Católicos X Obama – a guerra contra a violação da liberdade religiosa está travada

estado_laico

Imagine se o governo federal, um belo dia, resolvesse obrigar a Igreja Católica a financiar cirurgias de esterilização para seus funcionários, além da compra e distribuição de pílulas anticoncepcionais e abortivas para os mesmos. Situação surreal, não? Pois esse pesadelo se tornou real nos Estados Unidos desde o início deste ano, por determinação do presidente Barack Obama.

O novo programa de saúde pública dos EUA – o chamado ObamaCare – visa garantir o acesso de todos os americanos aos serviços de saúde. Parece lindo, não? Mas aí vem a cilada, Bino: o espírito totalitarista e antidemocrático do ObamaCare está no fato de que ainda que a instituição empregadora seja um templo, hospital, associação ou escola cristã, ela é obrigada a pagar por cirurgias de esterilização e pílulas anticoncepcionais e abortivas para os funcionários que solicitarem. Quem descumprir a norma, é obrigado a pagar multas milionárias.

Com isso, o Estado americano viola a liberdade religiosa de milhões de cristãos americanos. Reparem: na hora de se elegerem e quando buscam aprovar seus projetos, os esquerdistas pedem o apoio dos católicos (e, para variar, convencem um monte de otários). Mas quando os católicos lutam para impedir que seus valores sejam pisoteados pelo Estado, os esquerdistas dizem que convicções religiosas não devem interferir nas decisões políticas, pois o “Estado é laico”. Tem lógica?

Porém, nesta semana, houve uma reviravolta: o Supremo Tribunal dos Estados Unidos deu razão a duas empresas familiares que processaram o Governo – a Hobby Lobby, cujos donos são evangélicos, e a Conestoga Wood, propriedade de menonitas. Essa vitória é crucial, pois abre o caminho para que outras instituições e grupos religiosos mandem o Obama pastar (Fonte: NY Times).

selo_binoO juiz Anthony Kennedy, um dos que votaram a favor das duas empresas, disse que o Governo pode, se quiser, cobrir as despesas com os serviços de “saúde” que essas empresas não são mais obrigadas a custear. Toma!!!  Imagina, o cidadão trabalha para vencer na vida, consegue erguer um negócio e gera empregos; aí chega o Estado e o obriga a usar parte da renda de sua empresa para custear o acesso de seus funcionários a pílulas abortivas. E dane-se se isso viola a consciência dos proprietários da empresa!

Várias instituições religiosas católicas também estão nessa luta pela liberdade religiosa. Ficamos na expectativa para ver como essa história terminará. O Cardeal Timothy Dolan (aquele que quis comer meu hambúrguer no centro de imprensa da JMJ, mas eu não deixei) é o mais eminente representante da Igreja Católica na oposição ao ObamaCare. Além da questão da violação da liberdade religiosa, o Cardeal diz que é incompreensível que o Governo deixe de fora da cobertura de saúde os imigrantes ilegais e os bebês em gestação (Fonte: Christian Post).

É importante notar que parte dos bispos católicos – inclusive o Cardeal Dolan – deram apoio ao ObamaCare quando o programa sofria fortes resistências no Congresso; os bispos pensavam que se tratava unicamente de possibilitar aos mais pobres o acesso à saúde. Depois que viram que o ObamaCare era um verdadeiro cavalo de Tróia, já era tarde demais! Pois é… Apoiar socialista só pode dar nisso. Quando os católicos vão aprender que se meter com essa gente SEMPRE é cilada, Bino?

cavalo_troia_obama

No momento, as comunidades Amish são as únicas isentas de participar do ObamaCare; afinal, desde 1965, uma lei federal lhes dá o direito de recusar o ingresso em diversos programas sociais do governo (Fonte: Reuters). Os Amish gostam de viver a vida do seu jeito, não aceitam intervenção do Estado em seu modo de vida e, por coerência, recusam os benefícios sociais oferecidos pelo governo.

A maioria do povo brasileiro, bem diferente dos Amish, não assume o comando de sua vida e espera que o Estado lhe dê tudo de graça: saúde, educação, cultura, moradia etc. Só que, por isso, paga-se um altíssimo preço: grande parte da população trabalha quase metade do ano somente para pagar impostos, e o governo se sente no direito de contrariar os valores das famílias e impor a sua ideologia nas escolas, nos meios de comunicação e em outras instâncias.

Mas, voltando ao assunto… Iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiit’s TIME!!! Católicos X Obama – quem vai ganhar a luta? Nosso adversário joga sujo, pra ele vale até dedo no olho. Terço na mão, galera, pois nossa força está no nome do Senhor!

44 comments to Católicos X Obama – a guerra contra a violação da liberdade religiosa está travada

  • Rosalba

    Ola pessoal do site “O Catequista”! Gostaria que voces continuassem com a tao interessante serie sobre a RCC, pois no ultimo post da serie, voces disseram que falariam d repouso do espirito, entao estou curioso pelo proximo post.

  • Glaucio

    É lamentável a nossa (dos católicos brasileiros ) omissão nos assuntos relacionados à política. Apesar de ser uma questão de sempre, parece que nem ouvimos nosso papa martelar novamente: “A política é uma das mais altas formas de caridade”>

  • Catarina

    Olá,adoro o site de vocês !! Isso não tem nada a ver com o assunto, porém vocês poderiam fazer um post sobre as calunias ditas contra a Virgem Maria ? que o culto dela foi copiado de deusas pagãs? Eu sei que isso não tem nada a ver e são apenas mentiras, porém não tenho argumentos contra os que me vem dizendo que rainha dos céus era isis e semiramiris e essas coisas, e o pior é que isso vem de cristãos protestantes e de ateus,poderiam me ajudar nisso ? Obrigada!

  • Sidnei

    “Os Amish gostam de viver a vida do seu jeito, não aceitam intervenção do Estado em seu modo de vida, e, por coerência, recusam os benefícios sociais oferecidos pelo governo.”

    Como eu gostaria que isto também acontecesse dentro da Igreja Católica, pois pelo menos, aqui no Brasil, a gente vê várias instituições católicas como: hospitais, escolas e até pastorais como a das crianças, recebendo verbas do governo, quando estas mesmas instituições, deveriam recusar estas verbas e viver apenas das doações que os próprios católicos deveriam contribuir, sobre tudo, através do dizimo. Enquanto a Igreja continuar recebendo verbas vindas do governo para custear a manutenção de suas várias instituições, sempre haverá o risco de intervenção estatal nas suas instituições, como aconteceu aqui em minha cidade, o qual o prefeito do PT interviu em um hospital mantido pela Igreja, mas conveniada pelo SUS, e administrou por um certo tempo este hospital que é centenário, e sempre foi dirigido pela Igreja, mesmo as vezes não respondendo 100% ao atendimento público, mas era de propriedade da Igreja, mas o governo do PT se achou no direito de intervir na instituição, interviu, fez o que fez mas por ambição politica do que assistencial, e depois saiu devolvendo a administração do hospital para a Igreja, com ares de quem venceu, conquistou, fez o que fez e saiu com ares de vitória. Isto é só um exemplo do que ocorre, ocorreu e ocorrerá enquanto a Igreja aceitar receber auxilio de verbas estatais, a Igreja tem que tomar uma atitude de independência dos órgãos públicos e viver de sua própria renda, ou seja, o dizimo, porque se isto não acontecer, continuara o risco de sempre haver uma intervenção do Estado na vida da Igreja como aconteceu no E.U.A, através deste programa instituído pelo Obama.

  • Maicon Ronald

    Rejeitando hamburguer pro cardeal, tadinho kkkkk

    • valeria

      Para isso acontecer Sidney os católicos tem que ter a consciência do dízimo tem muitos que se diz católicos mas não é dizimista e muitos que são da a sobras as migalhas não é justo no seu dízimo tem uma visão que dízimo é uma esmola de moedinhas para a igreja….isso que deve mudar primeiro.

    • valeria

      Para isso acontecer Sidney os católicos tem que ter a consciência do que é o dízimo ,tem muitos que se diz católicos mas não é dizimista e muitos que são da a sobras as migalhas não é justo no seu dízimo tem uma visão que dízimo é uma esmola de moedinhas para a igreja….isso que deve mudar primeiro.

  • Christiane

    Ôôôô, Vivi, pelo menos repartia no meio o hamburguer!

    O Povo de Deus está sendo chamado a todo o momento a “pegar nas armas”! Fé e atitude!

    Alô meu povo de Nossa Senhora, seguuura o terço e ora!

    • Repartir ao meio? Dirrêito ninhum! Eu tava azul de fome, e ainda tinha muito trabalho pela frente. E ele tava lá, com aquelas bochechas rosadinhas, todo fofinho… parecia muito bem alimentado! rsrs

      • Janes

        E não só rezar, mas agir legalmente, pois a atitude de Obama (e seus simpatizantes no Brasil) é totalmente anti-laica e contra os Direitos Humanos e as liberdades civis. É preciso processá-lo e leva-lo aos tribunais. São Paulo recorreu aos seus direitos de cidadão romano contra os abusos de poder dos governantes e isso foi perfeitamente legítimo. O governo Obama está agindo hoje contra várias leis americanas e é regiamente financiado por ONGs poderosas. Basta ele ver a cor verdinha dos dólares para mudar de opinião.

    • Gêneto Eugenio

      Tem áudio da confissão….http://ocatequista.com.br/archives/10316
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • João

    Alguém explica para o burro aqui?

    Por que “templo, hospital, associação ou escola cristã” tem que pagar para algo? O ObamaCare não é tipo o SUS? Não consegui entender a relação. Uma escola cristã é obrigada a pagar um plano de saúde (ObamaCare) para os funcionários, e o funcionário pode pedir um aborto etc? É isso? Mas então seria diferente do SUS.

    • João, sua pergunta é pertinente.
      Não, o ObamaCare não é como SUS. As empresas têm que pagar diretamente por cada serviço de saúde solicitado pelo funcionário. Então, isso não se compara nem mesmo aos planos de saúde empresariais que os funcionários têm aqui no Brasil.

  • Mayara Affonso

    A situação se complica, quando a gente deixa a situação complicar. O financiamento estatal de obras sociais da Igreja, sempre dará nisso: intervenção estatal no que é de responsabilidade da Igreja.
    Aqui no Rio de Janeiro, isso está acontecendo com o financiamento público das casas terapêuticas para usuários de drogas, as instituições acham muito legal que a prefeitura queira financiar … e agora o Conselho de Serviço Social no Rio está tentando proibir os momentos de oração dentro dessas casas com a justificativa de que está se fazendo evangelização com dinheiro do estado.

  • O sr. Barack Obama é um dos piores entre os piores estadistas de todos os tempos. Não apenas no que tange ao seu governo, mas principalmente ao que ele faz dia e noite para promover o genocídio, a destruição da família, e o fim da liberdade. Esse aí e o cão são afinadíssimos.

  • Pedro

    NÃO DEVEMOS DEIXAR QUE ESTA ORDEM MUNDIAL QUE ESTA SE LEVANTANDO COM MUITA FÚRIA CONTRA OS VALORES RELIGIOSOS E CONTRA DEUS, SE ALASTRE POR TODO O GLOBO, É HORA DE LUTRA, É HORA DE REZAR MEUS IRMÃOS, NÃO DEIXEMOS QUE NOSSA FÉ SEJA SUBMETIDA A MUDANÇAS VINDAS DA CABEÇA DO HOMEM ,MAS QUE FORTES EM DEUS POSSAMOS DESTRUIR TODOS OS OBSTÁCULOS, FORÇA MEUS IRMÃOS E QUE DEUS SEMPRE NOS PROTEJA DAS HERESIAS DA MENTE E DAS VONTADES DO MUNDO.
    PAZ E BEM MEUS IRMÃOS !!!!

  • Amanda Furtado

    Catequista, eu sou brasileira e estudo nos EUA. A perseguição religiosa aos católicos e também cristãos evangélicos é absurda. Vejam este link, sobre clubes universitários religiosos que foram banidos da universidade por não aceitarem que pessoas de outras religiões ou opções sexuais fossem coordenadores do grupo.http://mobile.nytimes.com/2014/06/10/us/colleges-and-evangelicals-collide-on-bias-policy.html?hp&_r=0&referrer=

    • Christiane

      Fiquei chocada quando li! Absurdo, como um ateu pode coordenar um grupo de estudo bíblico? Como um homossexual que não quer mudar seu estilo de vida pode liderar um grupo cristão?
      Valha-me Deus, estamos sendo perseguidos até na terra que arrota liberdade!

  • Quando comecei a ouvir sobre o Obama, achei ele um cara legal e até votaria nele se fosse americano. MAS quando descobri quem, e como ele É, me arrependi de cada vez que tive essa ‘intenção de voto’. T-T
    Rezemos muito. Pelos Estados Unidos e pelo Brasil.

  • Daniel

    To ficando sem país pra poder fugir… o bagulho é ir pra Malta, onde a constituição afirma catolicismo como religião oficial… e ninguém conhece

  • João Amurim

    Quem é o autor da excelente primeira charge?

  • jessica

    Pode fazer um post sobre as confissões do demônio ao padre Pellegrino Ernetti? Eu as li neste site http://www.amormariano.com.br/artigos/padre-exorcista-revela-confissoes-de-satanas-o-que-mais-lhe-agrada/
    e achei algumas coisas estranhíssimas… Sei láá viu
    E o site tá lotado de gente falando em “verdadeira Igreja que existia antes da morte do pio XII”, meedo desse povo…

  • jessica

    Mais um pedido, pode esclarecer esta notícia “Cardeal Baldisseri: Vaticano promoverá “pastoral de misericórdia” para os divorciados e casais do mesmo sexo”, que está aqui http://www.acidigital.com/noticias/cardeal-baldisseri-vaticano-promovera-pastoral-de-misericordia-para-os-divorciados-e-casais-do-mesmo-sexo-77137/
    obrigadaa

    • Sidnei

      Também espero Jessica, mas parece que o pessoal aqui do catequista não esta muito interessado, ou, ainda não se atenderam ao fato, ou estão esperando o sínodo em outubro para que os fatos fiquem mais claros. Quem melhor pode nos esclarecer isto é o próprio pessoal aqui do blog.

  • “Reparem: na hora de se elegerem e quando buscam aprovar seus projetos, os esquerdistas pedem o apoio dos católicos (e, para variar, convencem um monte de otários). Mas quando os católicos lutam para impedir que seus valores sejam pisoteados pelo Estado, os esquerdistas dizem que convicções religiosas não devem interferir nas decisões políticas, pois o “Estado é laico”. Tem lógica?”

    E pensar que vi gente fazendo campanha para a Dilma na minha paróquia em 2010.
    O pároco praticamente comemorou a vitória na homilia da Missa do dia seguinte à eleição……

  • leticia

    Olá meu nome é Letícia , tenho 15 anos e tenho uma pergunta.’Em nossa igreja católica há um altar. Porque temos altar e os nossos irmãos protestantes não têm ? Sei q na bíblia fala sobre altares. Um beijo irmãos , que deus abençoe.

    • Oi, Letícia!
      O altar é o lugar sagrado do sacrifício. No Antigo Testamento, o povo sacrificava um animal, que na verdade era a imagem do Cristo, Cordeiro de Deus, que se ofereceria em sacrifício pelos nossos pecados. Já explicamos isso neste post:

      Por que Jesus é chamado de Cordeiro de Deus?
      http://ocatequista.com.br/archives/5154

      Na Santa Missa, o altar é FUNDAMENTAL, pois representa o solo onde a cruz de Cristo foi fincada, o solo onde ele derramou Seu sangue. E sobre o altar o sacrifício de Cristo na Cruz é feito presente de novo, em cada Missa.

      A partir da Reforma Protestante, os cristãos separados da única Igreja fundada por Cristo, a Igreja Católica, começaram a negar pontos centrais da fé dos Apóstolos. Primeiro, negaram a autoridade do sucessor de Pedro, o Papa; depois, negaram a intercessão dos santos; depois, deixaram de crer na Santa Eucaristia, e por aí vai. Em seus cultos, muitos deles até distribuem aos fiéis o pão e o vinho, mas como mero símbolo. Portanto, nos cultos protestantes, se faz o que eles chamam de “ceia”, e não há consagração do pão e do vinho.

      Então, se nos cultos protestantes não se renova o sacrifício de Cristo, não há porque ter altar. Na verdade, muitos templos protestantes até mesmo têm altar, mas é só figuração, é só um móvel para apoiar a Bíblia. Nenhum sacrifício é apresentado sobre ele. É um altar cenográfico, e não um altar de fato.

      Espero ter ajudado. Abraço!

  • Carla Duran

    Lamentável para o povo americano hein! Fico pensando se algo parecido pode chegar por aqui. Perseguição religiosa já temos, em alguns lugares velada, mas percebo que de uns anos pra cá vem piorando. Como trabalho com recrutamento e seleção sempre pergunto aos candidatos se tem alguma religião, por conta das datas especiais, uniformes, etc., e percebo que muitos não falam mais a religião, só descobrimos quando eles já tem um bom tempo de empresa, uma pena isso…

  • Robson dos santos

    ola pessoal de o catequista sempre leio os posts de vcs tem me ajudado muito. Não sei se vcs já leram essa noticia http://www.comshalom.org/onu-aprovou-historica-resolucao-favor-da-protecao-da-familia/. finalmente a ONU deu uma dentro kkk

  • João Amurim

    Sem problemas. Queria saber pq ela é realmente boa e disse tudo!

  • Geraldo

    Por causa o orgulho e do endeusamento pessoal, o homem atual quer se separar de Deus como que cerceando sua liberdade e por meio de suas ideologias, apregoar a liberdade total para que os seguirem.
    O problema é que, por sermos muito diferentes, cada um agir a partir de si como um deusinho, criaremos o caos, uma nova Babel, a partir dos propositores dessas ideias de psicopatas que entre si se odeiam e aos outros então, não é bom nem falar.
    O que eles querem é todos sem Deus, sem família, desagregados, batendo-se entre si para mais facilmente a todos dominarem.
    A mesma ideologia pregada pelo “libertário” PT, tendo Cuba como referencia de uma regime desses em que o povo cubano caiu nos mesmos “cantos da sereia”…
    E o povo da Venezuela idem!

  • Paulo

    Achei o que estava procurando hehe!
    Galera, maravilha este blog. Estou entrando agora no mundo das ideias conservadoras e liberais e fico feliz de encontrar um espaço antenado com o que sai de noticia no exterior, fiquei sabendo desse negócio do hobby lobby por acaso mas como meu inglês é fraco não tinha entendido muito bem, no caso é pau no maníaco do Obama.
    Blog favoritado desde já!!!!!!!!!!!

  • Leniéverson

    Olá, boa tarde! Posso usar trechos deste post com os devidos créditos no meu artigo sobre os Estados Unidos?

  • olá
    como recomendo esta matéria pelo Facebook?

  • Fran

    MAS BAH, tchê! NÃO ACREDITO! (Claro que acredito, só estou demonstrando que estou “de cabelo em pé”)

    Cara, como assim? Eu achava o Obama um cara tão legal! Sempre fui contra a nossa presidente (presidentE sim, pois não chamo estudantes femininas de estudantAs) se afastar dos EUA para se aproximar de Cuba. Claro que a América do Norte tem seus erros, mas nem se compara à ditadura cubana.

    Sei um pouco de política e história do Brasil, mas não sei nada de partidos americanos. Porém, nunca imaginei que o Obama, chefe do país que lutou contra a influência comunista soviética na Guerra Fria, seria capaz de uma atitude tão esquerdista.

    Como diria Carlos Drummond de Andrade: “E agora, José?”

  • Wellington Pablo

    Vocês não são contra contraceptivos, né. Quero dizer, não havendo fecundação não tem como haver a destruição de uma vida.
    Eu também não sou a favor de natalidade imposto pelo estado, só que contra contraceptivos não tenho nada.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>