiro e solidariedade aos cristãos refugiados (Agencia Ecclesia). O Papa também tem feito contínuos apelos à comunidade internacional para que parem a ação dos jihadistas no Iraque.
  • Os Estados Unidos e a União Europeia parece que não estão nem aí. Com muito atraso, os EUA fizeram alguns bombardeios para deter o ISIS, mas nada além disso. A denúncia foi feita pelo patriarca caldeu, Dom Sako (Radio Vaticana).

O pior de tudo é saber que em diversos outros países de maioria islâmica estão matando, estuprando e expulsando cristãos de suas terras, e já não é de hoje. No Afeganistão, em Mali, nas Ilhas Maldivas, no Egito, na Nigéria, no Sudão, no Paquistão, na Síria, no Irã, na Indonésia, no Iêmen… a lista é extensa. A isso, se somam as hostilidades sofridas pelos cristãos europeus, por parte da crescente comunidade muçulmana no continente.

Diante das ameaças ao nosso Papa e ao nosso povo, precisamos ter fé nas palavras do Evangelho:

“Digo-vos a vós, meus amigos: não tenhais medo daqueles que matam o corpo e depois disto nada mais podem fazer. Mostrar-vos-ei a quem deveis temer: temei àquele que, depois de matar, tem poder de lançar no inferno; sim, eu vo-lo digo: temei a este.

“Não se vendem cinco pardais por dois asses? E, entretanto, nem um só deles passa despercebido diante de Deus. Até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais, pois. Mais valor tendes vós do que numerosos pardais.” (Lc 12,4-7)

Essa esperança se reflete nos lindos olhos de Aws, um menino iraquiano refugiado na cidade de Sulemaniyah (foto abaixo, da Fox News). Aws tem 10 anos, e exibe a cruz desenhada em seu braço. A casa em Mossul, que sua mãe havia comprado após anos de economias, ficou para trás. Mas ele diz que está bem assim. E sua avó, acamada, complementa: “Eu estou muito feliz porque agora estamos seguros. Somos sortudos!”.

refugiado_iraquiano

A charge acima é da página Spett Caricaturas, que gentilmente nos autorizou a sua publicação.

70 comments to A ameaça à vida do Papa, a dor de um povo e a cara-de-pau do “Fantástico”

  • Luis

    Não são só os Estados Unidos, com o seu presidente muçulmano, e a Europa com os seus burocratazinhos engravatados que não estão nem aí.

  • wagner

    Eu tive um sonho recentemente onde vivi na pele um pai vivenciando este terror acontecer. No sonho, meu filho tentou salvar um menino e se feriu gravemente nos olhos. Eu chorava afagando meu filho em meu peito e sentia muita dor por ele quando me fez esta pergunta: “pai, onde está Deus?”; eu, naquela imensa agonia lhe respondi: “Ele está perto, precisamos ter fé.”

    Depois que acordei não parava de chorar e rezei muito pedindo a Deus misericórdia.

    Fui ao quarto das minhas crianças e as beijei, mas meu coração não ficara aliviado, pedia muita compaixão por destes perseguidos e pelos perseguidores. É preciso rezar por nossos inimigos, pedindo conversão.

    Deixo um apelo: Vamos rezar, fazer penitência e jejum, pedindo misericórdia à Deus. Pois o nosso país anda gradualmente para este mesmo destino.

  • Sidnei

    ““Eu estou muito feliz porque agora estamos seguros. Somos sortudos!”.

    E nós somos o que?, temos a liberdade de crer e até de não crer, e reclamamos de tudo. Podemos ir a missa a hora que quisermos, não estamos sendo perseguidos (por em quanto), mas mesmo assim há católicos que tem uma preguiça danada de se levantar domingo de manhã para ir a uma igreja e quem sabe até sábado a noite quando a própria Igreja já abre espaço para o culto dominical já no sábado a noite, mas, mesmo assim, tem católico que reclama, que saco.

    E quanto as matérias do fantástico, jornal nacional ou outros jornais e programas do mesmo naipe, quando dão estas notícias são sempre superficiais, falam somente dos yasidis mas dos cristão somente dão pouca ou quase nenhuma informação, tentam aliviar o lado dos muçulmanos, dizendo que eles não são violentos e que esta violência toda só é de um grupo que distorcem as mensagens de Maomé e do Alcorão, mas caspita, será que é isto mesmo?, não querendo generalizar, mas se verificarmos há no mundo grupos cristãos, judeus, budistas e por aí afora que promovem perseguições sistemáticas como estes muçulmanos promovem?, a Igreja e outras religiões já promoveram alguma guerra de conquista o qual os povos territórios conquistados tiveram que se converter a força como ocorreram no oriente médio e no norte da África, se não a força, mas de modo sutil através de impostos dos infiéis (que não deveria ser nem um pouco barato) ou pela proibição da manifestação pública de sua fé e ainda a proibição de ocuparem cargos nas esferas publicas e dificultando o máximo alguma ascensão econômica privada. Enfim, enquanto no ocidentes os islâmicos podem construir suas mesquitas com seus minaretes e tudo, em quanto que no oriente os cristão não podem manifestar sua fé publicamente, construir uma igreja com uma torre e colocar no alto uma cruz, até pode, mas se prepare que poderá sofrer hostilidades a qualquer momento. Não devemos retribuir com a mesmo moeda, não devemos perseguir os muçulmanos aqui no ocidente como os muçulmanos perseguem os cristãos no oriente, mas não se deve tampar o sol com a peneira e achar que todos os muçulmanos amam e estima os cristãos e membros de outras religiões, para quem não enxergou ainda, há muitos deles que todos nós sabemos do que eles são capazes, com eles devemos confiar desconfiando, para eles qualquer coisa é pretexto para abrirem uma guerra contra não somente os cristãos, mas com qualquer um que se atrever a atravessar os caminhos deles. Esta mídia burra que temos hoje, que só sabe meter o pau na Igreja Católica e fica de cuti, cuti com muçulmanos, judeus, espiritas, budistas e agora até com os protestantes, são uns vendidos e caras de pau, somente através de blogs, sites e outros meios de comunicação católicos é que poderemos saber o que realmente esta acontecendo, pois se depender desta mídia nojenta, mais tarde serão capazes de dizer que os culpados por isto tudo é dos próprios cristãos.

  • Christiane

    “Cheio de raiva por causa da Mulher, o Dragão começou a combater o resto dos filhos dela, os que observam os mandamentos de Deus e guardam o testemunho de Jesus.” Ap. 12, 17

    “E toda a Terra, maravilhada, seguiu a Fera”. Ap 13, 3-b

    Estamos passando tempos negros, onde o único consolo que temos é vislumbrar a coroa da glória, no Céu. Coragem, que só vem da oração contínua e do fortalecimento através da Eucaristia, nos é necessária mais do que nunca!

    Não devemos nos iludir, o islamismo radical jihadista está espalhado no mundo inteiro, está apenas incógnito. Basta ver o número de britânicos insuspeitos que já aderiram ao movimento, são décadas de preparação. Creio que só estão esperando um sinal para começarem um grande tormento. Mas aí já vai ser tarde demais para combatê-los.
    Seria uma visão cataclísmica? Talvez, mas não está muito longe da realidade, não…

  • Rodrigo

    O ISIS consegue se superar a cada instante que passa. Os caras foram rejeitados até pela Al Qaeda(!!!), cortam cabeças, crucificam, enterram pessoas vivas e até mesmo com as muçulmanas são cruéis, ouvi dizer que costuram os grandes lábios delas para que se casem virgens (casar virgem está prescrito no Alcorão, costurá-las nao!). Daí quando elas morrem por conta de infecções a culpa é de quem? Delas, que não souberam fazer a assepsia correta. Meu Deus, o mundo está perdido.
    O mais chocante é que muitos não árabes estão aderindo “à causa” (vide o inglês presente no vídeo da execução do Foley) e isso preocupa as autoridades europeias porque alguns jovens estão indo treinar com o ISIS e podem voltar tranquilamente para seus países depois, o que é um grande risco.
    Sem contar que eles já começaram a conquistar territórios e criar seu Califado, querem ser donos do mundo e vão matar quantos forem necessários para conseguí-lo. Enquanto isso as autoridades mundiais se mantém inertes.

    Oremos!
    Desculpem me alongar no comentário, Catequistas, mas é que esse assunto me deixa estarrecido.

  • Juliano Fleith

    E alguém acha que a mídia atéia está preocupada com os cristãos do Iraque? A mídia se preocupa mais com o “aquecimento global”, com os gays, a liberdade de abortar e a legalizaçãos das drogas. Precisamos é de um novo Carlos Magno pra colocar aquela turma de turbante no lugar deles e cristianizar a Europa novamente. Na boa, tem é que jogar bomba naquele fim de mundo e eliminar esses jihadistas de m…mandá-los para os quintos do infernos. Me desculpem parecer agressivo, mas eu não suporto mais ler as reportagens da brutalidade desse bando de débeis mentais, e todo mundo ficar cheio de dedos em que atitude tomar. Só vejo o Santo Padre tomando defesa (viu, “crentaiada”). Isso, em parte, é culpa do ocidente. Querem derrubar um tirano, o Assad, pra colocarem vários tiranos, isso é negócio, vende-se mais armas, não precisam pagar propina para burocratas sírios e iraquianos. Quem armou aqueles marginais de turbante? Por que ninguém vai atrás disso: A tal Primavera Árabe que tanto elogiam é uma homenagem à anarquia e um gande negócio para europeus e americanos; no final, o Oriente Próximo e Médio se tornará uma grande Somália, terra de caos e violência, mas um destino ótimo para armas e fonte imensa de grana para alguns. Os cristãos e os demais civis??? Isso fica pra depois.

  • E nós reclamando de dificuldades tão ‘pequenas’ por aqui… Felizmente Jesus já tinha nos alertado que essas coisas aconteceriam antes do Fim, mas é assombroso ver que realmente está acontecendo esta grande matança. É muito triste também, ver que as grandes mídias dão as notícias pela ‘metade’ (se é que pode-se chamar de metade o pouco que informam) como se os brasileiros não se interessassem por problemas assim. Mesmo que já tenhamos nossos abacaxis por aqui, não podemos deixar de buscar informações e apoiar nossos irmãos cristãos.
    Rezemos para que Deus tenha piedade de nós.

  • Bruno Cruz

    Traduzido da página CatholicBall:
    “Um padre é acusado de pedofilia: todos os cristãos são animais, intolerantes e pedófilos.
    Uma porção de muçulmanos repetidamente comete atentados suicidas, crimes contra os direitos humanos, opressão total de mulheres e perseguição de infiéis: religião da paz.”

  • Carolina Henriques

    O maior problema da falta de conhecimento dos cristãos brasileiros sobre o assunto é a falta de diálogo entre a Igreja e os fiéis. Não vejo quase nenhum padre explicando o problema e menos ainda pedindo oração. Nunca vi uma homilia onde o padre pede oração aos cristãos que estão sendo perseguidos. Em contrapartida sempre ouço padres nostálgicos relembrando as histórias dos mártires da Igreja Primitiva, como se fosse algo exclusivo dos primeiros séculos cristãos. Como historiadora, acho que a história da Igreja, dos santos e mártires, são verdadeiras catequeses. Contudo, acredito que é necessário conciliar a história aos acontecimentos atuais. A riqueza da história da Igreja deve servir de exemplo para elucidar o nosso presente. Quando isso não é feito, os cristãos realmente se alienam e “compram” as “verdades” que o Fantástico transmite.

    É necessário um envolvimento da Igreja com a transmissão dos acontecimentos atuais. A igreja deve sim ser uma fonte de informação e os padres devem informar os fiéis e principalmente pedir orações.

    • Marcela

      Carolina, fiquei na dúvida se você é uma historiadora católica praticante ou uma historiadora fazendo sua contribuição na matéria.
      De antemão peço desculpas por não ter conseguido captar essa informação.
      Mas gostaria de contribuir que, senão em todas, mas na grande maioria das Missas em que tenho participado ultimamente, os Padres pedem pelos cristãos perseguidos, seja na homilia ou nas orações da comunidade.
      Acho mesmo que esse tema deva ser mais divulgado à fundo e esclarecido, principalmente entre a comunidade Cristã (mas não exclusivamente), mas tem se pedido nas Missas.
      Abraço

      • Airton Lino

        Marcela,

        Sobre o fato de falar e alertar na Santa Missa durante a homilia sobre o que vem acontecido, eu concordo com a Carolina. Sou católico praticante e pouco ouço falar da atual situação dos cristãos no Oriente Médio durante as missas. Ah! E só pra deixar registrado: Nem tenho mais esperança que CNB do B oriente os padres quanto a isso.

      • Christiane

        Na minha paróquia, graças a deus a ênfase nas homilias é pelos nossos irmãos sofredores do Oriente Médio. Agora, quanto à CNBB… o foco deles agora é a política. Não me surpreende.

  • Meire

    Nossa Vivi, eu ia escrever hoje para voces, perguntando se voces iam fazer um texto sobre este assunto, pois, sabemos como é a grande mídia, ainda mais a Globo. Queria saber se as grandes autoridades não podem fazer nada a respeito disso.

    • Meire,
      Sim, os EUA e a União Europeia podem enviar tropas para a região e deter os jihadistas. Mas eles não farão isso, pelo visto. Não ao menos até verem o máximo de cristãos serem moretos e exilados. Aí depois eles pensam em agir de modo mais efetivo, quando o ISIS já tiver tomado todo o Iraque.

    • Leniéverson

      É muito triste também, ver que as grandes mídias dão as notícias pela ‘metade’ (se é que pode-se chamar de metade o pouco que informam) como se os brasileiros não se interessassem por problemas assim. Mesmo que já tenhamos nossos abacaxis por aqui, não podemos deixar de buscar informações e apoiar nossos irmãos cristãos.
      Nossa Vivi, eu ia escrever hoje para voces, perguntando se voces iam fazer um texto sobre este assunto, pois, sabemos como é a grande mídia, ainda mais a Globo.

      Aqui entra um problema de ordem conceitual e de definição. Do que eu estou falando? É o termo grande mídia, usado pelo Marcelo dos Anjos e a Meire. Qual é o problema? Pode até parecer uma perseguição ou teoria da conspiração, mas não é. Esse termo é sempre usado pelos partidos e militantes de esquerda quando um órgão de comunicação, segundo eles, é tendencioso, como a Revista ‘Veja’, citada na postagem e, pasmem, a Globo, por exemplo. É claro que a Rede Globo e outras emissoras têm, em sua maioria, linhas editoriais enviesadas, seria chamar as coisas de mídia, imprensa independente, imprensa marrom, imprensa chapa-branca, imprensa sensacionalista ou simplesmente imprensa. Soará assim muito melhor. Pense bem, a impressão é que existe também a média e pequena mídia,

  • Luiz Roberto Kapp

    Olá, só para corrigir, tem dois errinhos mas é só editar…
    1º “há uma fortes indícios de que a KGB teria ordenado o atendado a São João Paulo II”…
    2º “Essas esperança se reflete nos lindos olhos de Aws”…
    Venho acompanhando vocês (e não é de hoje), e quero lhes desejar muita força e coragem no anúncio da verdade do evangelho…
    Estou intercedendo por vocês!
    Paz e bem…

    • Luiz, já corrigi, agradeço muito sua ajuda! E agradeço ainda mais as orações. Paz e Bem.

      • Leo

        Oi Vivi. Lendo essa matéria da veja que vocês deixaram para analisarmos, fiquei impressionado como a Igreja tem até membros nas agencias de inteligencia Internacional, o trecho em destaque é esse: “Desde que Francisco assumiu o comando da Igreja Católica, em março de 2013, o Vaticano tem ampliado as medidas para prevenir o terrorismo. A segurança da santa Sé recrutou vários especialistas em inteligência e trabalha em colaboração com os serviços secretos de vários países, relata o jornal.”
        Vocês poderiam fazer depois uma matéria sobre esse tema que ficaria bem legal; ” Mib Homens de Preto”, pois literalmente o hábito eclesial dá a entender isso… A Igreja não combate os alienígenas, mas vem desde Cristo combatendo os alienados que tentam destruir a raça e o gênero humano…

  • José washington

    Esses alienados pelo demônio querem forçar de qualquer jeito a seguir sua religião que causa morte e dor ao filhos Deus. Temos que continuar rezando por nossos irmãos que sofrem alem de nossa imaginação! E só mesmo a igreja pra se preocupa com os seus e outros nessa situação que eles vivem, temos que nos manter forte naquele que nós confiamos o senhor Jesus Cristo. Mais é de entretecer nosso coração ver nos irmão e todos q vive lá nessa situação de calamidade!

  • Vera Lucia Gouvea

    Passou da hora, de nós cristãos dobrarmos os joelhos e orarmos como Maria nos pedi em suas aparições: Orar, orar e orar, confirmado na palavra de Deus: orar sem cessar. Não podemos esquecer que satanás quer destruir os planos de Deus, ele quer roubar a paz de Deus em nós. Temos que abrir os corações e sermos abertos a vontade de Deus. E o que Ele espera de nós é que nos unamos em oração pelos nossos irmãos perseguidos e que estão sendo perseguidos, morrendo de todas as formas. VAMOS ACORDAR IGREJA!!!!! DESPERTA TU QUE DORMES!!! isso é o mínimo que temos de fazer.

  • JOÃO

    PROVA QUE JESUS ESTÁ RESSUSCITADO! NÓS CRISTÃOS SEREMOS PERSEGUIDOS, POIS O DRAGÃO, O GRANDE DRAGÃO QUER DEVORAR O FILHO DA MULHER TÃO LOGO NASCESSE, E ESTE JESUS É LUZ NA FACE DE CADA CRISTÃO, POIS GESTAMOS JESUS NO CORAÇÃO E LEVAMOS ESTE AMOR POR TODO O MUNDO!

  • Marly Papa

    Qta tristeza estamos vivendo !!! Precisamos orar muito e confiar em Deus !!!

  • rosangela amaral

    Lamentável e desumano o que está acontecendo com os cristãos católicos! Só para informar eu pertenço a uma Paroquia na minha cidade que os padres nos informam diariamente sobre a situação no oriente médio e como também há muito tempo nas homílias nós somos informados e sempre pedimos oração por todos aqueles que sofrem. Nós somos cientes de tudo o que está acontecendo. Graças a Deus temos párocos que está fazendo um sério trabalho de informação aos irmãos católicos! oremos por todos!

  • Daniel

    Só repito o apelo de Nossa Senhora de Fátima – rezem o terço todos os dias e façam jejuns e penitências pela conversão de todos…

  • Adriana

    Não sei se já escrevi aqui sobre o fato de que na cidade onde moro (Campo Grande-MS) o islã está fazendo proselitismo. Há alguns meses deparei-me com alguns deles instalados numa praça central entregando panfletos com um texto sucinto dizendo sobre como o Islã é maravilhoso, como é uma religião de paz e convidando a todos para conhecer a religião. Havia ainda o endereço de uma página no facebook.

    Aqui há uma comunidade islâmica, existe até uma mesquita, são famílias que fizeram parte da formação da cidade. Mas fiquei muito intrigada, nunca tinha presenciado nenhuma ação neste sentido.

    Pela tal página pude constatar que eles estão realizando a mesma ação nos bairros em minha cidade, além de cidades do interior e no estado de Mato Grosso também.
    Vi uma reportagem de uma jovem campo-grandense que ia se casar com um muçulmano que havia conhecido numa dessas visitas à Mesquita. Ele não falava o português e ela também não falava a língua dele. Mas segundo ela estavam apaixonados. Detalhe, o cara precisava urgente de um casamento porque o visto dele estava para expirar e para permanecer aqui esse era o caminho.

    Estou realmente preocupada com esta situação toda, uma vez que pelos fatos históricos sabemos o que vem depois da tentativa de “conversão pacífica”

    • Christiane

      Preocupante, irmã, muito preocupante! E se formos olhar em outros lugares, está acontecendo o mesmo! Em pouco tempo, estaremos vendo muçulmanos pululando pelo país inteiro!

      É o que dá os cristãos terem tanta restrição à geração de filhos… os muçulmanos têm familias numerosas, pois para eles é a vontade de Alá é lei. Para nós, a vontade e os desígnios de Deus são apenas uma leve sugestão que nunca estamos muito afim de ouvir… taí o resultado.

  • Templário do Papa

    pelo que eu fiquei sabendo , na semana passada radicais jihadistas invadiram a Catedral de Bagdá e matou o Padre e fiéis dentro da Igreja.

    Por isso , sou a favor de o Papa Francisco convocar cristãos do mundo todo para retomar as terras invadidas.

    Penso que a idéia daria certo.

    att

  • Arlindo Filho

    A proibição de culto público aos islâmicos é uma medida emergencial, que professem a religião deles em suas casas e somente. Sinais exteriores da religião islâmica devem ser proibidos. Sei que tais medidas não serão tomadas, o que me faz pensar que é impossível salvar um suicida (nossa civilização). Devemos nos apegar a cidade de Deus e fazer todo o possível para eliminar os obstáculos a livre propagação da fé. Os países que se dizem cristãos são um obstaculo e precisamos,a fim de defender o catolicismo esquecer de vez nossas nações e se for o caso destruí-las a fim de salvar a Igreja Catolica

  • Jotacê

    Me parte o coração ver o rosto angelical do jovem Aws e os veneráveis cabelos brancos de sua avó, e pensar que tantos rostos parecidos, vidas preciosas, se perderam de forma brutal devido à psicopatia islâmica (pleonasmo).

    E depois a corja antiteísta/vermelha vem choramingar contra as Cruzadas… Façam-me o favor. Precisamos é de outra Cruzada, “In The 21º Century Way”, ou seja, ao invés de espadas, no tiro e na bomba. Essa escória seguidora do profeta pedófilo não entende outra linguagem que não seja a força.

  • Paulo

    É de muita relevância os dados apresentados neste artigo. Apresenta uma visão ampla do conflito.
    digo uma coisa a título de amizade: é um equivoco criticar desta forma a reportagem do Fantástico. Não dá para falar de tudo em uma matéria só, de modo que é necessário o recorte editorial. Em Jornal Nacional falou-se dos yazidi e dos cristãos diversas vezes.

    Aliás, quero até pedir opinião de vcs. Às vezes a gente fala que a tv não é lá grandes coisas, e que o jornalismo não é de credibilidade… será que não é o caso de ao invés de incitar contra a tv, direcionar as pessoas a fontes confiáveis na internet? Por exemplo, o serviço de Fantástico pode não ter sido completo, mas este blog trouxe mais info sobre o tema. Alguns dizem que a mídia é ateia e até anticristã, mas os veículos católicos não têm também muita abrangência. Não sei… acho que o ciberespaço pode ser uma alternativa, mas acho que é necessário a orientação para boas fontes…

    • Paulo,
      Entendo a sua opinião, mas não concordo. Claro que não dá para falar de tudo em uma matéria só, mas calar sobre as PRINCIPAIS vítimas do ISIS foi injustificável. Um recorte editorial não pode ser de tal natureza que omita O CENTRO da questão.

      Ficou evidente que o programa estava preocupadíssimo em defender o islamismo, dizendo que é uma religião que prega a paz. Como se a violência contra as pessoas de outras crenças por parte dos islâmicos fosse algo pontual… É como se o radicalismo islâmico tivesse nascido com o ISIS!

      • Ale

        O islã não prega a morte, esses indivíduos que se declaram muçulmanos não pertencem a religião alguma, são simplesmente radicais, generalizar o islã como uma religião que prega o que Isis o faz é errado, lembre se que o próprio papa não prega isso, inclusive há muçulmanos e cristãos lutando lado a lado no território Sírio, e que por séculos tais religiões conviveram de forma harmoniosa na Siria e outros lugares do Oriente Médio.

        A divisão ( sunita/xiita/alauíta/cristão/judeu ) foi fomentada pelas potências de forma a segregar as pessoas, assim como estão fazendo em nossa própria terra com conceito de raça/etnia um agenda muito maior está por trás disso, lembre se que na Síria havia um dos poucos vilarejos no mundo no qual cristãos maronitas que infelizmente foram dizimados pelo Isis, e seus comparsas falavam aramaico e ainda se praticava ritos “primitivos” do cristianismo.

        Infelizmente a situação é muito complexa, potências petrolíferas como Quatar e Arabia Saudita com a anuência do governo americano financiam a Guerra na Síria e o Isis foi gestado por tal omissão, o que aconteceu é q o problema cresceu muito mais do eles achavam que era necessário para derrubar o então governo de Assad. Agora a interrogação que fica pq o governo de Assad de um país irrelevante como a Síria deve cair e pq a ditadura Saudita e de Quatar deve permanecer, o que permite que países decidam o destino de outros países quem deve ficar quem deve sair, por trás desse radicalismo ha muito mais interesses do que de fato algo de religioso ou de fé.

        Lembre-se como os EUA colaboram com os sauditas se um dos membros da família real saudita Osama bin Laden era um dos cabeças da Al Qaeda. Obs: Assad, família real saudita, aiatolás, jihadistas, são todos !monstros gestados por um mesmo “pai” os EUA e seus aliados, e ali nesse caldo chamado Oriente Médio a religião é só um instrumento de manipulação. E nesse meio estão pessoas como nós que cristãs, xiitas, alauitas, sunitas filhas de Deus sofrem.

        • Ale,
          Não vou entrar agora no mérito de o Islã ser ou não ser uma religião essencialmente violenta ou não; mas como você explica o fato de que em quase todos os países de maioria muçulmana – com algumas poucas exceções – os cristãos estão sofrendo intensas injustiças e perseguições?

          Sim, o que você diz faz muito sentido, e essa divisão que vc citou foi, de fato, propositalmente fomentada. Mas será TUDO culpa das grandes potências?

          Certamente há muçulmanos lutando e chorando ao lado dos cristãos. Mas até agora eu não soube de nenhuma fatwa contra a ação do ISIS (se alguém souber de algo nesse sentido, me avise). Não é escandaloso isso?

          Além da jihad com derramamento de sangue, cito a contínua pressão dos muçulmanos em diversos países da Europa, que buscam impor suas leis e sua cultura de forma acintosa e desrespeitosa ao povo que lhes acolhe. Com um discurso de ódio e vitimização, cada vez mais eles pisam nos valores cristãos para dar mais projeção ao Islã na Europa. O vídeo abaixo é só uma pequena amostra disso:

          http://www.aleteia.org/pt/mundo/video/video-marcha-islamica-em-cidade-inglesa-choca-mulher-que-cresceu-no-local-5786175386157056

    • Leniéverson

      Olá, Paulo, tudo bem? Sou jornalista católico e, se a Viviane me permitir, gostaria de fazer um comentário sobre a sua fala. Vamos por partes. A minha refutação será colocada em negrito.
      É de muita relevância os dados apresentados neste artigo. Apresenta uma visão ampla do conflito. digo uma coisa a título de amizade: é um equivoco criticar desta forma a reportagem do Fantástico. Não dá para falar de tudo em uma matéria só, de modo que é necessário o recorte editorial. Em Jornal Nacional falou-se dos yazidi e dos cristãos diversas vezes.
      Paulo, muita gente tem um vício de achar que o jornalismo da Rede Globo – para abrir o leque – não tem uma posição ideológica. Faça uma pesquisa no Google ou no Youtube e compare as reportagens da emissora sobre o Papa Bento XVI e o Papa Francisco. Bento XVI sempre era, em quase todas às vezes, tratado como figura do mal, por ser conservador. O pontífice alemão era sempre tachado de acobertador de padres pedófilos, de inimigo dos gays, de ser contra os direitos das mulheres, dentre outras coisas. Já com o Papa Francisco, o tratamento é completamente diferente. Nunca eu vi tanto Cuti-Cuti, do ponto de vista da abordagem, quanto este pontífice. A Rede Globo sempre tenta incitar nos católicos, aqui eu destacaria os casais de segunda união, a ideia de que Bento XVI tinha um pontificado intransigente porque não deixava os divorciados comungarem. Fora outras reportagens em que se distorcia descaradamente a fala de Bento XVI.
      Quanto a matéria do Fantástico sobre o conflito do Siraque (Síria + Iraque), é função de uma reportagem ética, isenta e imparcial – coisa que no Brasil é quase uma utopia – de mostrar os diversos lados da moeda, não é só um, mas vários. O jornalismo da “Vênus Platinada” tem um excelente arsenal técnico, mas peca pela superficialidade e visão ideologizada. Sabe-se que numa reportagem como aquela, o correspondente internacional tem de produzir uma matéria com 7 a 8 minutos de duração, haveria tempo suficiente para citar o que estão fazendo com os cristãos muito bem. Não colocaram porque não quiseram – creio eu-.

      Aliás, quero até pedir opinião de vcs. Às vezes a gente fala que a tv não é lá grandes coisas, e que o jornalismo não é de credibilidade… será que não é o caso de ao invés de incitar contra a tv, direcionar as pessoas a fontes confiáveis na internet? Por exemplo, o serviço de Fantástico pode não ter sido completo, mas este blog trouxe mais informação sobre o tema. Alguns dizem que a mídia é ateia e até anticristã, mas os veículos católicos não têm também muita abrangência. Não sei… acho que o ciberespaço pode ser uma alternativa, mas acho que é necessário(sic) a orientação para boas fontes…
      A questão da abrangência de cobertura das tevês católicas brasileiras é um conceito relativo, hoje em dia, porque as quatro maiores têm sinais distribuídos via-satélite para todo país e até outros lugares do mundo. Conheço muitos católicos que podem, através de suas tevês, assisti-las, mas preferem ver novelas, filmes seculares, jogos de futebol, etc. Católicos deveriam ser estimulados a ver TV´s católicas para se inteirar melhor, ética e verdadeiramente sobre as coisas da Igreja. As emissoras que não são católicas são inadequadas para saber a respeito de noticias católicas. Tudo é uma questão conceitual a cerca da verdade.
      Valeu?

  • Rezemos pelo Papa Francisco, pois: “O mistério da impiedade já está agindo, só é necessário que seja afastado aquele que ainda o retém. Então aparecerá o ímpio, aquele que o Senhor destruirá com o sopro de sua boca, e o suprimirá pela manifestação de sua vinda” II Tessalonicenses 2, 3-8. Vem Senhor Jesus!

  • Parece que as Democracias do Ocidente nada podem diante do Islã, é mesmo lastimável toda essa situação.

  • E lembremos, os erros do comunismo espalharam-se, sentimos no Brasil e no mundo suas ideologias ateias e assassinas, atacando aos mais indefesos, aborto. Os pecados pela carne aumentam, casamento gay, casais se divorciando, prostituição, comilanças, vida jogada fora com qualquer distração, poucos lembram-se de rezar, muitos que se dizem católicos, ao invés de defender ainda atacam a Igreja que lhes abriu as portas da Salvação. Deus sendo trocado pelo dinheiro, Deus sendo trocado por qualquer coisa. Tudo aumenta e aumenta vertiginosamente, até o ponto de pseudos artistas vilipendiarem a Jesus Cristo, a Nossa Senhora e a todos os Santos e Anjos, sendo assim, não duvido que a perseguição também aqui começará a ser feita, aliás, já começou, primeiro, ataca-se as imagens, atacam a Jesus Cristo, e depois serão os fiéis católicos. Será nesta hora que verei se sou eu realmente católico ou somente um embuste. Como diz o Frei Clemente Rojão, na roma pagã, antes do martírio sofrido, os cristãos foram ridicularizados, sua fé vilipendiada, depois feito piadas com Jesus Cristo (foram pintadas alegorias de Jesus Cristo com a cabeça de um jumento). Para mim, particularmente, estamos no fim dos tempos. Mas no final o Imaculado Coração de Maria Triunfará. E esta onda está por todo e quanto é canto do mundo, no oriente próximo e médio, no oriente e na Rússia a perseguição e morte já é real. Rezemos pelo Papa que conduz a Barca em águas agitadas em meio a tempestades.

  • Desculpem, deixei meu comentário acima muito atravessado, ou seja, sem continuidade entre as idéias, bem como com erros gramaticais. Porém é estranho, sinto em mim, tristeza, medo, tibieza e alegria. É uma mistura de sentimentos que só se revelam em orações, meditações e leituras. E aliás, obrigado ao catequista por uma dica mais que especial, acabei de comprar um livro de Patrística de Santo Agostinho: a Doutrina Cristã, comprarei mais tarde a Suma Teológica de São Tomas de Aquino, se assim que juntar o dimdim, pois posso estar enganado, mas é uma coleção de dez livros e tem um bom custo. Mas vale a pena. Obrigado.

  • Como ignoro boa parte do assunto, não pretendo emitir um comentário extenso. Porém, diante da inércia dos organismos internacionais, pergunto: a falta de medidas mais enérgicas e eficazes não seria proposital?

    Noto que, no Ocidente, há um crescente desprezo ao nosso passado cristão, e a nossa fé é constantemente ridicularizada.

    Além disso, vez ou outra, adotam medidas que limitam a nossa liberdade de expressão.

    O primeiro post que li neste sítio abordava o secularismo e a ideologia do gênero na Suécia, e como isso favorecia a expansão do Islã nos países que adotam esta cultura contrária aos valores cristãos: http://ocatequista.com.br/archives/11034/comment-page-1

    Aproveitando o espaço, gostaria de perguntar, Viviane: você acredita que estes grupos extremistas podem, de alguma forma, mudar o cenário religioso do Ocidente, incluindo a América Latina?

    Sei que isto se daria a longo prazo, mas gostaria de um comentário seu.

    Rezemos pelo Papa.

  • Jefferson Teixeira

    Parabéns! Vocês são uns dos poucos que tem coragem de abordar este assunto sem meias palavras, infelizmente a mídia ocidental dá de ombros, nossa mídia Católica nacional, que tem qualidade eu acho, ainda não acordou sobre o tema (pelo que sei), é apenas noticiado, precisamos incluir em debates, para que o assunto chegue ao povo de Deus.
    Felizmente e infelizmente somos uma elite intelectual Católica, esses dias comecei a falar com amigos da Igreja e percebi neles certa perplexidade diante do que eu falava, tive que aliviar pois senão capaz de me internarem…
    O nosso povo passa fome e sede de informação qualificada.

  • Rogério C. Nantes

    Salve Maria!

    Já enviaram esse protesto para o fale conosco do programa Fantástico. Coloquem como sugestão de pauta para os próximos domingos (y)

    Rezemos pelo Papa e toda a Igreja!
    Paz e Bem!

  • Padre Orlando Henriques

    É muito bela esta imagem da criança que sorri deixando ver uma bela cruz trabalhada que tem tatuada no braço. Por cá a tradição é trazer uma cruz ao pescoço, mas lá há esta tradição curiosa de tatuar a cruz.
    Fez-me lembrar que Fundação Ajuda à Igreja que Sofre contactou com uma idosa cristã do Iraque que também tinha uma cruz tatuada na mão. Ao dizerem à senhora que nós cá pelo ocidente estamos a deixar de usar a cruz ela respondeu: “Nós preferimos morrer do que esconder a nossa cruz!”
    Os poderosos deste mundo ocidental são uns hipócritas e a comunicação social, dominada por eles dá destaque só àquilo que interessa à maçonaria ou às forças esquerdistas. Só quando já estiver tudo destruído é que ele vão pensar em fazer algo, se é que algum dia se vão mexer a sério…

    • Padre Orlando, eu vi esse testemunho e a foto na página da AIS. Certamente, vamos publicar em um de nossos próximos posts.

      cruz_tatuagem

      • Padre Orlando Henriques

        Por acaso, a foto que vi era do rosto da senhora, e com a sua frase em legenda, mas não mostrava a tatuagem na mão. Por isso, obrigado pela partilha!
        É um testemunho que também vou colocar no próximo nº do nosso boletim paroquial, porque os fiéis precisam de saber estas coisas para rezar e agir, e a comunicação social, de facto, só fala em Israel e Palestina, como vocês bem satirizaram com a BD deste post.

  • Tempos escuros mesmo!!
    Só temos uma coisa: a certeza do céu para os filhos de Deus.
    Rezemos por tudo Igreja que sofre.

  • Leo Stenio

    Muito bem falado Pe. Orlando. Oremos para que nós cristãos Católicos não tenhamos medo de assumir a cruz de Cristo em nossas vidas, pois o Apostolo Paulo já alertava: “Pois, como já disse repetidas vezes, e agora repito com lágrimas, há muitos que vivem como inimigos da cruz de Cristo.”Filipenses 3,18

  • Tadeu

    Parabéns pela coragem de postar as notícias de que muitos de nós católicos preferem fugir. O que acontecer é justamente o que os grandes filósofos ateus e inimigos da Igreja planejaram para os tempos atuais: dar “cultura” e artifícios que saciem a sede do coração pela felicidade. Vejo, assim, que vivemos em mundo no qual nos acostumamos a não buscar informações que nos dizem verdades, que nos dizem sobre a Verdade, tampouco aquelas que já vem com a manchete “… Igreja Católica …”.

    Tantas coisas nos são oferecidas para nos distrair e/ou nos emburrecer. E, ao cair nas armadilhas do inimigo, nas falsas “verdades”, contentamo-nos com as migalhas do emocionalismo, sensacionalismo, com as paradas de sucesso, com buscas sem objetivo nas redes sociais e paradas obrigatórias para “curtir”, com as desinformações na internet. Essa partilha é para que nós católicos possamos abrir os olhos para aquilo que acontece ao nosso redor. Abrir os olhos de forma crítica, para não sermos manipulados e, muito menos, afastados de nossa fé.

    Como alguns já disseram, vivemos em um país que, ainda, nos permite proclamar e viver a fé cristã. Não esperemos buscar as coisas de Deus e fugir das armadilhas do comodismo, da alienação dos meios de comunicação e educação e da manipulação do nosso pensamento, para quando formos coagidos. Busquemos já, com a intercessão de Nossa Senhora e Santo Agostinho, viver a palavra de 1Pd 3, 15 “Portanto, não temais as suas ameaças e não vos turbeis. Antes santificai em vossos corações Cristo, o Senhor. Estai sempre prontos a responder para vossa defesa a todo aquele que vos pedir a razão de vossa esperança, mas fazei-o com suavidade e respeito.” Rezemos pelo Papa, pelos nossos irmãos perseguidos e refugiados e por todos nós, para que sejamos agradáveis a Deus. Amém!

  • Esse vídeo de 2013 mostra como o sofrimento dos cristãos no Iraque começou muitos anos antes da chegada do ISIS. Nossos irmãos sofrem na mão de vários grupos islâmicos:

    https://www.youtube.com/watch?v=irZ0QAImI64&feature=youtu.be

  • Infelizmente, há cerca de uma semana, vivenciei um caso curioso, e porque não, triste, num grupo de uma rede social da nossa paróquia…

    Postei no grupo uma reportagem aqui do Catequista, relatando a situação dos cristãos no Oriente, e pedindo orações… Ninguém deu muita bola!!!

    Passado cerca de um mês, uma outra pessoa do grupo viu uma outra reportagem e comentou também no grupo… Daí eu comentei também que a situação no Oriente era muito difícil, e fiz alusão a algumas reportagens tratando do assunto.

    Na mesma hora, e para minha surpresa, um paroquiano, daqueles bem ativos mesmo (coral, pastoral, ministério…), retrucou no grupo que não devíamos levar tais reportagens tão a sério… Que devíamos investigar mais se a situação relatada era tão difícil mesmo… Que podia ser que tudo fosse algo midiático…

    Tudo isto só demonstra o quão ignorante está o povão acerca de tal situação. Vi nos comentários acima (Caroline Henriques e Marcela) um “debate” acerca da divulgação ou não da situação nas paróquias, e posso lhes assegurar que, pelo menos aqui em Maceió, não há qualquer menção da situação ou dos casos de horror, seja nas missas, catequeses, nada…

    Faço minha parte, divulgado a quem posso…

  • Cecília Uchôas

    O padre da paróquia que eu frequento reza por esta situação e pede para todos as pastorais e movimentos rezarem… Eu pensava que todos os padres faziam o mesmo…É difícil acreditar que não o fazem…
    Vigília das Mães se coloca em oração…

  • Adrian Paz 7072 MG

    Vejam a importância de elegermos Deputados Federais Católicos para o Congresso Nacional, com coragem de denunciar as perseguições sofrida pelos cristãos em todo o mundo.(fb.com/adrianpazoficial)

  • Isabel Carolina

    Adorei a matéria!! Serve para os católicos acordarem!! Enquanto no ocidente temos ainda a liberdade de ir em missas, desprezamos a liberdade que nós ainda temos. Me lembrei de um rabino que disse que o Holocausto foi uma bênção para os judeus,pois assim eles passaram a ser mais religiosos,e hoje o judaísmo ortodoxo é o que mais cresce. Nós cristãos ocidentais modernos nunca tivemos que lutar por nossa fé, por isso não conseguimos realmente entender o sofrimento que os cristãos passam na mão dos muçulmanos. Acordemos antes que seja tarde!!!

    Temos que ser cristãos o quanto antes, porque falsos cristãos serão vomitados, como diz no apocalipse.Se os cristãos se unirem e lutarem,não só com armas mas com gestos e palavras,nós venceremos.E desculpe pelo meu comentário acima, estava muito zangada com uma garota no facebook que disse”não julgueis os muçulmanos, é uma religião da paz, nem todos são assim” e o que importa ? a minoria já consegue fazer um grande estrago por isso temos que nos preocupar!! Abraços e beijos, Vivi, parabéns mais uma vez pelo Blog!

  • Sidnei

    Uma coisa ainda quero colocar aqui, deixemos o ódio de lado, eu sei que nos da uma revolta danada por ver nosso irmãozinhos lá o Iraque sendo expulsos de suas casas e ficam andando pelas estradas sem ida e nem beira graças a uns desgraçados que querem impor sua religião as outros. Enquanto aqui nos Ocidente os muçulmanos podem livremente praticar a sua fé e até fazer proselitismo, como comentou a Adrina, se for um cristão fazer isto em um país islâmico com um regime mais fechado como Irã, Paquistão e Arábia Saudita, vocês saberão o que acontecerá com este cristão, mas ao invés de querermos destruir mesquitas, rasgar e queimar alcorões e proibir a religião muçulmana em nosso país e no Ocidente, devemos agir (é claro sem deixar de nos defender) de maneira contrária a eles, caso contrário, estaremos agindo como eles e se rebaixando no mesmo nível que eles. Antes tenhamos as Palavras de NOSSO SENHOR JESUS CRISTO que disse:

    “43. Tendes ouvido o que foi dito: Amarás o teu próximo e poderás odiar teu inimigo.
    44. Eu, porém, vos digo: amai vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, orai pelos que vos [maltratam e] perseguem.
    45. Deste modo sereis os filhos de vosso Pai do céu, pois ele faz nascer o sol tanto sobre os maus como sobre os bons, e faz chover sobre os justos e sobre os injustos.
    46. Se amais somente os que vos amam, que recompensa tereis? Não fazem assim os próprios publicanos?
    47. Se saudais apenas vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não fazem isto também os pagãos?
    48. Portanto, sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito.”

    Mat. 5, 43-48.

    E também o que escreveu São Paulo aos Romanos:

    “17. Não pagueis a ninguém o mal com o mal. Aplicai-vos a fazer o bem diante de todos os homens.
    18. Se for possível, quanto depender de vós, vivei em paz com todos os homens.
    19. Não vos vingueis uns aos outros, caríssimos, mas deixai agir a ira de Deus, porque está escrito: A mim a vingança; a mim exercer a justiça, diz o Senhor (Dt 32,35).
    20. Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber. Procedendo assim, amontoarás carvões em brasa sobre a sua cabeça (Pr 25,21s).
    21. Não te deixes vencer pelo mal, mas triunfa do mal com o bem.”

    Rom. 12, 17-21

  • Ale

    Vou deixar aqui alguns artigos interessantes sobre a participação dos EUA, Árabia Saudita e Turquia no conflito e na difusão do radicalismo no mundo.

    Treinameto do ISIS realizado pelos EUA na Jordânia
    http://www.wnd.com/2014/06/officials-u-s-trained-isis-at-secret-base-in-jordan/

    O papel dos EUA como facilitador da perseguição cristã
    http://www.raymondibrahim.com/muslim-persecution-of-christians/confirmed-u-s-chief-facilitator-of-christian-persecution/

    O papel da Família Real Saudita e porque ela não permitirá que Obama acabe com o Isis
    http://www.religiousfreedomcoalition.org/2014/08/08/saudi-royal-family-will-not-allow-obama-to-save-christians-in-iraq/

    A destruição do santuário de Seth em Mosul
    https://www.youtube.com/watch?v=GOPpaX6MMDI

    A destruição do mausoléu do profeta Jonas
    https://www.youtube.com/watch?v=kgTneyAmwY8

    A destruição da cidade de Maloula na Síria onde cristãos “primitivos” ainda falavam a língua de Jesus.
    https://www.youtube.com/watch?v=1rjWyhMXto0

    Abs

  • Carlos Roberto Pereira

    Gostaria que vocês comentasse sobre essa matéria que li no G1 http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/08/biquini-e-proibido-em-parque-aquatico-na-coreia-do-norte.html Obs: Para quem não sabe, a Coreira do Sul é um país comunista.

  • Luciana

    Gente enquanto pensamos que Europa ta sendo invadida por islã, mal sabemos que no Brasil está chegando uma enxurrada de islâmicos vindo refugiados da Africa. Por enquanto é tudo oba-oba, depois, toma-te perseguição aos cristãos brasileiros. O Brasil que não abra os olhos e perceba que ele está abrigando um perigo iminente, depois aguente as consequências de se ser tão porteira aberta.

  • Yuri

    O que tenho mais visto, quando se trata de perseguição a cristãos, é o povo dizendo dizendo pra orar, jejuar, rezar… Isso tudo é muito importante, claro, mas não dá pra fazer SÓ isso. O que se precisa é de ação. Precisa-se desmascarar as mentiras contadas sobre a igreja, espalhar os inúmeros avanços científicos e sociais que ocorreram e ocorrem sob a tutela do cristianismo, denunciar todo tipo de abuso, financiar iniciativas católicas nos mais diversos campos, FAZER MAIS DO QUE FICAR APENAS ORANDO.

    Só jejuar e orar NÃO é o suficiente, isso tem que ser combinado com AÇÕES. Na bíblia fica bem claro que Deus valoriza atitude, é só ver o caso de Raabe e tantos outros!

    Leiam Tiago, capítulo 2, ver 14. Perdoem-me, mas essa postura de “temos que orar”, “joelhos no chão” e etc, sem mencionar MAIS NADA, me parece um comodismo covarde. Temos SIM que nos expor, defender o que sabemos ser o certo e encarar as represálias com FÉ e PEITO ABERTO.

  • isso e biblico la pros anos 2000 eu li no pequeno oficio da imaculada sobre o nosso mundo que iamos passar por tribulaçoes e estava escrito que o nosso santo padre o papa poderia ser assasinado e que nos precisavoms rezar e rezar muito porque o mal ia fazer de tudo pra acabar com os cristaos e nessa profecias bateram isso eu li em no ano 2000 hoje estamos em 2015 so nos resta rezar e rezar que jesus nos proteja desta mal que assola o mundo

  • Albari

    O mundo em que vivemos está sendo implantado o reino das trevas. O demônio está dominando a televisão, os jornais, as revistas, os sistemas governamentais . . . Disse Jesus, quem não está comigo está contra mim. (Ef 2,7-10). Este mundo foi dado a Lúcifer ele é o príncipe deste mundo, Nós estamos neste mundo, mas não somos deste mundo. Deus tinha constituído Lúcifer príncipe deste mundo, mesmo depois da revolta de Lúcifer Deus não voltou atrás, Por isso Lúcifer pôde dizer, e Jesus não contestou: Tudo isso me foi entregue. (Lucas 4,5,6).Por isso Lúcifer proclamou: É aqui que vou criar meus súditos. Aqui vou ter súditos que vão me seguir e implantarei o meu reino, Aqui o Filho de Deus não terá lugar. Nós estamos, agora, numa batalha decisiva. Ou ficamos de um lado, lutamos e damos tudo nesse lado, ou, fatalmente, cairemos para o outro lado. Se você se encontra no meio termo, já está inclinado para lá. Porque quem domina este mundo é o príncipe deste mundo. Nós nos perguntamos: Mas Deus é menor? Deus é impotente? Não! É que o príncipe deste mundo já o está governando. Deus lhe deu a direção deste mundo, e até agora não a tirou. Mas, saiba, vai tirar! Isso está revelado no livro do Apocalipse. Jõao já viu e vai acontecer. (Apocalipse 20, 1-3ª).

  • Camila

    NO CORÃO ESTÁ ESCRITO QUE O ISLÃ CONQUISTARÁ ROMA ONDE FICA O VATICANO,ESSE POVO ESTÁ SE ALASTRANDO E TEM MUITO PROTESTANTE TORCENDO A FAVOR DISSO. MEUS DEUS O QUE SERÁ DE NÓS CATÓLICOS?

    • Sidnei

      Camila, as vezes tenho a impressão que daqui algum tempo só haverão no mundo: Protestantes; espiritas; islâmicos; ateus; homossexuais; comunistas e mais alguns budistas e hinduístas, mas nós católicos, seremos extintos ou estaremos em vias de extinção, pois teremos que correr as catacumbas novamente, para estes grupos citado, não nos devorarem. Porém, me lembro das histórias do dinossauros, e os primeiros mamíferos que habitaram a Terra, no qual viviam em tocas de baixo da terra, até que algo inesperado aconteceu, os dinossauros foram extintos, e os mamíferos puderam sair das tocas e habitar a superfície e hoje dominam a Terra, assim, poderá acontecer no futuro, que enquanto nós católicos estivermos nas catacumbas fugindo da perseguição desta gente, este pessoal se devorará uns aos outros, pois ao mesmo tempo que eles odeiam a Igreja Católica, eles se odeiam entre si, e se odiando entre si, um se devorará ao outro, até que não sobrará ninguém deles, e aí então, nós católicos poderemos sair novamente das catacumbas e voltar a viver em paz nesta terra, a não ser, que antes disto aconteça a parúsia, a segunda vinda de CRISTO, o juízo final e a consumação da história humana neste mundo, o que para mim, será o mais provável.

    • Marta

      O que só prova ainda mais como esses protestantes são cretinos. Eles pensam que se os islâmicos dominarem tudo vai ter vez para os protestantes? Eles pensam que o povo da lua e da estrela vai deixar os protestantes com suas duzentas mil seitas em paz? Cretinos.

  • ANDRÉ NUNES

    GENTE VEJAM ESTE VÍDEO: “MUÇULMANO REZA EM FRENTE AO CRISTO REDENTOR” ELE REPETE DE COSTAS PARA O CRISTO: ALLAH É O ÚNICO DEUS,ALLAH É O ÚNICO DEUS.POR FAVOR ALGUÉM TEM QUE TOMAR UMA ATITUDE E NÃO SÓ FICAR REZANDO NÃO!VÁRIOS CATÓLICOS ESTÃO SENDO ENGANADOS PELO ISLÃ.LEIA ESTE ARTIGO DE UM ESQUERDISTA QUE É COMPLETAMENTE CONTRA O ISLÃMISMO NO BRASIL: (LEI ISLÃMICA EM AÇÃO: A VERDADE SOBRE MAOMÉ)

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>