Meu protestante favorito – uma reflexão sobre os nossos irmãos separados

protestante_favorito

Depois da animação “Meu Malvado Favorito”, bem que os católicos poderiam produzir um filme chamado “Meu protestante favorito”. Afinal, muitos de nós admiramos o testemunho cristão de ao menos um amigo, parente ou celebridade protestante (ainda que reconheçamos as graves lacunas de sua crença).

Tem uns sites católicos por aí dizendo que os protestantes não são nada além do que um bando de hereges completamente afastados da graça de Deus, e nem mesmo podem ser chamados de cristãos. Se você pensa assim, você está contra a doutrina católica, sim, amiguinho!

É preciso saber que:

  • a Igreja Católica reconhece como VÁLIDO o batismo ministrado em algumas comunidades protestantes (veja quais);
  • a encíclica Dominus Iesus afirma que os membros de outras religiões, ainda que de forma GRAVEMENTE deficitária, podem receber a graça de Deus – pois muitos não têm culpa de serem ignorantes quanto à verdadeira fé;
  • São Paulo ensina que até mesmo os pagãos, apesar de não terem tido contato com a lei de Deus, muitas vezes fazem o que a lei manda, quando são fiéis à sua consciência (Rom 2,13-15);
  • fora da Igreja não há salvação (já explicamos esse dogma aqui), e, junto a isso, também é verdade “para se obter a salvação, não se exige a incorporação real (reapse), como membro, à Igreja, mas é exigido, pelo menos, a adesão a esta pelo voto e o desejo (…). Se o homem sofre de ignorância invencível, Deus aceita um voto implícito, assim chamado porque contido naquela boa disposição da alma com a qual o homem quer a sua vontade conforme à vontade de Deus.” (Carta do Santo Ofício ao Arcebispo de Boston, 1949. Denzinger, 3866 -3872).

Diante de tudo isso, como é que se pode sustentar a ideia estapafúrdia de que os protestantes não são cristãos?

Nós católicos devemos saber conciliar a necessária luta contra a heresia protestante com o devido amor e respeito aos nossos irmãos separados. Até mesmo sabendo identificar as oportunidades de colaboração mútua em “questões sociais e técnicas, culturais e religiosas” (S. João Paulo II, Redemptoris Missio).

chuck_portao

Que a Deforma Protestante foi obra do capeta, isso nós temos que deixar claro (não foi reforma, foi deforma mesmo!). Ainda assim, algo de católico os protestantes conservaram – o Novo Testamento foi compilado pelos católicos, afinal (saiba mais aqui)! E é essa parcela de herança católica que Deus pode usar para realiza a Sua obra.

Aliás, nem todo protestante é herege, no sentido mais amplo do termo. Existe uma diferença entre crer em uma doutrina errada por ignorância invencível (heresia material), e entre rejeitar a verdade por puro orgulho, covardia e teimosia (heresia formal).

Nas comunidades protestantes, os pastores, bispos e apóstolos não possuem poder sacerdotal algum – pois não possuem sucessão apostólica. E, mesmo assim, muitos deles agem de reta consciência, buscando com sinceridade serem fiéis a Jesus.

Como bem observou nosso leitor Geraldo: “Uma coisa é o herege pai, fonte da heresia. Outra coisa são os membros das comunidades eclesiais herdeiras desse heresiarca (os batistas, os presbiterianos, assembleianos, etc.) que nasceram e cresceram nessa cultura sem nunca conhecer outra coisa E que, com aquilo que receberam (e que em grande parte é algo herdado do catolicismo de onde um dia se desmembraram) fazem o que podem, por vezes dando muito mais frutos que nós próprios que comemos à mesa do Pai”.

seitas_joao

Mas infelizmente, grande parte das denominações se afastaram de forma tão drástica do Evangelho, que já nem mesmo podem ser chamadas de cristãs: são paracristãs, ou seja, arremedos medonhos do cristianismo.

Como a igrejola do pastô que dá surra de terno…

surra_terno

As comunidades que abençoam uniões gay…

gay_evangelico

A comunidade evangélica sul-africana que come capim durante o culto…

A seita que promove a lipoaspiração di Zizuiz para emagrecimento…

Enfim, o rol de aberrações é interminável! Algumas comunidades chegam até mesmo a negar a divindade de Jesus, como é o caso das Testemunhas de Jeová. Não é à toa que Lutero reconheceu a besteira que fez, ao ensinar que qualquer um pode interpretar a Bíblia (confira aqui).

Também muitos protestantes fazem uma escolha livre pela ignorância; nesse caso, o caminho da perdição é quase certo. Mesmo assim, o julgamento está nas mãos de Deus.

Então, se você tem um protestante favorito, seja legal. Tem muitas coisas que podemos fazer juntos. Mas, como canja da galinha não faz mal a ninguém, não dê chance pro Coisa Ruim! Trate de trabalhar e rezar para trazer o amiguinho para a única Igreja que contém a plenitude dos meios de Salvação!

A verdade sobre a “freira” triatleta do comercial da Nike

freira_triatleta

Ela já foi protagonista de uma longa matéria exibida no Globo Esporte. Agora, virou estrela de um comercial da Nike: Irmã Madonna Buder está dando o que falar. Afinal, é realmente inusitado uma freira católica ser triatleta! Mas o que causa verdadeiro estranhamento é vê-la usando shortinho ou se expondo publicamente de maiô.

Ok, a irmã é idosa e não vai tentar ninguém (se bem que tem gosto pra tudo). Mas isso não a desobriga a se vestir em toda e qualquer situação com o decoro apropriado a uma esposa de Cristo. A não ser que… a não ser que Madonna Burder não seja freira coisíssima nenhuma.

Eu diria que a americana Madonna Buder não é freira católica, mas sim “freira”, COM MUITAS ASPAS. Aos 23 anos, ela se tornou freira de fato, ao ingressar no convento das Irmãs do Bom Pastor (Sisters of the Good Shepard), em St. Louis. Porém, em 1990 ela deixou o convento para se unir a um grupo de mulheres que NÃO pertence à Igreja Católica.

Madonna Buder, hoje, é membro da Sisters for Christian CommunitySFCC, que nem mesmo se define como uma associação católica (Fonte: Cosmopolitan); elas dizem ser uma “comunidade ecumênica”. Estranhamente, a grande maioria delas mora sozinha. Elas chamam isso de “vínculo espiritual”, pois não possuem um local para viverem juntas.

irma_buder

Mais de 90% dos membros da SFCC são ex-freiras, que foram expulsas ou abandonaram suas congregações. Se dizem religiosas, mas não usam hábito religioso, não obedecem a nenhum superior (???) e não partilham bens em comum (???). É cada uma por si! No quesito “vida em comunidade”, os hippies dos anos 70 dão de dez a zero nessas “freiras”. Viva os Novos Baianos!

O documento que define a visão teológica das “freiras” da SFCC (veja aqui) afirma que a hierarquia é burocrática e distorce o verdadeiro sentido de obediência (Jesus, que escolheu 12 Apóstolos para liderarem a Igreja, não curtiu isso). Elas dizem obedecer diretamente ao Espírito Santo, sem precisar de superiores. Ah tá… Martinho Lutero mandou um abraço!

Mas senta aí, que lá vem mais doideira: segundo a SFCC, as religiosas de clausura são pobres confinadas e oprimidas pelo clero machista. A SFCC, então, garante trazer “liberação” para as mulheres, pois oferece às religiosas (oi??) a possibilidade de determinar seus próprios caminhos de uma forma que nunca antes foi possível para mulher alguma.

Será que essas mulheres ignoram que muitas abadessas não têm nenhum homem como superior, a não ser o Papa? Será que elas ignoram que várias religiosas na Idade Média lideraram não somente conventos femininos, mas também conventos masculinos (saiba mais aqui)?

É isso… nada de freiras católicas! Apenas uma associação de mulheres cristãs (não necessariamente católicas) que não vivem em convento algum. Muito espertinha, Madonna Buder não move um dedo para desfazer a confusão em torno de sua figura. É claro, a magia está no fato de todos pensarem que ela é uma autêntica freira católica. Se souberem que ela não passa de uma ex-freira que virou solteirona libertária, o encanto evapora.

A mãe “desnaturada” do aeroporto: mais uma vítima do linchamento virtual

bebe_chao_aeroporto

Maledicência: assim se chama o pecado de falar mal dos outros, de revelar os defeitos e erros alheios, sem que para isso haja qualquer motivação justa. E, como dissemos em um post recente, a mais nova onda é atacar a reputação de pessoas anônimas nas redes sociais (confira aqui).

Na semana passada, quem se tornou alvo dos patrulheiros da internet foi a americana Molly Lensing. Sua foto, sentada em uma cadeira, tendo diante de si a filha de 2 meses deitada sobre um pano no chão de um aeroporto, viralizou no mundo todo. Ela foi taxada por milhões de pessoas como uma mãe relapsa, insensível, louca… uma mãe horrível!

Há poucos dias, a verdade veio à tona: a companhia aérea Delta Airlines explicou o caso, assumindo toda a responsabilidade. Molly tinha um voo marcado para uma segunda-feira, mas este foi cancelado. A companhia disse que não havia mais vouchers para custear a noite em um hotel próximo, então, ela não teve outra opção, senão dormir no chão com seu bebê (Fonte: Revista Crescer).

mollyA foto em questão foi tirada dois dias depois (!!!), na quarta-feira, quando, cansada de esperar pelo reagendamento do voo, ela estava ligando para seus pais virem buscá-la no aeroporto. Molly estava no chão, ao lado do seu bebê. Acordou, sentou na cadeira e pegou o celular para fazer o telefonema. Aí veio algum espírito de porco, fotografou e divulgou a sua imagem nas redes sociais, como uma mãe desnaturada.

Mas o tal espírito de porco não teria tido sucesso em sua cagada internética se não fosse uma multidão de gente sem louça para lavar, que ajudou a compartilhar a imagem de Molly e a expô-la negativamente, sem antes refletir: “É, isso me parece muito ruim… Mas será que foi isso mesmo? Será que não há alguma história por trás disso tudo que justifique a atitude dessa mãe?”.

Muitas pessoas simplesmente não sabem discernir entre o mal que deve ser denunciado (crimes e outros males que dizem respeito à comunidade) e o mal que deve ser calado (erros – ou supostos erros – das outras pessoas que são de âmbito puramente pessoal).

Para cada um de nós, é importante sempre lembrar a advertência do Apóstolo Tiago: a língua, mesmo sendo um órgão muito pequeno, pode lançar o corpo inteiro no Inferno!

caco_fb

Vamos meditar sobre essas passagens da Bíblia:

“A chicotada produz um ferimento, porém uma língua má quebra os ossos. Muitos homens morreram pelo fio da espada, mas não tantos quanto os que pereceram por sua própria língua.” (Eclo 28,21-22)

“…faze uma balança para (pesar) as tuas palavras, e para a tua boca, um freio bem ajustado. Tem cuidado para não pecar pela língua, para não caíres na presença dos inimigos que te espreitam, e para que não venha o teu pecado a ser incurável e mortal.” (Eclo 28,29-30)

“Ouviste uma palavra contra o teu próximo? Abafa-a dentro de ti; fica seguro de que ela não te fará morrer.” (Eclo 19,10)

“Protege teus ouvidos com uma sebe de espinhos; não dês ouvidos à língua maldosa, e põe em tua boca uma porta com ferrolhos.” (Eclo 28,28)

“Considerai como uma pequena chama pode incendiar uma grande floresta! Também a língua é um fogo, um mundo de iniqüidade. A língua está entre os nossos membros e contamina todo o corpo; e sendo inflamada pelo inferno, incendeia o curso da nossa vida. Todas as espécies de feras selvagens, de aves, de répteis e de peixes do mar se domam e têm sido domadas pela espécie humana. A língua, porém, nenhum homem a pode domar. É um mal irrequieto, cheia de veneno mortífero. Com ela bendizemos o Senhor, nosso Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. De uma mesma boca procede a bênção e a maldição. Não convém, meus irmãos, que seja assim.” (Tgo 3,3-9)

Recadinho de S. Joana D’Arc aos hereges hussitas: “ME AGUARDEM”

Em 1430, um grupo de católicos liderados pelo padre John Huss estava tocando o rebú na Boêmia (atual República Tcheca). Os chamados hussitas pregavam a rebelião contra a hierarquia da Igreja, atacavam mosteiros, destruíam igrejas e estátuas de santos – sim, os protestantes se inspirariam nessa cambada, no século seguinte.

Santa Joana D’Arc ficou sabendo […]

Como se deve amar o Papa? São Pio X manda a real!

papa_calvin

A conduta de pessoal de um Papa pode é sempre perfeita? Não, já que o Papa, por mais santo que seja, é um homem mortal e sujeito a erros pessoais (saiba mais aqui). Ele é infalível somente quando ensina ex-cathedra. Esse fato dá aos católicos o direito de criticar o Papa publicamente, como se […]

Linchamento virtual: você já cometeu esse pecado?

destaque_linchamento

Alguns cristãos se considerem espiritualmente muito superiores àquela turba citada no Evangelho, sedenta pelo linchamento da mulher adúltera. Porém, quantos de nós que vivemos a dizer “não julgueis” não pensamos duas vezes antes de entrar na última onda de linchamento moral de algum “pecador” nas redes sociais?

Não me refiro àqueles casos em que […]

Noivos que moram juntos, mas vivem castamente, podem comungar?

Uma leitora nos enviou essa pergunta:

“Olá, gostaria de saber se um casal de noivos que decidem morar juntos antes do casamento, mas se propõem a viver a castidade ate o dia do casamento, eles podem comungar normalmente? Já que o que importa é a pessoa está em estado de graça para […]

Parlatório – Hoje o papo é… CIÚME!

ParlatorioCiume

Oi Povo Católico!

E tem mais novidade em O Catequista! Agora todo sábado tem Parlatório aqui no nosso site!

Não conhece o Parlatório? Todas as terças, às 20h, Alexandre Varela e uma turma de convidados debate sobre algum tema na WebTV Redentor, TV online da Arquidiocese do Rio de Janeiro. E agora, alguns dias depois, […]

Comungar em pecado mortal: uma grande furada!

judas_comunhao

Jesus “molhou o pão e deu-o a Judas, filho de Simão Iscariotes. Logo que ele o engoliu, Satanás entrou nele” (Jo 13,26-27). No dia da instituição da Eucaristia, já apareceu o primeiro vacilão que ousou comungar em pecado grave e, em vez de receber graça, caiu em maldição. Nunca nos esqueçamos das palavras de […]

Os Caçadores de Treta #4 – Tretas sobre PROTESTANTISMO!

Lutero

É treeeeeeeetaaaa, Povo Católicoooooo!

E toma aí um programa inteirinho sobre um dos temas mais bombantes do treta@ocatequista.com.br: O PROTESTANTISMO!

Descubra se você pode ir à uma celebração protestante, entenda porque eles têm tantos milagres e converse com a gente sobre falsas conversões, “cura gay” e muito mais!!!!

Dê play e assista!

Gostou? Então […]