A Igreja primitiva já era chamada de “Católica”. Durmam com essa!

meu_corassaum

Amigos, este post é uma continuidade do post de ontem, em que começamos a responder algumas questões levantadas por um irmão evangélico.

*****

Lucas F., você pediu uma evidência de que a Igreja Católica não seria apenas uma dissidência, uma seita que se separou da Igreja primitiva. Ok! Uma boa ideia é consultar os padres dos séculos I e II.

Vejamos o que disse certo bispo da igreja primitiva: Santo Ireneu de Lyon. Ele viveu entre o ano 130 e 202, e é considerado santo não só pelos católicos, mas também pelos luteranos, que celebram a sua festa no dia 28 de junho. Ou seja: convocamos um cara que tem moral com os protestantes tradicionais.

Na obra Adversus Haereses, Ireneu descreve a linha de sucessão apostólica de São Pedro a Santo Eleutério, o Papa de sua época. Em seus escritos, fica claro que a Igreja primitiva possuía um pastor universal, o bispo de Roma. E da Igreja de Roma provinha o conteúdo de fé com o qual todos os cristãos deveriam concordar.

3,2 – “Mas visto que seria coisa bastante longa elencar (…) as sucessões de todas as igrejas, limitar-nos-emos à maior e mais antiga e conhecida por todos, à igreja fundada e constituída em Roma, pelos dois gloriosíssimos apóstolos, Pedro e Paulo, e, indicando a sua tradição recebida dos apóstolos e a fé anunciada aos homens, que chegou até nós pelas sucessões dos bispos. (…)

“Com efeito, deve necessariamente estar de acordo com ela, por causa da sua origem mais excelente, toda a igreja, isto é, os fiéis de todos os lugares, porque nela sempre foi conservada, de maneira especial, a tradição que deriva dos apóstolos.”

3,3 – “Os bem-aventurados apóstolos que fundaram e edificaram a igreja transmitiram o governo episcopal a Lino, aquele Lino que Paulo lembra na epístola a Timóteo. Lino teve como sucessor Anacleto. Depois dele (…), coube o episcopado a Clemente, que tinha visto os próprios apóstolos e estivera em relação com eles, que ainda guardava viva em seus ouvidos a pregação deles e diante dos olhos a tradição. (…)

“Eleutério, em décimo segundo lugar na sucessão apostólica, detém o pontificado. Com esta ordem e sucessão chegou até nós, na Igreja, a tradição apostólica e a pregação da verdade. Esta é a demonstração mais plena de que é uma e idêntica a fé vivificante que, fielmente, foi conservada e transmitida, na Igreja, desde os apóstolos até agora.”

Ireneu de Lyon, em Adversus Haereses. Fonte: Veritatis Splendor. Testemunhos Patrísticos sobre a sucessão apostólica.

Acho que o grande Ireneu foi bem claro, mas vamos resumir em tópicos:

  • a igreja de Roma, por ter sido fundada por Pedro e Paulo, tem a origem mais excelente;
  • o bispo de Roma é quem herda as chaves dadas por Cristo a Pedro (ou seja, “a tradição apostólica e a pregação da verdade”, além do pastoreio universal);
  • a igreja de Roma é a que conserva, de maneira especial, o ensinamento dos Apóstolos (olhaí a infalibilidade);
  • as comunidades cristãs andam seguramente na fé dos Apóstolos se permanecem fiéis à igreja de Roma.

Tudo bem até aqui? Certo.

marty

Então, a pergunta agora é: a igreja de Roma se esfacelou, se perdeu no tempo? Não! A linha sucessória de bispos romanos descrita por Ireneu continuou sem interrupções até os dias de hoje. As sandálias de Pedro passaram para os pés de São Lino (o segundo bispo de Roma), depois para outro, e para outro, e para outro… até chegar nos pés do nosso amado Papitcho Francisco.

Isso não é algo que precisamos aceitar pela fé: é um DADO HISTÓRICO! No site do Jornal O Globo, tem um infográfico ses-sa-cio-nal que mostra todos os papas da História (clique aqui para ver). Tá ali a prova de que as chaves que Pedro recebeu de Cristo passaram de mão em mão, numa linha ininterrupta. E hoje, é um tanto constrangedor admitir que somos guiados por um argentino, mas… Francisco, tu és Pedro!!!

Muitos desses bispos de Roma – que depois o povo passou a chamar de Papa (papai) – foram grandes santos; outros não foram nem mesmo bons cristãos. Mas todos eles, ao ensinar para toda a Igreja sobre questões de fé e moral, foram infalíveis. Por que Jesus prometeu que as portas do Inferno jamais prevaleceriam sobre a Igreja.

Em 1950, arqueólogos descobriram um sinal bombástico e comovente da veracidade dessa afirmação: os ossos de São Pedro foram encontrados numa cripta subterrânea da Basílica de São Pedro, no Vaticano. O altar central fica justamente acima do ponto onde está o túmulo. Sim: sobre Simão Pedro, Jesus edificou a Sua Igreja!

tumulo_pedro

Depois disso que expomos, é ilógico negar que a Igreja Católica é a mesma igreja de Roma citada por Ireneu de Lyon. Ainda assim, vamos mostrar também o testemunho de outro bispo da Igreja primitiva, que foi evangelizado diretamente pelo Apóstolo João: Santo Inácio de Antioquia. Cristão venerável e acima de qualquer suspeita, ele entregou sua alma no Coliseu, devorado por leões (ano 107).

No Prólogo de sua Carta aos Romanos, Santo Inácio escreveu: “Roma preside a Igreja na caridade”. Ok… Agora passemos à sua “Epístola aos Erminenses” 8,2… Conta pá nóis como era chamada a igreja de Roma, Santo Inácio!

“Onde está Cristo Jesus, está a Igreja Católica.”

– Inácio de Antioquia (bispo e mártir no ano 107)

O que posso dizer diante disso? Me dá vontade de gritar, bem ao modo do puxador de samba do Salgueiro: “Pimba! Pimba! Ai que lindo, que liiiiiindo!”

Esse é o documento mais antigo que usa a expressão “Igreja Católica”. O segundo mais antigo é de um certo Marcião, irmão da igreja de Esmirna, escrito lá pelo ano 150. Ele relata para a igreja de Filomélio como se deu o martírio de São Policarpo, que era discípulo de João e bispo de Esmirna:

“A Igreja de Deus que vive como estrangeira em Esmirna, para a Igreja de Deus que vive como estrangeira em Filomélio e para todas as comunidades da santa Igreja católica que vivem como estrangeira em todos os lugares.”

– O Martírio de Policarpo. Texto da igreja primitiva de Esmirna, escrito lá pelo ano 150

Mas será que podemos botar fé nesse documento? O renomado historiador Jacques Lebreton garante que sim: “O historiador das origens da religião cristã não poderia desejar um texto mais autorizado” (J. Lebreton, Histoire du dogme de la Trinité, t. II, Paris, 1928, p.200). Aliás, esse texto foi lido e altamente recomendado em um culto evangélico pela pastora e cantora golpel Ana Paula Valadão.

nao_acredito

Sim, acredite. Mesmo ela reconhece que a Igreja primitiva já era chamada de “católica” pelos cristãos (tem vídeo).

Lucas F., espero que tenha ficado bem claro que a Igreja Católica não é uma dissidência da Igreja primitiva, mas sim a sua continuidade. Ela é a Esposa única (Jesus não é polígamo), a guardiã de Sua Palavra e a legítima herdeira de Seus bens. Fechamos com a bela observação de Ana Paula Valadão, na sua pregação sobre o martírio de Policarpo:

“Irmãos, naquela época não tinha igreja protestante. Glória a Deus, aleluia! Vamos aprender dos nossos pais.”

– Ana Paula Valadão

Sim! Vamos acolher a palavra dos primeiros padres, Ana Paula. Eu, você, o Lucas F. e o mundo inteiro! Temos coragem para isso?

Grande abraço, e que a Virgem Maria sempre te guarde, Lucas F.!

82 comments to A Igreja primitiva já era chamada de “Católica”. Durmam com essa!

  • Jose Anesio da Cruz Pereira

    Sempre aprendendo mais sobre a nossa amada Igreja.
    A carta de Santo Inácio eu já conhecia,já a referência de Marcião ao termo “Igreja Católica”,tive ciência aqui.
    Bom, deixa eu voltar a aprender mais,tem uma infinidade de coisas para aprender.

  • Ana Lúcia

    Fico feliz quando aprendo algo. Muito obrigada por esse aprendizado. Sou católica praticante de coração e por opção e amo minha religião. E que a Trindade Santa esteja sempre conosco e que a virgem Maria Santíssima sempre interceda por cada um de nós.

  • [Hermas ] escreve dois pequenos livros e envia para Clemente o [Bispo de Roma] em seguida, envia-os para as cidades do exterior, porque esse é o seu dever “(The Shepherd. 2: 4: 3

  • SÃO JUSTINO FALA DA IGREJA CATÓLICA

    São Justino Mártir (110-165)
    O Governo único de Deus
    http://logoslibrary.org/justin/government/1.html

    “Para os homens de gerações anteriores, que instituiu ritos privados e públicos em honra de, como eram mais poderosos, causou o esquecimento da FÉ CATÓLICA para tomar posse de sua posteridade…”

    http://www.newadvent.org/fathers/0130.htm

  • ESSA É PARA OS PROTESTANTES SAIBAM QUE ANTES MESMO DE CONSTANTINO TER NASCIDO O NOME DA IGREJA CATÓLICA JÁ ESTAVA DOCUMENTADO NOS DOCUMENTOS PRIMITIVOS DOS PADRES DA IGREJA MAS DE 140 VEZES

    Orígenes no seu livro 3 prefácio Deixe essas coisas, no entanto, ser desprezados por ele que está desejoso de ser treinado na aprendizagem divina, mantendo em sua integridade a regra da fé católica.

    A IGREJA FUNDADA POR CRISTO É A IGREJA ROMANA ASSIM COMO A BÍBLIA E A PATRÍSTICA TESTEMUNHAS A FAVOR:

    E MAS SÃO LINO FOI O PRIMEIRO BISPO DE ROMA E ELE É CITADO POR SÃO PAULO NA BÍBLIA NOTAS: TODOS OS PADRES DA IGREJA EM SUAS OBRAS TESTEMUNHAVAM ISSO: VEJA O QUE DIZ SOBRE ISSO EUSÉBIO DE CESAREIA NASCIDO NO ANO 264

    Depois do martírio de Pedro e Paulo, o primeiro a obter o episcopado na Igreja de Roma foi Lino. São Paulo, ao escrever de Roma a Timóteo, cita-o na saudação final da carta (2 Timóteo 4,21), (Eusébio Bispo de Cesaréia – HE,III,2 – 317 d.C). E NO MESMO LIVRO DIZ:

    Neste cadeira em que ele próprio tinha sentado, Pedro em Roma ordenou Lino, o primeiro eleito, para se sentar. Depois dele, cletus que também aceitou o rebanho da dobra. Como seu sucessor, Anacleto foi eleito por sorteio. E Clemente segue, bem conhecido dos homens apostólicos.

    NOTAS EUSÉBIO TAMBÉM DIZ QUE O QUARTO PAPA SÃO CLEMENTE ROMANO É CITADO POR SÃO PAULO NA BÍBLIA Isso está documentado em sua História Eclesiástica no qual Eusébio afirma que São Clemente de Roma é o mesmo Clemente referido por São Paulo, em Filipenses 4:3,

    E MAS…Tertuliano 160 em sua prescrição contra os hereges ,TAMBÉM afirma que São Clemente foi ordenado pelo apóstolo Pedro.

    E MAS… Orígenes nascido no ano 182 também escreveu que o quarto bispo de Roma São Clemente foi companheiro de trabalho de São Paulo e por ele foi citado em( Filipenses 4:03 )

    E MAS… O Pastor de Hermas é uma obra literária cristã do século e no seu Livro I visão ele documenta que São clemente era bispo de Roma veja:

    Por isso a você [Hermas ] escreve dois pequenos livros para enviar um para Clemente [Bispo de Roma]

    AGORA VAMOS A ALGUNS TESTEMUNHOS DOS PADRES DA IGREJA SOBRE PEDRO EM ROMA E A SUCESSÃO DOS BISPOS DE ROMA:

    NOTAS: EUSÉBIO DE CESARÉIA NASCIDO NO ANO 254 É UM DOS MAIORES HISTORIADORES DA HUMANIDADE E EM SEU LIVRO HISTÓRIA ECLESIÁSTICA DE 5000 MIL PAGINAS COM 10 VOLUMES ELEESCREVEU:
    Que o bispo Dionísio de Corinto morto no ano 170, em extrato de uma de suas cartas aos romanos trata da seguinte forma o martírio de Pedro e Paulo:

    “Tendo vindo ambos a Corinto, os dois apóstolos Pedro e Paulo nos formaram na doutrina do Evangelho. A seguir, indo para a Itália, eles vos transmitiram os mesmos ensinamentos e, por fim, sofreram o martírio simultaneamente.

    E MAS… Gaio, presbítero romano, MORTO NO ANO 240 DA ERA CRISTÃ ESREVEU:

    “Nós aqui em Roma temos algo melhor do que o túmulo de Filipe. Possuímos os troféus dos apóstolos fundadores desta Igreja local. Ide à Via Ostiense e lá encontrareis o troféu de Paulo; ide ao Vaticano e lá vereis o troféu de Pedro.“

    E MAS GAIO TESTEMUNHA QUE O TUMULO DE PEDRO E PAULO ESTÃO EM ROMA VEJA:

    Gaio dirigiu-se nos seguintes termos a um grupo de hereges:

    “Posso mostrar-vos os troféus (túmulos) dos Apóstolos. Caso queirais ir ao Vaticano ou à Via Ostiense, lá encontrareis os troféus daqueles que fundaram esta Igreja.”(Eusébio, História Eclesiástica, 1125, 7.)

    _

    JÁ Cipriano (+ 258) Bispo de Cartago (norte da África):

    “Com um bispo falso apontado eleito por hereges, eles se atrevem a navegar e levar cartas de cismáticos e blasfemos para a cátedra de Pedro e à Igreja principal, em que a unidade sacerdotal tem a sua fonte; eles nem pensaram que estes são romanos, cuja fé foi elogiada na pregação pelo Apóstolo, e entre os quais não é possível a perfídia ter entrada

    _

    Irineu de Lyon Contra as heresias no seu Livro III “Mas, uma vez que seria muito tempo para enumerar em um volume como esta sucessão de todas as igrejas, devemos confundir todos aqueles que, de qualquer maneira, seja através de auto satisfação ou por vanglória , ou através de cegueira e parecer mau, montar diferente de onde ele é adequada, ao apontar aqui as sucessões dos bispos da maior e mais antiga igreja conhecido de todos, fundada e organizada em Roma pelos dois mais gloriosos apóstolos, Pedro e Paulo, essa igreja, que tem a tradição e a fé que vem até nós depois de ter sido anunciado aos homens pelos apóstolos. Com essa igreja, por causa da sua origem superior, a todas as igrejas devem concordar, isto é, todos os fiéis em todo o mundo, e é nela que os fiéis em todos os lugares têm mantido a tradição apostólica

    Dionísio de Corinto morto no ano 171
    Você [Papa Sotero] também têm, pela sua própria advertência, reuniu o plantio que foi feito por Pedro e Paulo em Roma e em Corinto; para ambos iguais plantada em nosso Corinto e nos ensinou, e ambos iguais, ensinando semelhante na Itália, sofreu o martírio ao mesmo tempo “(Carta ao Papa Sotero [170 dC], em Eusébio, História da Igreja 2: 25: 8).

    Clemente de Alexandria nascido no ano 150 em fragmentos de Eusébio, afirma,

    As circunstâncias que ocasionou [a escrita] de Marcos eram estes:… Quando Pedro pregou a Palavra publicamente em Roma e declarou o evangelho pelo Espírito, muitos que estavam presentes solicitou que Marcos, que tinha sido um longo tempo seu seguidor e que lembrou de suas palavras, que deveria escrever o que havia sido proclamado

    Já Tertuliano contra os hereges 160 diz Foi nada retido a partir do conhecimento de Pedro, que é chamado de “a rocha em que a igreja deve ser construída”, que também obteve “as chaves do reino dos céus”, com o poder de “ligar e desligar no céu e na terra ? ”

    Firmiliano morto no ano 269 era um discípulo de Orígenes e ele escreveu ao

    “[Papa] Estevão …Dizendo orgulha-se do lugar de seu episcopado, e alega que ele segura a sucessão de Pedro, a quem foram colocadas as bases da Igreja [Mateus 16:18]. … documento coletados das cartas de Cipriano 74 [75]: 17 [253 dC]).

    Já Inácio… À igreja também que detém a presidência, no local do país dos romanos, digna de Deus, digno de honra, digno de bênção, digno de louvor, digna de sucesso, digno de santificação, e, porque você terá a presidência no amor, em homenagem a Cristo e nomeado após o Pai “(Carta aos Romanos 1: 1 [110 dC]).

  • Cipriano de Cartago O Sétimo Concílio de Cartago [200-270 AD]
    Tomando cuidado para manter a unidade do Espírito no vínculo da paz”
    Há um só corpo e um só Espírito, assim como fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; . um só Senhor, uma só fé, um só batismo, um só Deus “Todas estas coisas fala da Igreja Católica e, novamente, no Evangelho, o Senhor diz:”. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito; porque Deus é Espírito, e ele é nascido de Deus. “Portanto, tudo o que todos os hereges e cismáticos fazem são carnais …
    … Julgo que todos os hereges e cismáticos que desejam vir para a Igreja Católica, mas não serão autorizados a entrar, sem que tenham sido previamente exorcizado e batizados; com excepção dos fato que eventualmente tenham sido batizados na Igreja Católica, e estes, de tal forma que eles podem ser reconciliados com a penitência da Igreja pela imposição das mãos.
    Munnulus de Girba disse: A verdade da nossa Mãe, a Igreja Católica, irmãos, vos sempre se manteve e ainda permanece com a gente, e até mesmo, especialmente na Trindade do batismo, como nosso Senhor diz: “Ide e batizar as nações, na nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo “.
    Pois, se os que são batizados entre eles obter pela remissão dos pecados a sua vida eterna, por que eles vêm para a Igreja? Mas se a partir de uma pessoa morta há salvação recebida, portanto, reconhecendo o seu erro anterior, eles retornam para a verdade com a penitência, eles devem ser santificado com o único batismo vital que é na Igreja Católica.
    Jader de Midila disse: Sabemos que há um só batismo na Igreja Católica e, portanto, não devemos receber um herege a menos que ele foi batizado no meio de nós; para que ele não deve pensar que ele foi batizado de fora da Igreja Católica.
    Felix de Marazana disse: Não há uma só fé, um só batismo, mas da Igreja Católica, o único que tem o direito de batizar.
    Peter de Hipona Diarrhytus disse: Uma vez que há um só batismo na Igreja Católica, e é manifesto que não se pode ser batizado fora da Igreja. E, portanto, julgo que aqueles que foram mergulhados em heresia ou cisma, quando eles vêm para a Igreja, deve ser batizado.
    Pusillus de Lamasba disse: Eu acredito que não há batismo economia, exceto na Igreja Católica. Tudo o que está para além da Igreja Católica é um fingimento.

  • Natália

    “Mas visto que seria coisa bastante longa elencar (…) as sucessões de todas as igrejas,(…)”…
    Quais igrejas seriam essas que possuíam também sucessão? Seria as “locais” (o que chamamos hoje de paróquia e comunidades)?

    • Sim, eram as igrejas locais, que hoje chamamos de Dioceses, Arquidioceses, igrejas orientais sui iuris etc. Ou seja, igrejas locais que são membros de um único Corpo, e todas subordinadas a Roma.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>