Meteoro do Chicão – Luan Santana na JMJ

Canta, Povo Católicooooooo! Vamos lá… bracinhos pra cima! “Te dei o sol, te dei o mar, Pra ganhar sua conversão. Você é raio de santidade, meteoro do Chicão“!

Cantores dos PapasFizemos alguns posts sobre outras denominações cristãs e outras religiões e, invariavelmente, surgem dezenas de comentários pedindo amor, tolerância, dizendo que devemos rezar pelo irmão que erra, que devemos acolher a todos e bla bla bla… dezenas de formas de #mimimi. Mas desde que Luan Santana foi anunciado na JMJ, alguns católicos pareceram esquecer todos os conselhos e têm se dedicado fortemente a avacalhar o maior evento católico do mundo, fazendo abaixo-assinados e até propondo protestos para tirar o cantor da programação da Jornada! Como assim, Bial? Será que estamos mesmo sendo justos?

Vamos aos fatos: eu não curto ouvir Luan Santana, nunca fui a show e não dou gritinhos histéricos quando ouço Meteoro da Paixão, que por sinal, é a única coisa que conheço dele. E justamente por isso, me pergunto o que ele fez de tão errado pra provocar essa catarse. Você sabe? Ah, já ouvi falar que ele tem músicas que divulgam coisas que não são digamos… edificantes. Ok. Mas ele vai canta-las para o Papa? Duvido. Nem ele, nem os empresários dele e nem os organizadores da Jornada são malucos.

Agora, o fato de ele ter músicas assim invalida alguma coisa? Afinal, o mesmo Roberto Carlos que já cantou diversas vezes para João Paulo II e Bento XVI canta Jesus Cristo, mas também canta Cavalgada (não… não tem a ver com cavalos). E a Elba Ramalho, com todos aqueles bate-coxas, vai entrar no céu muito antes de mim (se eu for) pelo fantástico trabalho pró-vida que tem feito (e que eu vi com meus próprios olhos). Bob Dylan cantou pra João Paulo II e não dá pra dizer que a obra do cantor seja um primor de religiosidade. Então, qual é o problema?

É uma questão de imagem? Até onde sei, a imagem dele não está associada a nenhuma coisa ruim. Seria diferente se estivéssemos falando do Marcelo D2, que fez (e ainda faz) campanha ativa pela liberação da maconha, ou da Daniella Mercury, que apareceu namorando outra mulher. Definitivamente, este não é o caso.

Você que está lendo agora curte rock? Já postou algo da sua banda favorita no Facebook? Xiiii… então talvez você não possa estar na Jornada! A maior parte das músicas deste estilo falam, no mínimo, de coisas pecaminosas.  E o fato de você gostar delas ou cantá-las não faz de você o anti-Cristo!

Joao Paulo II e Bento XVI conversando

Ah… dirão alguns, é que o Luan já deu declarações de que transa com fãs. Bem. Isso é ruim e espero sinceramente que ele não faça isso na JMJ.  Mas eu mesmo já vi jovens do ministério de música se aproveitando da magia do violão (droga… nunca tive um).  E olha que eles tocam na Missa, o que, graças a Deus, não é o caso aqui.   Além disso, quem de nós não comete centenas de erros todos os dias? Isso impede alguém de colocar seus dons a serviço da Igreja e estar diante do Papa? Se a resposta for sim, muitos e muitos voluntários, a começar por mim, não serão dignos de estar servindo na Jornada.

Agora você se pergunta: “Ok. Mas será que ele se arrepende?”. A resposta é: não sei. Só Deus sabe o que está no coração de cada um dos milhares de voluntários e peregrinos que terão o privilégio de ver o Papa na Jornada Mundial da Juventude. E não cabe a mim julgar o nível de “catolicidade” de cada um e definir se este ou aquele pode fazer isso ou aquilo…

E quem acha que o Luan Santana tirou lugar de bandas católicas, pode parar com o #mimimi.  Não foi por causa dos poucos minutos de apresentação do cantor que alguém ficou de fora.  A JMJ terá centenas de artistas católicos, e quem não entrou é porque não era pra entrar.

Francisco e Bento conversando

Enfim, meu povo católico, eu também acho que, do ponto de vista artístico (e é só sobre isso que eu posso opinar), não foi uma boa escolha. Mas essa é tão somente a minha opinião. Tenho a certeza de que muitos que estão lendo pensam o contrário e ficarão muito felizes de ver Luan Santana cantando na JMJ.

O que interessa mesmo é que, com ou sem Luan Santana, o Papa Francisco virá ao Rio de Janeiro e encontrará milhares de peregrinos de todas as idades e de todas as partes do Brasil e do mundo. O que interessa é que milhões de pessoas no Brasil e no mundo serão impactados pelas mensagens do Papa e pelas belíssimas imagens de milhares de jovens, em vigília, adorando o Espírito santo. Você vê isso com frequência? Ninguém vê. E graças a Deus, teremos a chance de dar esse testemunho e ampliar isso através dos mais de 5.500 jornalistas (recorde absoluto), de centenas de países, inscritos para cobrir o MAIOR EVENTO CATÓLICO DO MUNDO!

Galera gritando

E faremos isso contra a vontade de milhares de inimigos da Igreja que estão loucos para ver o evento afundar e se transformar em desculpa pra atacar a Igreja. Tudo porque nenhum deles quer que a potência da nossa fé tenha essa grande chance de ser mostrada e comentada quase que massivamente durante, no mínimo, uma semana. Não querem que mostremos a nossa unidade.

Dom Luigi Giussani, fundador do movimento Comunhão e Libertação, certa vez disse que o diabo, muito mais do que temer as nossas obras piedosas, teme a nossa unidade. Porque juntos, somos um povo, somos a continuidade de Cristo na Terra.

E você vai perder a chance de mostrar tudo isso por causa do Luan Santana? Ele é realmente tão importante assim? Vamos continuar atirando pedras em uma semana de encontro com o sucessor de Pedro, por causa de alguns minutos da apresentação de um cantor? Vamos realmente continuar minando a nossa unidade às vésperas desse encontro e dando argumento pra quem quer nos atacar?

Pense bem. De que lado você está?

Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha.

Lucas 11:23

Agora canta de novo! Mas agora batendo palmas! BRACINHOS PRA CIMAAAAAAAAAAAAAAA! “Te dei o sol, te dei o mar, Pra ganhar sua conversão. Você é raio de santidade, meteoro do Chicão…”

Meteoro Do Chicao

81 comments to Meteoro do Chicão – Luan Santana na JMJ

  • Neia

    Quem critica o cantor Luan Santana não o conhece ou o julga erroneamente.
    Achei linda sua participação na JMJ 2013, demonstrando seu amor e respeito pela Igreja Católica. Foi muito digno de cantar sim, pois é católico como qualquer outra pessoa. Como todo mundo, tem seus defeitos e qualidades. Sou fã dele, o conheço e também admiro o seu trabalho, cujas músicas nunca denegriram a imagem da mulher, incitou as pessoas ao pecado ou foi um contra-testemunho à Igreja. Pelo contrário, em suas atitudes de auxílio ao próximo, em suas entrevistas, shows, em sua vida publica, ele evangeliza muito mais do que aqueles que estão lá no altar, nas missas.
    Na JMJ houve espaço pra todos, até para este cantor sertanejo, que já declarou publicamente ser católico, ele deu um show, como sempre, de humildade, simpatia e talento. No especial de Natal do Rei Roberto, agora em dezembro, vai cantar músicas para Deus e novamente vai arrasar.
    Adorei o post deste site e não acho que o autor esteja defendendo o Luan, apenas expressando a sua opinião, assim como todos o fizeram aqui (eu tbm!!! :)…. )… Por favor, antes de falar de alguém, vejam suas próprias vidas! E não julgue as pessoas ou suas atitudes, pq somos todos filhos de Deus, até o Luan Santana, que é tão católico quanto eu, vc ou o Papa Francisco!

Deixe uma resposta

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>